O jornalismo ingressa na era da produção colaborativa

145 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
145
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O jornalismo ingressa na era da produção colaborativa

  1. 1. O jornalismo ingressa na era daprodução colaborativa de notíciasJoaquim Oresko
  2. 2. INTRODUÇÃOCom a popularização da internet e das redessociais como um meio de comunicação demassa, o jornalismo entrou em uma nova fase:como lidar com o recebimento de tantainformação e saber diferenciar o que é notícia doque não é?
  3. 3. A primeira revolução tecnológica• Johannes Guttenberg inventou um sistema detipos móveis de impressão gráfica em 1439, paraprodução em massa. Neste ano o acervomundial não passava de 30 mil manuscritos;• No ano de 1452 o primeiro livro impresso foipublicado;• Apenas 150 anos após a invenção de Johannes,um milhão duzentos e cinquenta mil títulosforam publicados na Europa.
  4. 4. A informação na web• Com o surgimento da web, houve uma novarevolução. Dessa vez as publicações passaram aser feitas na internet. Estima-se que só no ano de2008 foram publicados 18,5 exabytes deinformação.
  5. 5. Uma nova revolução• No século XXI, com a afirmação das mídiassociais, os jornalistas passam a ter de observarcom mais atenção a “massa”, que tem o poder degerar informação e conteúdo, além deinfluenciar no que pode ou não virar notícia;
  6. 6. Sistema rizomático e autoria coletiva• A comunicação passou a ser uma estrada deduas vias. Onde a informação surge passou a sero menos importante, pois quando ela é jogada naweb, pode ser alterada e melhorada por qualquerum. Com isso, surge o modelo de autoriacoletiva. Um exemplo bem claro desse modelo éo Wikipédia.
  7. 7. Produção colaborativa• Na web, em revistas ou até mesmo em jornais, aprodução colaborativa passa a se tornar maiscomum. Ela surge através da união deconhecimento e informação sobre um assuntoespecífico de pessoas interessadas nele.
  8. 8. Comunidades virtuais• A televisão passou ser afetada pelascomunidades virtuais. Surgem os spoilers, maisconhecidos a partir da série Survivor, ondemuitos usuário da web com um interesse em umassunto específico em comum, neste caso porseriados, passaram a dividir as informações quepossuíam sobre determinado seriado antes deele ser exibido.
  9. 9. Crise na imprensa• Com o surgimento da internet, o número devendas de jornais impressos passou a cair demaneira agressiva.• O número de leitores que migrou para a web émuito grande, principalmente os jovens.
  10. 10. Crise e ressurgimento do noticiáriolocal• Durante a guerra fria o noticiário local perdeuespaço para o internacional e pequenos jornaislocais fecharam suas portas. Mantendo-seapenas o grande conglomerados;• Com o fim da guerra, muitas pessoas perderam ointeresse no noticiário internacional, assim,novamente a notícia local ganhou espaço.
  11. 11. O interesse comunitário• Outro fator que influenciou no ganho de espaço danotícia local foi o interesse comunitário dapopulação, que passou a se interessar cada vez maispelo que acontece na sua comunidade, emproblemáticas que interferem no dia-dia dapopulação local;• Os jornais perceberam isso quando web blogs cominformações destinadas ao público local passaram aser acessados por um número maior de usuários,assim os editores de grandes jornais voltaram adestinar um bom espaço para o noticiário local emseu impresso.
  12. 12. Conclusão• No mundo em que vivemos atualmente, ondetodos tem acesso a informação e a meiosdigitais, o jornalista passou a não ser mais o“produtor” exclusivo de notícias e aprendeu aconviver com leitores interferindo em seutrabalho, ou até mesmo, fazendo o seu trabalho.

×