Alimentação e roda dos alimentos

502 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
502
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alimentação e roda dos alimentos

  1. 1. Alimentação A alimentação é o processo pelo qual os organismos obtêm e assimilam alimentos ounutrientes para as suas funções vitais, incluindo o crescimento, movimento, reprodução emanutenção da temperatura do corpo. Na linguagem vernácula, alimentação é o conjunto de hábitos e substâncias queo homem usa, não só em relação às suas funções vitais, mas também como um elemento dasua cultura e para manter ou melhorar a sua saúde. A maioria das residências, em praticamentetodos os países, têm uma cozinha ou uma pequenacopa-cozinha destinadas à preparação de refeições oualimentos, e muitas casas também têm uma sala dejantar ou outra área designada paracomer. Pratos, talheres, copos e outros implementospara cozinhar e comer existem em grande variedade deformas e tamanhos. Muitas sociedades atuais tambémtêm restaurantes especializados em servir e vendercomida, a fim de possibilitar às pessoas que estão forade casa se alimentarem de forma adequada, sejaquando querem economizar o tempo do preparo dacomida, seja quando desejam usar o ato de comer numa Figura 1 – Dieta Vegetarianaocasião social. Ocasionalmente, como no caso dosfestivais de comida, comer é de fato a principal razão do encontro social.Muitos indivíduos têm padrões diários, regulares e distintos para comer, e comummentemuitos tem entre três e quatro refeições diárias, com lanchesconsistindo como pequenosmontantes de comida consumida entre as refeições. O objetivo de uma alimentaçãosaudável é, há muito tempo, uma importante preocupação de diferentes pessoas e culturas.Juntamente com outras práticas, o jejum, a dieta e ovegetarianismo são técnicas empregadaspor pessoas (e encorajadas por sociedades) para aumentar a longevidade e a saúde.Muitasreligiões promovem o vegetabilismo considerando errado o consumo de animais.
  2. 2. Os nutricionistas concordam que em vez de se deleitar em três refeições diárias, é muito mais saudável e fácil para o metabolismo comer 5 pequenas refeições a cada dia (um maior número de refeições pequenas gera uma melhor digestão; facilita para o intestino o depósito das excretas; e visto que refeições maiores são mais resistentes ao trato digestivo e podem Figura 2 - Sistema Digestivo precisar de laxativos). O ato de comertambém pode ser uma maneira de ganhar dinheiro, como na ingestão competitiva. Roda Alimentar: A Roda dos Alimentos é uma representação gráfica criada em Portugal em 1977, noâmbito da Campanha de Educação Alimentar "Saber comer é saber viver", que ajuda a escolhere combinar os alimentos que deverão fazer parte da alimentação diária. É um símbolo em forma de círculo quese divide em segmentos de diferentestamanhos que se designam por Grupos e quereúnem alimentos com propriedadesnutricionais semelhantes. Mas, em muitosoutros países a roda dá lugar à pirâmide dosalimentos, que na opinião dos especialistasnacionais não representa aquilo que deve seruma alimentação saudável, ou seja, completa,equilibrada e variada. É que a pirâmidehierarquiza os alimentos, dando assim Figura 3 – Roda dos Alimentosmais importância a uns que a outros. Eisto não está correto, pois deve-se dar igual importância a todos os alimentos.
  3. 3. A evolução dos conhecimentos científicos e as diversas alterações na situação alimentarportuguesa conduziram à necessidade da sua reestruturação. A nova Roda dos Alimentos agoraapresentada mantém o seu formato original, pois este é já facilmente identificado e associa-seao prato vulgarmente utilizado. Foram ainda objetivos desta reestruturação a promoção dosvalores culturais e sociais dos portugueses ao promoverem-se produtos tradicionais comoo pão, o azeite ou as hortícolas. Além disso, foram considerados objetivos pedagógicos enutricionais. A nova versão subdivide alguns dos anteriores grupos e estabelece porções diáriasequivalentes, para além de incluir a água no centro desta nova representação gráfica. É composta por 7 grupos de alimentos de diferentes dimensões, os quais indicam aproporção de peso com que cada um deles deve estar presente na alimentação diária: Cereais e Derivados, Tubérculos 4 a 11 porções 28% Hortícolas 3 a 5 porções 23% Fruta 3 a 5 porções 20% Laticínios 2 a 3 porções 18% Carnes, Peixe e Ovos 1,5 a 4,5 porções 5% Leguminosas 1 a 2 porções 4% Gorduras e Óleos 1 a 3 porções 2% Embora não possuindo um grupo próprio, a água assume a posição central na nova rodados alimentos. Por ser um bem tão essencial à vida, recomenda-se o seu consumo diário naordem dos 1,5 a 3 litros.

×