O Discurso do Rei. João Gustavo. História Contemporânea I.03 Junho de 2011O DISCURSO DO REIO partido Nazista nasceu na Ale...
O Discurso do Rei. João Gustavo. História Contemporânea I.03 Junho de 2011Apesar dos horrores causados pela ideologia nazi...
O Discurso do Rei. João Gustavo. História Contemporânea I.03 Junho de 2011Entretanto todos sabem que não era bem assim que...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O DISCURSO DO REI

590 visualizações

Publicada em

Apresentação do nascimento do partido nazista e a forma como o discurso de Hitler dominava a população naquele periodo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
590
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O DISCURSO DO REI

  1. 1. O Discurso do Rei. João Gustavo. História Contemporânea I.03 Junho de 2011O DISCURSO DO REIO partido Nazista nasceu na Alemanha em 1919 e foi liderado por Adolf Hitler a partirde 1920, teve forte influencia do fascismo italiano. Seu principal objetivo era unir opovo de ascendência alemã à sua pátria histórica, mediante sob a fachada falsa de"autodeterminação". Uma vez reunida, a raça alemã superior, governaria os povossubjugados, com eficiência, e a dureza requerida conforme seu grau de civilização.Após a Primeira Guerra Mundial, economicamente falando, a Alemanha ficoucompletamente vulnerável. Devido ao tratado de Versales, que responsabilizou amesma pelo rumo que a guerra tomou, ficou plantado um desejo de vingança que anosapós seriam o principal motivo para a Segunda Guerra Mundial. Aproveitando-se disso,e do medo que a ameaça comunista causava na classe média e nos industriais, AdolfHitler, o primeiro grande líder expressivo do nazismo, juntou a fé na missão da raçaalemã aos mandamentos de um catecismo revolucionário em seu livro “MeinKampf” (1925-27), o evangelho da nova ideologia. No livro Hitler enfatiza quaisdeveriam ser os objetivos práticos do partido e descreve as diretrizes para suapropaganda. Essa propaganda era tão forte e maciça que praticamente todo o povoalemão se juntou a causa de Hitler. A própria população passou a atuar pelos ideais deseu ídolo, tanto na perseguição contra a oposição, quanto na perseguição às raçasconsideradas impurasOs judeus deviam ser discriminados não por sua religião, mas pela "raça". O NacionalSocialismo declarou os judeus, não importava sua educação ou desenvolvimento social,fundamentalmente diferente e para sempre inimigos do povo alemão. Esses povosforam perseguidos incansavelmente e todo, ou qualquer judeu que fosse pego eramandado para campos de concentração, onde os homens eram obrigados a trabalhar,mas quando não serviam para nenhuma outra utilidade eram mortos - ou em câmarasde gás e até mesmo fuzilados; mulheres e crianças judias também sofriam o mesmofim. Entretanto não eram somente os povos judeus que eram perseguidos; oshomossexuais, deficientes físicos e negros, que eram considerados completamentecontrários a raça ariana, também era enviados a esses chamados campos deconcentração para serem executados.I
  2. 2. O Discurso do Rei. João Gustavo. História Contemporânea I.03 Junho de 2011Apesar dos horrores causados pela ideologia nazista, Hitler, porém, difundia seus ideais comouma verdade absoluta. Era um líder carismático e persuasivo que fascinou milhares e milharesde alemães. A juventude alemã via em Hitler um verdadeiro herói preocupado com o futuroalemão. O ego da raça ariana era alimentado por discursos sobre a supremacia alemã em queHitler deixava claro que os alemães eram o único povo “puro” que existia na face da terra.Em “O Triunfo da Vontade”, onde é retratado o 4º Congresso do Partido Nacional SocialistaAlemão (NSDAP) ocorrido entre 4 e 10 de setembro de 1934, em Nuremberg, Alemanha,podemos perceber o quanto o discurso de Hitler era apaixonante. Ele literalmente encantavaas massas e a persuadia a lutar por sua causa. Este filme mostra como o Congresso foiplanejado para ser o maior e o mais suntuoso do país, devendo demonstrar o poder e a uniãodo Partido sob a liderança de Hitler.Hitler é o ator principal da produção, sendo apresentado como o maior dos reis, praticamenteum messias, com um coração nobre que luta pela nação alemã. Leni se destacou com uma dasmaiores habilidades do “Führer”: a oratória. Seus discursos são contundentes e ufanistas,carregados de um nacionalismo extremo, para conquistar e empolgar as massas. É importantedestacar que, Hitler utilizava a teatralidade em todos os momentos públicos, mesmo porquesabia que seus movimentos estavam sendo registrados.Leni Riefenstahl, a diretora, não poupou esforços em revelar um Hitler messias vindo doscéus, como também, preocupou-se em mostrar a receptividade da população, quase extasiada,ao seu líder. São várias as cenas em que o povo alemão homenageia e presenteia Hitler.Também merece destaque a maneira como que, o povo alemão é representado nessa película:jovem, saudável, forte, limpo e, evidentemente, loiro: a própria raça ariana.Nesse documentário é revelado de maneira clara e precisa as intenções do nazismo. Trata-sede um filme propaganda que estimula o apoio de cada espectador ao Führer, reforçando afusão da multidão com o seu chefe e o seu país. Tem-se a impressão de que há uma harmoniasocial, que a população caminha para ser o exemplo de supremacia para toda a humanidade.II
  3. 3. O Discurso do Rei. João Gustavo. História Contemporânea I.03 Junho de 2011Entretanto todos sabem que não era bem assim que funcionavam as coisas. Essa propagandamaciça a favor do nazismo não passa de uma mascara para esconder os verdadeiros ideais deHitler, o de dominar todas as maças em prol do seu discurso nacionalista.Contudo o movimento de massa ao Nacional Socialismo terminou em abril de 1945, quandoHitler cometeu suicídio para evitar cair nas mãos dos soldados soviéticos que ocuparamBerlim. Foi um fato histórico que até hoje se mantêm nos anais da história. Adolf Hitler foium líder nato, com uma força de influencia através da oratória apaixonante, por este motivomerece o destaque que tem, apesar dos horrores causados pelo seu ideal ariano, ele provou aforça e a influencia que o poder do discurso pode causar em uma população, mas são poucosos que conseguem exercer esse magnetismo com as palavras, e Hitler foi o único de suaespécie.III

×