Escrita e Interação

2.621 visualizações

Publicada em

O texto ganha vida na mão do escritor. A partir do momento que se escreve, se lê, corrige, volta ao texto até sua produção final você está interagindo com o texto. Além disso, a interação também ganha vida quando o público alvo passa a questionar o que está escrito e quando você estimula o pensamento através do mesmo. Entenda um pouco mais nos slides.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.621
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escrita e Interação

  1. 1. Escrita e Interação
  2. 2. O que é escrita?• Escrita como uma necessidade da atualidade .• Destacam-se conflitos que tentam responder o que é escrita,pois a mesma envolvem aspectos de natureza variada(linguística, cognitiva, pragmática, sócio-histórica e cultural).• Chega-se a conclusão de que escrita nada mais é do que atradução de pensamentos e inspirações de diversas formas.• Foca-se então no texto e o sujeito que o escreve.
  3. 3. Escrita: Foco na Língua• Palavras rebuscadas, as vezes utilizadas inadequadamente.• Texto como produto de uma codificação a ser decodificadapelo leitor.• Conhecimento do código utilizado.• Texto entendido da forma/intenção que foi escrito. Clareza.
  4. 4. Escrita: Foco noescritor• Texto como produto do pensamento .
  5. 5. Escrita: Foco nainteração• Conhecer seu público alvo para garantir a interação. Utilizaçãode estratégias por parte do escritor.• Seleção, organização e desenvolvimento das idéias
  6. 6. Escrita e ativação deconhecimento• O conhecimento no dia-a-dia; Linguagem/mundo/praticassociais.• Armazenado na memória e modificado ao longo do tempo.• Intertextualidade
  7. 7. Conhecimento Linguístico• Ortografia, gramática, ou seja, conhecer a língua;• Pontuação e acentuação.
  8. 8. Conhecimento InteracionalConhecimento EnciclopédicoConhecimento EnciclopédicoConhecimento de TextoConhecimento de Texto
  9. 9. Conhecimento Enciclopédico• Conhecimento de mundo.• Vivências• Alimentação constante
  10. 10. Conhecimento de Texto• “Modelo” sobre praticas comunicativas (capítulo 3);• modo de organização;• aspectos de conteúdo;• intertextualidade (capítulo 5).
  11. 11. Conhecimento Interacional• Variante Linguística.• Informações necessárias.• Adequação do Gênero textual.• Compreensão da escrita para conseguir a aceitação quanto aoobjeto desejado.• Intenção
  12. 12. Conclusão• A escrita tem como base ainteração.I. Escreve-se sempre para alguém.II. Se revê o que se escreve.
  13. 13. “Deve-se escrever da mesma maneira como aslavadeiras lá de Alagoas fazem seu oficio. Elascomeçam com uma primeira lavada, molham aroupa suja na beira da lagoa ou do riacho,torcem o pano, molham-no novamente, voltam atorcer. Colocam o anil, ensaboam e torcem uma,duas vezes. Depois enxáguam, dão mais umamolhada, agora jogando a água com a mão.Batem o pano na laje ou na pedra limpa, e dãomais uma torcida e mais outra, torcem até nãopingar do pano uma só gora. Somente depois defeito tudo isso é que elas dependuram a roupalavada na corda ou no varal, para secar. Poisquem se mete a escrever devia fazer a mesmacoisa. A palavra não foi feita para enfeitar, brilharcomo ouro: a palavra foi feita para dizer.”(Graciliano Ramos)

×