PEDDY PAPER ECOLÓGICO            DINÂMICA E ANIMAÇÃO DE GRUPOS                               G3D - Grupo NGM              ...
ÍNDICEIntrodução ............................................................................................................
INTRODUÇÃO       O seguinte trabalho explica em detalhe a actividade experiencial a que ogrupo se propôs realizar no âmbit...
ANÁLISE E DISCUSSÃO DE DADOS1. PREPARAÇÃO DA ACTIVIDADE   1.1. Escolha do Tema e Identificação dos Exercícios        A act...
O líder terá que escolher um representante da equipa para cada uma dasactividades sem repetir os membros. No fim de cada a...
Algum do material referido acima (latas, garrafas de plástico, papelão), será omaterial recolhido no bar do IPAM e na entr...
2. DESENVOLVIMENTO DA ACTIVIDADE   2.1. Constituição das Equipas         A turma irá dividir-se em grupos de cinco (5) ele...
10 Elementos, que serão subdivididos em 5 grupos, constituídos por 2          elementos cada, junto dos postos de passagem...
3. ACTIVIDADE        A nossa actividade decorreu na data de 10/01/2012, tendo início às 10:45Hno Parque das Nações em Lisb...
3.5. Jogo das Latas        O jogo consistia em atirar uma bola de ténis a conjuntos de latas, onde osparticipantes teriam ...
4. AVALIAÇÃO CRÍTICA        Esta actividade teria um maior nível de aceitação se houvesse uma maiorcomunicação da mesma, i...
REGISTO DAS PRESENÇAS      Organização:      Francisco Madeira nº209152      Hugo Chaves nº209077      Hugo Gusmão nº20903...
Ana Marques nº 208116Tomás Dominguez nº 209098Tiago Pereira nº 208241Carmen Pereira nº 209014Maria de Andrade nº 209060Mar...
CONCLUSÃO        Com o desenvolvimento de toda a actividade e dos diversos exercícios e tudoo que estes acarretam, verific...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Peddy Paper Ecológico

3.102 visualizações

Publicada em

Projeto de grupo para dinamizar o trabalho em equipa

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.102
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Peddy Paper Ecológico

  1. 1. PEDDY PAPER ECOLÓGICO DINÂMICA E ANIMAÇÃO DE GRUPOS G3D - Grupo NGM Orientador: Prof. Ferreira CascãoRESUMO: Este relatório trata da organização de uma actividade outdoor que potencializa aLiderança, Motivação e trabalho em Equipa. ESCOLA SUPERIOR DE LISBOA, JANEIRO DE 2012
  2. 2. ÍNDICEIntrodução ..................................................................................................................................................... 3Análise E Discussão De Dados ............................................................................................................... 41. Preparação Da Actividade ........................................................................................................... 41.1. Escolha Do Tema E Identificação Dos Exercícios .............................................. 41.2. Planeamento Geral Da Actividade E Procura De EventuaisPatrocinadores ............................................................................................................................................ 41.3. Escolha Do Local, Dos Materiais E Meios Adequados À Sua Realização ... 51.4. Ensaio Prévio Da Actividade ..................................................................................... 61.5. Convocação E Motivação Dos Restantes Alunos................................................ 62. Desenvolvimento Da Actividade ............................................................................................... 72.1. Constituição Das Equipas ........................................................................................... 72.2. Concretização Do Plano Da Actividade Definido Na Data E LocalEscolhido ............................................................................................................................................... 72.3. Monitorização ................................................................................................................. 73. Actividade .......................................................................................................................................... 93.1. Jogo Do Saco De Batatas .............................................................................................. 93.2. Jogo Da Colher De Pau ................................................................................................. 93.3. Jogo Da Corda .................................................................................................................. 93.4. Jogo Das Perguntas ....................................................................................................... 93.5. Jogo Das Latas .............................................................................................................. 103.6. Construção Do Produto Final ................................................................................. 10Registo Das Presenças ........................................................................................................................... 12Conclusão ................................................................................................................................................... 14 2
  3. 3. INTRODUÇÃO O seguinte trabalho explica em detalhe a actividade experiencial a que ogrupo se propôs realizar no âmbito da unidade curricular de Dinâmica e Animação degrupos. A actividade experiencial escolhida pelo grupo baseia-se na construção eimplementação de uma actividade de Formação Outdoor. A actividade a desenvolver em concreto pelo grupo, visa fomentar as relaçõese comunicação em equipa, para além de desenvolver a competência e liderançasdentro de um grupo. A realização desta actividade tem como objectivo a criação de uma dinâmicade resolução de problemas numa equipa, gestão de conflitos e de confiança entre osmembros. 3
  4. 4. ANÁLISE E DISCUSSÃO DE DADOS1. PREPARAÇÃO DA ACTIVIDADE 1.1. Escolha do Tema e Identificação dos Exercícios A actividade a desenvolver pelo grupo centra-se na organização de umconjunto de jogos formativos em Outdoor, a realizar no Parque das Nações em Lisboa.Os exercícios a desenvolver baseiam-se na criatividade, no impacto da liderança (noque diz respeito à motivação das equipas), no processo de tomada de decisão e nagestão de conflitos. A presente actividade divide-se em três exercícios complementares econsequentes. Todas as fases apresentam características que consolidam o trabalhoem grupo e concludentemente as práticas de boa liderança. A primeira parte é arealização de um peddy paper, onde consoante os resultados recebem matérias. Estesserão utilizados na segunda fase, que passa pela construção de um produto. Por fim,necessitam de desenvolver, a nível teórico, o Marketing-Mix do produto criadopreviamente. 1.2. Planeamento geral da actividade e procura de eventuais patrocinadores No início da actividade, os participantes irão ser divididos em grupos decinco elementos, escolhidos por eles, e posteriormente terão de eleger um líder. Cadagrupo irá ter uma garrafa de plástico para iniciar o peddy paper, com o objectivo deter já algum material para realizar a segunda parte da actividade de Outdoor. O peddy paper será dividido em cinco etapas, onde duas dessas etapas, serãocom perguntas (um dedicado a perguntas de cultura geral, visto que queremos umaparticipação do público fora da comunidade IPAM e outro com perguntas ligadas aostemas desenvolvidos pela Unidade Curricular) e as restantes (três) etapas com jogostradicionais, ainda a decidir. 4
  5. 5. O líder terá que escolher um representante da equipa para cada uma dasactividades sem repetir os membros. No fim de cada actividade, se o grupo completara mesma com sucesso, será dado um vale que fornecerá ao grupo alguns materiaisextras para a elaboração do produto final a ser desenvolvido nas fases seguintes. Depois de todas as equipas completarem o circuito do peddy paper deverãoconstruir um produto criativo, usando os materiais ganhos na actividade anterior eelaborar o Marketing-Mix para o produto. No final da actividade, os grupos têm que tentar vender o produto ao júri(constituído por todos os membros da equipa organizadora) que no fim decide qual aequipa vencedora, baseando os critérios de selecção nas prestações. Em termos de apoios para esta actividade, vamos contactar com responsávelpelo bar do IPAM, com o intuito de nos fornecer algum material reciclável e passar aser um dos pontos de recolha para os mesmos. 1.3. Escolha do local, dos materiais e meios adequados à sua realização O local escolhido, após conferência com o outro grupo da actividade Outdoor,foi o Parque das Nações, visto ser perto do IPAM e ter bastante espaço livre que podeser utilizado. Para a actividade serão necessárias os seguintes materiais: Mesas; Tesoura; Latas; Fita-cola; Bolas; Ovos. Sacos de Batatas; Colheres de Pau; Papelão; Marcadores; Cordel; Cartolina; 5
  6. 6. Algum do material referido acima (latas, garrafas de plástico, papelão), será omaterial recolhido no bar do IPAM e na entrada do edifício IPAM. 1.4. Ensaio prévio da Actividade Uma semana antes da realização da actividade, iremos visitar o espaço deforma a percebermos onde iremos colocar os postos do peddy paper e as respectivasactividades, assim como as distâncias para os jogos tradicionais serem realizados nasmelhores condições de segurança. 1.5. Convocação e Motivação dos Restantes Alunos Com esta actividade esperamos obter e cativar a atenção de todos os alunos,não só da turma G3D, mas também dos restantes alunos do Instituto Português deAdministração e Marketing (IPAM) visto que no decorrer da nossa actividade serãoabordados temas importantes que fazem parte do léxico da Unidade Curricular,nomeadamente liderança e motivação de equipas. A equipa vencedora desta actividade irá receber 25€ em prémios Continente.
  7. 7. 2. DESENVOLVIMENTO DA ACTIVIDADE 2.1. Constituição das Equipas A turma irá dividir-se em grupos de cinco (5) elementos, para que todos oselementos possam participar na actividade do Peddy Paper. O grupo, depois deformado, irá eleger um líder que vai decidir qual a etapa que cada elemento vaidesempenhar na actividade Peddy Paper. E, ainda, organizará o grupo para aconstrução do produto e a elaboração do Marketing-Mix do produto construído pelomesmo. O líder do grupo tem que ter espírito de liderança para poder resolver oseventuais conflitos que poderão surgir no decorrer da actividade. Para atingir oobjectivo do grupo, o líder terá que elaborar um plano que todos os elementos terãoque seguir, para que haja um desempenho positivo na equipa e se consiga alcançar oobjectivo proposto 2.2. Concretização do plano da actividade definido na data e local escolhido Como já referenciado, a actividade a desenvolver será dividida em trêspartes. Na primeira actividade, será criado um peddy paper em que o resultado domesmo levará ao sucesso das actividades seguintes. Uma segunda actividade, centrar-se-á na construção de um produto a partir de material reciclado, que irá serdisponibilizado pela organização consoante os resultados obtidos no peddy paper. Aterceira e última parte, consiste na criatividade e iniciativa que o grupo terá deapresentar ao desenvolver uma estratégia de Marketing-Mix para a venda do produtocriado anteriormente. 2.3. Monitorização O grupo organizador desta actividade experiencial em Outdoor é constituídopor um total de 14 elementos estando divididos em 3 grupos distintos para efectuar amonitorização do acontecimento: 7
  8. 8. 10 Elementos, que serão subdivididos em 5 grupos, constituídos por 2 elementos cada, junto dos postos de passagem do Peddy Papper; 2 Elementos responsáveis pela distribuição do material necessário para a realização da actividade; 2 Elementos responsáveis pela supervisão geral do acontecimento. O que o grupo tomará em conta durante o decorrer desta actividade sãoas seguintes: Número de Participantes; Resultados das Actividades; Desempenho dos Grupos; Comportamento e atitude do elemento líder, assim como o dos restantes membros do grupo; A monitorização do evento permitirá a verificação do cumprimento dosobjectivos estabelecidos para a actividade experiencial a nível de dinâmica eanimação de grupo. 8
  9. 9. 3. ACTIVIDADE A nossa actividade decorreu na data de 10/01/2012, tendo início às 10:45Hno Parque das Nações em Lisboa. A nossa actividade consistia na realização de outras seis actividades,nomeadamente, o jogo do saco de batatas, jogo da colher de pau, jogo da corda, jogoda perguntas, jogo das latas, e com a arrecadação dos produtos recicláveis nos jogosanteriormente referidos realizou-se a actividade final, a construção de um produto eo seu Marketing Mix 3.1. Jogo Do Saco de Batatas O jogo consistia na corrida de saco de batatas entre elementos dos gruposadversários onde estes tinham se deslocar até um ponto estipulado pela organizaçãoe voltar, no qual os elementos receberiam cartão consoante a sua classificação naactividade. 3.2. Jogo Da Colher de pau O jogo consistia na corrida com colher de pau na oca dos participantes ondeestes tinham de transportar na mesma um ovo e teriam de se deslocar até um pontoestipulado pela organização e voltar sem partir o ovo, no qual os elementosreceberiam garrafas de plástico consoante a sua classificação na actividade 3.3. Jogo da Corda O jogo consistia em saltar a corda, onde os participantes ganhavam corada,consoante a sua classificação na actividade. 3.4. Jogo das Perguntas O jogo consistia em perguntas sobre o IPAM, mas também sobre culturageral, onde os participantes ganhavam cartolinas consoante a sua classificação naactividade. 9
  10. 10. 3.5. Jogo das Latas O jogo consistia em atirar uma bola de ténis a conjuntos de latas, onde osparticipantes teriam três oportunidades, onde os participantes ganhavam latasconsoante a sua classificação na actividade. 3.6. Construção do produto final No final destes jogos realizados pelos participantes, o líder de cada equipajuntou todos os elementos do grupo para construírem um produto com os materiaisarrecadados nas actividades anteriores, nos quais tiverem que definir um nome parao produto, um preço, onde seria distribuído, e explicar qual o modo como ocomunicarão. Ganhou a equipa que conseguiu criar o produto mais criativo e queexpor todas as técnicas subjacentes ás estratégias de marketing-mix do produtocriado da melhor forma, sendo escolhida pela organização. 10
  11. 11. 4. AVALIAÇÃO CRÍTICA Esta actividade teria um maior nível de aceitação se houvesse uma maiorcomunicação da mesma, isto porque a equipa de trabalho limitou-se a procurar nosseus grupos de conveniência os interessados em participar, o que originou umaredutora aceitação fora da turma (G3D). já os alunos do IPAM de outras turmaspoderiam também ter participado. No entanto, temos de ter em conta o horário darealização da nossa actividade. Por outro lado, os participantes estavam motivados e interessados,demonstrando assim uma grande capacidade de cooperação com a equipa detrabalho. O feedback passado por estes alunos foi deveras positivo, pois a actividadefoi ao encontro do seu objectivo, nomeadamente a motivação geral promovendo aliderança e a inovação/criatividade. 11
  12. 12. REGISTO DAS PRESENÇAS Organização: Francisco Madeira nº209152 Hugo Chaves nº209077 Hugo Gusmão nº209035 Tomás Diogo nº209027 Salvador Gonçalves nº209047 Daniel Estevão Nº 209082 Gonçalo Botelho Nº209185 João Martins Nº 211068 João N. Calado Nº 209069 Tiago Rodrigues Nº 210078 Hugo Garrido Nº 210 Participantes: João Balocas nº 209075 Alexandre Magalhães nº 209182 Viktoria Faria nº 209133 Martine Stryken nº 209158 João Pedreiro nº 209070 Miguel Peralta nº 209085 Jessica Jacinto nº 208113 Francisco Nelas nº 209043 12
  13. 13. Ana Marques nº 208116Tomás Dominguez nº 209098Tiago Pereira nº 208241Carmen Pereira nº 209014Maria de Andrade nº 209060Martin Bruschy nº 209139Catarina Romano nº 209184André Moreira nº 209175Ana Castro nº 209060Vanessa Simões nº 208219Maria Filipe nº 209148Ivo Carvalho nº 209061Carla Teixeira nº 209008Nuno Manaia nº 209052António Matos nº 209044Pedro Saramago nº 209097Marcos Curado nº 209068Tamara Paquincha nº 209123João Silva nº 209164 13
  14. 14. CONCLUSÃO Com o desenvolvimento de toda a actividade e dos diversos exercícios e tudoo que estes acarretam, verificamos desde logo que os pontos alvo iriam serdesenvolvidos pelos vários grupos. Para isso, enquanto grupo organizador teremosatenção no que toca à focalização dos objectivos chave do trabalho (abordagem daliderança e motivação de equipas). Para além da consolidação das matériasleccionadas na Unidade Curricular, pretendemos captar a atenção dos participantespara as boas práticas ecológicas, de forma criativa o reaproveitamento que podemosdar aos materiais. Como é sabido a liderança diferencia-se dependendo da situação e do estilode líder com que nos deparamos. No decorrer da nossa actividade os vários líderesprovaram ser capazes de desempenhar a sua função pois a grande maioria ou atotalidade foi escolhida pelo grupo e quando isto acontece é sinal queconscientemente os liderados reconhecem no indivíduo escolhidos as aptidõesnecessárias para encaminhar a equipa. Outro factor de realce é o facto de todas asequipas terem trabalhado com especial interesse nas tarefas propostas. Em suma, de uma forma criativa a equipa que organizou esta actividadepretendia de forma inovadora, animada e informal fazer com que inconscientementetodos os participantes englobassem parte ou a totalidade dos conceitos leccionados.Julgamos que o objectivo foi cumprido pois o nível de adesão por parte da turma foielevado e o interesse notório no decorrer da actividade, para além do óptimofeedback passado. 14

×