Campo Elétrico

2.905 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.905
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
154
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Campo Elétrico

  1. 1. Campo Elétrico Física Fundamental Djonatan Buss Jerônimo M. Madruga
  2. 2. ConceitoCargas elétricas exercem forças entre si, de forma análoga ao que ocorre com as massas em um campo gravitacional.
  3. 3. ConceitoEste efeito de atração e repulsão, de acordo com o sinal da carga, é conseqüência do CAMPO ELÉTRICO
  4. 4. ConceitoDiz-se que existe um campo elétrico numa certa região do espaço, quando uma carga elétrica ali colocada, sofrer a ação de uma força elétrica
  5. 5. Intensidade de Campo ElétricoRelação entre a força que atua sobre a carga e o valor dessa carga elétrica.O resultado dessa divisão nos fornece a força por unidade de carga colocada no ponto.
  6. 6. Intensidade de Campo Elétrico Sistema Internacional de Unidade Força é medida em Newton(N) Carga elétrica em Coulomb(C) Intensidade é medida em NEWTON COULOMB
  7. 7. Intensidade de Campo ElétricoEx: E= F q1N/C é a intensidade de um campo elétrico num ponto do espaço, onde foi colocada uma carga de prova (+)q de 1C, ficando esta submetida a uma força 1N.
  8. 8. Direção e sentidoO campo elétrico é uma grandeza vetorial.Possui: Módulo ou intensidade Direção Sentido
  9. 9. Direção e sentido Direção O campo elétrico E tem sempre a mesma direção da força F
  10. 10. Direção e sentido Sentido: Na equação F = q.E o produto de um número por um vetor retor resulta outro vetor. Ou seja: Se “q” for positiva, F e E tem sentido igual Se “q” for negativa, F e E tem sentidos contrários
  11. 11. Linhas de força
  12. 12. Rigidez Dielétrica A Rigidez dielétrica corresponde ao maior valor do campo elétrico aplicado a um isolante sem que ele se torne um condutor. Essa rigidez varia de um material para outro.
  13. 13. Poder das Pontas Nas regiões pontiagudas de um condutor carregado , a densidade de carga, isto é, a concentração de cargas elétricas por unidade de área superficial é mais elevada. Por isso, nas pontas e em suas vizinhanças o campo elétrico é mais intenso.
  14. 14. Poder das Pontas Quando o campo elétrico nas vizinhanças da ponta atinge determinado valor, o ar em sua volta se ioniza e o condutor se descarrega através da ponta. Esse fenômeno recebe o nome de “poder das pontas”.
  15. 15. Poder das Pontas
  16. 16. Blindagem Eletrostática Em um condutor em equilíbrio eletrostático, as cargas em excesso ficam distribuídas na superfície externa. Esse fenômeno da distribuição das cargas elétricas na superfície de um condutor é denominado blindagem eletrostática.
  17. 17. Aplicação: tubo de raios catódicos A proporcionalidade entre intensidade do campo e desvio é de especial aplicação em osciloscópios, nos quais a deflexão do feixe de elétrons no tubo é obtida por meio de placas paralelas, horizontais e verticais.
  18. 18. Aplicação: tubo de raios catódicos Essas duas proporcionalidades permitem uma observação fiel da forma de onda mediante aplicação adequada de sinais nos conjuntos de deflexão horizontal e vertical.
  19. 19. Aplicação: tubo de raios catódicos
  20. 20. BibliografiaLUZ, A.M.R. ALVARENGA, B. Curso de física. 5.ed. São Paulo: Scipione,2000-2001. 3 v.PINTO JR, O. Eletricidade atmosférica. Disponível em:<http://www.dge.inpe.br/wotan> Acesso em: 11 jun. 2007.SOUSA, R. Raios, relâmpagos e trovões. Disponível em:<http://www.ufpa.br/ccen/fisica/aplicada/classif.htm> Acesso em: 11 jun.2007.Tipler, P.; Física para cientistas e engenheiros volume:3, Rio de Janeiro:Editora Guanabara Koogan, (1994)F.J. Keller; W.E. Gettys e M.J. Skove - Física. vol.2, Makron Books, 1999.Halliday,D; Resnick,R; Walker,J. Fundamentos de Física volume: 3, Riode Janeiro : Livros Técnicos e Científicos LTC, (1993)
  21. 21. FIM

×