R. Pinto Ribeiro, 709 - Centro / São Sebastião do Paraíso               (35) 3531-7816 / 3531-8645
02                                              10 de junho de 2012                             Educação                  ...
Monte Santo de Minas                                           Cidades                                     10 de junho de ...
04                                                   10 de junho de 2012                                                  ...
Arceburgo - Monte Santo de Minas                                                     Cultura                              ...
06                                              10 de junho de 2012                            Cidades                    ...
Arceburgo                                                    Cidades                                 10 de junho de 2012  ...
08                                             10 de junho de 2012                             Cidades                    ...
São Sebastião do Paraíso                                            Cidades                                    10 de junho...
10                                  10 de junho de 2012                     Cidades                                       ...
Regional                                                    Agronegócios                                      10 de junho ...
12   10 de junho de 2012   Cidades   Arceburgo
Monte Santo de Minas                                                Educação                                    10 de junh...
14   10 de junho de 2012              Regional                           C3                                S1   S2        ...
JFP Digital 516
JFP Digital 516
JFP Digital 516
JFP Digital 516
JFP Digital 516
JFP Digital 516
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

JFP Digital 516

1.402 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
53
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JFP Digital 516

  1. 1. R. Pinto Ribeiro, 709 - Centro / São Sebastião do Paraíso (35) 3531-7816 / 3531-8645
  2. 2. 02 10 de junho de 2012 Educação Monte Santo de Minas - Regional Monte Santo: Morre o vereador Antonio Nunes Machado (Tonho do Édio) Monte Santo: Foi com muito -santense veio a falecer. Tonho chegada, por volta das 19h30 do vereador Antonio Nunes pesar que a população monte- do Édio tinha 64 anos de idade de segunda-feira, 4, uma gran- Machado (Tonho do Édio) foi -santense recebeu a notícia e estava cumprindo o seu quin- de multidão tomou conta do colocado na sepultura, emo- do falecimento do vereador to mandato de vereador, sendo local prestando a última ho- cionando a todos os presentes. Antonio Nunes Machado, o que nesta atual legislatura era menagem ao vereador. A mul- O prefeito Militão Tonho do Édio (PSC), foto, o líder do prefeito na Câmara. tidão passou a noite velando o Paulino de Paiva decretou luto nesta segunda-feira passada, Com sua maneira simples e corpo do vereador e na terça- oficial por três dias e conster- 4. Segundo informações, a humilde de ser, Tonho con- -feira, 5, o recinto da Câma- nado com a fatídica notícia, causa da morte do vereador quistou centenas de amigos ra foi ficando cada vez mais disse para a nossa “Folha” teria sido um infarto. Tonho e a todos dedicava muita lotado até as 10h30, quando que “perdi um grande compa- havia passado mal e foi levado atenção. Prova disso foram o féretro deixou o local com nheiro, agora rogo à Deus que para o Pronto Atendimento de as suas vitórias nas eleições destino ao velório municipal abençoe a sua alma e também Monte Santo, onde recebeu os em que participou, receben- onde o corpo de Tonho do Édio peço à Deus que console toda primeiros socorros sendo, em do em todas elas uma quan- continuou sendo velado até as a família do Tonho, pois sei seguida, transportado para a tidade substancial de votos. 17h00, quando foi sepultado que este momento é de muita Santa Casa de São Sebastião O corpo de Tonho do no cemitério local. Sob o som dor e tristeza. Espero que eles do Paraíso e, apesar dos es- Édio foi velado no plenário da da música “Toque de Silêncio”, encontrem forças nas preces forços dos médicos daquele Câmara Municipal de Monte interpretada pelo músico Mas- dos amigos para suportar este hospital, o vereador monte- Santo de Minas e desde a sua sa Fina, o caixão com o corpo triste momento”, lamentou. Cássio Soares consegue R$ 215 mil para Delfinópolis beneficiar os moradores daquele Com a Secretaria de Desenvol- Martins, Zezé Martins. Na visita, Honorário para o deputado município nas áreas de esporte, vimento Social, a qual Cássio o vereador ressaltou que essas Cássio Soares. O título, pro- saúde e assistência social. Entre Soares é o gestor, foram libe- são necessidades do municí- posto pelo vereador Mau- os benefícios, será adquirido rados R$ 50 mil para a compra pio e o aparelho para a área de ro César, foi aprovado por um aparelho de ultrassonogra- de um veículo Kombi para aten- saúde era prioridade. “Nossa unanimidade pelos vereado- fia para o atendimento público. dimento da Assistência Social. população precisa muito desse res e confere a Cássio essa As verbas destinadas foram con- Além disso, os R$ 125 mil, con- aparelho. Pedi ao Cássio e ele honraria. A entrega do títu- seguidas através de convênios seguidos através de convênio atendeu. Só tenho que agradecer lo ainda não foi agendada. com secretarias do Governo do com a Secretaria de Estado da pelo belo trabalho que realiza”, Como afirma Cássio Soares, Estado. Com a Secretaria de Es- Saúde, para aquisição de um afirmou o vereador. Os projetos esse é o reconhecimento de porte foram conseguidos R$ 40 aparelho de ultrassonografia. já estão em fase de andamento sua atuação parlamentar. mil para a aquisição e montagem Os pedidos de recursos foram e os recursos devem ser libera- “A minha intenção, como de duas academias ao ar livre. feitos para Cássio pelo verea- dos ainda neste mês para que as político, é buscar o melhor Elas serão montadas na Pra- dor Mauro César de Assis, atu- compras possam ser efetuadas. para os mineiros, em es- O secretário de De- a liberação de três convênios ça Nossa Senhora dos Remé- al presidente da Câmara, que Cidadão Honorário pecial para os moradoressenvolvimento Social, deputado para a cidade de Delfinópolis. Ao dios (distrito de Olhos D’água) esteve em Belo Horizonte há Tramitou na Câma- dos municípios da nossaCássio Soares, anunciou na tar- todo, os recursos representam e na Praça Nossa Senhora das alguns dias, acompanhado do ra de Vereadores de Delfi- região. Estou muito felizde desta terça-feira, 5 de junho, o montante de R$ 215 mil e irão Dores (distrito de Ponte Alta). prefeito José Geraldo Franco nópolis, o título de Cidadão com esse reconhecimento”. Promoção de Inverno! 15% de Desconto na mensalidade!
  3. 3. Monte Santo de Minas Cidades 10 de junho de 2012 03 Esquadrilha da Fumaça: Show de acrobacias aéreas arrepia e emociona população monte-santense Monte Santo: No sábado, 2 de ra com cada manobra realizada. junho, às 16h00, no loteamento De acordo com o Capitão André, ao lado da Capela de Santa Rita, apresentador do show de acro- aconteceu a apresentação da bacias da Esquadrilha da Fu- Esquadrilha da Fumaça, que pela maça, “a manobra que mais dá primeira vez na história da cida- adrenalina aos pilotos é a barril, de efetuou as manobras e as mas a mais aplaudida pelo públi- acrobacias individuais em Mon- co é o famoso coração”. Foi uma apresentação que ficará marcada para a te Santo de Minas. O show de Foram 45 minutos história de Monte Santo de Minas manobras aéreas da Esquadrilha de muita alegria e de grande da Fumaça aconteceu devido ao emoção, com uma progra- convite do prefeito Militão Pauli- mação espetacular. O prefeito no de Paiva a Força Aérea Brasi- Militão Paulino de Paiva, feliz leira, em comemoração ao 192º com o show da Esquadrilha aniversário da cidade. No local da Fumaça, disse para a nossa um grande aparato de seguran- “Folha” que “quero profunda- ça foi montado, constando am- mente agradecer a Força Aérea Prefeito Militão ao centro, ladeado à esquerda pelo bulância, médicos, enfermeiros, Brasileira por esta brilhante e soldado França e Sargento Ricardo do Corpo de bombeiros, polícia militar, além vibrante oportunidade, que a Bombeiros de São Sebastião do Paraíso, e à direita da parte recreativa onde se po- Esquadrilha da Fumaça nos pelo Capitão André e Sargento Santos da FAB diam comprar artigos da Força ofereceu em comemoração aos Aérea Brasileira na barraca ins- 192 anos de Monte Santo. Este talada para esta finalidade. magnífico show de acrobacias Momento de grande emoção quando os aviões da Milhares de pessoas aéreas ficará marcado para Esquadrilha da Fumaça cruzaram o céu de Monte tomaram conta do local da apre- sempre na história de nossa Santo sentação e vibraram e aplau- querida Monte Santo de Minas, diram quando os 7 aviões da a nossa população pôde ver Esquadrilha da Fumaça come- hoje manobras incríveis que os çaram a cruzar o céu de Mon- pilotos da Esquadrilha da Fuma- Alunos da Escola em Tempo Integral de Milagre te Santo de Minas. Manobras ça realizam em vários países do vibraram com as acrobacias dos aviões ao lado como looping, cruzamento, es- mundo. Sem dúvida alguma foi prefeito Militão e do professor Adilsom pelho e o famoso coração fize- um dia histórico para todos nós ram parte da sequência, deixan- de Monte Santo de Minas, creio do o grande público maravilhado que iniciamos a abertura de fes- com essas acrobacias. De acor- tividades do aniversário da cida- do com as informações a ma- de com chave de ouro, pois esta nobra mais arriscada é a barril, apresentação da Esquadrilha da pois neste momento os 7 aviões Fumaça foi marcante para todaManobras espetaculares que arrepiaram os milhares se posicionam lado a lado, com a nossa população”, encerrou de pessoas que compareceram no evento uma distância de 2 metros entre Militão, com muita emoção. Veja as asas, e fazem uma espécie fotos e vídeos no site do jornal: de espiral. O público foi à loucu- www.jfpnoticias.com.br Bar e Restaurante Rodoviária Porções / Salgados Lanches / Refrigerantes / Sucos. Construção Civil / Locação de Máquinas e Caminhões Limpeza de Terrenos e Serviços de Engenharia Grandes Produtos com ótimos preços! Venha conferir! Disk Entrega: (35) 3556-1676 Tel: (35) 3556-2305 Fax: (35) 3556-2524 Tel: (35) 3556-1278 R. Olavo Bilac, 1112 / Centro / Arceburgo-MG R. Presidente Getúlio Vargas, 900 / Centro / Arceburgo-MG e-mail: cidadeforte@bol.com.br e-mail: cidadeforte@bol.com.br Aberto das 05:30 às 22:00, todos os dias!
  4. 4. 04 10 de junho de 2012 Regional Cruzadas Respostas Respostas Respostas Observando... As ações do cotidiano Respostas Sudoku Cruzadas C1 , C2 e C3 S1/S2/S3/S4Brasil perde para o México no fu- fracassos constantes para consta- pitalismo que exige produção con- acertos e fracassos na nossa visão respectivamentetebol! Brasil perde para a Argentina tar a necessidade “(com) sertos” e creta de desejos imediatistas e de na maioria das vezes depende dosno futebol! Será a falência do fute- partir para ação para salvar ativida- consumo, mas, se procurarmos a outros. Porque então esforçar-sebol nacional? Que atitudes tomar des de cultura, tradição, arte, ativi- verdadeira causa encontraremos o para acertar? Se ocorrer erros aquando ocorre a frequência da dades políticas e financeiras? sentido de nossas vidas ancorado culpa não é nossa!!!demonstração de que em alguma Faz-se necessário estar- no imediatismo dos desejos e do E desta forma somosatividade, empresa, vida pessoal, mos atentos para perceber quan- comodismo inercial que leva nossa expectadores da história dos acon-esporte, não vai bem? do sonda o perigo que conduz ao vida cotidiana a um marasmo de tecimentos e não sujeitos da nossa Será necessário esperar fracasso. Talvez seja culpa do ca- deixar acontecer, pois o esforço de própria vida e da cidadania Vestibular: um desafio até para os “melhores”. Até que ponto o vesti- o que foi aprendido ao longo da conhecimento e cultura, além, é em um português livre de erros,bular aprova os melhores? Há vida escolar.” (Revista Veja) claro da forma, ou seja, sem er- livre de expressões chulas, comuma série de condições para ser Portanto, o candidato ros gramaticais que prejudicam frases truncadas, entre outrosaprovado em um vestibular, entre ao vestibular deve estar sempre até o melhor conteúdo. Mas o “probleminhas”, de nada adian-elas, ser muito bom em tudo, ou com um olho nas apostilas e o grande problema é que, nessa tou o conhecimento dos fatosseja, saber muito bem o conte- outro nos noticiários, porque as fase de vestibular, muitos estu- em evidência.údo das disciplinas e um bom informações jornalísticas podem dantes se preocupam apenas Alguns temas sugeri-conhecimento geral de todos os enriquecer a argumentação, tão com as apostilas e se esquecem dos pela revista Veja para o pró-assuntos da atualidade além das valorizada na prova da segunda do noticiário. E é importante, ximo vestibular: Cidadania: elei-regras gramaticais, é óbvio, para fase dos vestibulares, na reda- também, saber filtrar os assun- ções municipais, meio ambienteuma boa redação. ção. É comum o candidato se tos em evidência, com sua real e o código florestal, catástrofes “Não existem provas preocupar com o conteúdo das relevância para a sociedade, pois naturais, tecnologia: internet,específicas de atualidades no apostilas e se esquecer do con- nem tudo que é noticiado é im- geopolítica: papel do Brasil noEnem e nos vestibulares. O que teúdo dos jornais. portante. cenário internacional, crise eco-há, de fato, são disciplinas como O conteúdo e a argu- Muito bem, o conteú- nômica mundial, geopolítica: 30história e geografia fazendo uso mentação que o vestibulando do está em dia! Mas e a forma? anos da Guerra das Malvinas,de fatos recentes para abordar usa na sua redação revelam seu Se o conteúdo não for expresso geopolítica: primavera árabe. Meditabunda As eleições se aproxi- meses assistiremos às propostas descontos altíssimos na aquisição especializados) que deixarão para omam. Aproveito o espaço para viáveis dos verdadeiros políticos, de guarda-chuvas, sombrinhas e cidadão crédulo apenas as burun-parabenizar os políticos com- como seremos obrigados a ouvir capas para nos proteger dos im- dangas, quer dizer, as ninharias. Nopromissados que defenderam os dos corruptos uma enxovalhada de propérios e das meditações pro- bolso dos corruptos qualquer lucrodireitos e a vontade justa do cida- promessas sem base de execução, fundas bem calculadas e dirigidas é pouco, visto que os larápios so-dão brasileiro. Vejam bem, os que utópicas e nauseabundas. É bem aos eleitores, conhecidas como as frem de bloqueio psicológico- sódefenderam... Dentro de poucos possível que as lojas promovam meditabundas. roubam dos pobres, os que traba- Ouviremos um eldorado verborrá- lham para comer enquanto aqueles gico e confuso que visa a urubu- comem sem trabalhar. E nestes zar a cabeça do povão cantando furibundos vuvus, que são as bri- canções jucundas e melosas para gas entre os corruptos, os cofres xarrascar, isto é, para pegar peixes- públicos são zungados (roubados). eleitores com iscas vulpinas de an- O povo não conhece ou tigos discursos já proferidos pelas se esqueceu de seus valores, sua velhas cobras criadas, também co- força, sua influência para que numa nhecidas por tutumunbucas. união esclarecida saibam separar o As cobras amadoras procuram al- joio do trigo como Jesus nos ensi- cançar a Assembleia, mas, no Se- nou. Se lançarmos um olhar retros- nado, nos dias de hoje, já se encon- pectivo para a História, veremos tram muitos lunfardos (corruptos quantos zorros foram desmascara- dos porque usaram da arrogância, desonestidade e desamor ao próxi- mo. Obrigado, desculpem as palavras estranhas, mas elas exis- tem de verdade. Os corruptos não as usam, eles colocam muito açú- car nas suas meditabundas para diabetizar o coração do eleitor com altas doses de sentimentalismo e esperança. Ficam tão transparen- tes, como dizem eles que o Gas- parzinho, o fantasma camarada, ficaria espantado e acharia uma barbaridade.
  5. 5. Arceburgo - Monte Santo de Minas Cultura 10 de junho de 2012 05 Arceburgo: Prefeitura Municipal e Secretaria Municipal de Educação acreditam que a leitura é uma ferramenta de transformação social dos indivíduos cuito Nacional de Feiras do Administração em 2012, que Livro” desenvolvido pela Fun- é: “Integração - Biblioteca dação Biblioteca Nacional. O Pública e Biblioteca Escolar, principal objetivo é promover fazendo da biblioteca um es- a economia do livro, fomen- paço estimulador que favore- tar a bibliodiversidade, bem ça o contato da criança com como a valorização da leitu- os livros, jornais, revistas, ra e literatura. Ao município gibis e cartazes”. Os bibliote- de Arceburgo foi repassado cários das escolas em parce- um total de R$ 9.423,00 em ria com os bibliotecários do Secretaria Municipal de Educação, Rosa Bassani e Secretaria Municipal de Educação, Rosa Bassani e Bibliotecária livros. O acervo recebido é de município estão implemen- Bibliotecárias Municipais Maria Luiza (Maiza) e Margarida Municipal Marilza Jayme 1.118 exemplares, sendo 340 tando suas ações em par- títulos. ceria. Gráficos comprovam Tal projeto vem de que os leitores de ArceburgoArceburgo: A Biblioteca Mu- por incentivo do Prefeito Mu- Costa e da Secretaria Munici- Magalhães Bassani Moraes, encontro com a proposta a estão aumentando cada veznicipal Sebastião Campos, nicipal Antonio Roberto da pal de Educação Rosa Maria participou do projeto ”Cir- ser desenvolvida por essa mais. André Oliveira é entrevistado pelo Blog Castelo gurada, amor pra mim é a lin- diria que foi quando eu fui co- processo, me dou por satisfei- seu dia a dia, aos movimentos Deus conheço alguns desses guagem criada pelo universo ordenador do empreendimento to. culturais sócio-regionais são nomes. Pessoas que inclu- para que o ser humano pudesse cultural por vias digitais de mi- O seu trabalho é a coisa mais um prato cheio para quem quer sive trabalharam comigo no definitivamente entender que nha autoria denominado Projeto importante de sua vida? fazer arte popular. Por sinal, a Projeto Macabéa e na Revista mesmo vivendo entre iguais Macabéa e da Revista Trapiches Minha família é a coisa respiração do seu povo deveria, Trapiches. O meu amigo João ele só se encontrará quando se de Cultura e Arte por quase dois mais importante de minha vida! em regra, interferir no trabalho Lenjob é um exemplar desses libertar de suas merdas e pro- anos. Foi grandioso e me deu Meu pequeno trabalho literário, de todo o artista. caras. porcionar felicidade para os ou- a honra de conviver e aprender como tantos outros trabalhos Quais os profissio- O Editor Chefe João Lenjob fi- tros, agregando à sua vida seus com gente de peso do mundo que desenvolvo, é fruto da enor- nais da arte, moda, esportes, cou muito feliz em saber das opostos e as diferenças. Amor é cultural e artístico das diversas me afeição e da admirável pa- educação, saúde e afins você considerações do amigo Je- André Jerico, Baiano, Designer, redenção, liberdade e soma. regiões desse Brasil. Em certo ciência que minha mulher e de mais admira pela natureza rico e disse corresponder a Escritor As conquistas interferem na momento da minha vida eu me minhas duas filhas dispensam profissional e pessoal? tal admiração. Os dois traba-Monte Santo: Quadro para pro- vida pessoal? peguei conversando diariamen- comigo. Digo isso porque não Admiro demais o tra- lharam juntos no projeto dafissionais da Cultura Brasileira Sempre! Nós somos te, através das janelas de meu sou bolinho. balho de pessoas que fazem Revista Trapiches, que eracom perguntas fixas elabora- seres de jornada e o cotidiano laptop, com gente como Estrela O que você mais deseja atual- de suas vidas profissionais liderado pelo André. O caradas por João Lenjob inspirado torna nossa caminhada muito Leminski em Curitiba, Tavinho mente? verdadeiras ferramentas do segundo Lenjob é talentoso,no Livro Entrevistas de Clarice chata. O cotidiano é um porre, Paes no Rio, com Paulo D’Auria, Em arte, publicar meu fomento da arte e da cultura inteligente e tem visão. Sem-Lispector. Com o Cetro: André é enfadonho, é antiproducen- Karla Jacobina e Marcelo Ferra- primeiro livro de contos e poe- por esse país tão desabaste- pre o temos por aqui, enfati-Jerico te; tédio puro. A conquista, a ri em Sampa, com Maqueli Ká, sia, porque já estou me deven- cido, muitas vezes até em de- zou alegre nosso Editor.Você critica seus próprios tra- inovação e tudo aquilo que dá Bruno Brum, Ana Letícia e Len- do isso há algum tempo. Faltou trimento de sua própria produ- Castelo do Poetabalhos? um “up” em nosso ego é sen- job em BH, com Bruno Candéas coragem, bem mais que oportu- ção artística pessoal. Graças à twitter: @castelodopoeta Possuo uma constan- sacional para que possamos em Recife, com Mônica Sanga- nidade. Na vida, a paz e a paci-te relação de inquietude com o contrabalançar essa coisa toda. lo e Silvia Câmara em Salvador ência que ainda não conquistei.que produzo. Em determinado Ao mesmo tempo, aquilo que e com mais dezenas de outras Como as pessoas podem inter-tempo beira a insatisfação e conquistamos sempre é bacana pessoas de fina estampa de ferir no seu trabalho?rejeição. Em outros, o namo- porque nos lembra que estamos outras tantas cidades por esse As peculiaridades dero desconfiado. Culpa do meu muito acima das idiossincrasias país afora. Impossível ser me- cada ser humano já são umaperfeccionismo e da inseguran- do dia a dia e que não somos lhor! Dá uma saudade enorme. grande enciclopédia por si só.ça do baiano. Sou muito duro tão sem-sal assim. Quando você sabe que vai dar Essas particularidades analisa-com o que produzo, mas estou Qual o maior momento da car- certo algum trabalho? das em sua dinamicidade, desdeaprendendo qual a hora certa reira? É só olhar e perceber as coisas mais bucólicas, comode mostrá-los ao público. Isso Não posso dizer que te- as pessoas envolvidas e as o zum zum zum das cidades emé muito difícil num ambiente tão nho carreira artística, não. Juro causas que movimentam estefugaz e dinâmico como a Inter- que nunca mensurei isso. Po- trabalho. Se tanto uma quanto anet. rém se eu tivesse que citar um outra forem positivas, já valeu aO que é o amor? momento de minha vida que foi pena. Ah cara... De forma fi- super importante para mim eu Como você acha que o Castelo pode ser exemplar ou inspira- dor através da sua pessoa? Todo instrumento midiático de cultura tem a ex- traordinária responsabilidade de engrandecer a sociedade através dessa que é a maior e mais competente ferramenta R . D r. J o s é E r n e s t o R i b e i r o , 3 0 1 . sócio-educacional existente. ( e m f r e n t e a o p o s t o B r a s i l Pe t r o ) Se, através do Castelo, o meu humilde trabalho cumprir seu papel de cooperar com esse
  6. 6. 06 10 de junho de 2012 Cidades GuaranésiaGuaranésia: Educação no caminho certo Guaranésia: Avenida Deputado Humberto de Almeida está sendo revitalizada Professoras da rede municipal em reunião de planejamento de aulaGuaranésia: Em recente ma- contra as médias brasileiras de: Ensino Fundamental. No Índicetéria publicada pela revista Veja 34,2% em Língua Portuguesa de Desenvolvimento de Educa-foi apresentado um ranking de no 5º ano 32,6% em Matemáti- ção Básica – IDEB - que variacidades mineiras cujos índices ca no 5º ano 26,3% em Língua de 1 a 10 pontos, nos anos ini- Trabalhadores da empresa Construtora Mapuã, executando os serviços diárioseducacionais demonstram o Portuguesa no 9º ano 14,8% ciais do Ensino Fundamental,sucesso da educação em Mi- em Matemática no 9º ano. Guaranésia obteve 5,7 e nos Guaranésia: Dando um novo em torno de 1.300 metros linea- por necessitar de outro tipo denas Gerais. Guaranésia não foi Quanto à qualidade, tendo em anos finais 4,3 – contra uma impulso na cidade e realizando res de muretas que serão cons- forma. Após esta etapa segundocitada na matéria publicada, vista uma pontuação mínima média brasileira de 4,6 e 4,0 – obras de grande interesse da truídas ao longo de toda Avenida informações prévias, será feitomas em consulta à mesma fon- de 200 em Língua Portuguesa, respectivamente relacionadas população, o prefeito João Car- até as proximidades com o Bairro o trabalho de paisagismo, comte em que se baseia a revista – para o 5º ano, Guaranésia ob- aos anos iniciais e finais do los Minchillo autorizou a obra de 25 de Dezembro, sendo também o preenchimento dos canteiroso ranking da ONG “Todos pela teve 198,3 - faltando menos de Ensino Fundamental. Até 2022 reurbanização dos canteiros cen- construídas muretas onde não com terra e trabalhos de atençãoEducação”, é possível verificar 2 pontos para o índice desejável a meta é que o Brasil como um trais da Avenida Deputado Hum- existem, pois a largura da Ave- ao verde.índices promissores também e, tendo em vista uma pontua- todo, alcance a média 6. Com berto de Almeida, com a cons- nida possibilita a construção das O valor investido danesta cidade. Como índices pro- ção mínima de 295 pontos em estes números vê-se que Gua- trução de muretas que elevarão mesmas. reurbanização da Avenida ultra-missores estão aqueles obtidos Matemática, Guaranésia obteve ranésia, mesmo não estando os canteiros centrais existentes O trabalho teve um pré-início passa os R$ 90 mil (noventa milem relação às metas relaciona- 235,5 pontos, ou seja 10 pontos no topo das metas desejadas, e construindo novos nos locais ainda em abril, quando a ferra- reais), em relação à caótica situ-das ao desempenho e à quali- a mais que o mínimo proposto. está trilhando um caminho ainda desprovidos, havendo uma gem utilizada nas muretas foram ação no entroncamento de ruasdade de educação. Em relação No 9º ano, para uma pontua- certo. Os resultados têm sido expectativa de que a obra seja amarradas, facilitando a colo- nas proximidades do Sindinésia,ao desempenho, Guaranésia ção mínima de 275, em Língua obtidos através de um trabalho entregue em torno de cinco me- cação das formas, ferragens e sobre uma possível intervençãoobteve no Ensino Fundamental: Portuguesa, Guaranésia obteve de equipe, priorizado nesta ad- ses. preenchimento com concreto no sentido de ali se construirno 5º ano em Língua Portugue- 251,1 e para uma pontuação mí- ministração, que tem investido Conforme a nossa “Fo- usinado. Alguns canteiros como, uma rotatória ou implementarsa 45,6%; no 5º ano em Ma- nima de 300 pontos, em Mate- na melhoria de infra- estrutura lha” apurou junto aos funcioná- por exemplo, o primeiro (sentido medidas em consonância comtemática 54,4%; no 9º ano em mática, Guaranésia obteve 266 das escolas, na capacitação e rios contratados pela Construtora centro-bairro) próximo ao CRAS as “Leis de Trânsito”, para mini-Língua Portuguesa 31.9%; no pontos, estando, assim, menos valorização dos professores da Mapuã (executora da obra), são sofrerá a intervenção a posterior, mizar a problemática.9º ano em Matemática 23,7%; classificada nos anos finais do rede municipal. Diretora da Creche Clarinda Ferreira de Jesus comemora com plantio de árvores a Semana do Meio Ambiente Guaranésia: Para comemo- este acontecimento, vindo rar a Semana do Meio Am- da cidade de Nova Resen- Forte no biente neste dia 05 de junho de o senhor Narciso Batista Atendimento, a diretora da Creche Clarinda Martins (87 anos), com ele de Jesus (Cohab II), Maria se a sua família e os amigos Forte na do Carmo Madeira Rezende, mais próximos, que também Economia organizou um movimento para o plantio de mudas de vieram para acompanhar esta satisfatória tarefa. Se- Denise, Tânia, Dona Anézia, senhor Narciso, Dona Alice, Drogaria Sul Mineira Drogaria Santana árvores nativas de nossa nhor Narciso já é reconheci- Av. Dep. Humberto de Almeida, Rua Julio Tavares, 1155 Estefânia, Joaquim, senhor Luiz (IEF), Isa Laura, David, 604 - Fone 3555- 1087 Fone 3555-1470 região. Especialmente para do pelas “bandas” de Nova Thamara, Agachados: Vitório, Maria do Carmo, José Filho, Resende por reflorestar e Nádia, José Madeira manter diariamente 1,5 al- Variedades e Novidades. queires de um bosque em sua propriedade. As mudas que foram plantadas simbo- lizando este dia foram dois Ipês e um Pau Brasil. Visi- velmente emocionada em seu discurso, Maria do Car- mo disse que “é uma satis- fação realizar junto ao meu Presentes, Utilidades e tio Narciso este plantio, pois Confecção Adulto e Infantil atos como este deixam claro a preocupação desta institui- ção de ensino junto ao Meio Ambiente”. Ainda em ritmo comemorativo, no dia 06 Senhor Narciso Batista Martins observando a diretora foi lançado o livro “Vida de da Creche Clarinda, Maria do Carmo Madeira Rezende, Gotinha”, da autora Maria do plantando uma muda de árvore Carmo Madeira Rezende. MISÉRIA E RANCOR O que mais choca nes- órgãos que não conseguem nem conhecimento de nosso fracas- sa guerra suja é a eficiência dos bloquear celulares. Os incapazes so. Precisamos de novas formas traficantes, comparada com o somos nós, aprisionados em de luta. O crime deixou de ser desencontro dos agentes da burocracias, em tradições cor- apenas um caso de polícia. A lei, que ficam batendo cabeça ruptas, em velhas táticas. A so- experiência prática das polícias uns nos outros. A anormalidade ciedade não fez nada quando as tem de ser unida ao poderio es- nisso tudo não está apenas do favelas e periferias eram peque- tratégico das Forças Armadas. O lado do crime. Eles são fruto de nas. A miséria era dócil, podia crime no Brasil virou um proble- décadas de miséria e rancor. A ser ignorada. Agora, o combate ma de estado maior. anormalidade está também nos ao crime passa primeiro pelo re- edg@rlook
  7. 7. Arceburgo Cidades 10 de junho de 2012 07 Caminhada Ecológica – Parceria para preservação do meio ambiente participação importante da COPASA, fornecendo água de qualidade aos participantes, ao participantes da caminhada já nas terras mineiras. longo da caminhada. Vista do Parque Ambiental, todos os participantes das Caminhada aproveitaram os momentos de diverção e de Linda imagem da Avenida Dr. Jose Luiz de Moraes, vista em Sr. Pereira, Ademir Carosia, Secretario de Meio Ambiente, cuidar também da saúde. quase toda sua extensão, uma mistura de preservação do João Araujo, Prefeito Toninho da Bolsa e Nenzim (Grupo meio ambiente e desenvolvimento em infraestrutura. Ecológico Olho d”água) – recebendo as plantas.Arceburgo: Como ocorre há versos grupos de amantes da Ao chegar na ponte calendário escolar da esco-06 anos, no último sábado natureza e preservadores do do Rio Canoas, divisa dos la, onde ela tem a missão dedia 02 de junho, aconteceu meio ambiente, como o gru- Estados de Minas Gerais e junto com os alunos mostrara Tradicional Caminhada da po ecológico “Olho d’água”, São Paulo, alunos do Colé- a responsabilidade de cadaEscola da Fundação Universi- Grupo de Escoteiros, Grupo gio Arceburguense, Prefeito um dos cidadãos para com otária Vida Cristã de Mococa. de Muay Thai Fabiano Fer- Municipal Antonio Roberto planeta em que vivemos. Plantio de árvore realizado pelo Prefeito Toninho da Bolsa eEla teve inicio as 06:00horas reira de Mococa, alunos do da Costa (Toninho da Bol- A caminhada contou membros do Grupo Olho d’águ - acompanhado por muitossaindo de Mococa e reuniu, Curso Técnico em Enferma- sa), Secretária Municipal com a parceria de sempre preservadores do meio ambiente.além dos alunos, professo- gem da Escola Industrial de de Educação - Rosa Maria da COPASA, que leva seures e diretores da Escola, di- Mococa, dentre outros. Magalhães Bassani Mora- apoio em todas as ações da es, Secretário Municipal de Administração de Arceburgo, Meio Ambiente - Ademir Ca- disponibilizando seu carro- rosia, esperavam pelo grupo -pipinha e distribuindo água “A Prefeitura Municipal de Monte mocoquense e se uniram à potável a todos ao partici- Santo de Minas/MG caminhada até o Parque Am- pantes. biental “Francisca Stochi luz Ao chegar no Parque informa que encontra-se disponível no hall Costa”, ponto de chegada Ambiental, como acontece da Prefeitura e no site www.seapconcur- desse tradicional evento re- todo ano, o Grupo Ecológico alizado anualmente. Olho d’água, juntamente com sos.com.br o Edital de Concurso Público “Nesses 06 anos da cami- o Prefeito Toninho da Bolsa nº 01/2011 com as devidas retificações nhada, nossa administração plantaram 5 árvores das di- abraçou o evento e parti- ferentes espécies, popular- conforme orientação do TCE/MG - Pro- cipou de todas as edições. mente conhecidas: Jequiti- cesso nº 843466. Nossa preocupação além de bá Rosa, Amendoim Bravo, A Prefeitura aguarda a revogação da preservar o meio ambiente, Espeteiro, Osso de Burro e é proporcionar a união dos Peito de Pombo. Benedito suspensão para prosseguimento do cer- dois Estados (Minas Gerais Martins Filho (Nenzim) mem- e São Paulo) e proporcionar bro do Olho d’água destacou: tame.” o desenvolvimento social da “Teremos futuramente em nossa região”, enfatizou To- Arceburgo uma maternidade ninho da Bolsa. de diversas espécies de ár- Segundo os profes- vores que servirão para as Ração; Meidicamentos; Ferramentas; sores e Direção da Escola da futuras gerações. Esse es- Fundação, ao iniciar o ano paço do Parque Ambiental Peneiras e Panos para a Panha de Café letivo os alunos já ficam an- é o nosso Jardim Botânico. siosos pelo agendamento de Arceburgo deve se orgulhar data da caminhada, que se dele e serve de exemplo para tornou um evento dentro do toda região”. Destaca-se: Para quem parti- cipa da caminhada em todas as suas edições, pode ob- servar que ao longo desses 06 anos o cenário de acesso a Arceburgo se transfor- mou. Antes era um bairro Rural e hoje encontramos uma região toda urbanizada, próspera, em pleno desen- volvimento, com 182 lotes residenciais habitados com- pondo os Bairros Vila Santa Terezinha e Nova Arceburgo, totalmente pavimentados e a Avenida Dr. Jose Luiz de Mo- raes também pavimentada e toda iluminada.
  8. 8. 08 10 de junho de 2012 Cidades Arceburgo Governo de Arceburgo: 08 anos de trabalho com muitas obras de infraestrutura urbana Avenida Dr. Jose Liz de Moraes Bairro Vila Santa Terezinha prolongamento da Rua Julio Cucco –Bairro Jardim são José Rua Osvaldo Silva – Bairro Vila Progresso prolongamento da Rua Jose Bonifacio – Bairro Alto do CruzeiroArceburgo: Teve início no dia CONCERGI, Construção, Máqui- de Arceburgo se transformando de Arceburgo pavimentadas. pavimentamos a Avenida Dr. venientes de recursos de Con-02 de maio de 2012, com au- nas e Serviços Ltda, com valor e realizando inúmeras obras em Fazendo um balanço de todo José Luiz de Moraes, uma via de vênio com os Governos Federaltorização emitida pelo Prefeito total de R$ 240.541,95 (Duzen- todos os seus setores, ou seja, trabalho realizado na infraestru- acesso muito importante para e Estadual, por indicação deAntonio Roberto da Costa (To- tos e quarenta mil, quinhentos e na Infraestrutura, na Educação, tura urbana (pavimentação de os moradores desses bairros. emendas parlamentares e tam-ninho da Bolsa), a execução da quarenta e um Reais e noventa na Saúde, no Meio Ambien- ruas) nos últimos 08 anos, fo- Arceburgo totalizará nesse mês bém de recursos conseguidosobra de Pavimentação Asfáltica e cinco centavos), sendo esse te. Foram tantos projetos re- ram pavimentadas em Arcebur- 100% de ruas pavimentadas ”, diretamente junto à Secretarianas ruas: Rua Osvaldo Silva - no valor totalmente custeado com alizados tendo sempre como go aproximadamente 100 ruas, disse Toninho da Bolsa. de Estado de Obras PúblicasBairro Vila Progresso, Prolon- recursos próprios do Município prioridade o bem estar de cada totalizando por volta de 150 mil Expressando os valo- (SETOP); 2,0 milhões são degamento da Rua José Bonifácio de Arceburgo. As obras se en- cidadão arceburguense. Toninho metros quadrados de pavimen- res financeiros aplicados para recursos próprios do Município- no Bairro Alto do Cruzeiro, contram em andamento, e se- da Bolsa não mediu esforços tação. “Foram mais de 100 ruas custear essas obras, foram gas- de Arceburgo, conseguidos comProlongamento da Rua Julio rão finalizadas ainda no mês de para fazer de Arceburgo uma pavimentadas nessa Adminis- tos o equivalente a 5 milhões de as economias realizadas a cadaCucco - no Jardim São José e junho, onde os moradores dos cidade que se destacou no ce- tração. Pavimentamos todas a Reais. Desse valor, destaca-se exercício financeiro, resultadono Prolongamento da Avenida bairros privilegiados poderão nário estadual e nacional pelos ruas que necessitavam de pa- que apenas 10% dele, ou seja, de uma Administração séria, ho-Jose Luiz de Moraes, no senti- usufruir dessas melhorias. resultados dos seus trabalhos. vimento há anos, e ainda cons- 500 mil Reais são referentes ao nesta, transparente e enxuta. Edo ao antigo Aterro Sanitário. Durante toda Adminis- Para Toninho da Bolsa, durante truímos bairros novos, como por financiamento conseguido junto também, de um trabalho incan-Foi realizado um processo lici- tração do Prefeito Antonio Ro- toda sua administração, tinha exemplo o Nova Arceburgo e Vila ao BDMG – Banco de Desen- sável de aumento de receita mu-tatório PRC nº 0141/2011, ten- berto da Costa (Toninho da Bol- como compromisso finalizar seu Santa Terezinha já inaugurados volvimento do Estado de Minas nicipal, que essa administraçãodo como vencedora a Empresa sa), foi possível ver o município governo deixando todas as ruas com pavimentação, e também Gerais; 2,5 milhões foram pro- realizou nos últimos 08 anos. Arceburgo: Conservação e Manutenção dos prédios públicos é um dever de todo governante Prédio do Complexo de Saúde, onde funciona a Secretaria Municipal e Saúde, Laboratório Municipal de Análises Clínicas e Fisioterapia; ao lado prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social. Prédio do Colégio Arceburguense Prédio do Centro de Artesanato - CADAM Terminal Rodoviário MunicipalArceburgo: No primeiro quadri- ção. Foi realizado um processo Poliesportiva da Escola Coronel go “Dona Zé” e Paço Municipal. e responsável, não se preocupa dar para que muitas geraçõesmestre do ano de 2012, o Pre- licitatório para contratação de Candido de Souza Dias. Encon- Essa Administração no decorrer apenas em construir, e sim em possam usufruir do patrimôniofeito Antonio Roberto da Costa empresa especializada em pin- tra-se em fase de finalização a desses 08 anos realizou mui- conservar e dar manutenção que é de todos. Isso é respon-(Toninho da Bolsa) deu inicio tura de prédios. Já podemos pintura do prédio do Terminal tas obras de construção, re- constante aos bens públicos, sabilidade”. Finalizando essaaos trabalhos de Conservação encontrar totalmente finalizada Rodoviário de Arceburgo. forma e ampliação de prédios que de fato pertencem a toda Administração, Toninho da Bol-e Manutenção dos prédios pú- a pintura dos prédios: Escola Para o segundo quadri- públicos municipais, pensando população. sa encerrará seu governo comblicos de Arceburgo, em todos Colégio Arceburguense, Com- mestre, terá início brevemente, em oferecer sempre o melhor Para Toninho da Bolsa, todos os prédios públicos deos setores: Saúde, Assistência plexo de Saúde, Centro de Ar- a pintura dos prédios: Unidade atendimento e infraestrutura “Conservar o bem público é um Arceburgo conservados e re-Social, Educação, Cultura, Es- tesanato (CADAM), Secretaria da Farmácia Rede de Minas, adequada em todos os setores. dever de todo governante. Não vitalizados, para as próximasporte, Infraestrura, Administra- de Assistência Social, Quadra Hospital Municipal de Arcebur- Mas, uma Administração séria basta construir, é preciso cui- administrações.
  9. 9. São Sebastião do Paraíso Cidades 10 de junho de 2012 09 Diretor de empresa canadense visita Paraíso em Engenharia Ltda, Bruno presa brasileira, Yves Cohon- passo de cada vez”. Lopes Almeida e o represen- ner conta que se surpreendeu Caso haja um acordo, a tante do Senai Bruno Lopes com a qualidade de vida dos Plan A Vision investirá R$ 65 Almeida. paraisenses e com os pro- milhões em Paraíso, além de Foi a primeira vez que o jetos de expansão da Arena gerar empregos e fomentar a canadense visitou Paraíso, Olímpica João Mambrini e economia local. Em contra- entretanto, a negociação en- do aeroporto. Além disso, o partida, a prefeitura, baseada tre as partes acontece desde canadense elogiou a unidade em uma lei municipal, isenta- novembro do ano passado, do Senai. Segundo ele, a es- rá a empresa de taxas e im- quando Alain Azais, repre- cola de aprendizagem indus- postos. sentante da empresa situa- trial poderia ser utilizada para Lâmpadas de LED nas pra- da na província de Quebec, qualificação de mão de obra ças — Além da instalação, a esteve na cidade. Naquela para sua fábrica. empresa deseja desenvolver oportunidade, o prefeito fir- Mauro Zanin declara que, projetos-pilotos em São Se- mou o compromisso que ga- se concretizada, a parceria bastião do Paraíso. Se forem rante a cessão de uma área renderá bons frutos para o viabilizados, as praças da de 30 mil metros quadrados município e, também, para o Matriz, da Fonte, dos Imigran- para a instalação da fábrica. País, que ainda é carente de tes e Lagoinha terão toda sua A parceria é intermediada tecnologias como essas. No iluminação substituída porS.S.do Paraíso: O prefeito na para dar continuidade às do encontro o vice-prefeito pela Sponky, que trabalha em entanto, o prefeito se mantém luminárias de LED, que sãoMauro Zanin e o diretor da conversas que podem trazer Márcio da Silveira; o secretá- conjunto com o governo de cauteloso em seu discurso. mais econômicas. A intençãoempresa canadense Plan A um pólo da indústria de lumi- rio de Planejamento Urbano, Quebec para trazer soluções “A expectativa é boa, uma vez do investidor é transformar asVision, Yves Cohonner, se nárias de LED para o muni- Cassius Malaguti; o respon- para o Brasil. Em carta envia- que o produto tem mercado praças da cidade em mode-reuniram na última sema- cípio. Também participaram sável pela Sponky Soluções da ao representante da em- no Brasil, mas vamos dar um los para futuros clientes. Paraíso Futsal goleia e está nas quartas de final da Copa TV Alterosa S.S.do Paraíso: Com gols de Tomás, salvo até então pela ro ano consecutivo chega às David, Formigão e Gleison, o trave ou pelas boas defesas de quartas de finais da importante Paraíso Futsal goleou São To- seu goleiro. Mas a superiorida- competição ( foi 4º colocado más de Aquino por 6 x 1 e está de paraisense era visível e nem em 2010 e campeão em 2011) e nas quartas de final da Copa TV os jogadores nem a torcida da pretende chegar mais longe na Alterosa. casa temeram pela sorte no disputa, como avaliiou o técni- Apesar do placar elás- jogo e esta previsão foi se con- co Ronei Magalhães: “A vitória tico, os torcedores que foram firmando, à medida em que os foi boa, nosso time soube lidar à Arena Olímpica na noite de gols paraisenses foram saindo, com as situações do jogo e ago- quinta-feira, 31 de maio, leva- principalmente na segunda eta- ra aguardamos nosso adversá- ram um susto quando a equipe pa e o placar final selou o desti- rio, provavelmente a equipe de aquinense abriu o placar no pri- no das duas equipes. Areado, um adversário de muito meiro tempo, após um bombar- O Paraíso Futsal segue valor. Teremos que nos preparar deio paraisense ao gol de São na competição e pelo tercei- bem para chegar às semifinais.” Seleção Brasileira fará amistosos na Equipe do Paraíso Futsal está nas quartas de finais do Copa TV Alterosa. Arena antes da Copa América S.S.do Paraíso: “A Seleção Bra- LOMBIA X PORTO RICO – 18:00 cível. A Copa América terá início no sileira Sub-18 Masculina segue - BRASIL x CANADA- 20:00. Os dia 16 de junho e os ingressos para em ritmo intenso na preparação jogos amistosos serão abertos ao a competição já estão à venda pelo para a Copa América Sub-18, que público e a entrada terá o valor sim- valor de R$5,00, válido para todos acontece em São Sebastião do bólico de 1kg de alimento não pere- os jogos da rodada do dia. Paraíso (MG) entre os dias 16 e 20 de junho. Além dos treinamen- tos, o técnico Demétrius Ferraciú já realizou dois jogos-treino con- tra equipes adultas de São Paulo (Jacareí e São Bernardo) e poderá testar novamente a equipe, ago- ra contra adversários da mesma Moderna técnica alemã agora no Brasil idade. O Brasil participa, antes Especialista em Doenças Psicossomáticas da estreia na competição con- tinental, de um quadrangular de amistosos contra Colômbia, Por- to Rico e Canadá. Os jogos serão disputados na Arena Olímpica de Paraíso, local onde será dispu- tada a Copa América, confira a programação: Amistosos preparatórios para a Copa América: 11/ jun- BRASIL X COLOMBIA- 20:00 - 12/jun- BRASIL X POR- TO RICO – 20:00 - 13/jun- CO-
  10. 10. 10 10 de junho de 2012 Cidades Guaranésia MUNICÍPIO DE GUARANÉSIA Torna pública as publicações: Processo 020/2012 – Pregão Presencial. 030/2012 – Menor Preço do Item - Objeto: Registro de preço para aquisição de tecidos e linhas, para fornecimento e eventual e futuro pelo período de doze meses. Data de abertura: 27.06.2012 às 09 horas. Processo 069/2012 – Pregão Presencial. 031/2012 – Menor Preço do Item - Objeto: Registro de preços para aquisição de prótese dentária, para fornecimento e eventual e futuro pelo período de doze meses. Data de abertura: 25.06.2012 às 09 horas. Processo 078/2012 – Pregão Presencial. 032/2012 – Menor Preço do Item - Objeto: Registro de preços para aquisição de cesta básica, para fornecimento e eventual e futuro pelo período de doze meses. Data de abertura: 22.06.2012 às 09 horas. Processo 070/2012 – Tomada de Preço 015/2012 – Menor Preço do Item - Objeto: Contratação de empresa ou profissional liberal para prestação de serviço de procedimento clínico para moldagem, prova e adaptação de prótese dentária. Data de aber- tura: 26.06.2012 às 09 horas. Os interessados poderão obter cópia do edital pelo site www.prefguaranesia.mg.gov.br ou solicitar informações pelo e-mail licitacao@ prefguaranesia.mg.gov.br ou pelo telefone (35) 3555.1200. Guaranésia, 08.06.2012. João Carlos Minchillo - Prefeito do Município.
  11. 11. Regional Agronegócios 10 de junho de 2012 11 Apoio ao produtor de café mobiliza lideranças nacionais na Cooparaiso De um lado milhares de ganhou 17,9% quando vendeu ao lisada pelo setor, nós do Governo Brasileiro, destacou que “a par- lhendo e vendendo. Agora não é café como agora. O interessanteprodutores que estão iniciando a mercado”, pontuou. “Se o lideres temos a proposta de ouvir sempre ceria entre o CNC, CNA, Decaf, assim, os recursos já devem es- é que possamos conscientizar ocolheita de 50 milhões de sacas não tiverem isto na ponta da lín- o setor, não é a posição de um ou tem sido altamente positiva”. Na tar disponibilizados na primeira produtor para que ele ordenan-de café na safra 2012/13. Do ou- gua não convence quem decide de outro que vai mudar, se houver visão de Silas os fundamentos quinzena de junho”. O presidente do sua venda ordene tambémtro o Governo Federal com um no Governo, parece que estamos unanimidade no CDPC passa a ser do mercado são altamente po- do CNC ressaltou ainda que há os preços”. A palavra do CNC éprograma de apoio ao setor, mas amortecidos, falta pressão políti- um compromisso do ministro”. sitivos, mas que “a tendência recursos do Banco do Brasil e do ordenar a oferta, cuidar do caixa,que na visão de lideranças não ca e nós é que temos que mostrar Edílson Alcântara destacou que natural é que à medida em que BNDES, enfatizando que “nunca para que os preços remuneram ochega a tempo ao campo e não ao governo esta necessidade que “o Governo está estimulando o falta recursos o produtor vai co- se viu tantos recursos para o produtor de café.assegura tranquilidade para que o é urgente”, frisou. próprio produtor a estocar”, expli-produtor possa colher e obter ren- Carlos Melles apresen- cando que “o mercado brasileiroda com a lavoura. Como forma de tou uma tabela com a evolução do comando o mundo, e o mundoampliar a discussão na busca de preço do café em relação a outros espera que o produtor brasileirouma solução para ordenar a oferta produtos e insumos, deixando venda, derrubando os preços, pore evitar que o país tenha um pre- evidente que todos os produtores isso temos que ser inteligentes ojuízo letal da ordem de até R$ 7 agropecuários, mas sobretudo o suficiente para segurar este fluxo”.bilhões, a Cooparaiso realizou na café, perderam a capacidade de O diretor do Departamento de Caféterça-feira (29) o encontro Plano troca. Por exemplo, no período concorda que o mercado está “es-de Safra 2012/13 – Programas entre 1994 a 2012, o salário míni- treito e com uma demanda alta”,de Apoio do Produtor, que reuniu mo subiu 1011%, e o café apenas mas se o produtor não vender nãoprodutores, lideranças nacionais 135%, o que Melles destaca como haverá depreciação, afinal “o pro-do setor cafeeiro e cooperativis- sendo “uma relação pecaminosa”. dutor brasileiro é quem comandata, e o diretor do Departamento As cooperativas, os sindicatos, as o mercado mundial”. Em sua falade Café da Secretaria Nacional Câmaras Municipais, Prefeituras, aos produtores ele afirmou que osde Agroenergia do Ministério da tem que ampliar essa discussão recursos alocados pelo governoAgricultura, Pecuária e Abasteci- e criar uma massa crítica”, assi- dariam para segurar em torno demento, Edílson Martins Alcântara. nalou. Na visão de Melles, se não 11,4 milhões de sacas de café, o Na abertura do encon- houver uma ação emergencial, dobro do que os produtores estãotro, o presidente da Cooparaiso, mais uma vez o produtor vai arcar pedindo em um programa de op-deputado Carlos Melles, desta- com prejuízo, já que está iniciando ções. “O produtor é quem pode fa-cou a responsabilidade de cada a colheita com os preços em que- zer a valorização do produto. Paraliderança e foi firme ao defender da e criticou: “liberação de recur- isso o segredo é gerir o fluxo dea adoção de um programa de sos do Funcafé atrasados já é uma caixa, e o segredo para enfrentar oopções para um volume de 5 mi- rotina, vejam este ano ou o ano mercado e gerir o produto”, disselhões de sacas, como forma de passado, muito poucos produto- o superintendente da área de caféoferecer sustentação de preços res tiveram acesso ao dinheiro”. da Cooparaiso, Francisco Ourique.aos cafeicultores. “A medida ado- Edilson foi enfático ao afirmar que Para ele “o planejamento estraté-tada na safra 2002/03 foi acerta- “o programa de opções não é uma gico da cafeicultura é fundamen-da e os preços subiram, do total opção do governo federal neste tal e o produtor precisa ter lucro.de 4,3 milhões de sacas contra- momento”. Por outro lado o diretor Sozinho isto não será possível”,tadas, pouco mais de 1 milhão de do Departamento de Café desta- alertou Ourique.sacas foram efetivamente com- cou que o setor precisa estar mais No encerramento dopradas, o que corresponde a 23% unido em suas reivindicações: encontro, o presidente do Conse-do total, e ainda o Governo ainda “toda proposta tem que ser ana- lho Nacional do Café (CNC), Silas
  12. 12. 12 10 de junho de 2012 Cidades Arceburgo
  13. 13. Monte Santo de Minas Educação 10 de junho de 2012 13 O Centro Educacional Homenageia as MãesMonte Santo: Foi com muito onde a cobrança foi deixada de Além do conteúdo que estas ati- enchem a todos de emoção. colar dos alunos a convivência produziram textos e poesiasprazer e alegria que as equipes lado e a relação de afetividade vidades apresentavam, as mães Paralelo a estes encon- da família na escola. O Centro sobre a temática. Apresenta-de professores e gestores do pode ser expressada e vivencia- puderam ver seus filhos em ou- tros noturnos, que foram muito Educacional, através da sua mos algumas para que o leitorCentro Educacional receberam da. tras atividades junto com seus concorridos, a escola pode equipe gestora e de professo- se emocione e possa ver a qua-as mães e seus filhos para um Primeiramente, as colegas, mostrando o quanto proporcionar para cada turno ras, reintera sempre este ponto lidade dos poemas criados porjogo de bingo, celebrando o mo- mães se encantaram com a eles já evoluíram como pesso- separadamente, em todos os como um dos nossos objetivos. nossos alunos.mento de encontro prazeroso e homenagem que seus filhos fi- as, como também na aprendiza- dias da semana, a apresentação Foi muito importante a Renovamos semprealegre entre todos. zeram, mostrando todo o amor gem da leitura e na convivência de mães que leram mensagens participação e o envolvimento a nossa alegria ao receber a Durante toda a sema- e carinho que eles sentem por com seu grupo social. para as crianças, através do cir- dos professores e coordenado- família de nossos alunos parana, a cada noite o bingo era diri- suas genitoras. No momento do bingo, cuito interno de TV. ras neste evento, desde e sua encontros que, com certeza,gido a uma série escolar. No telão eram exibidas as can- podia-se ver a torcida e envol- Agradecemos a pre- preparação até o dia da home- selam sempre a parceria alme- As crianças se senti- ções, as poesias, os poemas, vimento de todos, crianças e sença de todas as mães e vol- nagem. jada por todos.ram felizes por mais este mo- as leituras que os filhos prepa- adultos, nas expressões faciais tamos a confirmar o quanto é Durante toda a sema- Neuza Maria Rodrigues demento de encontro familiar, ram para receberem suas mães. de descontração e alegria que importante para o sucesso es- na, muitas turmas de alunos Oliveira - Diretora
  14. 14. 14 10 de junho de 2012 Regional C3 S1 S2 S3 S4

×