GLOSSÁRIO DE EDUCAÇÃO ESPECIALEste Glossário pode ser útil para quem trabalha em Educação Especial, na medidaem que permit...
escapa à actividade consciente do individuo.CCinestesia ou Quinestesia: Modalidade de sensibilidade proprioceptiva queinfo...
mesmo tempo com a finalidade de realizar uma tarefa.Coordenação olho-pé: Capacidade do sujeito para utilizar os olhos e os...
a disfunções neurológicas. É uma forma de dispraxia.Dislexia: Perturbação que se manifesta ao longo da aprendizagem da lei...
influência poderosamente os diversos órgãos, cuja função aumenta, se altera oudiminui.Equilibração: Factor essencial da gr...
Expressão corporal: Disciplina que permite encontrar mediante o estudo e aprofundidade do emprego do corpo numa linguagem ...
muscular.IImagem corporal: Representação mental do próprio corpo. Conceito individual dopróprio corpo e suas partes. Inclu...
identificar como direita e esquerda.. Predominância da habilidade, da iniciativa e dascapacidades funcionais e psicomotora...
ascendente dos substratos neurológicos. Os sub-sistemas que constituem são: atonicidade, equilibração, lateralização, noçã...
consciência de si, da medida em que se relaciona com os outros, com os objectos ecom o meio que o rodeia.RReeducação Psico...
criança com um numero cada vez maior de indivíduos. De onde resulta a sua boaintegração na sociedade em que vive.Somatogno...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Glossário de educação especial

1.147 visualizações

Publicada em

vocabulário usado nas NEE

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.147
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Glossário de educação especial

  1. 1. GLOSSÁRIO DE EDUCAÇÃO ESPECIALEste Glossário pode ser útil para quem trabalha em Educação Especial, na medidaem que permite, de forma muito rápida, uma primeira aproximação a alguns dostermos apresentados e que surgem com alguma frequência em relatórios dealunos...AAfasia:Perda da capacidade de usar ou compreender a linguagem oral.Agnosia: Impossibilidade de obter informações através de um dos canais derecepção dos sentidos, embora o órgão do sentido não esteja afectado. Ex: AAgnosia auditiva é a incapacidade de reconhecer ou interpretar um som, mesmoquando é ouvido. Assim, um indivíduo pode ouvir mas não reconhecer a campainhado telefone.Agrafia: Impossibilidade de escrever e reproduzir os seus pensamentos por escrito.Alexia: Perda da capacidade de leitura de letras manuscritas ou impressas.Antecipação: Dinâmica interna do sujeito pela qual elabora a representação de umacto motor, isto é, que está na origem do projecto motor e da sua realizaçãoconcreta.Apraxia: Impossibilidade de resposta motora na realização de movimentos com umafinalidade (movimentos voluntários).Ataxia: Dificuldade de equilíbrio e de coordenação de movimentos voluntários.Autismo: Desapego quase total da realidade, porque o sujeito refugia-se no seu euprofundo e recusa todo contacto com as coisas e os seres exteriores a ele mesmo.Automatismos: Conjunto de actos reflexos, genéticos ou adquiridos, cuja direcção
  2. 2. escapa à actividade consciente do individuo.CCinestesia ou Quinestesia: Modalidade de sensibilidade proprioceptiva queinforma o cérebro sobre os movimentos dos segmentos corporais. Participam nessainformação os fusos neuro-musculares, os corpúsculos de Golgi, e os corpúsculosde Ruffinni.Conceito: Uma ideia abstracta generalizada a partir de instâncias peculiares.Consideram-se desordens conceptuais aquelas que afectam os processoscognitivos impedindo a formulação de conceitos.Cognição: Refere-se ao pensamento, à abstracção, à síntese, à classificação equalquer outra operação mental que esteja relacionada com o modo como seprocessa a informação, se planifica e se adquirem conhecimentos.Controlo Postural: Possibilidade de actuar ou inibir a actividade de determinadaspartes do corpo para adaptar-se à actuação ou manter-se o equilíbrio.A respiração normal encontra-se regulada pelo auto-reflexo pulmonar Controlorespiratório: e pelos centros respiratórios bulbares que adaptam de uma maneiraautomática a respiração às necessidades de cada momento.Controlo tónico: Fim principal sobre o qual deve incidir a educação psicomotoravisto ser o aspecto que incide na estabilidade da atenção e da conduta.Coordenação: Possibilidade de conectar acções entre si e percepções com acções.Capacidade do corpo integrar a acção dos músculos para a realização dedeterminados movimentos, ou uma série de movimentos, de maneira mais eficiente.Coordenação dinâmica: Exige a capacidade de sincronizar os movimentos dediferentes partes do corpo.Coordenação óculo-manual: Capacidade do sujeito para usar a vista e as mãos ao
  3. 3. mesmo tempo com a finalidade de realizar uma tarefa.Coordenação olho-pé: Capacidade do sujeito para utilizar os olhos e os pés aomesmo tempo, com a finalidade de realizar uma tarefa.Criatividade: Processo intelectual cujo resultado é a projecção de ideias novas.DDescodificação: Segmentar a informação para poder estrutura-la, e assim criar umcódigo determinado a nível sensório-perceptivo.Diadococinésia: Dissociação, alternância e coordenação de movimentos,realizados por dois membros ou por dois segmentos corporais.Diálogo tónico: Forma de comunicação pela qual o corpo emite uma mensagemque surge da interacção com o outro sujeito.Disartria: Dificuldade na articulação de palavras devido a disfunções cerebrais.Discalculia: Perturbação da aprendizagem do cálculo.Discriminação: Possibilidade de separar, distinguir, diferenciar uma coisa de outra.Discriminação auditiva: Capacidade de percepção discriminativa, ou distinta dosestímulos auditivos. Habilidade para reconhecer diferenças de frequência,intensidade e timbre entre sons, fonemas e palavras iguais.Discriminação visual: Capacidade para discriminar ou diferenciar por intermédio davista um objecto de outro. Capacidade de diferenciar estímulos visuais como;tamanho, cores, formas e habilidade para identificar, emparelhar figuras idênticas oudetectar de pequenas diferenças e ou semelhanças.Disgrafia: Escrita manual extremamente pobre ou dificuldades de realização dosmovimentos motores necessários à escrita. Esta condição está muitas vezes ligada
  4. 4. a disfunções neurológicas. É uma forma de dispraxia.Dislexia: Perturbação que se manifesta ao longo da aprendizagem da leitura, devidoa uma imaturidade nos processos auditivos, visuais e tactilo-quinestésicosresponsáveis pela apropriação da linguagem escrita.Disortografia: Dificuldade na aprendizagem da leitura, revelada por fraseologiaincorrectamente construída, normalmente associada a atrasos na compreensão e naexpressão da linguagem escrita.Distrofia muscular: Uma das doenças primárias do músculo, caracterizada peloenfraquecimento e atrofia dos músculos esqueléticos que tende a aumentar asdificuldades de coordenação e que tende a uma deformação progressiva.Distractibilidade: Dificuldade de concentração, de atenção e das funçõesneuroenergéticas necessárias ao processo de aprendizagem.Dissociação: Actividade voluntária do individuo, que consiste em mover gruposmusculares independentemente uns dos outros, realizando de forma simultâneamovimentos que têm o mesmo objectivo dentro de uma determinada conduta.Disgnosia: Perturbação cerebral comportando uma má percepção visual dasformas.Dismetria: Realização de movimentos de forma inadequada e pouco económica.Dispraxia: Incapacidade de realizar movimentos intencionais.EEducação Psicomotora: Vista sobre o ângulo educativo é uma educação geral doser através do seu corpo- concepção psicopedagógica da educação.Emoção: Sentimento intenso, agradável ou penoso mais ou menos duradouro, que
  5. 5. influência poderosamente os diversos órgãos, cuja função aumenta, se altera oudiminui.Equilibração: Factor essencial da grande conquista antropológica da posturabípede.Equilíbrio: Capacidade para adoptar e manter uma posição corporal, em oposição àforça da gravidade. A conservação do equilíbrio resulta da interacção do trabalhodos músculos para suster o corpo sobre a sua base. A obtenção de equilíbrio é abase fundamental para toda a coordenação que leve a uma dinâmica de exploração.Função mediante a qual o corpo, ou parte do mesmo se mantém constantementenuma mesma posição correcta e ortostática, graças a uma série de reflexos com osque se modifica o tónus muscular. Este divide-se por sua vez, em estático, dinâmicoou activo.Espasmos: Tensão excessiva nos músculos com aumento de resistência à flexãoou à extensão.Espasticidade: Rigidez e espasmos característicos de alguns quadros de ParalisiaCerebral.Esquema corporal: conhecimento do próprio corpo e da relação das partes donosso corpo umas com as outras e com o mundo exterior.Estereotipia: Repetição rítmica de actos ou de palavras que escapam à vontade doautor.Estruturação Espacio-Temporal: Conhecimento, manejo e interiorização deconceitos espaciais e temporais, referidos no próprio corpo, nos outros e nosobjectos.Eutonia: Estado que consiste em ter todas as partes do corpo num estado óptimode tensão muscular em relação com a acção. O movimento e o gesto que oindividuo se propõe, ajusta-se ao estado ou actividade do momento.
  6. 6. Expressão corporal: Disciplina que permite encontrar mediante o estudo e aprofundidade do emprego do corpo numa linguagem própria, por códigospreconcebidos, é um modo de comunicação que encontra a sua própria semânticadirecta mais alta da expressão verbal conceptualizada. É uma forma original demanifestação que deve encontrar em si mesma, as suas próprias justificações eseus próprios métodos de trabalho.FFigura-fundo: capacidade de discernir a nível perceptivo entre um ou várioselementos justapostos num contexto visual, auditivo ou corporal. Ex: identificaralguém numa figura de grupo ou identificar o som de um instrumento musical numamelodia.Frustração: Estado psicológico quando um comportamento que tinha sido dirigido adeterminado objectivo, tenha sido bloqueado ou contrariado.GGnosia- Conhecimento, noção e função de um objecto. Segundo Pieron, toda apercepção é uma gnosia. O processo perceptivo não é mais do que a interpretaçãoe selecção dos estímulos sensoriais.HHemiplegia: Paralisia referente a um só lado.Hiperquinésia: Movimento e actividade motora constante e excessiva. Tambémdesignada por hiperactividade.Hipertonia: Organização tónica que representa um elevado nível de contracçãomuscular.Hipotonia: Organização tónica que apresenta um escasso nível de contracção
  7. 7. muscular.IImagem corporal: Representação mental do próprio corpo. Conceito individual dopróprio corpo e suas partes. Inclui o conhecimento da estrutura física do corpo e dassuas partes, dos movimentos e das funções do corpo e suas partes, da posição docorpo e suas partes, das relações entre as mesmas e com referencia a outrosindivíduos. Inclui os aspectos emocionais e psicoafectivos.Instabilidade psicomotora: Incapacidade da pessoa para manter uma relaçãoharmoniosa, psíquica e motora entre as suas intenções e estímulos ambientais.Integração: Assimilação ou cooperação de actos para um fim comum.Reconhecimento pela criança de que o seu corpo é uma unidade diferencial eseparada do meio ambiente.Inteligência: Faculdade de pensar, conhecer e compreender; conjunto de funçõespsíquicas superiores. Interacção constantemente activa entre a habilidade herdada ea experiência, que dá como resultado que o individuo é capaz de adquirir, recordar eusar conhecimentos, de entender conceitos concretos (com o tempo) abstractos, deestabelecer relações entre objectos, sucessões e ideias, e aplicar e utilizar todo oanterior com o propósito de resolver os problemas de cada dia.LLateralidade: Orientação preferente do corpo por um dos seus lados. Interiorizaçãodo conhecimento da diferença entre a esquerda e a direita. Capacidade paracontrolar ambos os lados do corpo, juntos ou separados. Base motora dos conceitosespaciais. A lateralidade preferencial situa-se ao nível do olho e do ouvido(telereceptores), da mão e do pé (propriofectores).Lateralização: Processo pelo qual o individuo passa a ter uma maior preferência emaior destreza em um dos seus lados, em estreita associação com a especializaçãohemisférica. Implica o conhecimento dos dois lados do corpo e a capacidade de os
  8. 8. identificar como direita e esquerda.. Predominância da habilidade, da iniciativa e dascapacidades funcionais e psicomotoras dum só lado do corpo, correspondendo àassimetria dos hemisférios cerebrais.Linguagem corporal: comunicação não verbal realizava através de deslocações,gestose moviemntos do corpo.MMaturação: Processo de desenvolvimento neurológico.Membro fantasma: Sentimento ou representação psicológica de um membroamputado.Mediador: É aquele que facilita entre estímulos e respostas, eficaz autoregulador daprópria conduta, instrumento de planificação da acção, rico e flexível procedimentode intercambio e comunicação.Memória: Capacidade de reter ou armazenar a experiência anterior. Mesmo quandoo estímulo não se encontra presente, a memória permite a evocação duma possívelresposta. Também designada como “imagem” ou “lembrança”.Memória auditiva: Realização do processo de interconeção entre o som e aimagem interna elaborada em relação ao próprio espaço.Motricidade Fina (Praxia Fina): Movimentos precisos das mãos e dos dedos.Motricidade Grossa (Praxia Global): Movimentos de todo o corpo e de grandessegmentos corporais.OOrganização psicomotora: Compreende a organização psicomotora eposteriormente a organização do plano motor, tendo em conta a maturação vertical
  9. 9. ascendente dos substratos neurológicos. Os sub-sistemas que constituem são: atonicidade, equilibração, lateralização, noção do corpo, estruturação espacio-temporal, praxia global e fina.PParatonia: Incapacidade de relaxamento voluntária da musculatura.Percepção: Forma como o cérebro organiza e interpreta a informação sensorial. É acapacidade de um indivíduo para dar sentido a objectos, acontecimentos esituações. Organização pela qual se constitui a representação de diversas formas,tais como auditiva, olfactiva, táctil e cinestésica.Período sensório-motor: Primeiro dos períodos de desenvolvimento cognitivo depiaget; caracteriza os primeiros anos de vida, quando os bebés aprendem pelaprimeira vez a conhecer o mundo através dos seus sentidos e actividades motoras.Postura: Posição, atitude, forma de estar, situação, disposição de uma pessoa,animal ou coisa.Praxia: Movimento intencional, organizado, tendo em vista a obtenção de um fim oude um resultado determinado. Não é um movimento reflexo, nem automático, é ummovimento voluntário, consciente, intencional, organizado, inibido, isto é,humanizado, sujeito portanto a um planeamento cortical e a um sistema deautoregulação.Proprioceptivo: Sistema sensorial resultante da actividade de receptoreslocalizados ao nível do musculo (Fuso Neuro-Muscular) do tendão (Corpúsculos deGolgi) e do labirinto, e que fornecem informações referentes à posição e aomovimento dos membros do corpo.Psicomotricidade: Disciplina e prática cujo o objecto é o corpo com os seuscomponentes biológicos, psicológicos, cognitivos e sociais; tomando comoinstrumento de acção, relação e pensamento, que permite o sujeito tomar
  10. 10. consciência de si, da medida em que se relaciona com os outros, com os objectos ecom o meio que o rodeia.RReeducação Psicomotora: Vista sobre o ângulo reeducativo é uma acçãopedagógica e psicológica que utiliza a acção corporal com o fim de melhorar ounormalizar o comportamento geral da criança, facilitando todos os aspectos dapersonalidade em situação de aprendizagem.Relaxação: Técnica mediante a qual se pretende aceder ao mínimo nível de tensãomuscular. Visa o afinamento psicotónico e a unificação psicossomática, através desituações de auto-descontraçção concentrativa.Representação: Condutas que implicam a evocação representativa de um objectoou de uma acontecimento ausente.SSincinésia: Tendência patológica para a execução simétrica de qualquermovimento, de qualquer contração muscular que executa um membro (a mão emgeral) sem que a associação possua um significado funcional. Movimentosinvoluntários e muitas vezes inconscientes; estes movimentos correspondem a umadada incitação e difusão tónica e são sempre idênticos para a mesma incitação.Sinergia: Actuação coordenada ou harmoniosa de sistemas ou de estruturasneurológicas de comportamento.Simbolização: Mecanismo mental subconsciente que consiste na representação deuma imagem sem estar presente o objecto concretamente.Simultaneidade: Acontecimento que se efectua ao mesmo tempo que outra acção.Socialização: Processo pelo qual aumenta progressivamente a comunicação da
  11. 11. criança com um numero cada vez maior de indivíduos. De onde resulta a sua boaintegração na sociedade em que vive.Somatognosia: Traduz a relação dialéctica da actividade corporal e doreconhecimento da sua estrutura e posição postural.TTaquilo-quinestésico: Informação sobre o movimento que se capta através dosreceptores da pele.Tónus: Estado de contracção muscular que em repouso prepara para a acção.Sustém sobre a forma das posturas, das atitudes e está intimamente relacionadacom a sensibilidade proprioceptiva.

×