Módulo I – Roteiro 4<br />Pontos Principais da Doutrina Espírita<br />
Princípios espíritas como fundamento para a construção da doutrina espírita em seu tríplice aspecto<br />
Deus, criador do Universo<br />Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom<br />Pergu...
Onde a doutrina encontra resposta capaz de provar a existência de Deus?<br />Na lei de causa e efeito. Não há efeito sem c...
O mundo espírita, habitado pelos Espíritos desencarnados<br />
A encarnação e reencarnação dos Espíritos na Terra e em outros mundos<br />Pluralidade dos mundos habitados<br />
- Pergunta 166: Como a alma, que não alcançou a perfeição durante a vida corporal, pode acabar de se depurar?<br />Respost...
O melhoramento progressivo dos Espíritos, que passam pelos diversos graus da hierarquia espírita até atingirem a perfeição...
1ª Ordem: Espíritos Puros<br />2ª Ordem: Bons Espíritos<br />3ª Ordem: Espíritos Imperfeitos<br />
A relação constante dos Espíritos desencarnados com os homens<br />Pergunta 459: Os espíritos influem sobre nossos pensame...
A existência do perispírito, como envoltório semimaterial do Espírito<br />É o laço que prende a alma ao corpo, princípio ...
Ensinos morais dos Espíritos Superiores, que podem ser sintetizados, como os do Cristo, na máxima evangélica fazer aos out...
Das Leis Morais<br /><ul><li>Lei Divina ou natural
Lei de adoração
Lei do trabalho
Lei de reprodução
Lei de conservação
Lei de destruição
Lei de sociedade
Lei do progresso
Lei de igualdade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fundamental i modulo i - roteiro 4

1.292 visualizações

Publicada em

Pontos principais da Doutrina Espírita

Publicada em: Espiritual, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.292
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundamental i modulo i - roteiro 4

  1. 1. Módulo I – Roteiro 4<br />Pontos Principais da Doutrina Espírita<br />
  2. 2. Princípios espíritas como fundamento para a construção da doutrina espírita em seu tríplice aspecto<br />
  3. 3. Deus, criador do Universo<br />Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom<br />Pergunta 01 – Que é Deus<br />Resposta: Deus é inteligência suprema, causa primária de todas as coisas<br />
  4. 4. Onde a doutrina encontra resposta capaz de provar a existência de Deus?<br />Na lei de causa e efeito. Não há efeito sem causa. Procurai a causa de tudo que não é obra do homem, e a vossa razão vos responderá. <br />(Pergunta n.º 4 do Livro dos Espíritos)<br />
  5. 5. O mundo espírita, habitado pelos Espíritos desencarnados<br />
  6. 6. A encarnação e reencarnação dos Espíritos na Terra e em outros mundos<br />Pluralidade dos mundos habitados<br />
  7. 7. - Pergunta 166: Como a alma, que não alcançou a perfeição durante a vida corporal, pode acabar de se depurar?<br />Resposta: Submetendo-se à prova de uma nova existência.<br />- Pergunta 166 b: A alma tem, portanto, que passar por muitas existências corporais?<br />Resposta: Sim, todos nós temos muitas existências. Os que dizem o contrário querem vos manter na ignorância em que eles próprios se encontram. Esse é o desejo deles.<br />- Pergunta 167: Qual é o objetivo da reencarnação?<br />Resposta: Expiação, melhoramento progressivo da humanidade. Sem isso, onde estaria a justiça?<br />
  8. 8. O melhoramento progressivo dos Espíritos, que passam pelos diversos graus da hierarquia espírita até atingirem a perfeição moral<br />
  9. 9. 1ª Ordem: Espíritos Puros<br />2ª Ordem: Bons Espíritos<br />3ª Ordem: Espíritos Imperfeitos<br />
  10. 10. A relação constante dos Espíritos desencarnados com os homens<br />Pergunta 459: Os espíritos influem sobre nossos pensamentos e ações?<br />Resposta: A esse respeito, sua influência é maior do que podeis imaginar. Muitas vezes são eles que vos dirigem.<br />
  11. 11. A existência do perispírito, como envoltório semimaterial do Espírito<br />É o laço que prende a alma ao corpo, princípio intermediário entre a matéria e o Espírito<br />
  12. 12.
  13. 13. Ensinos morais dos Espíritos Superiores, que podem ser sintetizados, como os do Cristo, na máxima evangélica fazer aos outros o que queríamos que os outros nos fizessem.<br />
  14. 14. Das Leis Morais<br /><ul><li>Lei Divina ou natural
  15. 15. Lei de adoração
  16. 16. Lei do trabalho
  17. 17. Lei de reprodução
  18. 18. Lei de conservação
  19. 19. Lei de destruição
  20. 20. Lei de sociedade
  21. 21. Lei do progresso
  22. 22. Lei de igualdade
  23. 23. Lei de liberdade
  24. 24. Lei de justiça, amor e caridade</li></li></ul><li>1- Ler a Introdução ao LE ou as anotações feitas em casa e identificar os demais princípios espíritas<br />2- Dividir a sala em três grupos de forma que cada um explicite os princípios encontrados. <br />3- Eleger qual o princípio mais importante da doutrina na visão do grupo.<br />
  25. 25. Princípios espíritas no Novo Testamento<br />
  26. 26. Tornou a entrar Pilatos no palácio, e chamou a Jesus, e disse: Tu és rei dos judeus? Respondeu-lhe Jesus: O meu reino não é deste mundo.<br />(João, 18:33, 36 e 37)<br />
  27. 27. Que não perturbe vosso coração. Credes em Deus, crede também em mim. Há muitas moradas na casa de meu Pai; se assim não fosse, eu já vos teria dito, pois me vou para vos preparar o lugar. E após ter ido e vos preparado o lugar, eu voltarei, e vos retomarei para mim, a fim de que lá onde eu estiver, vós estejais também.<br />(João, 14:1 a 3)<br />
  28. 28. E os discípulos Lhe perguntaram, dizendo: Pois por que dizem os escribas que importa vir Elias primeiro? Mas Jesus, respondendo, disse: Elias certamente há de vir, e restabelecerá todas as coisas; digo-vos, porém que Elias já veio, e eles não o conheceram, antes fizeram dele quanto quiseram. Assim também o Filho do Homem há de padecer às suas mãos. Então compreenderam os discípulos que era de João Batista que Jesus lhe falara.<br />Mateus, 17: 10 a 13)<br />
  29. 29. Meus bem-amados, não acrediteis em todos os Espíritos, mas provai se os Espíritos são de Deus, pois muitos falsos profetas se têm levantado no mundo<br />(João, 1ª epístola, 4:1)<br />
  30. 30. Se me amais, guardareis meus mandamentos. Rogarei ao Pai e ele vos dará um outro Paráclito que fique para sempre convosco; é o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece. Vós o conheceis porque permanece junto de vós e está em vós.<br />João 14: 15 a 17<br />Paráclito: designativo aplicado ao Cristo; defensor, protetor, mentor)<br />
  31. 31. E estava ali, naquela Sinagoga, um homem possesso de um espírito impuro, que começou a gritar: “Que é que tem conosco, Jesus de Nazaré? Vieste para nossa perdição? Eu te conheço: tu és o Santo de Deus! Mas Jesus o repreendeu energicamente:”Cala-te e sai deste homem” O espírito impuro, sacudindo o homem com violência, deu um forte grito e saiu dele. Todos ficaram tão espantados que perguntaram entre si:”Mas o que é isso? Aí está um ensinamento novo, dado com autoridade! Ele manda até nos espíritos impuros e eles lhe obedecem!”<br />Marcos 1:23 a 27<br />

×