Guilherme Lunardi
 Formado em Administração de Empresas pela
Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em
GestãoEmpr...
A JET
 16 anos de mercado
 + de 100 colaboradores
 + de 400 clientes ativos
 Modelo SaaS – Software as a Service
 Alt...
INDÚSTRIAS NO E-COMMERCE
Aderir ao comércio eletrônico não é opção apenas para varejistas.
Há muito espaço também para as ...
MERCADO
MERCADO
MERCADO
MERCADO
EVOLUÇÃO DOS E-CONSUMIDORES (ATIVOS)
MERCADO
MODELOS DE NEGÓCIO
B2C
Existe a possibilidade da indústria criar a sua loja própria com uma linha de produtos
diferente ou com preços maiores...
B2B2C
Neste modelo a indústria cria uma loja própria e vende para o consumidor, mas direciona
o pedido para um varejista o...
loja.brastemp.com.br
loja.utam.com.br
forumlingeries.com.br
skinceuticals.com
loja.laroche-posay.com.br
lancome.com.br
asus.com/BR
B2B / B2B2B
Nesta opção a indústria utiliza o comércio eletrônico para otimizar o canal de vendas com
os distribuidores e ...
loja.corona.com.br
morelli.com.br
leone.equipamentos.com.br
atacado5geracao.com.br
LOJA DO VENDEDOR / VENDA ASSISTIDA
O e-commerce é uma ótima ferramenta para otimização dos processos comerciais.
A força d...
agroservicos.com
TELEVENDAS NO E-COMMERCE
A maioria das industrias já mantem uma equipe de televendas, mas através de uma
plataforma de e-c...
QUIOSQUE
O comércio eletrônico através de quiosques permite ao varejista vender produtos que não
estão na sua loja e sim n...
CRIAÇÃO DE MARCAS DE VAREJO
Outra maneira da indústria se beneficiar do e-commerce sem prejudicar a relação com os
canais ...
wmdentista.com.br
extremelife.com.br
BUSINESS TO EMPLOYEE (B2E)
O B2E é uma variação do B2C.
No modelo Business to Employee a indústria cria a plataforma de e-...
unileverstore.com.br
jjcompraonline.com.br
vendamaisbritania.com.br
Perguntas?
Guilherme Lunardi
guilherme@jet.com.br
(11) 3512-9880
OUTROS TELEFONES
São Paulo: 11 3512-9880 | Ribeirão Preto: 16 3211-7...
As Vantagens do E-commerce para a Indústria
As Vantagens do E-commerce para a Indústria
As Vantagens do E-commerce para a Indústria
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As Vantagens do E-commerce para a Indústria

515 visualizações

Publicada em

Aderir ao comércio eletrônico não é opção apenas para varejistas. Há muito espaço também para as indústrias participarem do e-commerce, de preferência de forma organizada e planejada para não esbarrar no incômodo conflito de canais.

Neste webinar falaremos sobre os principais meios e como incorporar a indústria no e-commerce destacando as vantagens e benefícios para o seu negócio.

PALESTRANTE:
Guilherme Lunardi é formado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Gestão Empresarial pela FGV, com 10 anos de experiência em comércio eletrônico participou da criação e desenvolvimento da JET e-Commerce. Hoje atua como Diretor Comercial na gestão das áreas de marketing, vendas e parcerias.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
515
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As Vantagens do E-commerce para a Indústria

  1. 1. Guilherme Lunardi  Formado em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em GestãoEmpresarialpelaFGV  10 anos de experiência em comércio eletrônico, participou da criação e desenvolvimento da JET e- Commerce.  Diretor Comercial na gestão das áreas de marketing, vendaseparcerias.
  2. 2. A JET  16 anos de mercado  + de 100 colaboradores  + de 400 clientes ativos  Modelo SaaS – Software as a Service  Alta escalabilidade  Foco no negócio: A JET cuida de toda tecnologia e deixa você focado no seu negócio  Inovação e evolução contínua  Equipe de Profissionais certificados e especializados em e-commerce  www.jet.com.br
  3. 3. INDÚSTRIAS NO E-COMMERCE Aderir ao comércio eletrônico não é opção apenas para varejistas. Há muito espaço também para as indústrias participarem do e-commerce, de preferência de forma organizada e planejada para não esbarrar no incômodo conflito de canais. Existem várias formas de se fazer isso, a seguir destacamos as principais.
  4. 4. MERCADO
  5. 5. MERCADO
  6. 6. MERCADO
  7. 7. MERCADO EVOLUÇÃO DOS E-CONSUMIDORES (ATIVOS)
  8. 8. MERCADO
  9. 9. MODELOS DE NEGÓCIO
  10. 10. B2C Existe a possibilidade da indústria criar a sua loja própria com uma linha de produtos diferente ou com preços maiores do que as praticadas pelo varejo. Alguns dos objetivos dessa estratégia: • Valorizar a marca, • Fidelizar clientes, • Conhecer com mais profundidade o perfil e comportamento do consumidor que compra da marca, • Criar uma comunicação direta entre a indústria e o consumidor final.
  11. 11. B2B2C Neste modelo a indústria cria uma loja própria e vende para o consumidor, mas direciona o pedido para um varejista ou revenda em uma transação B2B. O varejo repassa ao consumidor final, em uma relação B2C, a partir de uma mesma plataforma de e-commerce.
  12. 12. loja.brastemp.com.br
  13. 13. loja.utam.com.br
  14. 14. forumlingeries.com.br
  15. 15. skinceuticals.com
  16. 16. loja.laroche-posay.com.br
  17. 17. lancome.com.br
  18. 18. asus.com/BR
  19. 19. B2B / B2B2B Nesta opção a indústria utiliza o comércio eletrônico para otimizar o canal de vendas com os distribuidores e varejistas. Desta forma é possível chegar aonde a força de vendas não chega, em clientes de menor expressão e regiões onde a indústria ainda não atua. Também facilita o input de pedidos e a consulta de estoque para os clientes.
  20. 20. loja.corona.com.br
  21. 21. morelli.com.br
  22. 22. leone.equipamentos.com.br
  23. 23. atacado5geracao.com.br
  24. 24. LOJA DO VENDEDOR / VENDA ASSISTIDA O e-commerce é uma ótima ferramenta para otimização dos processos comerciais. A força de vendas normalmente é regionalizada, e atender todos os clientes com a mesma qualidade é uma tarefa complexa, por falta de tempo e distâncias longas. Criar a loja virtual do vendedor permite ao cliente interagir com o vendedor sem a presença física, inserindo pedidos, enviando dúvidas e realizando cotações.
  25. 25. agroservicos.com
  26. 26. TELEVENDAS NO E-COMMERCE A maioria das industrias já mantem uma equipe de televendas, mas através de uma plataforma de e-commerce é possível oferecer uma ferramenta poderosa de inteligência e conversão de vendas para a equipe comercial, em que é possível checar histórico de compras, os últimos pedidos, produtos recomendados, perfil do cliente, entre outros.
  27. 27. QUIOSQUE O comércio eletrônico através de quiosques permite ao varejista vender produtos que não estão na sua loja e sim no estoque da indústria ou distribuidor. Isto é uma grande vantagem para o varejista que não tem poder financeiro de manter uma quantidade grande de produtos. É também um grande diferencial para a indústria, pois consegue disponibilizar todos os seus produtos para o cliente que consome naquela loja, aumentando a visibilidade da sua marca.
  28. 28. CRIAÇÃO DE MARCAS DE VAREJO Outra maneira da indústria se beneficiar do e-commerce sem prejudicar a relação com os canais é criar uma loja própria com outro nome ou marca. Desta forma é possível vender para o consumidor final e usufruir da alta margem.
  29. 29. wmdentista.com.br
  30. 30. extremelife.com.br
  31. 31. BUSINESS TO EMPLOYEE (B2E) O B2E é uma variação do B2C. No modelo Business to Employee a indústria cria a plataforma de e-commerce geralmente no formato intranet para oferecer produtos e serviços para seus funcionários e indicados com preços diferenciados do varejo tradicional, normalmente tem limites de compra e desconto em folha.
  32. 32. unileverstore.com.br
  33. 33. jjcompraonline.com.br
  34. 34. vendamaisbritania.com.br
  35. 35. Perguntas?
  36. 36. Guilherme Lunardi guilherme@jet.com.br (11) 3512-9880 OUTROS TELEFONES São Paulo: 11 3512-9880 | Ribeirão Preto: 16 3211-7000 | Belo Horizonte: 31 3519-9880 Curitiba: 41 3012-9880 | Goiânia: 62 3412-9880 | Rio de Janeiro: 21 3512-9880 www.jet.com.br

×