Capacitação em higiene alimentar

1.569 visualizações

Publicada em

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.569
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
58
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Capacitação em higiene alimentar

  1. 1. Capacitação emCapacitação em higiene alimentarhigiene alimentar BOAS PRÁTICAS:BOAS PRÁTICAS:
  2. 2. Capacitação em higiene alimentar • De acordo com a Portaria SVS/MS nº326, de 30 de julho de 1997, o emprego de luvas na manipulação de alimentos deve obedecer às perfeitas condições de higiene e limpeza destas..
  3. 3. Capacitação em higiene alimentar • Tipos de luvas • Escolha a luva correta para cada atividade a ser desempenhada.
  4. 4. Capacitação em higiene alimentar • Tipos de luvas • Escolha a luva correta para cada atividade a ser desempenhada, deverão ser descartadas, não sendo permitida a sua reutilização
  5. 5. Capacitação em higiene alimentar • O uso de luvas não exime o manipulador da obrigação de lavar as mãos cuidadosamente
  6. 6. Capacitação em higiene alimentar Regras básicas • Descartar as luvas sempre que: • For ao banheiro • Pegar no dinheiro • Recolher lixo • Manipular um alimento cru e depois • manipular um alimento já cozido • Atender ao telefone • Abrir a geladeira • Tossir, espirrar ou assoar o nariz • Se pentear
  7. 7. Capacitação em higiene alimentar • Nas empresas é obrigatório que TODO o cabelo esteja coberto por uma rede ou touca para se evitar a queda dos mesmos nos alimentos. Não adianta deixar a franja ou um topete prá fora da rede ou touca!
  8. 8. Capacitação em higiene alimentar • não devem ser usadas fora da área de atendimento, nem ficar penduradas no pescoço e/ou queixo
  9. 9. Capacitação em higiene alimentar • devem ser descartadas nos locais apropriados, após o uso em cada turno devem ser removidas enquanto o profissional estiver com luvas. • Nunca com as mãos nuas; • para sua remoção, devem o mínimo possível ser manuseadas e somente pelos bordos ou cordéis, tendo em vista a contaminação;
  10. 10. Capacitação em higiene alimentar • As máscaras são utilizadas principalmente nas empresas que produzem ou preparam alimentos. São trocadas com maior ou menor freqüência dependendo da qualidade das mesmas. • A máscara torna-se úmida depois de 20 a 30 minutos de uso, agregando as fibras e permitindo a passagem de grande quantidade microrganismos, além de se tornar desconfortável e provocar prurido, ocasionando maior contaminação das mãos decorrente do ato de coçar.
  11. 11. Capacitação em higiene alimentar • Não comer, mascar chiclete, fumar, tossir, espirrar e evitar falar enquanto estiver manipulando alimentos. • Enquanto falamos, expelimos gotículas de saliva que contêm os já mencionados estafilococos, que podem contaminar os alimentos. Da mesma forma, isso acontece quando tossimos ou espirramos.
  12. 12. Capacitação em higiene alimentar • O uso das luvas descartáveis para manipulação, • é para proteger os alimentos e não o manipulador!
  13. 13. Capacitação em higiene alimentar Não adianta ir ao banheiro, coçar a cabeça, mexer no lixo com as luvas e depois manipular os alimentos. As luvas descartáveis, se estiverem sujas também carregam contaminantes para os alimentos.
  14. 14. Capacitação em higiene alimentar • Manter as unhas curtas, limpas e sem esmalte; • As unhas daqueles que manipulam alimentos devem • sempre estar curtas para se evitar que embaixo delas • fiquem sujidades que poderão ser transferidas para • os alimentos

×