Romantismo
As três gerações do Romantismo
Jéssica Letícia Moresi da Silva
Surgido no século XVIII
O Romantismo foi, além da literatura, um movimento
artístico e filósofo. Começou na Europa no sécu...
No Brasil
Começou por volta de 1822, na Independência.
O movimento nessa época foi marcado pelo
nacionalismo, pode-se enco...
"Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
de vivo luzir, estrelas incertas, que as águas
dormentes do mar vão ferir” [...
As três gerações
A obra que marca o início das produções
românticas é “Suspiros Poéticos e Saudades”, de
Gonçalves de Maga...
Domingos José Gonçalves de
Magalhães, nasceu no Rio de
Janeiro, em 1811, e morreu em
Roma, em 1882.
publica seu primeiro l...
Antônio Gonçalves Dias nasceu em
1823, em Caxias, no Maranhão e
morreu no naufrágio do Ville
Boulogne, em 1864.
escrevendo...
Segunda Geração: Mal do
Século
Os principais poetas desse grupo foram Álvares de
Azevedo, Casimiro de Abreu, Fagundes Vare...
Manuel Antônio Álvares de
Azevedo nasceu em São Paulo
(1831) e morreu no Rio de Janeiro
(1852).
Herdou o que mais lhe conv...
Luís Nicolau Fagundes Varela nasceu
no município de Rio Claro, Estado
do Rio, em 1841, e faleceu em
Niterói, em 1875.
Apes...
Casimiro José Marques de Abreu
nasceu em Barra se São João (RJ),
em 1839, e morreu em Nova
Friburgo, também no Rio, em 186...
Luís José Junqueira Freire nasceu em
Salvador, em 1832, e faleceu em 1855.
Dedica-se à obra literária. Sua poesia pode ser...
Terceira Geração: Condoreirismo
Traz um foco político e social. é a fase que
prenuncia o realismo, tanto é que tem como
fo...
Antônio Frederico Castro
Alves nasceu em curralinho, na
bahia, em 1847. Depois, atacado de
tuberculose, morreu em pleno fu...
Tobias Barreto de Meneses (Vila de
Campos do Rio Real, 7 de
junho de 1839 — Recife, 26 de
junho de 1889).
Foi o fundador d...
Escola Estadual Professor João Cruz
Jéssica Letícia Moresi da Silva
13 – 2º Ano do Ensino Médio C
Professora:
Maria Piedad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Romantismo e suas gerações.

1.657 visualizações

Publicada em

Slide contém:
* Sobre o Romantismo.
* Suas gerações.
* Principais Poetas.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.657
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Romantismo e suas gerações.

  1. 1. Romantismo As três gerações do Romantismo Jéssica Letícia Moresi da Silva
  2. 2. Surgido no século XVIII O Romantismo foi, além da literatura, um movimento artístico e filósofo. Começou na Europa no século XVIII e se estendeu até o século XIX. O movimento romântico cultiva uma visão de mundo centrada no indivíduo, retratando dramas pessoais como tragédias de amor, idéias utópicas, desejos de escapismo e amores platônicos ou impossíveis. Já no século XIX, o movimento foi voltado para o lirismo, a emoção e a valorização do “eu”.
  3. 3. No Brasil Começou por volta de 1822, na Independência. O movimento nessa época foi marcado pelo nacionalismo, pode-se encontrar características dessa época nas obras dos autores que marcaram o movimento. Por exemplo a exaltação da Pátria feita por Gonçalves Dias e temas polêmicos como a escravidão nas obras de Castro Alves A produção Romântica foi rica e vasta tanto em outros países, quanto aqui.
  4. 4. "Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, de vivo luzir, estrelas incertas, que as águas dormentes do mar vão ferir” [...] Gonçalves Dias
  5. 5. As três gerações A obra que marca o início das produções românticas é “Suspiros Poéticos e Saudades”, de Gonçalves de Magalhães. 1ª geração: marcada pelo Nacionalismo, os poetas que marcaram essa época foram o Gonçalves de Magalhães e Gonçalves dias. Desta primeira geração tentam resgatar, através da figura do índio, o herói que, na Europa, foi encontrado na Idade Média.
  6. 6. Domingos José Gonçalves de Magalhães, nasceu no Rio de Janeiro, em 1811, e morreu em Roma, em 1882. publica seu primeiro livro, Poesias, em 1832. Publica em 1836, Suspiros poéticos e Saudades, considerado o primeiro livro Romântico brasileiro, é de grande importância para o Romantismo no Brasil e da reforma nacionalista da nossa literatura. Poesia lírica: "Suspiros Poéticos e Saudades" (1836); Poesia épica: "A Confederação dos Tamoios" (1856); Os Mistérios (1858); Cânticos Fúnebres (1864); NOVELA: Amância (1844); TEATRO(em verso): Antônio José ou O Poeta e a Inquisição (1838).
  7. 7. Antônio Gonçalves Dias nasceu em 1823, em Caxias, no Maranhão e morreu no naufrágio do Ville Boulogne, em 1864. escrevendo o belo poema "Sextilhas de Frei Antão" (1848), em português arcaico e medieval. Dias foi um poeta de fértil imaginação e acentuada sensibilidade. Lançou, em 1846, seu livro de estréia "Primeiros Cantos“. O índio em seus poemas é interpretado como um herói num cenário vivo e exuberante. Escreveu ainda belas páginas líricas. Muitos temas e formas da sua poesia servirão de modelo autores de períodos posteriores ao Romantismo. POESIA: "Primeiros Cantos" (1846); "Segundos Cantos e Sextilhas de frei Antão"(1848); "Últimos Cantos" (1851); "Os Timbiras" (1857). TEATRO: "Beatriz Cenci" (1843); "Leonor de Mendonça" (1847); "Boabdil" (1850). OUTROS GÊNEROS: "Memórias de Agapito Goiaba (1841); "Dicionário da língua tupi" (1858).
  8. 8. Segunda Geração: Mal do Século Os principais poetas desse grupo foram Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Fagundes Varela e Junqueira Freire. Iniciou por volta de 1850, a poesia vinha de encontro às ideias e temáticas da geração anterior: o eu-lírico volta-se mais para si e afasta-se da realidade social à sua volta. Os sentimentos são exagerados, O eu-lírico vivem em meio solidão, aos devaneios e às idealizações.
  9. 9. Manuel Antônio Álvares de Azevedo nasceu em São Paulo (1831) e morreu no Rio de Janeiro (1852). Herdou o que mais lhe conveio à sensibilidade: o sentimentalismo doentio. Tinha verdadeira obsessão pela morte e sentiu a eterna ausência do amor. O desregramento e a degradação em suas histórias eram mais fruto da imaginação do que reflexo da sua vida privada. Poesia: Lira dos vinte anos (1853); O conde Lopo (1866); Conto: Noite na taverna ( 1855). Teatro: Macário (1855).
  10. 10. Luís Nicolau Fagundes Varela nasceu no município de Rio Claro, Estado do Rio, em 1841, e faleceu em Niterói, em 1875. Apesar de boêmio, Fagundes Varela era muito religioso e nos deixou vários poemas que versam sobre religiosidade. morte de seu pequeno filho Emiliano inspirou o poema"CÂNTICO DO CALVÁRIO". Sua poesia abrange ainda temas sociais, como a libertação dos escravos. Temas abordados nas poesias: * religiosidade; * temas românticos, como: - a saudade, o amor lírico; * o patriotismo; * mal do século.
  11. 11. Casimiro José Marques de Abreu nasceu em Barra se São João (RJ), em 1839, e morreu em Nova Friburgo, também no Rio, em 1860. Criou poemas que refletem em parte sua vida agitada e de fantasias. Seus temas preferidos foram o amor lírico e a saudade. Longe de sua Pátria e de seus amigos levou a criar poemas saudosistas. A poesia de Casimiro de Abreu é singela, espontânea e, por vezes, infantil. A simplicidade de sua linguagem e a pureza de seus ritmos fizeram de Casimiro um dos poetas mais lidos e populares do romantismo brasileiro.
  12. 12. Luís José Junqueira Freire nasceu em Salvador, em 1832, e faleceu em 1855. Dedica-se à obra literária. Sua poesia pode ser classificada em: *Filosófica-religiosa; *Lírico-amorosa; *Social. Em sua poesia transparece a sede de infinito, a angústia da vida, a religião e a filosofia como apoios da existência. Ocorre oposição entre o sentimento religioso e o erotismo contido. Dessa contradição resulta a obsessão pela morte.
  13. 13. Terceira Geração: Condoreirismo Traz um foco político e social. é a fase que prenuncia o realismo, tanto é que tem como foco a realidade social, a crítica à sociedade, a poesia liberal, enfim, era o final do movimento romântico no brasil. Poetas românticos faziam em busca de defender seus ideais libertários. Poetas da terceira geração: Castro Alves e Tobias Barreto.
  14. 14. Antônio Frederico Castro Alves nasceu em curralinho, na bahia, em 1847. Depois, atacado de tuberculose, morreu em pleno fulgor da vida e da carreira, em 1871, em Salvador. * Poeta social , * Poeta lírico-amoroso, * Poeta da natureza. A poesia lírico-amorosa de Castro Alves denuncia paixão e sensualidade tropical. Os versos de Castro Alves eram: * Inflamados; * Haviam ousadas metáforas; * Hipérboles e apóstrofes, com muita arte e expressidade.
  15. 15. Tobias Barreto de Meneses (Vila de Campos do Rio Real, 7 de junho de 1839 — Recife, 26 de junho de 1889). Foi o fundador do condoreirismo brasileiro. Declamador, polemista, repentista, troca desafios poéticos com Castro Alves em torno de duas atrizes de teatro, e faz da guerra do Paraguai o motivo central de sua poesia. Poesia: Que Mimo (1874) O Gênio da Humanidade (1866) A Escravidão (1868) Amar (1866) Glosa (1864)
  16. 16. Escola Estadual Professor João Cruz Jéssica Letícia Moresi da Silva 13 – 2º Ano do Ensino Médio C Professora: Maria Piedade Teodoro da Silva

×