Ecoturismo - TGT

1.815 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.815
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ecoturismo - TGT

  1. 1. Alunas: Fernanda N. Soares Jesrayne Nascimento
  2. 2. Ecoturismo: Conceito Ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza, de forma sustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem- estar das populações.
  3. 3. Ecoturismo: Características O Ecoturismo caracteriza-se pelo contato com ambientes naturais e pela realização de atividades que possam proporcionar a vivência e o conhecimento da natureza, e pela proteção das áreas onde ocorre.
  4. 4. Ecoturismo: Locais No Mundo  Patagônia (Argentina/Chile)
  5. 5. Ecoturismo: Locais no Mundo  Deserto do Atacama
  6. 6. Ecoturismo: Locais no Brasil  CAPITAL BRASILEIRA DE ECOTURISMO: BONITO - MS
  7. 7. Ecoturismo: Locais em Pernambuco  Fernando de Noronha
  8. 8. Ecoturismo: Locais em Pernambuco  Calhetas
  9. 9. Ecoturismo: Considerações Finais Entendemos então que ecoturismo é a segmento turístico que assenta-se sobre o tripé: interpretação, conservação e sustentabilidade.
  10. 10. Turismo de Aventura: Conceito Turismo de Aventura compreende os movimentos turísticos decorrentes da prática de atividades de aventura de caráter recreativo e não competitivo
  11. 11. Turismo de Aventura: Características  Diversidade  Gestão de Riscos  Participação e Interação
  12. 12. Turismo de Aventura: Considerações Finais Assim, as atividades de aventura pressupõem determinado esforço e riscos controláveis, e que podem variar de intensidade conforme a exigência de cada atividade e a capacidade física e psicológica do turista. Isso requer que o Turismo de Aventura seja tratado de modo particular, especialmente quanto aos aspectos relacionados à segurança
  13. 13. Referências Bibliográficas Ministério do Turismo, Marcos Conceituais, PDF. Ministério do Turismo, Turismo de Aventura, PDF. Ministério do Turismo, Ecoturismo, PDF. http://www.nathab.com/south-america/patagonia-adventure/ http://www.destinosdeviagem.com/patagonia-a-terra-do-fogo-argentina- e-chile/ http://www.espacoturismo.com/turismo-2/pacotes-patagonia-argentina http://www.achetudoeregiao.com.br/noticias/meio_ambiente0027.htm
  14. 14. Referências Bibliográficas  http://vivermaisavida.files.wordpress.com/2010/12/vale-de-la- luna.jpg  http://vivermaisavida.files.wordpress.com/2010/12/laguna- micanti.jpg  http://www.mundodastribos.com/pacotes-para-deserto-do- atacama.html#  http://www.ganeshturismo.com.br/destinos- internacionais/america-do-sul/chile/deserto-do-atacama/  http://vivermaisavida.files.wordpress.com/2010/12/mao- atacama.jpg
  15. 15. Referências Bibliográficas http://naturaulas.blogspot.com.br/2013/01/curso-pratico-de- biodiversidade-marinha.html http://ittturismo.com.br/?page_id=569 http://www.fernando-de-noronha.ardois.com/pg/12959/fernando- de-noronha/ http://poetacarlosmaia.blogspot.com.br/2012/05/calhetas-ramos- sobrinho-2008.html http://www.baixaki.com.br/papel-de-parede/32597-praia-de- calhetas.htm

×