Projeto de pesquisa 2013

858 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
858
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto de pesquisa 2013

  1. 1. PROJETO DE PESQUISA Português Aplicado Prof.ª Ana Regina Vieira IFPE Campus Recife Versão: maio/2013
  2. 2. CONCEITO Projeto de pesquisa é o documento em que são traçados os objetivos e metas a serem cumpridos para a realização de uma pesquisa.  É elaborado a partir das ideias e propostas de um aluno (pesquisador), com a colaboração de um orientador (com titulação compatível).
  3. 3. FINALIDADE DE UM PROJETO DE PESQUISA Indicar os caminhos que serão percorridos para a efetivação da pesquisa, de acordo com o conhecimento prévio do pesquisador.
  4. 4. CARACTERÍSTICAS  Deve ser elaborado pelo aluno com rigor científico e método, com base na literatura existente.  De acordo com a sua finalidade, o projeto deve seguir as recomendações da instituição à qual é apresentado.  Deve observar os padrões de elaboração fornecidos da ABNT (ver NBR 15.287 da ABNT, publicada em 2005 e Emenda nº 1 dessa NBR).
  5. 5. CARACTERÍSTICAS  Os resultados de um projeto de pesquisa devem ser divulgados formalmente em um trabalho acadêmico, TCC, monografia, dissertação, tese etc., para obtenção de:  certificado ou diploma (ex.: de graduação)  título (ex.: de especialista, mestre ou doutor)  bolsa de iniciação científica, bolsa de estágio etc. A informação produzida no estudo deve ser organizada, comunicada e disseminada, pois essa transferência contribui para o desenvolvimento científico-tecnológico.
  6. 6. OBJETIVOS DE UM PROJETO DE PESQUISA Planejar as ações do pesquisador para responder questões acerca de um fenômeno. Descrever a estrutura da pesquisa.
  7. 7. PASSO A PASSO Escolha do Tema Definição do Problema de Pesquisa Levantamento da Literatura Elaboração do PROJETO
  8. 8. PARTES DE UM PROJETO
  9. 9. PARTES DE UM PROJETO 1. Tema 2. Problema de pesquisa ou questão norteadora 3. Justificativa 4. Objetivos geral e específicos 5. Hipótese(s) 6. Referencial Teórico ou Fundamentação teórica 7. Metodologia ou Material e Métodos 8. Cronograma 9. Plano de Trabalho 10. Orçamento 11. Referências
  10. 10. 1. TEMA  É a definição do que vai ser pesquisado.  Pode surgir da observação de situações do cotidiano, do estudo de literatura publicada, de sugestões de especialistas, de indicações de programas de pesquisa etc.  É um tópico específico de uma área temática mais ampla, que pode ser objeto de uma investigação, investigação essa que poderá auxiliar outras pessoas a compreendê-lo melhor ou a mudar seu ponto de vista sobre ele. Por exemplo:
  11. 11. BUSCA DE TEMAS RELEVANTES  Dentro de sua área de conhecimento, enumere pelo menos três temas que lhe interessem.  Investigue se os temas que levantou são relevantes na sua área de conhecimento.  Procure conhecer as linhas e áreas de pesquisa existentes no país na sua área de conhecimento;  Busque informações sobre essas linhas e áreas de pesquisa, para ter ideias sobre temas que já são pesquisados e pensar em outros que ainda podem ser.
  12. 12. ONDE BUSCAR TEMAS RELEVANTES?  Na internet, por exemplo:  nas páginas dos departamentos e programas de pós- graduação de sua área;  no site do CNPQ, na página “Grupos de Pesquisa no Brasil”;  na “Plataforma Lattes”;  na Base de Dados da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior)  etc.  Conversando com professores e colegas.  Em revistas e livros especializados de sua área, observe os temas ali tratados.  Nas Introduções e Conclusões de teses e dissertações.  Em palestras, seminários, fóruns de sua área de conhecimento.
  13. 13. ATIVIDADE 1  Em grupos de 4 ou 3, realizar uma sessão de brainstorming para geração de ideias acerca de possíveis temas para o projeto.  Regras: 1. Críticas são rejeitadas; 2. Criatividade é bem-vinda; 3. Quantidade é necessária; 4. Combinação e aperfeiçoamento são necessários.
  14. 14. QUESTÃO OU PROBLEMA DE PESQUISA “Só quem sabe o que procura pode encontrar.”
  15. 15. 2. PROBLEMA OU QUESTÃO(ÕES) DE PESQUISA (PROBLEMATIZAÇÃO DO TEMA)  É um questionamento, uma dúvida a ser solucionada através do desenvolvimento da pesquisa.  Em toda pesquisa existem questões que o pesquisador quer responder e que norteiam seu trabalho.  As questões não devem ser amplas demais, porque, se forem, você não vai ser capaz de respondê-las nem vai dar tempo.  As questões não devem ser restritas demais, pois corre-se o risco de que o trabalho não tenha a menor relevância.
  16. 16. EXEMPLO DE PROBLEMA DE PESQUISA
  17. 17. SUGESTÕES DE FORMULAÇÃO DE QUESTÕES (HUBNER, 2002) Quais os fatores determinantes de X? Há relação entre x e y? Quais os efeitos de X sobre Y? Quais as características de X? Quais as semelhanças (ou diferenças) entre X e Y? O que acontece quando... Qual a causa de .... Como deveria ser ... para ...
  18. 18. ATIVIDADE 2  Em grupos de 4 ou 3, elaborar o problema de pesquisa a partir do tema já definido (problematização* do tema). *etapa do planejamento científico que mais costuma tirar a noite de sono dos pesquisadores, sobretudo dos iniciantes - nada mais é do que a proposição de uma questão que se buscará responder por meio de pesquisa. Em outras palavras, problema é a pergunta que a pesquisa pretende resolver. Para formular o problema, devemos transformar o tema em uma pergunta. Por isso, o melhor caminho para a redação da problemática no corpo do texto do projeto é utilizar uma frase interrogativa.
  19. 19. 3. HIPÓTESE  São prováveis respostas, explicações provisórias, afirmações que serão testadas mediante a reflexão teórica ou evidência de dados, por meio da pesquisa.  Ao final da pesquisa, as hipóteses podem ser confirmadas ou rejeitadas.  A hipótese é uma tentativa prévia de responder à questão de pesquisa. Por exemplo:
  20. 20. 4. JUSTIFICATIVA  Envolve a descrição da origem do problema levantado e a relação do tema com o contexto social.  Trata-se de uma argumentação que justifique a escolha desse tema/problema, considerando as contribuições para o crescimento pessoal, social, científico e da instituição. Por exemplo:
  21. 21. 5. OBJETIVOS Determina as metas que se quer alcançar com a pesquisa/estudo. Podem ser divididos em Geral e Específicos.  Geral: é a meta mais ampla da pesquisa/estudo.  Específicos: determinam aspectos particulares que se pretende estudar, compreender, explicar, a fim de alcançar o objetivo geral.  Podem ser listados com marcadores, usando-se verbos de ação no infinitivo (estudar, compreender, entender, explicar, descrever, identificar etc.)  Cada objetivo envolve um único verbo de ação.
  22. 22. EXEMPLO  “Verificar a relação entre infraestrutura escolar e o envolvimento da escola com a comunidade e suas taxas de evasão e faltas.”  “Identificar os motivos da evasão e das altos índices de falta.”  “Criar mecanismos de atração dos alunos à escola.”
  23. 23. 6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA OU PRESSUPOSTOS TEÓRICOS  Elaboração de uma síntese do que já foi dito e publicado sobre o assunto, ou seja, uma visão geral do problema.  Apresenta o “Estado da Arte” ou nível de desenvolvimento atingido (por uma ciência, uma técnica) na atualidade.  Inclusão de citações diretas, indiretas e notas de rodapé.  Autores e obras citadas devem estar nas referências.  Não é um texto conclusivo: a pesquisa ainda será desenvolvida.
  24. 24. 7. MATERIAL E MÉTODOS (OU METODOLOGIA)  Indica como serão coletados os dados; como serão trabalhadas as informações; como será feita a seleção e a localização das fontes de informação, os sujeitos da pesquisa (informantes); quais os procedimentos, instalações, equipamentos e demais instrumentos utilizados na realização do trabalho.  São definidas as formas de coleta e análise de dados e informações: por exemplo, entrevistas, questionários, formulários, bibliografia, documentos, análises, estatísticas etc.  São informados o universo a ser pesquisado e a técnica de amostragem.  A confiabilidade da pesquisa depende da representatividade da amostra.
  25. 25. 7. MATERIAL E MÉTODOS OU METODOLOGIA  Coleta de dados: descreve-se claramente o método a ser utilizado. Se a opção for uma pesquisa qualitativa deve-se indicar como serão coletados e analisados os dados. Se for uma pesquisa quantitativa, deve-se deixar claro como se pretende fazer a coleta.  Seleção dos Participantes ou Informantes e amostragem: é importante informar quem são os participantes da pesquisa (ou sujeitos).  Análise e interpretação dos resultados: deve-se descrever como serão analisados os resultados da pesquisa. Se for qualitativa, pode-se interpretar a resposta global ou individualmente. Se for quantitativa, pode-se utilizar a estatística descritiva.
  26. 26. 8. CRONOGRAMA  Indica o período de realização e as etapas de execução em relação ao tempo previsto para alcançar o que foi estabelecido.  É essencial que o aluno-pesquisador acompanhe o desenvolvimento da pesquisa em relação às atividades propostas, ao tempo gasto etc.
  27. 27. QUADRO 1 - Cronograma das atividades a serem desenvolvidas no projeto Data/ atividade Nov 2011 Dez 2011 Jan 2012 Fev 2012 Mar 2012 Abr 2012 Maio 2012 Definição do tema x Elaboração do Projeto x x Revisão da literatura x x x x x Coleta de dados x x x x etc.
  28. 28. 9. PLANO DE TRABALHO  De acordo com o cronograma, apresenta-se um plano de trabalho onde deve ficar claro o envolvimento direto do(s) pesquisador(es) com a pesquisa, suas principais responsabilidades e funções.  Por exemplo:
  29. 29. 10. ORÇAMENTO  É o detalhamento dos recursos financeiros necessários para a realização da pesquisa, como bolsas; materiais de consumo, deslocamentos e outros.  Pode-se avaliar a viabilidade da realização da pesquisa. QUADRO 2 – Orçamento do projeto Material qtd Preço Un Total Papel A4 Livros TOTAL Transportes TOTAL TOTAL GERAL
  30. 30. 11. REFERÊNCIAS Deve-se incluir a bibliografia utilizada no desenvolvimento da proposta conforme as normas técnicas vigentes.  NBR 6023, de 2002, com 24 páginas.  NBR 6034 (12/2004), 4 p.  NBR 10520 (8/2002), 7 p.  NBR 10522 (10/1988), 11 p.  outros documentos complementares.
  31. 31. PROJETO Produção escrita
  32. 32. ESTRUTURA Finalidade Uso (Projeto) Capa Proteção e identificação Obrigatório Folha de Rosto Idem Obrigatório Sumário Divisão do trabalho Obrigatório Conforme a ABNT, nas NBRs 15287 e 14724.
  33. 33. ESTRUTURA Finalidade Uso (Projeto) 1. Introdução Contextualizar o tema Obrigatório 2. Justificativa Apresentar a relevância do estudo para o conhecimento técnico- científico. Obrigatório 3. Problema ou Questão de pesquisa Problematização do tema. Obrigatório 4. Objetivos Finalidade do estudo Obrigatório 5. Hipótese(s) Afirmações provisórias apresentadas pelo pesquisador, possíveis respostas. Obrigatório 6. Referencial Teórico ou Fundamentação Teórica Apresentar ideias, conceitos e considerações de autores dos documentos consultados para fundamentar o trabalho. Obrigatório
  34. 34. ESTRUTURA Finalidade Uso (Projeto) 6. Referencial Teórico ou Fundamentação Teórica Apresentar ideias, conceitos e considerações de autores consultados para fundamentar o trabalho. Obrigatório 7. Metodologia ou Materiais e Métodos Planejamento, sequência e forma de realizar a pesquisa em função dos objetivos. Obrigatório 8. Cronograma Programação de tempo para a realização das atividades. Obrigatório 9. Plano de Trabalho Nomes, funções e responsabilidades. Opcional 10. Orçamento Detalhamento dos recursos financeiros Opcional Referências Relacionar obras citadas no Projeto. Obrigatório
  35. 35. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Centro xxxxxxxxxxxxxxx Departamento xxxxxxxxxxxxx Curso ou Programa de Pós-Graduação xxxxxxxxxxxx PROJETO DE PESQUISA: UM ESTUDO SOBRE O CONSUMO PER CAPITA DE XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Aluno(s): autor(res) Orientador(a): xxxxxxxxxxxxxxxx Recife 2013 CAPA
  36. 36. AUTOR(ES) UM ESTUDO SOBRE xxxxx Projeto de Pesquisa apresentado ao Programa de Pós-graduação em XXXXXXXXX da Universidade Federal de Pernambuco, sob a orientação da Prof.ª Dr.ª XXXXXXXX. Recife 2013 FOLHA DE ROSTO
  37. 37. REFERÊNCIAS 1. CONDURÚ, M. T.; Pereira, J. A. R. 2010. Elaboração de Trabalhos Acadêmicos. 4. ed. Belém. 2. GIL, A. C. 2010. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas. 3. GRESSLER. L. A. 2007. Introdução à pesquisa: projetos e relatórios. São Paulo: Loyola. 4. MARTINS, D. S.; Zilberknop, L. S. 2009. Português Instrumental. 28. ed. São Paulo: Atlas.

×