Oralidade_e_escrita

938 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
938
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oralidade_e_escrita

  1. 1. 06/04/2012 ORALIDADE E ESCRITA IFPE campus Recife Português Aplicado – Prof.ª Ana Regina28/02/2012 2ObjetivosDas aulas anteriores, Ao final desta aula,você já deve saber: você deverá saber: • Qual a diferença entre • Quais as características língua e linguagem. da oralidade e as • O que é signo características da linguístico. escrita. 1
  2. 2. 06/04/201228/02/2012 3Revisando – Linguagem• Linguagem é uma atividade humana, sempre utilizada em situações de interlocução.• Essa atividade pressupõe a existência de interlocutores.• Traz as marcas (e marca) da história, da sociedade e da ideologia de uma cultura.• Por meio da linguagem elaboramos representações sobre o mundo em que vivemos, organizamos e damos forma às nossas experiências.• As línguas, a pintura, a música, a dança, os sistemas gestuais, os quadrinhos etc. são exemplos de diferentes linguagens.28/02/2012 4Revisando – Língua• Um sistema de representação socialmente construído, cujos constituintes são signos linguísticos.• Os usuários de uma linguagem devem conhecer, compartilhar o valor simbólico de seus signos.• Se não houvesse acordo quanto a esse valor, não haveria comunicação possível.• Signo linguístico como unidade de significação • Significante: suporte - dog (inglês), cachorro, cane (italiano). • Significado: conceito 2
  3. 3. 06/04/201228/02/2012 5 RELAÇÃO ENTRE ORALIDADE E ESCRITA28/02/2012 6A invenção da escrita• Cronologicamente, a fala precedeu bastante a escrita, mas, do ponto de vista do prestígio social, a escrita é, e sempre foi, considerada mais prestigiosa que a fala.• Ao longo do tempo: • a escrita se impôs; • penetrou nas sociedades de forma arrasadora; • tornou-se um bem social desejável e essencial à sobrevivência no mundo moderno.• A supremacia ou supervalorização da escrita não se deve a virtudes intrínsecas da modalidade, sendo muito mais o resultado de uma conjugação de fatores externos, principalmente de posturas ideológicas. 3
  4. 4. 06/04/201228/02/2012 7Atividade 1• Qual o grande segredo do sucesso da escrita?• Dizem Tezza e Faraco (2003, p.11) que a palavra-chave pode ser permanência. Neste sentido, a escrita foi o grande amplificador da linguagem oral.Baseado na leitura do texto de referência, explique asasserções abaixo:1. A escrita atravessa o tempo.2. A escrita atravessa o espaço.28/02/2012 8A invenção da escrita• Existem muitos povos que não usam qualquer sistema de escrita e cujas culturas se sustentam na tradição oral.• Embora nem todas as sociedades tenham escrita, todas usam uma língua oral.• A fala e a escrita são modalidades distintas da língua.• Essas modalidades emergem nas nossas práticas sociais cotidianas, quando fazemos uso da língua.• Algumas práticas são mediadas preferencialmente pela escrita e outras pela fala. 4
  5. 5. 06/04/201228/02/2012 9Prática de texto 1O texto exibido no slide seguinte estava exposto em umestabelecimento comercial no interior da Bahia.Em duplas, leiam o texto e respondam as seguintesperguntas, fazendo as devidas anotações para socializarcom a turma.1. Que aviso o dono do estabelecimento queria dar a seus fregueses?2. O que o texto permite concluir sobre o contato de seu autor com as práticas sociais de escrita?28/02/2012 10texto 1 5
  6. 6. 06/04/201228/02/2012 11A escrita• Nas sociedades letradas, mesmo os analfabetos lidam de alguma forma com a escrita – letreiros dos ônibus, rótulos de produtos, outdoors etc. – são, portanto, indiretamente letrados.• A escrita não é um simples registro da fala, pois foi inventada pelo homem quando a fala “não conseguia dar conta de todas as suas necessidades”.• Quando escrevemos obedecemos a um sistema particular de regras que não coincide com a fala em muitos pontos essenciais.• A escrita expressa diferentes necessidades comunicativas e cognitivas do homem.28/02/2012 12Prática de texto 2Ainda sobre o texto 1, responda:• Que aspecto dessa escrita parece mostrar que o seu autor entende a escrita como um registro da fala? 6
  7. 7. 06/04/201228/02/2012 13Os sistemas de escrita• A base de nossa escrita é o sistema alfabético: utilizamos sinais gráficos, as letras, para representar unidades de som menores que a sílaba (fonemas).• Representamos, assim, qualquer palavra da língua.• A escrita alfabética recupera o significado (a ideia) por meio da representação do significante linguístico (palavra).• Outras sociedades letradas, não desenvolveram o sistema alfabético. Na China , por exemplo, são os ideogramas que representam as ideias.• 8.000 – é o número estimado de caracteres que um chinês usa.28/02/2012 14A escrita e a dimensão sonora da línguaportuguesa• O fonema é a unidade de som que contribui para o estabelecimento de diferenças de significado entre palavras de uma língua. • Faca – Vaca (/f/ e /v/) • Face – Fase (/s/ e /z/) (surdo x sonoro) • Casa – Zebra (/z/) • Exame – Sintaxe (/z/ e /s/) • Chuva - /∫/ • Sexo - /ks/• O uso do sistema alfabético é regulado por uma ortográfica. 7
  8. 8. 06/04/201228/02/2012 15Características: fala x escritaNa perspectiva do uso, a fala e a escrita:• possuem as suas peculiaridades, ou seja, têm características próprias, mas não necessariamente opostas.• são usadas de forma integrada entre si.• são usadas com outros modos de representação e comunicação, como é o caso da imagem.28/02/2012 16Contraste fala escrita• ampla variedade • língua padrão• elementos expressivos • sinais gráficos• entonação, pausa, ritmo • sinais gráficos• sentenças mais curtas, às • períodos longos, com vezes, fragmentadas orações intercaladas• redundância • concisão• flutuação de tema • unidade temática• interlocutor presente • interlocutor virtual• aprendizagem natural • aprendizagem artificial 8
  9. 9. 06/04/201228/02/2012 17Prática de texto 2Trabalho em dupla:Leia o trecho do Diário de Tati, de Heloísa Périssé, pararefletir sobre os efeitos que as marcas de oralidade podemprovocar na escrita.1. Identifique ocorrências de gírias.2. Identifique estruturas típicas da fala coloquial.3. Justifique (ou não) o uso dessas marcas no texto lido.28/02/2012 18Prática de texto 3• Páginas 14, 15 e 16 do texto de referência. 9
  10. 10. 06/04/201228/02/2012 19ReferênciasABAURRE, Maria Luiza; ABAURRE, Maria Bernadete;PONTARA, Marcela. 2008. Português: contexto,interlocução e sentido. v. 1. São Paulo: Moderna.FARACO, Carlos A.; TEZZA, Cristóvão. 2003. Oficina deTexto. Petrópolis: Vozes.MARCUSCHI, Luiz A. (2001). Da fala para a escrita. SãoPaulo: Cortez. 10

×