Exercícios de História Império – Primeiro Reinado

12.196 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
109
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exercícios de História Império – Primeiro Reinado

  1. 1. Exercícios de História (0) As províncias do Grão-Pará, Maranhão, Piauí, Bahia e Cisplatina foram as primeiras a aderir ao Império – Primeiro Reinado movimento de independência.TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (1) Todas as províncias destacadas no mapa foram(Ufpe) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos visitadas pela esquadra de Cochrane, militar queparênteses a letra (V) se a afirmativa for verdadeira combateu na guerra da Independência do ladoou (F) se for falsa. brasileiro. (2) Nas províncias do Grão-Pará, Maranhão e Bahia a1. Na manhã de 13 de fevereiro de 1825, na porta da resistência contra a independência foi mais forte,Igreja do Pátio do Terço, em Recife, Frei Caneca foi ocasionando lutas que se prolongaram além do 7 dedespojado de suas ordens e executado. setembro de 1822.Considera(m)-se atividade(s) revolucionária(s) do (3) As províncias destacadas representam o "partidoFrei: brasileiro", que reunia aristocracia rural, os( ) jornalista, redator de O DIÁRIO NOVO jornal comerciantes nativos e os burocratas, e nãopraieiro, responsável pela agitação intelectual da defendiam a separação de Portugal.Revolução de 1848 em Pernambuco; (4) A província Cisplatina conseguiu sua( ) Frei Caneca participou da revolução de 1817 independência mais cedo que o próprio Brasil. Antescujo ideário republicano era semelhante ao da de 1822 a Cisplatina já se chamava Uruguai.Revolução de 1824;( ) Frei Caneca dirigiu, durante o Primeiro Reinado, 3. O processo de desenvolvimento da indústriaum período revolucionário intitulado "Sentinela da brasileira não foi acompanhado de uma efetivaLiberdade na Guarita de Pernambuco"; política protecionista aduaneira. Quais teriam sido as( ) Frei Caneca insurge-se contra a Constituição razões?Outorgada, logo após a dissolução da Constituinte em1823; (0) O Brasil como nação independente optou pelo( ) Dirigiu e foi redator principal do jornal O TÍFIS liberalismo econômico.Pernambucano que combatia o absolutismo do (1) A partir da presença da família Real no Brasil eImperador Pedro I e incitava à rebelião. durante todo o século XIX a doutrina econômica que comandou a industrialização foi o mercantilismo.TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. (2) Os interesses britânicos criaram obstáculos a(Ufpe) Na(s) questão(ões) a seguir assinale os itens realização de uma política protecionista alfandegária.corretos e os itens errados. (3) A ideologia nacionalista encontrou grande ressonância no Império Brasileiro levando o Governo2. O mapa a seguir apresenta o Brasil pré- a praticar o liberalismo econômico.independente, no século XIX. Algumas províncias (4) A política econômica do Brasil durante todo oestão coloridas e se destacam das restantes. Sobre século XIX foi preferencialmente agrícola. Basta dizeras coloridas, analise as proposições a seguir: que a Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional ocupava-se com o aperfeiçoamento técnico da agricultura. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufba) Na(s) questões adiante escreva, no espaço apropriado, a soma dos itens corretos.1|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  2. 2. 4. "Finalmente, seguindo um plano já traçado de (MARTINS, Luciana de Lima, "O Rio deantemão, em 2 de julho de 1823, Madeira de Melo e Janeiro dos Viajantes: o olhar britânico (1800-1850):"seus homens deixavam Salvador, pressionados Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor: 2001, p.69)também pela esquadra inglesa comandada peloAlmirante Cochrane, que veio oficialmente em auxílio 5. Explique as razões político-comerciais quea Labatut." favoreceram a primazia inglesa no Brasil na primeira (MENDES JR., p. 159) metade do século XIX.Em relação ao processo histórico cujo desfecho está 6. Cite uma mudança cultural ocorrida no Rio dedescrito no texto anterior, pode-se dizer: Janeiro, em decorrência do estreitamento das relações comerciais com a Inglaterra, na primeira(01) No Nordeste brasileiro, particularmente na Bahia, metade do século XIX.a disposição do povo até pela luta armada foi decisivapara a consolidação da Independência. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO(02) As guerras pela Independência configuram a luta (Ufba) Assinale as proposições corretas, some osdos brasileiros contra os representantes do números a elas associados e marque no espaçocolonialismo lusitano, ainda presentes em diversas apropriado.províncias do Brasil.(04) A luta travada pelo povo baiano buscou resgatar 7. "Brasileiros!o ideal da Conjuração dos Alfaiates de fazer da Bahia Salta aos olhos a negra perfídia,uma república independente e democrática. são patentes os reiterados(08) A união de algumas províncias do Norte e perjúrios do Imperador,Nordeste em torno da República do Equador foi e está conhecida nossa ilusãodecisiva para a vitória dos revolucionários. ou engano em adotarmos(16) Os revolucionários de 1823 lutavam por uma um sistema de governo defeituosoconstituição que garantisse a soberania do povo, que em sua origem,fosse republicana e que extinguisse a escravidão. e mais defeituoso em suas(32) O processo de independência do Brasil culminou partes componentes...com a implantação da forma de governo monárquico- O sistema americano deve serparlamentarista, inspirada no modelo adotado na idêntico;América Hispânica. desprezemos instituições oligárquicas,Soma ( ) só cabidas na encanecida Europa."TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.(Unirio) "A partir do século XIX, a importância Manifesto de Proclamação da Confederação docomercial e estratégica do Rio de Janeiro para a Equador, em 12 de julho de 1824.Inglaterra foi aumentando. O Rio oferecia um porto (MENDES JR., v. 2, p. 169)seguro, de fácil acesso, imediatamente reconhecívelpela extraordinária terra ao seu redor e bastante Com base no texto anterior e nos conhecimentosamplo, conforme descrição de James Horsburgh, um sobre o processo de independência do Brasil, pode-hidrógrafo da Companhia das Índias Orientais. Após se afirmar:tornar-se a capital do Brasil em 1763, a cidadeapresentava um rápido crescimento populacional etambém comercial.Nessa época, o Rio de Janeiro era o segundo centronaval e comercial mais importante do ImpérioPortuguês, sendo Lisboa o primeiro".2|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  3. 3. 9. (Uepg) A incerta linha de Tordesilhas foi(01) A "negra perfídia" e os "perjúrios do Imperador" suplantada pela expansão das bandeiras paulistas,referidos no Manifesto demonstram o desagrado dos pelos criadores de gado, pelas forças militares e pelabrasileiros para com as atitudes autoritárias tomadas mineração. A partir do século XVIII a configuraçãopor D. Pedro I, após a dissolução da Assembléia territorial do Brasil passou a se aproximar bastante daConstituinte. atual, com exceção das fronteiras do Sul. Sobre as(02) O movimento revolucionário pernambucano que questões territoriais no sul do Brasil, assinale o quecriticou o centralismo político imposto pela primeira for correto.Constituição pretendia reunir as províncias doNordeste num governo republicano e federativo. 01) No século XVlll, Portugal e Espanha disputaram(04) O "sistema de governo defeituoso em sua os territórios das Sete Missões, ocupados por índios eorigem" decorreu da participação dos deputados jesuítas, e a Colônia do Sacramento, fundada no Riobrasileiros nas Cortes Constituintes de Lisboa e da Prata, hoje território uruguaio.conseqüente aprovação de uma única constituição 02) A Colônia do Sacramento, base estratégica parapara o Reino Unido. o contrabando da prata oriunda da Bolívia e do Peru,(08) O sistema de governo mencionado no texto foi foi incorporada ao Brasil em 1821, com aconsiderado pelos manifestantes "mais defeituoso em denominação Província Cisplatina.suas partes componentes", porque estabelecia 04) A Província Cisplatina jamais se integrou ao Brasileleições baseadas no sufrágio universal e igualdade em virtude da origem espanhola de seus habitantes eentre os três poderes. os conflitos de interesses na região do Prata.(16) A reação conservadora e aristocrática vivida pela 08) Em 1827, a Província Cisplatina tomou-se aEuropa, após a derrota de Napoleão Bonaparte, foi República do Uruguai. Duas forças políticascontestada peIa onda revolucionária liberal de 1830, disputavam o poder: o Partido Blanco, dosque se refletiu no Brasil, através das críticas ao pecuaristas, que se apoiava na Argentina, e o Partidocentralismo e autoritarismo de D. Pedro I. dos Colorados, dos comerciantes de Montevidéu, que(32) A onda revolucionária liberal européia de 1848 era simpático ao Brasil.refletiu-se no Brasil, através da vigência dos 16) A Inglaterra, favorável à formação de uma grandeprincípios federalistas estabelecidos com a república no Rio da Prata, colocou-se sempre contramaioridade de D. Pedro II. a intervenção do Brasil nessa região.Soma ( ) 10. (Unesp) A respeito da independência do Brasil, pode-se afirmar que:8. (Ufpe) Qual das alternativas a seguir contém as a) consubstanciou os ideais propostos naatividades produtivas que mais utilizaram a mão-de- Confederação do Equador.obra escrava nos períodos Colonial e Imperial, no b) instituiu a monarquia como forma de governo, aBrasil? partir de amplo movimento popular.a) Cultura de subsistência nas colônias de parceria, c) propôs, a partir das idéias liberais das elitesna região Sul, e criação de gado nas terras gaúchas. políticas, a extinção do tráfico de escravos,b) Extração de pau-brasil, culturas do fumo e do contrariando os interesses da Inglaterra.algodão. d) provocou, a partir da Constituição de 1824,c) Produção de açúcar, cultura do café e mineração. profundas transformações na estruturas econômicasd) Pecuária e mineração. e sociais do País.e) Comércio, construção de estradas de ferro e e) implicou na adoção da forma monárquica deprodução de açúcar. governo e preservou os interesses básicos dos proprietários de terras e de escravos.3|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  4. 4. 11. (Fuvest) A organização do Estado brasileiro que 14. (Fuvest) Procure interpretar a "charge" de Miguelse seguiu à Independência resultou no projeto do Paiva, analisando sua versão da Independência dogrupo: Brasil.a) liberal-conservador, que defendia a monarquiaconstitucional, a integridade territorial e o regimecentralizado.b) maçônico, que pregava a autonomia provincial, ofortalecimento do executivo e a extinção daescravidão.c) liberal-radical, que defendia a convocação de umaAssembléia Constituinte, a igualdade de direitospolíticos e a manutenção da estrutura social.d) cortesão, que defendia os interessesrecolonizadores, as tradições monárquicas e oliberalismo econômico.e) liberal-democrático, que defendia a soberaniapopular, o federalismo e a legitimidade monárquica. 15. (Fuvest-gv) Explique o processo político que12. (Unicamp) Durante o processo de Independência resultou na abdicação de D. Pedro I em 1831.da América Latina, diferentes significados foramatribuídos à idéia de liberdade. Explique o significado 16. (Fuvest) Ao proclamarem a sua independência, asda liberdade para: colônias espanholas da América optaram pelo regimea) Simón Bolívar, um dos líderes da Independência republicano, seguindo o modelo norte-americano. Oda América espanhola. Brasil optou pelo regime monárquico:b) Toussaint Louverture e Dessalines, líderes da a) pela grande popularidade desse sistema deIndependência do Haiti. governo entre os brasileiros.c) Pedro I, imperador do Brasil. b) porque a República traria forçosamente a abolição da escravidão, como ocorrera quando da13. (Unesp) "Brasileiros! Salta aos olhos a (...) proclamação da independência dos Estados Unidos.perfídia, são patentes os reiterados perjuros do c) como conseqüência do processo políticoImperador, e está conhecida a nossa ilusão ou desencadeado pela instalação da corte portuguesa naengano em adotarmos um sistema de governo colônia.defeituoso em sua origem e mais defeituoso ainda em d) pelo fascínio que a pompa e o luxo da cortesuas partes componentes. As constituições, as leis e monárquica exerciam sobre os colonos.todas as instituições humanas são feitas para os e) em oposição ao regime republicano portuguêspovos e não os povos para elas. Eis, pois, brasileiros, implantado pelas cortes.tratemos de constituir-nos de um modo análogo àsluzes do século em que vivemos (...), desprezemos 17. (Unicamp) Caio Prado Júnior, falecido emas instituições oligárquicas, só cabidas na encanecida novembro de 1990, foi um dos mais importantesEuropa." historiadores brasileiros deste século. No livro (MANIFESTO DOS FORMAÇÃO DO BRASIL CONTEMPORÂNEO, deREVOLUCIONÁRIOS DA CONFEDERAÇÃO DO 1942, escreveu:EQUADOR, 1824)Com base no texto, indique:a) o tipo de governo qualificado como "defeituoso";b) o sistema de governo proposto pelos revoltosos.4|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  5. 5. 20. (Faap) O fuzilamento de Frei Caneca está ligado"O início do século XIX não se assinala para nós ao seguinte fato da História do Brasil:unicamente por esses acontecimentos relevantes que a) Inconfidência Mineirasão a transferência da sede da monarquia portuguesa b) Confederação do Equadorpara o Brasil e os atos preparatórios da emancipação c) Revolta dos Canudospolítica do Brasil. Ele marca uma etapa decisiva em d) A Praieiranossa evolução e inicia em todos os terrenos, social, e) Revolução Farroupilhapolítico e econômico, uma fase nova." 21. (Ufes) "Confederação do Equador: ManifestoPara cada um dos "terrenos" mencionados por Caio RevolucionárioPrado Jr. ("social, político e econômico") indique eanalise uma transformação importante ocorrida no Brasileiros do Norte! Pedro de Alcântara, filho de D.século XIX. João VI, rei de Portugal, a quem vós, após uma estúpida condescendência com os Brasileiros do Sul,18. (Cesgranrio) A concretização da emancipação aclamastes vosso imperador, quer descaradamentepolítica do Brasil, em 1822, foi seguida de escravizar-vos. Que desaforado atrevimento de umdivergências entre os diversos setores da sociedade, europeu no Brasil. Acaso pensará esse estrangeiroem torno do projeto constitucional, culminando com o ingrato e sem costumes que tem algum direito àfechamento da Assembléia Constituinte. Coroa, por descender da casa de Bragança naAssinale a opção que relaciona corretamente os Europa, de quem já somos independentes de fato epreceitos da Constituição Imperial com as de direito? Não há delírio igual (... )."características da sociedade brasileira: (Ulysses de Carvalho Brandão. Aa) A autonomia das antigas Capitanias atendia aos CONFEDERAÇÃO DO EQUADOR. Pernambuco:interesses das oligarquias agrárias. Publicações Oficiais, 1924).b) O Poder Moderador conferia ao Imperador aproeminência sobre os demais Poderes. O texto dos Confederados de 1824 revela umc) A abolição do Padroado, por influência liberal, momento de insatisfação política contra aassegurou ampla liberdade religiosa. a) extinção do Poder Legislativo pela Constituição ded) A abolição progressiva da escravidão, proposta de 1824 e sua substituição pelo Poder Moderador.José Bonifácio, foi uma das principais razões da b) mudança do sistema eleitoral na Constituição deoposição ao Imperador D. Pedro I. 1824, que vedava aos brasileiros o direito de see) A introdução do sufrágio universal permitiu a candidatar ao Parlamento, o que só era possível aosparticipação política das camadas populares, portugueses.provocando rebeliões em várias partes do país. c) atitude absolutista de D. Pedro I, ao dissolver a Constituinte de 1823 e outorgar uma Constituição que19. (Faap) Nas lutas conhecidas como Guerras da conferia amplos poderes ao Imperador.Independência e no reconhecimento externo da d) liberalização do sistema de mão-de-obra nasIndependência, o Brasil foi auxiliado pelo(a): disposições constitucionais, por pressão do grupoa) França português, que já não detinha o controle das grandesb) Espanha fazendas e da produção de açúcar.c) Itália e) restrição às vantagens do comércio do açúcar pelod) Estados Unidos reforço do monopólio português e aumento dose) Inglaterra tributos contidos na Carta Constitucional.5|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  6. 6. 22. (Uel) A Confederação do Equador, em 1824, se 27. (Mackenzie) Relativamente ao Primeiro Reinado,caracterizou como um movimento de considere as afirmações a seguir.a) emancipação política de Portugal.b) oposição à Abertura dos Portos. I - A dissolução da Constituinte, o estilo de governoc) garantia à política inglesa. autoritário e a repressão à Confederação do Equadord) apoio aos atos do imperador. aceleraram o desgaste político de Pedro I.e) reação à política imperial. II - O temor de uma provável recolonização, caso fosse restabelecida a união com Portugal, aprofundou23. (Ufmg) A opção pelo regime monárquico no os atritos entre brasileiros e portugueses.Brasil, após a Independência, pode ser explicada III - O aumento das exportações agrícolas, aa) pela atração que os títulos nobiliárquicos exerciam estabilidade da moeda e a redução do endividamentosobre os grandes proprietários rurais. externo foram os pontos favoráveis do governo deb) pela crescente popularidade do regime monárquico Pedro I.entre a elite colonial brasileira. IV - A cúpula do exército, descontente com a derrotac) pela pressão das oligarquias aliadas aos militar na Guerra Cisplatina, aderiu à revolta, queinteresses, da Inglaterra e pela defesa da entrada de culminou na Abdicação do Imperador.produtos manufaturados.d) pelo temor aos ideais abolicionistas defendidos Então:pelos republicanos nas Américas. a) todas estão corretas.e) pelas transformações ocorridas com a instauração b) todas são falsas.da Corte Portuguesa no Brasil e pela elevação do c) apenas I e II estão corretas.país a Reino Unido. d) apenas I , II e IV estão corretas. e) apenas III está correta.24. (Ufpr) O processo de independência política doBrasil garantiu o rompimento das antigas estruturas 28. (Ufc) "Em 26 de agosto foi constituída a Repúblicaeconômico-sociais do período colonial? Justifique. do Ceará, em um Grande Conselho de 405 eleitores formado pelas pessoas economicamente mais25. (Ufpr) Quais as razões da renúncia de D. Pedro I expressivas da província com a presença dasao trono brasileiro em 1831? Câmaras de Fortaleza, Aquiraz e Messejana e representantes das demais comarcas".26. (Udesc) Durante o processo de Independência do (Maria do Carmo R. Araújo. "A participação do CearáBrasil, na segunda década do século XIX, houve na Confederação do Equador".In: Simone Souzaresistência e luta armada em diversas regiões. (coord.). HISTÓRIA DO CEARÁ. 2• ed. Fortaleza.Assinale a ÚNlCA alternativa que indica onde ocorreu Fundação Demócito Rocha. 1994, p.152.).derramamento de sangue nesse período, pelaconquista da emancipação política: O texto acima fala de um momento simbólicoa) São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro; importante, quando da participação do Ceará nab) Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul; Confederação do Equador. Sobre isto:c) Goiás, Mato Grosso e Tocantins; a) Responda o que foi a Confederação do Equador.d) Bahia, Maranhão e Pará; b) Indique dois aspectos que influenciaram na adesãoe) Alagoas, Pernambuco e Ceará. do Ceará à Confederação do Equador.6|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  7. 7. 29. (Ufc) "Quase 35 anos depois da famosa reunião b) para suprir as deficiências da organizaçãode Punta del Este onde foi lançada a Aliança para o econômica; c) para garantir a segurança e os direitosProgresso e onde Che Guevara pronuncia um dos intelectual e manual."mais incendiários discursos contra os Estados Unidos (União Democrática Nacional - UDN)jamais ouvidos em fóruns internacionais como esse,as tensões entre Washington e Cuba continuam "Planificação econômicaperturbando as relações interamericanas". (JorgeCastañeda. "Lei americana contra Cuba é um 17) Planificação econômica atingindo todos osespetáculo lamentável". FOLHA DE SÃO PAULO. setores e visando, por meio da orientação,Caderno Mundo. 02 de junho de 1996, p.25). intervenção ou gestão do Estado, que a produção do País atenda a todas as necessidades internas,Com base no texto acima: assegurando a baixo custo as utilidades essenciais aa) Em que contexto histórico mundial se realiza a todos os trabalhadores."Conferência de Punta del Este e quais as (Partido Trabalhista Brasileiro - PTB)conseqüências para as atuais reaçõesinteramericanas? Os três maiores partidos do período de 1945 a 1964b) Identifique os objetivos e as relações da Aliança no Brasil, surgidos logo após a queda do Estadopara o Progresso com o Brasil. Novo, sustentaram, em seus programas, propostas diferenciadas com relação ao papel do Estado na30. (Ufrj) TRECHOS DOS PROGRAMAS DOS sociedade.PARTIDOS PSD, UDN E PTB (1945) a) Cite duas razões que contribuíram para o fim do Estado Novo."Economia Nacional b) Compare as visões dos programas partidários anteriormente citados em relação à intervenção do69) Reconhecimento da liberdade de iniciativa no Estado na economia e à participação do capitaldomínio econômico, com a aceitação da intervenção estrangeiro.estatal para auxiliá-la por meios indiretos, ou mesmopara a ação direta, nos casos excepcionais, quando a 31. (Fuvest) O reconhecimento da independênciaexigir o bem comum ou a segurança nacional." brasileira por Portugal foi devido principalmente: (Partido Social Democrático - PSD) a) à mediação da França e dos Estados Unidos e à atribuição do título de Imperador Perpétuo do Brasil a"O Capital D.João VI. b) à mediação da Espanha e à renovação dosI - Apelar para o capital estrangeiro, necessário para acordos comerciais de 1810 com a Inglaterra.os empreendimentos da reconstrução nacional e, c) à mediação de Lord Strangford e ao fechamentosobretudo, para o aproveitamento das nossas das Cortes Portuguesas.reservas inexploradas, dando-lhe um tratamento d) à mediação da Inglaterra e à transferência para oequitativo e liberdade para a saída dos juros. Brasil de dívida em libras contraída por Portugal no Reino Unido.(...) e) à mediação da Santa Aliança e ao pagamento à Inglaterra de indenização pelas invasõesIntervenção do Estado napoleônicas.II - A intervenção do Estado será direta ou indireta:a) para a elaboração, ouvidas as classes 32. (Fuvest) A Carta outorgada de 1824 estabeleceriainteressadas, dos planos que favoreçam o um sistema eleitoral que, na sua essência,desenvolvimento dos diversos setores da economia; marginalizava da vida política a maioria da população brasileira. Como funcionava aquele sistema eleitoral?7|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  8. 8. 33. (Fuvest) Qual o papel conferido ao Imperador pela 36. (Mackenzie) A Confederação do Equador,Constituição de 1824? movimento que eclodiu em Pernambuco em julho dea) Subordinação ao poder legislativo. 1824, caracterizou-se por:b) Instrumento da descentralização político- a) ser um movimento contrário às medidas da Corteadministrativa. Portuguesa, que visava favorecer o monopólio doc) Chave de toda a organização política. comércio.d) Articulador da extinção do Padroado. b) uma oposição a medidas centralizadoras ee) Liderança do Partido Liberal. absolutistas do Primeiro Reinado, sendo um movimento republicano.34. (Cesgranrio) "Usando do direito que a c) garantir a integridade do território brasileiro e aConstituição me concede, declaro que hei de muito centralização administrativa.voluntariamente abdicado na pessoa de meu mui d) ser um movimento contrário à maçonaria, clero eamado e prezado filho o Sr. D. Pedro de Alcântara. demais associações absolutistas.Boa Vista - 7 de abril de 1831, décimo da e) levar seu principal líder, Frei Joaquim do AmorIndependência e do Império - D. Pedro I." Divino Caneca, à liderança da Constituinte de 1824.Nesses termos, D. Pedro I abdicou ao trono brasileiro 37. (Mackenzie) O episódio conhecido como "A Noiteno culminar de uma profunda crise, que NÃO se das Garrafadas", briga entre portugueses ecaracterizou por: brasileiros, relaciona-se com:a) antagonismo entre o Imperador e parte da a) a promulgação da Constituição da Mandioca pelaaristocracia rural brasileira. Assembléia Constituinte.b) empréstimos externos para cobrir o déficit público b) a instituição da Tarifa Alves Branco, quegerado, em grande parte, pelo aparelhamento das aumentava as taxas de alfândega, acirrando asforças militares. disputas entre portugueses e brasileiros.c) aumento do custo de vida, diminuição das c) o descontentamento da população do Rio deexportações e aumento das importações. Janeiro contra as medidas saneadoras de Oswaldod) pressão das elites coloniais que queriam o fim do Cruz.Império e a implantação de uma República nos d) a manifestação dos brasileiros contra osmoldes dos Estados Unidos. portugueses ligados à sociedade "Colunas do Trono"e) conflitos entre o Partido Brasileiro e o Partido que apoiavam Dom Pedro I.Português e medo da recolonização. e) a vinda da Corte Portuguesa e o confisco de propriedades residenciais para alojá-la no Brasil.35. (Mackenzie) São fatores que levaram os E.U.A. areconhecerem a independência do Brasil em 1824: 38. (Fuvest) A Constituição Imperial de 1824a) Doutrina Monroe (América para os americanos) e estabelece que o governo é monárquico hereditário,os fortes interesses econômicos emergentes nos constitucional e representativo (artigo 3Ž) e que aE.U.A. . pessoa do Imperador é inviolável e sagrada, nãob) A aliança dos capitais ingleses e americanos estando sujeita a responsabilidade alguma (artigointeressados em explorar o mercado brasileiro e a 99Ž).crescente expansão do mercado da borracha. Comente estes textos constitucionais, definidores dac) A indenização de 2 milhões de libras pagos pelo monarquia brasileira.Brasil ao governo americano e a Doutrina Truman.d) A subordinação econômica à Inglaterra e ointeresse de aliar-se ao governo constitucional de D.João VI.e) A identificação com a forma de governo adotada noBrasil e interesses coloniais comuns.8|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  9. 9. 39. (Unicamp) Em 1824, Frei Caneca criticou a 42. (Cesgranrio) A Constituição imperial brasileira,Constituição outorgada por D. Pedro I dizendo que o promulgada em 1824, estabeleceu linhas básicas dapoder moderador era a chave mestra da opressão da estrutura e do funcionamento do sistema políticonação brasileira e que a Constituição não garantia a imperial tais como o(a):independência do Brasil, ameaçava sua integridade e a) equilíbrio dos poderes com o controleatacava a soberania da nação. constitucional do Imperador e as ordens sociais privilegiadas. (Baseado em Frei Caneca, b) ampla participação política de todos os cidadãos,"Crítica da Constituição Outorgada", ENSAIOS com exceção dos escravos.POLÍTICOS, Rio de Janeiro, Editora Documentário, p. c) laicização do Estado por influência das idéias70-75) liberais. d) predominância do poder do imperador sobre todo oa) Defina o poder moderador. sistema através do Poder Moderador.b) O que foi a Confederação do Equador, da qual Frei e) autonomia das Províncias e, principalmente, dosCaneca participou? Municípios, reconhecendo-se a formação regionalizada do país.40. (Unesp) Em troca do reconhecimento de suaindependência por parte da Inglaterra, o Brasil 43. (Mackenzie) "A nação independente continuariaassinou um tratado em 1826, incluindo cláusulas para subordinada à economia colonial, passando dopor termo: domínio português à tutela britânica. A fachada liberala) ao tráfico negreiro. construída pela elite europeizada ocultava a miséria eb) ao tratado comercial de 1810. a escravidão da maioria dos habitantes do país."c) à escravidão africana. (Emília V. da Costa)d) à autonomia municipal.e) ao pacto colonial. A interpretação correta do texto anterior sobre a independência brasileira seria:41. (Ufrs) Um projeto alternativo ao Estado Nacional a) a nossa independência caracterizou-se peloBrasileiro estabelecido pela Carta Constitucional de processo revolucionário que rompeu socialmente com1824 e defendido na Guerra dos Farrapos apresentou o passado colonial.a b) a preservação da ordem estabelecida, isto é,a) concentração do poder no Imperador e no escravidão, latifúndio e privilégios políticos da elite,Conselho de Estado. seria garantida pelo novo governo republicano.b) instalação de uma República. c) a rápida transformação da economia foic) instauração de uma Monarquia Constitucional. comandada pela elite política e econômicad) criação de uma Assembléia Nacional Popular. interessada na superação da ordem colonial.e) organização de Comitês Revolucionários para d) o espírito liberal de nossas elites não impediu quesustentar o governo. estas mantivessem as estruturas arcaicas da escravidão e do latifúndio, sendo a monarquia a garantia de tais privilégios. e) o rompimento com a dependência inglesa foi inevitável, já que após a independência o governo passou a incentivar o mercado interno e a industrialização.9|Projeto Medicina – www.projetomedicina.com.br
  10. 10. 44. (Ufrs) Sobre o processo de emancipação política 46. (Fgv) No Brasil, durante o Primeiro Império, ado Brasil em 1822, considere as afirmativas a seguir. situação financeira era precária, pelo fato de que: a) o comércio de importação entrou em colapso comI - Para a aristocracia brasileira era fundamental que a vinda da Família Real (1808);o governo do Brasil emancipado mantivesse o b) os Estados Unidos faziam concorrência aos nossosescravismo e as relações com a Inglaterra. produtos, especialmente o açúcar;II - Pedro I negou publicamente sua disposição de c) os principais produtos de exportação - açúcar eindenizar Portugal pela separação, mas assinou o algodão - não eram suficientes para o equilíbrio dacompromisso que estabelecia o Tratado de Paz e balança comercial do país;Aliança. d) o capitalismo inglês se recusava a fornecerIII - O Tratado de Paz com Portugal manteve a empréstimos para a agricultura;Província Cisplatina sob controle português. e) o sistema bancário era praticamente inexistente, só tendo sido fundado o Banco do Brasil em 1850.Quais estão corretas?a) Apenas I. 47. (Cesgranrio) Assinale a opção que apresenta umb) Apenas II. fato que caracterizou o processo de reconhecimentoc) Apenas III. da Independência do Brasil pelas principais potênciasd) Apenas I e II. mundiais:e) I, II e III. a) Reconhecimento pioneiro dos Estados Unidos, impedindo a intervenção da força da Santa Aliança no45. (Fgv) Associe os fatos político-militares do Brasil.Primeiro Reinado e da Regência brasileira a seguir, b) Reconhecimento imediato da Inglaterra,com suas localizações: interessada exclusivamente no promissor mercado brasileiro.Coluna A c) Desconfiança dos brasileiros, reforçada após o1 - Balaiada falecimento de D. João VI, de que o reconhecimento2 - Cabanagem reunificaria os dois reinos.3 - Ato Adicional d) Reação das potências européias às ligações4 - Sabinada privilegiadas com a Áustria, terra natal da Imperatriz.5 - Confederação do Equador e) Expectativa das potências européias, que aguardavam o reconhecimento de Portugal, fiéis àColuna B política internacional traçada a partir do Congresso deI - Pará Viena.II - BahiaIII - Maranhão 48. (Unirio) As relações do Brasil com a InglaterraIV - Pernambuco constituíram-se num dos principais problemas daV - Rio de Janeiro política externa do Império, como se observa no(a): a) apoio da Inglaterra a Portugal, seu tradicionalEscolha a alternativa que tem a associação correta: aliado, nas Guerras de Independência.a) 1 - III; 2 - I; 3 - V; 4 - II; 5 - IV; b) conflito decorrente das restrições alfandegáriasb) 1 - II; 2 - V; 3 - II; 4 - I; 5 - V; impostas por D. Pedro I aos ingleses.c) 1 - III; 2 - II; 3 - V; 4 - IV; 5 - I; c) participação dominante de capitais ingleses nod) 1 - IV; 2 - I; 3 - V; 4 - III; 5 - II; financiamento da expansão cafeeira.e) 1 - V; 2 - III; 3 - IV; 4 - II; 5 - I; d) concordância inglesa em relação ao expansionismo imperial na Cisplatina. e) oposição da Inglaterra, país pioneiro no desenvolvimento industrial, ao tráfico negreiro.10 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  11. 11. 49. (Fuvest) O artigo 5Ž da Constituição do Império 52. (Fuvest) Sobre a dívida pública externa do Brasildo Brasil, datada de 1824, dizia o seguinte: independente, é certo afirmar que começou a ser contraída"A religião católica apostólica romana continuará a ser a) nos primeiros anos da República, por iniciativa doa religião do Império. Todas as outras religiões serão Ministro da Fazenda Ruy Barbosa, preocupado com apermitidas com seu culto doméstico ou particular, em escassez monetária.casas para isso destinadas, sem forma alguma b) por ocasião da Guerra do Paraguai, para financiarexterior de templo". os enormes gastos decorrentes do conflito. c) logo após a Independência, destinando-se oComente o texto constitucional em função: primeiro empréstimo a indenizar Portugal pela perda da colônia.a) das relações entre Igreja católica e Estado, durante d) quando se implantaram os primeiros planos deo Império; valorização do café, a partir do convênio firmado emb) da situação das demais religiões no mesmo Taubaté, em 1906.período. e) logo após a Revolução de 1930, a fim de se enfrentar o abalo financeiro resultante da crise de50. (Fuvest) Podemos afirmar que tanto na Revolução 1929.Pernambucana de 1817, quanto na Confederação doEquador de 1824, 53. (Pucpr) "Art. 26 - Se o Imperador não tiver parentea) o descontentamento com as barreiras econômicas algum que reúna as qualidades exigidas no art. 122vigentes foi decisivo para a eclosão dos movimentos. da Constituição, será o Império governado durante ab) os proprietários rurais e os comerciantes sua menoridade por um regente eletivo e temporário,monopolistas estavam entre as principais lideranças cujo cargo durará quatro anos, renovando-se parados movimentos. esse fim a eleição de quatro em quatro anos..."c) a proposta de uma república era acompanhada de "Art. 32 - Fica suprimido o Conselho de Estado deum forte sentimento antilusitano. que trata o título 5, capítulo 79 da Constituição".d) a abolição imediata da escravidão constituía-senuma de suas principais bandeiras. Os artigos citados compuseram:e) a luta armada ficou restrita ao espaço urbano deRecife, não se espalhando pelo interior. a) A Constituição Imperial de 1824. b) O Ato Adicional de 1834.51. (Fuvest) No tocante à economia açucareira do c) A Lei de Interpretação do Ato Adicional.Brasil, ao longo do século XIX, podemos afirmar que d) O anteprojeto de Antônio Carlos, "A Constituiçãoa) praticamente desapareceu, pois o café se tornou o da Mandioca", que não terminou de ser debatido emproduto quase exclusivo das exportações. função da Dissolução da Assembléia Constituinte emb) regrediu consideravelmente devido à concorrência 1823.norte-americana e à introdução do açúcar de e) A Declaração ou Lei da Maioridade.beterraba na Europa.c) conheceu um relativo renascimento, graças ao fimda exploração em grande escala de metais preciososque drenava todos os recursos.d) ficou estagnada, acompanhando o baixo nível dasatividades econômicas em declínio após o fim daexploração de metais preciosos em grande escala.e) regrediu consideravelmente devido à concorrênciaantilhana e à introdução de açúcar de beterraba naEuropa.11 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  12. 12. 54. (Mackenzie) "Morre um liberal mas não 56. (Unesp) Assinale a alternativa que indica ummorre a liberdade". movimento separatista ocorrido no período do Império brasileiro que incorporou o ideal republicano.A frase acima, atribuída a Líbero Badaró, foi a) Confederação do Equador.pronunciada na seguinte circunstância histórica. b) Revolta de Beckman.a) A dissolução da Constituinte pelo Imperador em c) Inconfidência Mineira.1823. d) Canudos.b) As críticas ao absolutismo de Pedro I, através do e) Conjuração Baiana.jornal "O Observador Constitucional".c) A condenação à morte dos líderes da 57. (Unesp) "Continuamos a encontrar eleitores queConfederação do Equador. se dirigem a São Paulo. Estes senhores sãod) A derrota brasileira na Guerra Cisplatina. ordinariamente (... ) seguidos de um ou doise) A morte de patriotas brasileiros contra as forças escravos, a cavalo, que lhes servem de criados e aportuguesas do General Madeira de Melo, na Bahia. quem aqui se costuma chamar pagens (....) Tais homens, todos eles dos mais ricos da região, estão55. (Ufrj) "Convoquei extraordinariamente esta em geral bem vestidos. A maioria ostenta aqueleassembléia por dois motivos: o primeiro, a inesperada orgulho e satisfação íntima que, muitas vezes, senotícia de que estavam a chegar tropas estrangeiras nota nos paulistas de certas categorias."de emigrados portugueses que vinham buscar asiloneste Império; o segundo, os negócios da fazenda em (Auguste de Saint-Hilaire. "Segunda Viagem do Riogeral, e com especialidade o arranjo do Banco do de Janeiro a Minas Gerais e a São Paulo".)Brasil, que até agora não tem obtido destaassembléia medidas eficazes e salutares. O primeiro Saint-Hilaire percorreu a Província de São Paulo emcessou, o segundo existe, e muito lamento ter a 1822. A partir das informações deixadas pelo viajantenecessidade de o recomendar pela quarta vez a esta francês, responda.assembléia. Claro é a todas as luzes o estadomiserável a que se acha reduzido o tesouro público, e a) Qual era a organização social da época?muito sinto prognosticar que, nesta sessão b) A forma de participação política descrita no textoextraordinária, e no decurso da ordinária, a corresponde à de um regime democrático moderno?assembléia, a despeito das minhas reiteradas Justifique.recomendações, não arranja negócio de tanta monta,desastroso deve ser o futuro que nos aguarda." 58. (Fatec) O Ato Adicional de 1834 foi de importância significativa para o Brasil porque(D. Pedro I. "Fala do Trono na abertura da a) restaurou a paz no Império, tendo em vista oAssembléia Geral Extraordinária de 2 de abril de término das rebeliões no Nordeste do País.1829", In: FALAS DO TRONO. Brasília: INL/MEC, b) possibilitou a tomada do poder pelos1977, p.114) conservadores que formavam a aristocracia rural. c) antecipou a maioridade de D. Pedro I, evitando,O Banco do Brasil havia sido criado pelo príncipe- assim, um golpe de Estado dos conservadores.regente D. João, em 1808. A despeito das exortações d) ampliou a autonomia das províncias, neutralizandode D. Pedro I, foi decretada a falência do banco no a tendência centralizadora do Primeiro Reinado.ano de 1829. Este foi um dos aspectos da crise que e) limitou os poderes excessivos das Câmaraslevou ao fim o Primeiro Reinado. Municipais, que poderiam dividir a Nação.Explique um outro aspecto econômico e um aspectopolítico da crise que levou à abdicação de D. Pedro I,em 1831.12 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  13. 13. 59. (Ufrs) A partir da gravura a seguir, é possívelafirmar que, logo após a emancipação política do 61. (Mackenzie) Sobre o processo de reconhecimentoBrasil. externo de nossa independência, podemos afirmar que: a) encontramos séria resistência ao reconhecimento por parte dos E.U.A., em decorrência da Doutrina Monroe. b) a Áustria encabeçava a forte reação contra nossa independência. c) o reconhecimento de Portugal e Inglaterra custou- nos sérios prejuízos, em virtude de indenizações e concessões econômicas. d) as nações latino-americanas prontamente nos reconheceram, devido à forte identificação com o governo imperial e sua política externa. e) a Inglaterra liderou a Santa Aliança na luta contraI - os escravos estavam gratificados porque, desde nossa emancipação.aquele momento, não podiam ser recomprados peloscomerciantes de escravos e vendidos em outras 62. (Mackenzie) A abdicação de Pedro I, a 7 de abrilpartes da América. de 1831, resultou:II - a abdicação do primeiro Imperador determinou o a) na vitória do partido português, em seu projeto defim da escravidão. restabelecer o Reino Unido.III - a situação dos escravos permaneceu b) na consolidação de nossa independência e doessencialmente a mesma do período colonial. poder dos grandes proprietários, à frente do Estado Brasileiro.Quais afirmativas completam corretamente a frase c) no declínio da elite rural, em virtude de amplasinicial? reformas sociais após a queda do imperador.a) Apenas I d) em maior estabilidade política, traço queb) Apenas II caracterizou o Período Regencial.c) Apenas III e) na superação imediata da crise econômica qued) Apenas I e II afligia o país.e) Apenas I e III 63. (Uerj) Que tardamos? A época é esta: Portugal60. (Mackenzie) Apesar do Alvará de Liberdade nos insulta; a América nos convida; a Europa nosIndustrial de 1808, o desenvolvimento industrial contempla; o príncipe nos defende. Cidadãos! soltai obrasileiro não ocorreu, dentre outros fatores, porque: grito festivo... Viva o Imperador Constitucional doa) a elite agrária, defensora das atividades Brasil, o Senhor D. Pedro I.manufatureiras, não tinha, contudo, expressão (Proclamação. Correio Extraordináriopolítica. do Rio de Janeiro. 21 de setembro de 1822.)b) a falta de capital anulava as vantagens daexcelente rede de transportes e comunicação da Este texto mostra o rompimento total e definitivo comépoca. a antiga metrópole como necessário para ac) o tratado de 1810, com a Inglaterra, anulava nosso construção do Império Brasileiro. Nele também estáesforço industrial, já que oferecia a este país o implícito um dos fatores que contribuíram para ocontrole de nosso mercado. processo de construção da independência do Brasil.d) embora com grande mercado e mão-de-obra Esse fator foi:qualificada, faltava-nos tecnologia.e) a manutenção do rígido monopólio colonial impediao sucesso de nossa industrialização.13 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  14. 14. a) a ajuda das potências européias em função de a) adesão aos ideais da Confederação do Equador eseus interesses econômicos o voto de cabresto.b) a intransigência das Cortes de Lisboa na aceitação b) criação de poder Moderador e o voto universal.das liberdades brasileiras c) dissolução da Assembléia Constituinte de 1823 e oc) o ideal republicano em consonância com o das voto aberto.antigas colônias espanholas d) manutenção da escravidão e o voto censitário.d) o movimento separatista das províncias do norte e) manutenção do autoritarismo e o voto distrital.em processo de união com Portugal 66. (Pucmg) A primeira constituição brasileira de 1824 estabelece, EXCETO:64. (Unirio) A abdicação do Imperador Pedro I a) governo monárquico e hereditário.representou a culminância dos diferentes problemas b) unitarismo como forma de Estado.que caracterizam o Primeiro Reinado, a exemplo c) voto censitário e a descoberto (não secreto).do(a): d) liberalismo econômico mantendo a escravidão.a) apoio inglês à política platina do Império. e) amplas restrições aos poderes do imperador.b) apoio das províncias à política do Reino Unidoimplantando por D. Pedro I, após a morte de D. João 67. (Pucmg) Dentre os vários fatores que podem serVI. apontados no sentido de se explicar oc) conflito entre os interesses dos produtores descontentamento da população com o governo de D.tradicionais de açúcar e os novos produtores de ouro. Pedro I (1822-1931), destacam-se, EXCETO:d) confronto entre os grupos políticos liberais e o a) o profundo desequilíbrio observado nas finançasgoverno centralizado e com tendências despóticas de públicas.D. Pedro I. b) o estilo visivelmente centralista e absolutista doe) crescente participação popular nas manifestações governo.políticas, favorecidas pela abolição do tráfico. c) o imobilismo do Estado frente à questão da abolição da escravidão.65. (Unirio) d) o desastroso resultado verificado ao término da guerra cisplatina. e) o clientelismo e a corrupção reinantes nas diversas esferas do poder. 68. (Ufv) Dentre as diversas revoltas e insurreições que antecederam a abdicação de D. Pedro I em 1831, uma foi especialmente importante pelos ideais republicanos de seus líderes, entre os quais Frei Caneca. Outra característica desse movimento teria sido a proclamação da república em 1824, com a adoção da Constituição da Colômbia. O movimento foi duramente reprimido e Frei Caneca condenado à morte e fuzilado. O movimento em questão ficou (LAERTE, FOLHA DE SÃO PAULO 06/09/98 conhecido como:TV FOLHA p.4 domingo.) a) Inconfidência Mineira.A caricatura anterior nos faz refletir sobre os atos dos b) Confederação do Equador.governantes e a correspondente falta de participação c) Questão Cisplatina.popular que tem marcado a História do Brasil. No d) Guerra dos Mascates.contexto da independência do Brasil, podemos citar e) Revolta dos Farrapos.como exemplo de exclusão de participação políticanos moldes liberais a:14 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  15. 15. 69. (Ufes) Se o voto deixasse de ser obrigatório, o reconhecer a independência, não houve lutas nemsenhor iria votar nas próximas eleições? sublevações armadas que confrontassem portugueses e brasileiros. d) a independência brasileira obteve imediatamente o apoio de todas as grandes potências européias e dos EUA. 71. (Uece) Com relação à revolta de Pinto Madeira, no Ceará, em 1831-1832, pode-se dizer corretamente: a) fez parte de um plano geral, articulado na capital do Império, para defender a volta de D. Pedro I ao trono, nada tendo a ver com conflitos ou desavenças locais ou regionais. (O GLOBO - 3/8/98) b) significou o aprofundamento das divergências entre os coronéis do sertão cearense, no contexto daConforme a pesquisa do Ibope, atualmente, mais da abdicação de D. Pedro I.metade dos eleitores não faz questão de votar. c) constituiu-se em uma revolta tardia de portuguesesEntretanto, durante o período de Império, de acordo e colonos descontentes com o processo decom a Constituição de 1824, no Brasil era o sistema independência do Brasil.eleitoral que restringia a participação política da d) representou o descontentamento de coronéis domaioria, pois Cariri cearense contra a política centralizadora doa) garantia a vitaliciedade do mandato dos deputados, Presidente da Província, José Martiniano de Alencar.tornando raras as eleições.b) convocava eleições apenas para o cargo dePrimeiro Ministro, conforme regulamentação do 72. (Ufsm) O tratado assinado entre o Brasil e aParlamentarismo. Inglaterra, em 1827, ratificava os tratados de 1810.c) concedia o direito de votar somente a quem tivesse Em decorrência, a crise econômico-financeira docerta renda, sendo os votantes selecionados segundo Brasil se aprofundou, gerando conflitos políticos ecritérios censitários. econômicos qued) promovia eleições em Portugal, com validade para a) promoveram a desanexação da Província deo Brasil. Cisplatina e o aumento da dívida externa brasileirae) permitia apenas às camadas da elite portuguesa o com os Estados Unidos, pois este exportava algodãodireito de eleger seus representantes, limitando a para o Brasil em grande quantidade.influência da aristocracia rural brasileira. b) propiciaram a outorga da primeira Constituição Brasileira e a criação do Banco do Brasil, com o fim70. (Uece) Sobre a consolidação da Independência de emitir papel-moeda para comprar charque dabrasileira, é correto afirmar: região do Prata.a) depois de algumas lutas no Sul, na Bahia e no c) originaram a Confederação do Equador e oPiauí e do pagamento de uma indenização de 2 necessário aumento da produção e exportação domilhões de libras esterlinas, o governo português açúcar para equilibrar as contas públicas brasileiras.reconheceu a independência do Brasil, em 1825. d) determinaram o retorno imediato de D. Pedro Ib) sob pressão da Inglaterra, que tinha interesses para Portugal e o fim do tráfico negreiro para o Brasil,econômicos na independência, Portugal reconheceu o que prejudicou a produção do tabaco e o comércioimediatamente a autonomia do governo do Brasil. desse produto com a Inglaterra.c) apesar da demora do governo português em e) resultaram na abdicação de D. Pedro I e no aumento do déficit público e dos empréstimos externos, ampliando as importações da Grã-Bretanha.15 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  16. 16. 73. (Mackenzie) Como em 1822, a união contra o 75. (Fuvest) A Constituição Brasileira de 1824perigo comum levou de vencida os adversários. O 7 colocou o Imperador à testa de dois Poderes. Umde abril aparece como o complemento necessário do deles lhe era "delegado privativamente" e o7 de setembro. designava "Chefe Supremo da Nação" para velar (1822 Dimensões - Carlos Guilherme Mota) sobre "o equilíbrio e harmonia dos demais Poderes Políticos", o outro Poder o designava simplesmenteO perigo comum a que se refere o texto e a "Chefe" e era delegado aos Ministros de Estado.complementação referida seriam: Estes Poderes eram respectivamente:a) a ameaça de recolonização liderada pelo partido a) Executivo e Judiciárioportuguês derrotado na Independência e na b) Executivo e ModeradorAbdicação a 7 de abril de 1831. c) Moderador e Executivob) a oposição dos grandes proprietários, que na d) Moderador e JudiciárioIndependência e Abdicação pretendiam liquidar com e) Executivo e Legislativo.a escravidão.c) o apoio dos democratas do Partido Brasileiro em 76. (Ufpr) No Brasil imperial:ambas as ocasiões à política absolutista de Pedro I.d) a união da Maçonaria e Apostolado para implantar (01) A "Missão Francesa", que chegou ao Brasil ema República nestes dois momentos históricos. 1816, trazendo artistas plásticos como Debret ee) a coincidência de projeto de nação entre as elites Taunay, contribuiu para a transformação daportuguesa e brasileira em ambas as oportunidades. fisionomia cultural do país. (02) Segundo a organização político-administrativa,74. (Fuvest) Houve um estremecimento nas relações as províncias eram administradas por governadores-entre os Estados inglês e brasileiro, na primeira gerais eleitos pelos membros dos Conselhosmetade do século XIX, em conseqüência da forte Municipais.pressão que a Inglaterra exerceu sobre o Brasil a (04) Os primeiros anos do Império constituíram-se empartir do reconhecimento da Independência (1826). um período de rápido crescimento econômico,Tais pressões decorreram especialmente em razão das receitas obtidas com asa) da anexação do Uruguai por D. Pedro e da sua tarifas de importação e com o crescimento datransformação em Província Cisplatina, limitando o exportação.comércio inglês no Prata. (08) O período regencial foi marcado por grandesb) da oposição inglesa aos privilégios alfandegários disputas entre grupos políticos e por intensa agitaçãoconcedidos, desde 1819, aos produtos portugueses social em quase todas as províncias.importados pelo Brasil. (16) Durante o Segundo Reinado, paralelamente àc) dos incentivos do governo brasileiro à exportação existência do Poder Moderador e do Conselho dede algodão, o que tornava este produto mais barato Estado, predominou um regime de governo nosdo que o produzido nas colônias britânicas. moldes parlamentaristas, no qual o Gabinete erad) do início da imigração européia para o Brasil, fato liderado pelo primeiro ministro nomeado peloque poderia levar à industrialização e à diminuição Imperador.das importações de produtos ingleses. (32) A entrada de imigrantes, a partir da segundae) da oposição do Estado inglês ao tráfico negreiro metade do século XIX, esteve relacionada àque o governo brasileiro, depois de resistir, proibiu, expansão da cultura cafeeira no oeste paulista e àsem 1850. medidas legais que conduziram à abolição do trabalho escravo. Soma ( )16 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  17. 17. 77. (Ufpe) Esta questão diz respeito a fatos políticos ( ) Havia interesse tanto dos membros do Partidoocorridos no Império brasileiro. Brasileiro quanto de integrantes da burguesia inglesa no fim do pacto colonial e na manutenção das(0) O Período Regencial foi uma fase de grande relações existentes entre o Brasil e a Inglaterra.turbulência política no Brasil, com movimentos sociais ( ) A manutenção do acordo de Methuen (1703)e revoltas. selou a dependência brasileira em relação a(1) O Golpe da Maioridade que levou Pedro II ao Inglaterra.poder foi uma trama política dos liberais.(2) Manifestações liberais surgiram no Sudeste do A seqüência correta éBrasil como represália à política imperial e à a) V - F - V - F - F.dissolução da Câmara Liberal, escolhida pela b) V - V - F - F - F.chamada "eleição do cacete". c) F - V - F - V - V.(3) Durante o processo de independência, dois d) V - V - F - V - F ."partidos políticos" tiveram importante atuação. Foram e) F - V - V - V - V.eles o Partido Liberal e o Partido ModeradorRepublicano. 79. (Unirio)(4) Após a independência brasileira surgiram revoltasem Minas e em Pernambuco a favor da volta do pactocolonial.78. (Ufsm) A independência política brasileira (7 desetembro de 1822) foi resultado de um acordo entreas elites dominantes, caracterizando-se pelamanutenção da forma de governo (monarquia), dabase produtiva (escravismo - monocultura - latifúndio)e pela vinculação do Brasil à esfera de influência daInglaterra, principal potência industrial da época.Com relação à vinculação do Brasil à Inglaterra,analise as afirmações a seguir, indicando se são (NOVAES, Carlos Eduardo e LOBO, César. "Históriaverdadeiras (V) ou falsas (F). do Brasil para principiantes: de Cabral a Cardoso, quinhentos anos de novela". 2• edição, São Paulo,( ) Os acordos de independência do Brasil feitos Ática, 1998)com Portugal, em 1810, previam que o primeirodeveria assumir a dívida lusa com a Inglaterra. A charge aponta para uma importante característica( ) A manutenção dos acordos firmados por da Carta Outorgada de 1824, qual seja, a instituiçãoPortugal e Inglaterra em 1810 e os investimentos de do(a):capitais ingleses no Brasil contribuíram para a a) voto universal.dependência econômica brasileira em relação a b) voto censitário.Inglaterra. c) poder moderador.( ) A manutenção do Brasil sob a esfera de d) parlamentarismo às avessas.influência inglesa está diretamente relacionad_ à e) monarquia dual.necessidade de assegurar o mercado brasileiro aosprodutos ingleses.17 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  18. 18. 80. (Unirio) Ao compararmos os processos de 82. (Ufmg) A organização do sistema político foiformação dos Estados Nacionais no Brasil e na objeto de discussões e conflitos ao longo do períodoAmérica Hispânica, no século XIX, podemos afirmar imperial no Brasil.que: Com relação ao contexto histórico do Brasil Imperial ea) a unidade brasileira foi garantida pela existência de aos problemas a ele relacionados, é CORRETOuma monarquia de base popular, enquanto que o afirmar que:caudilhismo, na América Hispânica, impediu qualquer a) a centralização do poder foi objeto de sériastipo de participação das camadas mais baixas da disputas ao longo de todo o século XIX e explicapopulação. várias contendas internas às elites imperiais, como ab) a unidade brasileira relacionou-se, exclusivamente, Rebelião Praieira.ao forte carisma dos representantes da Casa de b) o Constitucionalismo ganhou força, fazendo comBragança, enquanto, na América Hispânica, não que o Legislativo, o Executivo e o Judiciário sesurgiu nenhuma liderança que pudesse aglutinar os tornassem independentes e harmônicos, o quediversos interesses em disputa. atendia às queixas dos rebeldes da Balaiada.c) as diferenças regionais, no Brasil, não ofereceram c) o Federalismo de inspiração francesa e jacobina foinenhum obstáculo à obra centralizadora em torno da uma das principais bandeiras do Partido Liberal, aCoroa, ao passo que na América Hispânica as partir da publicação do Manifesto Republicano, o quediferenças regionais contribuíram para a sua explica, entre outras, a Revolução Liberal de 1842.fragmentação. d) os movimentos de contestação armada - como ad) os interesses ingleses, na América Hispânica, Revolução Farroupilha, a Sabinada ou a Cabanagemeram mais presentes e foram os únicos - tinham em comum a crítica liberal às tendênciasdeterminantes da sua fragmentação, ao passo que no absolutistas, persistentes no governo de D. Pedro II.Brasil aqueles interesses não existiram de maneiratão marcante, de forma a impedir a obra dacentralização. 83. (Pucmg) Em 1823, o capitão mulato Pedroe) não existiu, na América Hispânica, uma facção Pedroso comandou tropas formadas por mestiços eoligárquica hegemônica que conseguisse levar negros que entoavam, pelas ruas de Recife, aadiante a obra da unidade, enquanto no Brasil os seguinte quadra:interesses escravistas aglutinaram as elites em tornode um projeto centralista. "MARINHEIROS E CAIADOS TODOS DEVEM SE ACABAR81. (Fuvest) A economia brasileira, durante o período PORQUE SÓ PARDOS E PRETOSmonárquico, caracterizou-se fundamentalmente O PAÍS DEVEM HABITAR"a) pelo princípio da diversificação da produção agráriae pelo incentivo ao setor de serviços. Tal episódio, associado à Confederação do Equador,b) pelo estímulo à imigração italiana e espanhola e movimento revoltoso ocorrido durante o Primeiropelo fomento à incipiente indústria. Reinado, demonstra:c) pela regionalização econômica e pela revolução no a) o caráter democrático presente no processo desistema bancário nacional. constituição do Estado nacional brasileiro.d) pela produção destinada ao mercado externo e b) o peso das massas populares na condução da vidapela busca de investimentos internacionais. política do país logo após a independência.e) pela convivência das mãos-de-obra escrava e c) a força do movimento abolicionista e suaimigrante e pelo controle do "déficit" público. capacidade de mobilização dos segmentos sociais. d) a radicalização do movimento com a participação popular, gerando temor na elite agrária.18 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  19. 19. 84. (Ufrn) Em 1824, D. Pedro I assim se pronunciou: 85. (Fatec) O fim do Primeiro Reinado, com a abdicação de D. Pedro I em favor de seu filho,Chegou o momento em que o véu da impostura, com proporcionou condições para a consolidação daque os demagogos, inimigos do Império e da nossa independência, poisfelicidade, vos têm até agora fascinado, vai cair por a) as disputas entre os partidos conservador e liberalterra. representaram diferentes concepções sobre aPara iludirem vossa boa-fé, inflamarem vossa maneira de organizar a vida econômica da nação.imaginação a poderem arrastar-vos cegamente a b) a vitória dos exaltados sobre os moderados acabousistemas políticos reprovados pelas lições da com as lutas das várias facções políticas existentes.experiência, absolutamente incompatíveis com a c) o governo de D. Pedro I não passou de um períodovossa situação, e em que só eles ganhavam, de transição em que a reação portuguesa, apoiada noseparando-vos da união geral de todas as províncias, absolutismo do imperador, se conservou no poder.indispensável para a consolidação e segurança da d) as rebeliões ocorridas antes da abdicação tinhamnossa Independência, fizeram-vos crer que uma caráter reivindicatório de classe.facção vendida a Portugal dirigia as operações e) na Assembléia Constituinte de 1823 as propostaspolíticas deste Império para submetê-lo ao antigo do partido brasileiro tinham o apoio unânime dosdomínio dos Portugueses e ao despotismo do seu deputados.governo. Apud COSTA, F. A. Pereira da. "Anais 86. (Fuvest) No Brasil, tanto no Primeiro Reinado,pernambucanos". 2. ed. Recife: FUNDARPE, 1983. quanto no período regencial,v.9. p.52-53. a) aconteceram reformas políticas que tinham por objetivo a democratização do poder.No discurso acima, o imperador D. Pedro I b) ocorreram embates entre portugueses e brasileirospronunciou-se sobre a Confederação do Equador. É que chegaram a pôr em perigo a independência.correto afirmar que essa Confederação c) disseminaram-se as idéias republicanas até aa) opunha-se à pretensão de D. Pedro I de unir as constituição de um partido político.coroas portuguesa e brasileira, o que representaria a d) mantiveram-se as mesmas estruturas institucionaisrecolonização do Brasil. do período colonial.b) desejava instalar uma monarquia parlamentarista, e) houve tentativas de separação das províncias queestabelecendo limites aos poderes absolutistas de D. puseram em perigo a unidade nacional.Pedro I.c) posicionava-se contra os privilégios portugueses, 87. (Fuvest) Sobre a condição dos escravos no Brasilincluídos por D. Pedro I no projeto constitucional de monárquico, é possível afirmar que eles1823. a) foram protagonistas de diversas rebeliões.d) pretendia implantar uma República independente b) eram impedidos de constituir família.no Nordeste, contrariando o projeto de unidade c) sofreram a destruição completa de sua cultura.nacional centrado em D. Pedro I. d) concentravam-se no campo, não trabalhando nas cidades. e) não tinham possibilidades legais de conseguir alforria.19 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  20. 20. 88. (Ufscar) Fui a terra fazer compras (...). Há muitas 90. (Ufes) "Havendo Eu convocado, como tinha direitocoisas inglesas, tais como seleiros e armazéns, não de convocar, a Assembléia Geral Constituinte ediferentes do que chamamos na Inglaterra um Legislativa, por decreto de 3 de junho do ano próximoarmazém italiano, de secos e molhados, mas, em passado, a fim de salvar o Brasil dos perigos que lhegeral, os ingleses aqui vendem suas mercadorias em estavam iminentes, e havendo a dita Assembléiagrosso a retalhistas nativos ou franceses. Quanto aos perjurado ao tão solene juramento que prestou àalfaiates, penso que há mais ingleses do que nação de defender a integridade do Império, suafranceses, mas poucos de uns e outros. Há padarias independência e a minha dinastia: Hei por bemde ambas as nações e abundantes tavernas inglesas, dissolver a mesma Assembléia..."cujas insígnias com a bandeira da União, leões LINHARES, M. Y. "História Geral do Brasil".vermelhos, marinheiros alegres e tabuletas inglesas, Rio de Janeiro: Campus, 1996.competem com as de Greenwich ou Deptford. A passagem acima é parte integrante do Decreto deO cotidiano descrito no texto de Maria Graham, em D.Pedro I, de 12 de novembro de 1823, que mandavasua visita ao Rio de Janeiro em 1822, era cercar e evacuar o prédio no qual estava instalada aconseqüência primeira Assembléia Constituinte do Brasil.a) da Abertura dos Portos de 1808. Essa Constituinte foi fechada porqueb) da Independência do Brasil em 1822. a) defendia a dupla cidadania - Brasil e Portugal -c) do Tratado de Methuen de 1703. para brasileiros e portugueses residentes no Brasil.d) da elevação do Brasil a Reino Unido de Portugal b) previa, no projeto da Constituição em pauta, umaem 1815. monarquia absolutista, na qual o monarca era umae) da conquista da Guiana Francesa em 1809. figura inviolável. c) ousou desafiar o projeto de soberania do89. (Fuvest) "Odeio cordialmente as revoluções ... Imperador, tirando-lhe o direito não só de vetar, masNas reformas deve haver muita prudência ... Nada se também de sancionar os atos dos constituintes.deve fazer aos saltos, mas tudo por graus como d) era dominada pelo Partido Português, que defendiamanda a natureza... Nunca fui nem serei absolutista, uma Monarquia Parlamentar como Reino Unido amas nem por isso me alistarei jamais debaixo das Portugal.esfarrapadas bandeiras da suja e caótica e) inseriu no projeto da Constituição o Quarto Poder,democracia". o Moderador, que deveria ser exercido pelo (José Bonifácio de Andrada e Silva, 1822.) Imperador.Analise o texto, associando-o ao processo de 91. (Ufv) Na questão abaixo estão descritos,independência do Brasil no que se refere seqüencialmente, o período histórico e a correspondente característica política predominantea) à forma assumida pela monarquia no Brasil. do mesmo. Assinale a alternativa que os associa CORRETAMENTE:b) à participação popular. a) República Velha (1891) - (1930) - Caudilhismo paternalista b) Era getulista (1930) - (1945) - Descentralização oligárquica c) Quarta República (1946) - (1964) - Liberalismo populista d) Estado empresarial militar (1964) - (1985) - Integralismo democrático e) Nova República (1986) - (1990) - Tecnocracia estatal.20 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  21. 21. 92. (Ufg) O processo de formação do Estadobrasileiro encontra várias possibilidades de leitura, O texto acima é parte de um discurso de Eusébio dedada a diversidade de projetos políticos existentes no Queiroz, calorosamente aplaudido na Câmara, queBrasil, nas primeiras décadas do século XIX. Entre as encaminhou a lei antitráfico, em 1850.conjunturas da independência (1822) e da abdicação Acerca do debate sobre o fim do tráfico, pode-se(1831), o País conviveu com projetos diferentes de afirmar quegestão política.Sobre as conjunturas mencionadas anteriormente e ( ) o tráfico de escravos permaneceu como práticaseus desdobramentos, julgue os itens. corrente, defendida pelos agricultores com a conivência do Estado brasileiro, apesar dos acordos( ) O acordo em torno do príncipe D. Pedro foi uma firmados entre Brasil e Inglaterra para pôr fim a essadecorrência do receio de que a independência se atividade econômica.transfigurasse em aberta luta política entre os ( ) a luta contra o tráfico de escravos encontrou, nodiversos segmentos da sociedade brasileira. A ambiente urbano, o clima propício para empolgarMonarquia era a garantia da ordem escravista. políticos e intelectuais que se mobilizaram, na( ) Ao proclamar a independência, o príncipe D. primeira metade do século XIX, para a luta contraPedro rompeu com a comunidade portuguesa, que essa atividade.insistia em ocupar cargos públicos. A direção política ( ) os argumentos favoráveis à continuidade dodo País foi entregue aos homens aqui nascidos, tráfico de escravos estavam associados à defesa dacondição essencial para ser considerado cidadão no soberania nacional ameaçada pelos ingleses, quenovo lmpério. aprisionavam os navios negreiros.( ) Em 1831, as elites políticas brasileiras entraram ( ) os ingleses adotaram o trabalho assalariado,em desacordo com o Imperador, que insistia em como forma predominante, em seu vasto impériodesconsiderar o legislativo, preocupando-se, colonial, pois estavam coerentes com os princípiosexcessivamente, em defender os interesses democráticos que orientaram sua ação colonizadora;dinásticos de sua filha em Portugal, o que irritava as desse modo, era natural que liderassem a luta contraelites políticas locais. o tráfico de escravos e a escravidão, nos séculos( ) Com a abdicação, iniciou-se um período XVIII e XIX.marcado pelo crescimento econômico decorrente daprodução de café, o que possibilitou a execução de 94. (Puc-rio) As alternativas abaixo apresentamuma reforma política, o Ato Adicional (1834), que deu exemplos de permanências ou continuidades naestabilidade ao Império. formação social brasileira, ao longo da primeira metade do século XIX, À EXCEÇÃO DE:93. (Ufg) (...) Sejamos francos: o tráfico, no Brasil, a) a família patriarcal extensa.prendia-se a interesses, ou para melhor dizer, a b) o trabalho escravo negro.presumidos interesses dos nossos agricultores; e c) o exclusivo comercial.num país em que a agricultura tem tamanha força, d) a economia de base agrícola.era natural que a opinião pública se manifestasse em e) o regime de padroado.favor do tráfico: a opinião pública que tamanhainfluência tem, não só nos governos representativos,como até nas monarquias absolutas. O que há paraadmirar em que nós todos, amigos ou inimigos dotráfico, nos curvássemos a essa necessidade?21 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  22. 22. 95. (Pucpr) Portugal resistiu à nossa Independência, 98. (Mackenzie) A Carta Constitucional de 1824procurando revertê-la, inclusive pela via das armas. representava uma vitória do Executivo sobre oCom respeito à oposição lusitana, quais das Legislativo, do Imperador sobre as oligarquias. Aalternativas estão corretas? oposição ao Imperador foi mais forte nas províncias do norte, as mais afetadas pelo forte centralismo queI- O envio ao Brasil, de uma frota que bombardeou o caracterizava a Carta.Rio de Janeiro em 1823, sendo rechaçada a seguir. Carlos Guilherme Mota. 1822 - DimensõesII- A resistência, na Bahia, das tropas do BrigadeiroMadeira de Melo, até 1823. A oposição de que fala o texto resultou em sérioIII- A busca de apoio Militar Britânico, por parte de movimento revolucionário que teve, entre seusPortugal. líderes, Frei Caneca. Identifique-o.IV- A dissolução da Constituinte de 1823 por D. a) Revolução FarroupilhaPedro, de origem portuguesa, e hostilizado pelos b) Cabanagemdeputados. c) Confederação do EquadorV- Resistência militar portuguesa no Maranhão, Pará, d) BalaiadaPiauí e Cisplatina. e) Sabinadaa) I, III e IV. 99. (Ufes) O banco que financiou a independênciab) II, III e V.c) apenas I e III. O Rothschild é o mais antigo banco de investimentosd) apenas II e V. do mundo [...]. Foram os Rothschild que deram oe) apenas III e IV. primeiro financiamento ao Brasil independente, em 1825.96. (Pucpr) O estudo da Carta Outorgada de 1824, "O Globo" - 21/9/98.Ato Adicional de 1834 e Constituição Republicana de1891 mostra, no Brasil, notável evolução política. O texto refere-se à dívida externa do Brasil noAssinale a alternativa correta: Primeiro Reinado, contraída com banqueiros ingleses,a) O Ato Adicional de 1834 atribui às províncias a quase sempre com a casa Rothschild.mesma autonomia estabelecida pela Constituição de O Brasil começava sua história como país1891. independente, acumulando dívidas com banqueirosb) Enquanto a Carta Outorgada de 1824 inspirou-se internacionais, situação ligada, entre outras, à/aonos Estados Unidos, a Constituição de 1891 baseou- a) legislação que visava à contenção das importaçõesse em modelo europeu. de supérfluos, o que causava prejuízos aosc) A Carta Outorgada de 1824 estabelecia quatro comerciantes.poderes, reduzidos a três na Constituição de 1891, b) redução do tráfico de escravos no Brasil,com a supressão do Poder Moderador. especialmente para o Nordeste, em troca do direitod) A Religião Católica Apostólica Romana, oficial no de os comerciantes brasileiros abasteceram comImpério, assim continuou na República, com base em exclusividade algumas colônias inglesas, fato queartigo específico na Constituição de 1891. endividava o país.e) O Ato Adicional de 1834 transformou a forma de c) acordo sobre compensações, que previa oEstado do Brasil de unitária em federativa. pagamento a Portugal de uma indenização em libras esterlinas em troca do reconhecimento da97. (Ufrn) A Inglaterra teve influência significativa no independência do Brasil.difícil processo de reconhecimento externo do Brasil d) rompimento de relações diplomáticas e comerciaiscomo nação soberana, após a independência. com os Estados Unidos, que não concordaram com as taxas alfandegárias, medida que resultou naAnalise um dos interesses da Inglaterra no diminuição da receita tributária do país.reconhecimento da Independência do Brasil.22 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r
  23. 23. e) aumento do déficit público causado pelas despesas a) Rebelião Praieira;com a defesa das fronteiras brasileiras, devido às b) Cabanagem;rivalidades políticas com a França. c) Balaiada; d) Sabinada;100. (Uel) e) Confederação do Equador. 102. (Ufrrj) SONETO (Feito quando fui solto em 1830) "Para quando, oh! Brasil, bem reservas Numa cega apatia alucinado, Não vês teu solo aurífero ultrajado, Por dragões infernais fúrias protervas? (...) Ainda não tens, Tamoio, povo bravo; Setas ervadas contra o lusitanoNa visão do cartunista, a Independência do Brasil, Que pretende fazer-te seu escravo?ocorrida em 1822,a) foi resultado das manifestações populares Eia! Dos lares teus, despe o enganoocorridas nas ruas das principais cidades do país. Quem nasceu no Brasil não sofre agravo,b) resultou dos interesses dos intelectuais que E quem vê um Imperador, vê um tirano".participaram das conjurações e revoltas.c) decorreu da visão humanitária dos ingleses em Ciprianorelação à exploração da colônia. Baratad) representou um negócio comercial favorável aos (ln: CASCUDO, Luiz da Câmara. "Dr. Barata".interesses dos ingleses. Bahia, Imprensa Oficial do Estado, 1938. p.49.)e) não passou de uma encenação, já que osportugueses continuaram explorando o país. Vocabulário: AGRAVO. Sm. Ofensa, injúria, afronta.101. (Fgv) "A propagação das idéias republicanas, SETAS ERVADAS. Setas envenenadas.antiportuguesas e federativas (...) ganhou ímpeto com PROTERVO [Adj.]. Impudente, insolente, descarado.a presença no Recife de Cipriano Barata, vindo daEuropa, onde representava a Bahia nas Cortes. É Cipriano Barata teve ativa participação nosimportante ressaltar (...) o papel da imprensa na movimentos políticos brasileiros da primeira metadeveiculação de críticas e propostas políticas (...). Os do século XIX, com um discurso libertárioAndradas, que tinham passado para a oposição denunciando os arranjos políticos das elites sempredepois das medidas autoritárias de D. Pedro, em prejuízo da população desfavorecida. Os versoslançaram seus ataques através de O Tamoio; deste revolucionário brasileiro identificam um dosCipriano Barata e Frei Caneca combateram a momentos de crise política no Brasil Imperial, qualmonarquia centralizada, respectivamente na sejaSentinela da Liberdade e no Íbis Pernambucano." (Boris Fausto, "História do Brasil")A conjuntura exposta no texto anterior refere-se àemergência da:23 | P r o j e t o M e d i c i n a – w w w . p r o j e t o m e d i c i n a . c o m . b r

×