Meio ambiente

335 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meio ambiente

  1. 1. Escola Mundo de Alice Escola de Ensino Fundamental e Médio Politécnico da UFRGS-REGESD Porto Alegre – RS Diário de Notícias, s/n E-mail: escolamundodealice@bol.com.br Telefone: (51) 3681-4946 Blog: http://escolamundodealice.blogspot.com Eixo temático Primeiro Trimestre: Meio AmbienteTEMA: Sordidez e beleza: inquietações acerca dos caminhos contemporâneos, entre onatural e o artificial.EXECUTORES: Professores de todas as áreas, alunos de todos os anos, níveis e modalidades deensino.ORIENTADORES: Professores das disciplinas Biologia, Matemática, Educação Física, Filosofia eGeografia.TEMPO PREVISTO: O projeto será desenvolvido durante o primeiro trimestre do ano letivo, comapresentação dos melhores trabalhos selecionados pelos professores e alunos(democraticamente), na Feira de Talentos prevista para o final do ano letivo.JUSTIFICATIVA: Sordidez e beleza, palavras tão duras e complexas que nos levam a imaginarpensamentos e construir ações coerentes ou não com nossa sociedade, por muitas vezesacabamos nos envolvendo neste emaranhado social e nem damo-nos conta de nossaresponsabilidade. Jogamos um papel de balas pela vidraça do carro, atiramos um toco de
  2. 2. cigarro ao chão, lançamos uma latinha vazia no arroio, as sacolas plásticas voam em nossosares e simplesmente não queremos assumir as consequências destes atos inadmissíveissocialmente, por considerarmo-nos modernos e intelectualmente manipuladores doambiente. É só caminhar, por algumas vielas, centros e calçamentos e veremos a tentativadramática do ser humano em dominar o ser humano e a natureza, tudo começa com umgesto simples de lançar em qualquer lugar aquilo que queremos nos desfazer. Com a globalização e industrialização da produtividade de bens de consumo, houveum significativo aumento do descarte, tudo tornou-se obsoleto em menos de seis meses deuso, as relações não encontram-se mais territorialmente definidas, mas em espaçosdesterritorializados, os valores encontram-se invertidos culturalmente e moralmente.Vivemos em uma crise paradigmática, sem precedentes e sem alternativas claras desuperação. Portanto é preciso compreender a história de cada “coisa” para encaminhar-se amudança ético-sócio-cultural. E assim começa a degradação ambiental... Um copo descartável jogado ao chão... Esgoto sem tratamento correndo nas águas de uma cascata... Paramos e nos questionamos: Como tudo isto começou? Este eixo temático possui a intenção de despertar a consciência de seusprotagonistas desde a mais tenra idade, para dois vieses de estudo, por um lado tornar amídia fomentadora da interdisciplinaridade, sendo um instrumento que potencialize aaprendizagem num caráter processual; por outro lado, despertar para a consciência crítica evalorização do espaço físico-ambiental, demonstrando clareza que a responsabilidade é decada um de nós, em manter, restaurar e valorizar este espaço tão degradado em virtude dasociedade capitalista que procura enaltecer o consumismo precocemente. Tal açãoeducativa justifica-se pela premência em rever os valores que estão disseminadossocialmente e distorcendo o caráter ético-ambiental das relações humanas, por isto inicia-seo ano letivo falando em consciência ambiental e mudança de ação, para ter maior clareza aoassumir nova postura humana e cultural.
  3. 3. DESENVOLVIMENTO: Como este eixo temático encontra-se em voga na atualidade devido a suaimportância em detrimento dos problemas ambientais que desolam a humanidade, inicia-seo ano letivo falando sobre ele, os professores orientadores, realizarão alguns encontros(entre professores), para expor oralmente a proposta e esclarecer os objetivos, subdividindoa temática por assuntos para que a exploração seja sólida e consistente sem sobrecarregarnenhum ano escolar evitando o tratamento incorreto e superficial deste assunto. Tendoclareza destas proposições cada professor em sua área irá trabalhar o assunto de forma aexplorar seus múltiplos vieses, ouvindo, orientando e contribuindo para a efetivaaprendizagem tanto dos alunos como dos professores, obtendo um ou mais trabalhos finalque irão fazer parte da feira de talentos ao término do ano. Apesar desta temática, estar emdestaque no primeiro trimestre letivo, almeja-se uma mudança de postura que serápercebida e aprimorada no decorrer de todo o ano.OBJETIVO GERAL: Reconhecer a diversidade presente na sala de aula bem como em nossa cultura,atentando para as múltiplas formas de trabalho e valorização social, buscando a ampliaçãoda compreensão quanto ao cuidado e responsabilidade que devemos ter com o mundo quehabitamos, visando à renovação da postura individual e coletiva sendo mais tolerante erespeitoso consigo e com os outros. Dando especial valor a preservação e recuperaçãoambiental, conscientizando-se da necessidade de alterar pontos de vista e modos de ação,restaurando a degradação ambiental acometida por nós: seres humanos.OBJETIVO ESPECÍFICO:* Oportunizar o diálogo entre alunos e professores acerca da origem do sistema capitalistaque prevê o uso demasiado dos recursos físico-naturais, para sustentar o nosso estilo devida;* Compreensão linguística de termos ligados ao universo ambiental;* Perceber as influências que sofremos a partir das imagens publicitárias e o quantoestamos sendo manipulados por este viés midiático;* Analisar a produção de lixo e os encaminhamentos que realizamos em relação à suaprodução, destacar pontos de intervenção para o consumo consciente e a restrição quanto aodesperdício dos bens de consumo, modificando o sistema linear que amplia o descaso e o
  4. 4. consumo, para idealizar uma forma de separar, reciclar e reaproveitar os próprios materiaisque desperdiçamos;* Despertar a consciência de que os cuidados com o meio ambiente são responsabilidade detodos nós;* Envolver os alunos na busca das soluções que poderão estar ao seu alcance para amenizaros efeitos negativos da ação humana no meio ambiente;* Produzir documentos e pequenos vídeos-áudios que demonstrem o aprendizado dosalunos a respeito dos temas em estudo;* Levar os alunos a repensarem atitudes de ação sobre os cuidados com o meio ambiente esua responsabilidade em agir e difundir ideias de preservação com o meio em que vivemos,num caráter geográfico e filosófico.CONTEÚDOS ABORDADOS:* Utilização de vídeos, seguido da leitura verbal midiática;* Pós-modernidade a cultura do descaso e da obsolescência perceptiva e planejada, umaquestão filosófica;* Espaços físicos de especulação imobiliária e o estudo do impacto ambiental;* Reciclagem como possibilidade de criação de recursos para a prática pré-desportiva;* Meio ambiente: responsabilidade de um ou de todos?* Consumismos, bens de consumo, bens financeiros (crise moral e de valores);* Sistema de produção capitalista, economia de materiais;* A territorialidade e desterritorialidade (globalização e supressão de fronteiras);* Resíduos sólidos e líquidos produzidos dentro do âmbito escolar (estudo de caso), cálculosobre a geração de poluentes e averiguação do tempo de decomposição e/ou reciclagemdestes;* Elaboração de gráficos e cálculo de porcentagem para determinar o tempo dedecomposição de cada resíduo, bem como a necessidade de plantio de árvores para aarborização e recuperação do ar nas regiões mais devastadas pertencentes ao campo deespeculação imobiliária (todo este trabalho será desenvolvido nos arredores escolares e dacomunidade educativa). Cada nível educacional irá deter-se numa esfera da temática proposta com maiorafinco, para realizar um trabalho sério e coerente.
  5. 5. METODOLOGIA: A metodologia visa o diálogo, respeitando limitações e instigando a descoberta,sendo estruturada numa interação ativa de todos os envolvidos, através da leitura de textos,coleta de imagens de própria autoria ou não, leitura de imagens, pesquisa de campo,observação e análise imagética, apreciação de vídeos, pesquisa bibliográfica, elaboraçãotextual, produção artística e criação de áudio-vídeo, debate coletivo, aulas expositivas,pesquisa na biblioteca e na rede mundial de informação – internet, produção de um jornalmural, trabalho com tabelas e gráficos para visualização e percepção das mudançasclimáticas e naturais presenciadas na atualidade. Além do:* Uso de vídeos, reportagens e programas radiofônicos sobre a temática, para esclarecer eintroduzir a seriedade do assunto;* Pesquisa de campo dentro e fora do espaço escolar, averiguação de espaços para a práticapré-desportiva com análise do estudo de impacto ambiental;* Oficinas de reciclagem com utilização de recursos descartáveis na elaboração econstrução de recursos para a prática pré-desportiva;* A territorialidade e desterritorialidade (globalização e supressão de fronteiras), estudobibliográfico, seguido da transformação de um jornal mural;* Resíduos sólidos e líquidos produzidos dentro do âmbito escolar (estudo de caso),pesagem, cálculo sobre a geração de poluentes e averiguação do tempo de decomposiçãoe/ou reciclagem destes;* O que pode ser feito para preservar o meio em que vivemos e divulgar a importânciadestes cuidados. Além destas possibilidades cada professor fará uso da metodologia que mais seadéque ao ano no qual atua sem perder de vista o objetivo que deve ser explorado, sendofragmentado um viés de estudo para cada ano, isto significa que nem todos trabalharão comos mesmos assuntos, farão sub-projetos para explorarem em suas classes, tendo comoenfoque primordial a interdisciplinaridade, podendo solicitar apoio nas reuniõespedagógicas aos professores das disciplinas orientadoras.RECURSOS UTILIZADOS:* Documentários: “Lixo extraordinário” de Vik Muniz; “A História das Coisas”; “Ilha dasFlores”, dentre outros que cada professor em sua prática educativa julgar significativo parao processo de ensino-aprendizagem;
  6. 6. * Data show;* Biblioteca e computadores com acesso a rede de informações mundial (internet);* Câmera fotográfica;* Impressora;* Materiais artísticos como: cartolina, régua, caneta hidrocor, material de pintura e desenhoem geral, cola, tesoura (outros materiais que julgados importantes e necessários para quemparticipar do processo de estudo);* Materiais recicláveis que são desperdiçados em nossas residências;* Livros, jornais e revistas que tratem de assuntos relacionados ao lixo e a produção e/oudecomposição deste;* Televisão e vídeo;* Gravação e edição de sons (software audacity);* Webquest, como fomentador da pesquisa regular e coerente;* DVDs TV escola para pesquisa que possuam relatos sobre a origem das coisas.AVALIAÇÃO: A proposta será avaliada constantemente pelos responsáveis, através da observação,participação e interesse dos alunos, bem como da repercussão dos trabalhos nas açõesdiárias, averiguando se há seriedade e responsabilidade quanto ao trabalho, tendo comocritérios de avaliação:* coerência entre a temática estudada e o trabalho produzido/apresentado;* seriedade na produção e execução de cada tarefa;* coerência e pesquisa científica sobre o tema estudado em cada grupo ou ano escolar;* clareza dos debates e envolvimento de todos os alunos e professores;* viabilidade da proposta;* linguagem adequada;* clareza na exposição oral dos trabalhos, bem como capacidade em responder assolicitações;* comprometimento;* auto-avaliação coletiva e individual.
  7. 7. REFERÊNCIAS:CAPRA, F. O ponto de mutação. A ciência, a sociedade e a cultura emergente. São Paulo,Cultrix, edições:1986 e 2003.FREIRE, Paulo. À sombra desta mangueira. São Paulo: Olho D’água, 1995. PEREIRA,Marcos,V. O desafio da tolerância na cidade contemporânea. Textopresentado no III Seminário de Educação e Comunicação Adolescente... táligado!!?.Pelotas 02 de julho de 2002 .PORTILHO, Fátima. Sustentabilidade Ambiental, Consumo e Cidadania.São Paulo, Cortez Editora, 2005, 255pp. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-753X2006000100010Acessado: 19 junho de 2011.SPEROTTO, Rosária I. As tecnologias de comunicação e informação: dispositivoshíbridos a constituir subjetividades.Links:A história da s coisas: http://video.google.com.br/videoplay?docid=-7568664880564855303&hl=pt-BR#Compostagem, disponível em:http://www.lixo.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=147&Itemid=254Ilha das Flores, disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=KAzhAXjUG28Impactos ambientais: http://www.webartigos.com/articles/20115/1/TURISMO-E-MEIO-AMBIENTE-IMPACTOS-AMBIENTAIS-E--SUSTENTABILIDADE/pagina1.html#ixzz1Pg6vm7t4Lixo Extraordinário: http://www.youtube.com/watch?v=udpDCiLrg4kO que é lixo? Disponível em: http://www.culturamix.com/meio-ambiente/lixo/o-que-e-lixoO que é reciclável? Disponível em:http://www.lixo.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=136&Itemid=243Preciclar, disponível em:http://www.lixo.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=132&Itemid=239

×