MONOGRAFIA Da elaboração  à apresentação                   1
Preciso produzir umartigo científico ou umamonografia, senão não       me formo!           Mas eu não sei o que é         ...
Roteiro de Trabalho• Conceituação  – Ciência  – Monografia  – Artigo Científico• O tema  – A escolha do tema  – A problema...
Roteiro de Trabalho• Produção do Texto  –   Referencial teórico  –   Documentação pessoal  –   Estilo científico  –   Form...
O que é Ciência ?• Ciência x Senso Comum• Saber científico é:  –   Racional                   – Sistemático  –   Objetivo ...
O que é monografia• Origem• Conceito  – Um único assunto  – Responde uma pergunta• Exige uma metodologia específica• Tipos...
Textos Científicos Monográficos                CURSO        DOCUMENTO            CARACTERÍSTICA                           ...
Documentos Monográficos                      CRÍTICA       Tese          RESENHA     Disser-      tação           ENSAIO  ...
TCC ou Artigo          Artigo                  TCC   De 15 a 30 páginas     De 30 a 100 páginas As informações gerais As i...
Modelo de Artigo              3 cm3 cm                          2 cm                                 10
Modelo para TCCFolha de              Dedica-    Agradeci           Epígrafe                          Sumário Rosto        ...
A montagem da equipe• Número de elementos• Afinidade• Competências  – Informática  – Redação  – Mérito  – Apresentação  – ...
Roteiro de Projeto de Pesquisa•   Tema•   Problematização           Meu Deus,•   Justificativa               como         ...
A Escolha do Tema• Propósito da Monografia Acadêmica  –   Não é para atender a Faculdade e não é fardo  –   Empreendedoris...
Causas de Malogro •   Tema superior às forças •   Tema fora do interesse do autor •   Referencial teórico inacessível •   ...
Fontes de inspiração para o tema                Reflexão                           SerendipidadeControvérsias teóricas    ...
Roteiro de Projeto de Pesquisa•   Tema•   Problematização                              E essa tal de•   Justificativa     ...
ProblematizaçãoFazer ciência é encontrar respostasSe você não tem um bom problema, você tem um grande problema !!!        ...
Estilos de Problematização• Conceitual : o que é...• Classificatória : a que tipo pertence• Esquemática : quais os tipos d...
Roteiro de Projeto de Pesquisa•   Tema•   Problematização                              “Referencial•   Justificativa      ...
Referencial Teórico•   Bibliografia•   Fonte•   O que ler primeiro•   Como ler•   Como riscar o livro•   Leituras e propós...
Documentação Pessoal Ficha Biográfica                                 Ficha BibliográficaQUEM ESCREVEU                    ...
Roteiro de Projeto de Pesquisa•   Tema•   Problematização        “Metodologia”...•   Justificativa            não vou dar ...
A Metodologia• O Método Indutivo  – Francis Bacon  – Sai do particular para o geral  – Experimental  – Salto Indutivo  – P...
Etapas do Trabalho Indutivo•   Identificar o problema•   Definir e delimitar o tema•   Buscar conceitos e hipóteses•   Inv...
A Metodologia• O Método Dedutivo  – René Descartes  – Sai do geral para o particular  – Analítico  – Analisa verdades já e...
Etapas do Trabalho Dedutivo•   Problematização•   Escolha do tema•   Delimitação do Tema•   Seleção do referencial teórico...
Roteiro de Projeto de Pesquisa•   Tema•   Problematização•   Justificativa            Prá que tudo                        ...
Estilo Científico• Os aspectos da Forma (NBR 14724/ AGO 2002)  – Formato     Papel A4, (210 x 297mm)  – Margens Superior =...
O destino final do Projeto de Pesquisa                                         30
Estilo Científico• Os aspectos do Estilo  – Abreviaturas toleradas nas dedicatórias e    agradecimentos.  – Tabelas e Gráf...
Estilo Científico• O que Evitar  –   Usar (parênteses) “aspas” negrito sublinhado itálico  –   O uso indiscriminado de adj...
Estilo Científico• Citações (NBR 10520/2002)  – Transcrição ou reprodução direta     • “...texto da citação” (AUTOR, ano, ...
Produção do Texto• A Introdução  – Não é numerada  – Não deve ser dividida em tópicos  – Não deve ser longa  – Não deve an...
Produção do Texto• Desenvolvimento  – Numerado  – Seções primárias obrigam quebra no TCC  – Evidenciar a discussão sobre o...
Produção do Texto• O Término do trabalho  – Se preferir escrever “Considerações Finais”  – Não numerada  – Não possui tópi...
Esquema Geral do TCC• Pré Textuais  –   Folha de Rosto   Epígrafe  –   Dedicatória      Agradecimento  –   Sumário        ...
Referências Bibliográficas (NBR 6023/2002)– HAYAKAWA, I. S. A linguagem do pensamento e na ação. 3. ed. São  Paulo: Pionei...
Referências Bibliográficas (NBR 6023/2002)– LIMA, C. B. SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE  BANCO DE DAD...
Referências Bibliográficas (NBR 6023/2002)– OS GIRASSÓIS da Rússia. Direção: Vittório de Sica. Rio de Janeiro: Globo  Víde...
O preparo• Cuidados para antes da apresentação  – Ambiente de apresentação  – Recursos didáticos disponíveis  – Alimentaçã...
A técnica• Postura  – Do orador    •   Corpo    •   Mãos    •   Pés    •   Olhos    •   Rosto    •   Respiração  – Da Equi...
Lugares-comuns e frases indesejáveis –   “Agora eu vou apresentar...” –   “Agora vai falar ...” –   “Fulano irá apresentar...
A técnica• Retroprojetor e Projetor Multimídia  – Não usar Word® para apresentações  – Ilustrar o material a apresentar  –...
Ganhando Empatia• Não ser o dono da verdade• Evitar: “nunca”, “sempre”, “todos”, “nenhum”• Trazer sorriso nos olhos• Olhar...
O que evidenciar•   O cenário•   O Problema•   As possíveis soluções•   O método de pesquisa•   Os resultados    – informa...
Pesquisa Bibliográfica           Etapa                        Ação      Saudação à banca           Olhar para a banca     ...
Pesquisa de Campo            Etapa                      Ação      Saudação à banca          Olhar para a banca            ...
Argüição•   Aproveitar para dizer o que esqueceu•   Levar papel e caneta para anotar as perguntas•   Aguardar com serenida...
Jorge Elarrat          Engenheiro eletrônico          Professor universitárioelarrat@click21.com.br                       ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário monografia

1.878 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.878
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário monografia

  1. 1. MONOGRAFIA Da elaboração à apresentação 1
  2. 2. Preciso produzir umartigo científico ou umamonografia, senão não me formo! Mas eu não sei o que é uma monografia, o que é um artigo, nem sei o que é ser científico! 2
  3. 3. Roteiro de Trabalho• Conceituação – Ciência – Monografia – Artigo Científico• O tema – A escolha do tema – A problematização – O método• Projeto de Pesquisa – Modelo – Tópicos do projeto 3
  4. 4. Roteiro de Trabalho• Produção do Texto – Referencial teórico – Documentação pessoal – Estilo científico – Formatação – Partes componentes do texto• Apresentação – Produção dos recursos didáticos – Preparativos para a apresentação – Postura – Roteiro para apresentação à banca 4
  5. 5. O que é Ciência ?• Ciência x Senso Comum• Saber científico é: – Racional – Sistemático – Objetivo – Acumulativo – Factual – Falível – Analítico – Preditivo – Claro e preciso – Aberto – Comunicável – Busca a Lei Geral – Verificável – Útil – Dependente de investigação metódica 5
  6. 6. O que é monografia• Origem• Conceito – Um único assunto – Responde uma pergunta• Exige uma metodologia específica• Tipos de Monografia – Artigo – Trabalho de Conclusão de Curso – Dissertação – Tese 6
  7. 7. Textos Científicos Monográficos CURSO DOCUMENTO CARACTERÍSTICA TRABALHO DE Discussão de um único GRADUAÇÃO CONCLUSÃO problema, baseado num referencial DE CURSO teórico consolidado Tratar de um assunto específico de LATO SENSU ARTIGO uma pesquisa anterior. Tem fins dePÓS-GRADUAÇÃO publicação, após julgamento Sistematização do conhecimento e MESTRADO DISSERTAÇÃO literatura existente sobre um tema. STRICTO Teorizar em cima de uma teoria. SENSU Elaborada com base em investigação DOUTORADO TESE original, constituindo-se em real contribuição para o tema em questão 7
  8. 8. Documentos Monográficos CRÍTICA Tese RESENHA Disser- tação ENSAIO Trabalho de PAPERConclusão de Curso Artigo SINOPSE TRABALHO DIDÁTICO 8
  9. 9. TCC ou Artigo Artigo TCC De 15 a 30 páginas De 30 a 100 páginas As informações gerais As informações gerais estão na 1ª página estão diversas páginasNão possui pré-textuais Possui pré-textuaisPermite maior liberdade Exige forte referencial para as idéias do autor teórico Estudo de Casos Análises teóricas ou práticas Mais rápido de ser Mais prestigio numa produzido banca de mestrado 9
  10. 10. Modelo de Artigo 3 cm3 cm 2 cm 10
  11. 11. Modelo para TCCFolha de Dedica- Agradeci Epígrafe Sumário Rosto tória mentos Abstract Lista deResumo Resumen Siglário Figuras Resumé 11
  12. 12. A montagem da equipe• Número de elementos• Afinidade• Competências – Informática – Redação – Mérito – Apresentação – Relacionamento – Liderança 12
  13. 13. Roteiro de Projeto de Pesquisa• Tema• Problematização Meu Deus,• Justificativa como encontrar um• Objetivos tema?• Referencial Teórico• Metodologia• Técnica• Sumário previsto• Cronograma• Custos 13
  14. 14. A Escolha do Tema• Propósito da Monografia Acadêmica – Não é para atender a Faculdade e não é fardo – Empreendedorismo – Cartão de visitas para o mercado – Pós-graduação na graduação – Curriculum – Aguardar, se preciso, para escolher um bom tema• Pertinência – Pertinência Humana – Pertinência de Contemporaneidade – Pertinência de Continuidade – Pertinência Regional 14
  15. 15. Causas de Malogro • Tema superior às forças • Tema fora do interesse do autor • Referencial teórico inacessível • Referencial teórico fora do alcance do autor • Literatura escassa • Perfeccionismo que se obriga a dizer tudo • Metodologia irrealizável • Neurose de monografiaSatisfator iedade 3 Viabilidade Importânci Resultados a 15
  16. 16. Fontes de inspiração para o tema Reflexão SerendipidadeControvérsias teóricas 16
  17. 17. Roteiro de Projeto de Pesquisa• Tema• Problematização E essa tal de• Justificativa problematização,• Objetivos o que será?• Referencial Teórico• Metodologia• Técnica• Sumário previsto• Cronograma• Custos 17
  18. 18. ProblematizaçãoFazer ciência é encontrar respostasSe você não tem um bom problema, você tem um grande problema !!! 18
  19. 19. Estilos de Problematização• Conceitual : o que é...• Classificatória : a que tipo pertence• Esquemática : quais os tipos de• Causal : por que certos ...• Qualitativa : é realmente ...• Quantitativa : quanto ...• Comparativa : onde há mais...• Correlacional : que relação há entre ... 19
  20. 20. Roteiro de Projeto de Pesquisa• Tema• Problematização “Referencial• Justificativa Teórico”... Onde• Objetivos eu me meti???• Referencial Teórico• Metodologia• Técnica• Sumário previsto• Cronograma• Custos 20
  21. 21. Referencial Teórico• Bibliografia• Fonte• O que ler primeiro• Como ler• Como riscar o livro• Leituras e propósitos – Leitura Textual – Leitura Temática – Leitura Esquemática – Leitura Crítica 21
  22. 22. Documentação Pessoal Ficha Biográfica Ficha BibliográficaQUEM ESCREVEU O QUE PUBLICOU Onde guardo? Ficha Temática O QUE DISSE 22
  23. 23. Roteiro de Projeto de Pesquisa• Tema• Problematização “Metodologia”...• Justificativa não vou dar conta !• Objetivos• Referencial Teórico• Metodologia• Técnica• Sumário previsto• Cronograma• Custos 23
  24. 24. A Metodologia• O Método Indutivo – Francis Bacon – Sai do particular para o geral – Experimental – Salto Indutivo – Pesquisa de Campo – Contestações 24
  25. 25. Etapas do Trabalho Indutivo• Identificar o problema• Definir e delimitar o tema• Buscar conceitos e hipóteses• Investigar cientificamente o problema• Observar e medir• Realizar experimentos• Construir modelos e teorias• Analisar as hipóteses• Selecionar hipóteses mais prováveis• Elaborar explicações e predições 25
  26. 26. A Metodologia• O Método Dedutivo – René Descartes – Sai do geral para o particular – Analítico – Analisa verdades já estabelecidas – Pesquisa Bibliográfica – Contestações 26
  27. 27. Etapas do Trabalho Dedutivo• Problematização• Escolha do tema• Delimitação do Tema• Seleção do referencial teórico• Leitura• Documentação pessoal• Releitura dos fichamentos : Macro-esquema• Análise comparativa do referencial teórico• Redação provisória• Redação final 27
  28. 28. Roteiro de Projeto de Pesquisa• Tema• Problematização• Justificativa Prá que tudo isso???• Objetivos• Referencial Teórico• Metodologia• Técnica• Sumário previsto• Cronograma• Custos 28
  29. 29. Estilo Científico• Os aspectos da Forma (NBR 14724/ AGO 2002) – Formato Papel A4, (210 x 297mm) – Margens Superior = 3 cm, Esquerda = 3 cm, Direita = 2 cm, Inferior = 2 cm JUSTIFICADO – Letra (fonte) Arial 12 automático – Títulos do mesmo tamanho do corpo do texto – Início de Parágrafo 1 TAB – Espaçamento entre linhas 1,5 – Reduzir o uso de notas de rodapé 29
  30. 30. O destino final do Projeto de Pesquisa 30
  31. 31. Estilo Científico• Os aspectos do Estilo – Abreviaturas toleradas nas dedicatórias e agradecimentos. – Tabelas e Gráficos estatísticos – Quadros e Tabelas – Materiais ilustrativos Não deverão ser colados – Numeração de páginas – Escrever apenas de um lado do papel 31
  32. 32. Estilo Científico• O que Evitar – Usar (parênteses) “aspas” negrito sublinhado itálico – O uso indiscriminado de adjetivos – Diminutivos ou aumentativos – Raciocínios típicos do censo comum – Emitir opinião sem fundamentar – Afirmar o que o autor de uma obra quis dizer – Uso de pronome na primeira pessoa – Omitir as fontes dos dados – Usar textos prontos na Internet – Uso de siglas sem explicação prévia 32
  33. 33. Estilo Científico• Citações (NBR 10520/2002) – Transcrição ou reprodução direta • “...texto da citação” (AUTOR, ano, p. ...) • Tamanho – Menos de 3 linhas – Mais de 3 linhas – Paráfrase direta ou citação livre • Buarque (1978) diz que a saudade é a mortalha do amor • Já que a saudade é a mortalha do amor (BUARQUE,1978) – Paráfrase indireta ou citação da citação • Skinner (1975 apud FRANÇA,1997) diz que... – Escrever e citar ou citar e escrever? 33
  34. 34. Produção do Texto• A Introdução – Não é numerada – Não deve ser dividida em tópicos – Não deve ser longa – Não deve antecipar resultados – Não faz longas digressões históricas – Deve ter: • Qual a importância de estudar esse objeto • O objeto de estudo • Como vou investigar • O que pretende obter como resultado 34
  35. 35. Produção do Texto• Desenvolvimento – Numerado – Seções primárias obrigam quebra no TCC – Evidenciar a discussão sobre o problema – Apresentar hipóteses – A argumentação científica – Evidências • Tabelas, Gráficos e Quadro – Comprovações das hipóteses – Resposta para o questionamento central 35
  36. 36. Produção do Texto• O Término do trabalho – Se preferir escrever “Considerações Finais” – Não numerada – Não possui tópicos – Não faz citações – Não traz ineditismos – É um “ou seja” – Precisa responder o questionamento central – Dizer da utilidade prática desse saber – Sugerir estudos que dêem prosseguimento à idéia 36
  37. 37. Esquema Geral do TCC• Pré Textuais – Folha de Rosto Epígrafe – Dedicatória Agradecimento – Sumário Lista de Figuras/Tabelas/Quadros – Resumo Abstract/Resumen/Resumé – Siglário• Textuais• Pós Textuais – Referências – Apêndices – Anexos – Glossário 37
  38. 38. Referências Bibliográficas (NBR 6023/2002)– HAYAKAWA, I. S. A linguagem do pensamento e na ação. 3. ed. São Paulo: Pioneira, 1972.– GUIRRO, E.; GUIRRO, R. Fisioterapia em estética: fundamentos, recursos e patologias. 2. ed. São Paulo: Manole, 1998.– LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1991.– URANI, A. et al. Constituição de uma matriz de contabilidade para o Brasil. Brasília, DF: IPEA, 1994.– FERREIRA, L. P. (Org.). O fonoaudiólogo e a escola. São Paulo: Summus, 1991.– HAYAKAWA, I. S. A linguagem do pensamento e na ação. Tradução José Simões. 3. ed. São Paulo: Pioneira, 1972.– _______. Metodologia do trabalho científico. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1991b.– ROMANO, G. Imagens da juventude na era moderna. In: LEVI, G.; SCHIMIDT, J. (org.). História dos jovens. 2. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p.7-16. 38
  39. 39. Referências Bibliográficas (NBR 6023/2002)– LIMA, C. B. SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 1994, São Paulo. Anais... São Paulo:USP, 1994, p. 16-29.– SOUZA, S. J. As interrelações pessoais do trabalho. 1996. Tese (Doutorado em Administração) - Faculdade de Economia e Administração, Universidade de São Paulo, São Paulo.– GURGEL, C. Reforma do Estado e segurança pública. Política e Administração. Rio de Janeiro, n. 2, p. 15-21, set. 1997.– LIDERANÇA situacional. Exame. São Paulo: Abril, n. 72, 13 de out, p.13- 19, 1999.– NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de S. Paulo. São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo. Caderno 8, p.13.– MEDIDA PROVISÓRIA fiscaliza com autonomia total. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p.3, 25 abr.1999.– BRASIL . Decreto-Lei nº 2423, de 7 de abril de 1998. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, nº 126, p. 6009.– BLAKISTON, Dicionário médico. 2. ed. São Paulo: Andrei, 2000. 39
  40. 40. Referências Bibliográficas (NBR 6023/2002)– OS GIRASSÓIS da Rússia. Direção: Vittório de Sica. Rio de Janeiro: Globo Vídeo; 1969. 102 min, color, son, VHS, V.O. italiana, leg. Português.– UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Catálogo de teses da Universidade de São Paulo, 1992. São Paulo, 1993. p.467– RESPRIN: comprimidos. Responsável técnico Delosmar R. Bastos. São José dos Campos: Johnson & Johnson, 1997. Bula de remédio.– SILVA, I. G. Pena de morte para o nascituro. O Estado de São Paulo, São Paulo, 19 set. 1998. Disponível em:<http://www.providafamilia.org/ pena de morte_nascituro.htm. 19.09.1998>– ARRANJO tributário. Diário do Nordeste Online, Fortaleza, 27 nov. 1998. Disponível em:<http://www.diáriodonordeste.com.br. 25.11. 1998>– Sine loco [s.l.]– Sine nomine [s.n.]– Sine loco e Sine nomine [s.l.:s.n.]– Dúvidas na data : : [ 1991?] ou [199_ ] ou [19 _ _ ], ou [s.d.] 40
  41. 41. O preparo• Cuidados para antes da apresentação – Ambiente de apresentação – Recursos didáticos disponíveis – Alimentação adequada – Vestimenta discreta – Horário de chegada – Testes dos recursos – Posicionamento antes da fala 41
  42. 42. A técnica• Postura – Do orador • Corpo • Mãos • Pés • Olhos • Rosto • Respiração – Da Equipe – Para depois 42
  43. 43. Lugares-comuns e frases indesejáveis – “Agora eu vou apresentar...” – “Agora vai falar ...” – “Fulano irá apresentar...” – “A minha parte...” – “Eu acho...” – “Isso aqui tá até errado ...” – “Eu tentei conseguir um dado mais atual...” – “...o tempo não permite dizer...” – “...isso não precisa dizer...” – “...vocês não precisam se aprofundar nisso...” – “...era o que eu tinha a dizer” – “Era isso que eu tinha para dizer” – Diminuir-se – Desculpar-se 43
  44. 44. A técnica• Retroprojetor e Projetor Multimídia – Não usar Word® para apresentações – Ilustrar o material a apresentar – Atentar para as fontes utilizadas – Cuidar da animação – Trabalhar os slides – Mídias de transparências – Troca e revelação de transparências – Leitura de slides – Uso de apontador laser 44
  45. 45. Ganhando Empatia• Não ser o dono da verdade• Evitar: “nunca”, “sempre”, “todos”, “nenhum”• Trazer sorriso nos olhos• Olhar para a banca• Não verbalizar o nervosismo• Fugir das piadas• Não pessoalizar demais a apresentação• Não perder a postura• Respeitar o tempo 45
  46. 46. O que evidenciar• O cenário• O Problema• As possíveis soluções• O método de pesquisa• Os resultados – informar os resultados – Informar e propor melhorias – Informar, propor melhorias, implementá-las e medir novamente• Resposta do problema 46
  47. 47. Pesquisa Bibliográfica Etapa Ação Saudação à banca Olhar para a banca Tema Citar autores Cenário do Problema Mostrar evidências Problematizar Reperguntar n vezes Quadro de hipóteses Possíveis soluções Metodologia Critério de pesquisa Referencial teórico Só os principaisAnálise do Referencial teórico Confrontação Eleição de hipótese Possíveis soluçõesResposta à problematização Fundamentar Citação final Pode ser a epígrafe 47
  48. 48. Pesquisa de Campo Etapa Ação Saudação à banca Olhar para a banca Tema Citar autores Cenário do Problema Mostrar evidências Problematizar Reperguntar n vezes Quadro de hipóteses Possíveis soluções Metodologia Critério de pesquisa Referencial teórico Só os principaisAmbiente da pesquisa de campo quem,onde e quantos Resultados da pesquisa Gráficos e análise Eleição de hipótese Possíveis soluções Resposta à problematização Fundamentar Citação final Pode ser a epígrafe 48
  49. 49. Argüição• Aproveitar para dizer o que esqueceu• Levar papel e caneta para anotar as perguntas• Aguardar com serenidade• Deixar as perguntas serem concluídas• Evitar indecisões excessivas no grupo• Não enrolar• Ninguém ficará reprovado se não souber responder• Não confrontar com a banca• Trabalhos excelentes não têm perguntas da banca 49
  50. 50. Jorge Elarrat Engenheiro eletrônico Professor universitárioelarrat@click21.com.br 50

×