Livre se dastarifasbancarias

670 visualizações

Publicada em

e-book 1.000 para vc

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
670
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livre se dastarifasbancarias

  1. 1. Rafael SeabraLivre-se das tarifas bancárias www.comoinvestirdinheiro.com.br
  2. 2. Livre-se das tarifas bancárias Copyright © 2011, QFR Internet Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. Nenhuma parte deste livro digital, sem autorização prévia por escrito do autor, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados: eletrônicos, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros. Histórico de edições: 1a edição: Dezembro/2011 Design por Mia Mayumi (2011) mayumi@arataacademy.com LIVRE-SE DAS TARIFAS BANCÁRIAS Autor: Rafael Seabra Site: www.queroficarrico.com.br E-mail: rafaelseabra@queroficarrico.com Nota: Muito zelo e técnica foram empregados na edição desta obra. No entanto, podem ocorrer erros de digitação ou dúvida conceitual. Em qualquer das hipóteses, solicitamos a comunicação ao e-mail acima citado, para que possamos esclarecer ou encaminhar a questão. O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos citados, utilizando-os apenas para ilustrações, nem assume nenhuma responsabilidade por eventuais perdas de bens oriundas do uso deste material. Toda e qualquer decisão tomada após a leitura deste livro digital é de única e exclusiva 2 responsabilidade do leitor.
  3. 3. Livre-se das tarifas bancárias PREZADO LEITOR, Quero saber sua opinião sobre este livro digital. Após a leitura, envie um e-mail com sugestões, elogios ou críticas. Muito obrigado e boa leitura! 3
  4. 4. Livre-se das tarifas bancárias Sumário Sumário______________________________________________________________________ 4 Livre-se das tarifas bancárias_____________________________________________________ 5 Como economizar 372 reais por ano?______________________________________________________ 6 Quais bancos oferecem contas digitais?____________________________________________________ 6 Como abrir uma conta digital no Banco do Brasil______________________________________ 8 O que é a conta digital?_________________________________________________________________ 8 Como abrir uma conta digital?___________________________________________________________ 9 Como abrir uma DigiConta no Bradesco_____________________________________________ 11 DigiConta Bradesco___________________________________________________________________ 11 Como abrir a DigiConta Bradesco________________________________________________________ 12 Já sou correntista Bradesco. Posso também ter uma DigiConta?________________________________ 12 Após abertura da conta, quando poderei utilizá-la?__________________________________________ 13 Posso ter cartão de crédito?____________________________________________________________ 13 Tenho direito a talões de cheque?________________________________________________________ 13 Como abrir uma iConta no Itaú___________________________________________________ 14 Itaú iConta__________________________________________________________________________ 14 Como abrir uma iConta?_______________________________________________________________ 15 A iConta pode ser contratada por quem já possui uma conta-corrente no Itaú?____________________ 15 Pode ser contratada por Pessoa Jurídica?__________________________________________________ 16 A iConta Itaú inclui talão de cheques?____________________________________________________ 16 Cartões de crédito sem anuidade__________________________________________________ 17 Tarifas do Cartão_____________________________________________________________________ 17 Cartões de crédito sem anuidade________________________________________________________ 18 Conclusão__________________________________________________________________________ 19 Você está sendo roubado!_______________________________________________________ 20 Rentabilidade ou prêmio de consolação?___________________________________________________ 20 Comodidade ou acomodação?___________________________________________________________ 21 Cuide da sua saúde (financeira)!_________________________________________________________ 21 4 Aja agora!__________________________________________________________________________ 22 Sobre o autor_________________________________________________________________ 23
  5. 5. Livre-se das tarifas bancárias Livre-se das tarifas bancárias Já parou para pensar quantas taxas e tarifas você paga para seu banco? Desde a tarifa de manutenção da conta até os custos com DOC e TED, são muitas as tarifas que pagamos para as instituições financeiras. Para completar, a falta de educação financeira aliada à desinformação não permite o conhecimento de alternativas para ficar isento de várias tarifas cobradas pelos bancos. É verdade que algumas poucas não podem deixar de ser pagas, mas o pagamento da grande maioria pode ser dispensado. O objetivo deste capítulo é mostrar quanto se gasta anualmente com tarifas bancárias e apresentar uma alternativa para ficar isento de boa parte das taxas cobradas. Gastos com tarifas bancárias ao longo do ano Dentre as várias tarifas cobradas pelos bancos, acredito que as principais são a taxa de manutenção da conta e as tarifas para transferência de recursos para outros bancos (DOC e TED). Vamos considerar que o valor médio da taxa de manutenção da conta é 15 reais e que o custo médio para DOC e TED é 8 reais. Considerarei também que, em média, fazemos duas transferências DOC/TED por mês. Uma para investimento (transferência 5
  6. 6. Livre-se das tarifas bancárias para a corretora) e outra por motivos pessoais (pagamento a um amigo, transferência de dinheiro para o filho…). Agora vamos fazer as contas: „„ 15 reais multiplicado por 12 meses equivale a 180 reais. „„ Duas operações do tipo DOC/TED (8 reais cada) vezes 12 é igual a 192 reais. „„ Total gasto por ano apenas com tarifas bancárias: R$ 372,00! Como economizar 372 reais por ano? Uma forma muito simples de economizar quase 400 reais anualmente é abrir uma conta digital. Para quem ainda não conhece, a conta digital é uma modalidade de conta corrente onde todas as movimentações são isentas da cobrança de tarifas, desde que realizadas através de meios eletrônicos (internet, terminal de autoatendimento e celular). Apenas serão cobradas tarifas de transações realizadas no atendimento pessoal, de acordo com as tabelas de tarifas vigentes. A vedação de cobrança de tarifas pelas transações realizadas exclusivamente por meios eletrônicos é regulamentada pela Resolução Bacen 3.919, de 25/11/2010. Quais bancos oferecem contas digitais? Atualmente conheço apenas os produtos oferecidos pelo Banco do Brasil, Bradesco 6 e Itaú. Pode parecer pouco (e ainda é!), mas se pensarmos que esses bancos ocupam,
  7. 7. Livre-se das tarifas bancárias respectivamente, a primeira, segunda e terceira colocação na lista dos bancos com mais correntistas no Brasil, muita gente tem a oportunidade de migrar sua conta corrente para a modalidade digital sem grandes transtornos. A conta virtual oferecida pelo Banco do Brasil é a Conta Digital. A conta do Bradesco é a DigiConta. E a conta oferecida pelo Itaú é a iConta. Baseado na experiência de alguns leitores, escrevi os três capítulos seguintes para explicar como abrir uma conta digital em cada uma dessas instituições: „„ Como abrir uma conta digital no Banco do Brasil „„ Como abrir uma DigiConta no Bradesco „„ Como abrir uma iConta no Itaú Dica importante! Antes de passar ao próximo capítulo, leia todos os comentários no artigo original: http://queroficarrico.com/blog/2011/11/17/livre-se-das- tarifas-bancarias/ 7
  8. 8. Livre-se das tarifas bancárias Como abrir uma conta digital no Banco do Brasil Com a popularização dos investimentos através de corretoras, muitos investidores têm se preocupado em encontrar uma forma de não arcar com os custos do DOC/TED, até para valer a pena a aplicação de pequenos valores. No artigo “Como escolher uma corretora para investir no Tesouro Direto“, explico detalhadamente como calcular o impacto dos custos com operações de transferência do dinheiro para a conta da corretora. Em todos os artigos que escrevi onde considerei esses custos de transferência, sempre houve algum leitor que sugeriu a utilização de contas exclusivamente pela internet, já oferecidas por várias instituições financeiras. Alguns exemplos são a iConta, do banco Itaú, e a Conta Digital, do Banco do Brasil. O objetivo deste capítulo é explicar o que é uma conta digital e como abrir uma conta digital no Banco do Brasil, utilizando o relato da leitora Mari Toma, mostrando como isso pode ser feito, tanto para quem já é cliente do banco, quanto para quem ainda não é. O que é a conta digital? 8 A conta digital é uma modalidade de conta corrente onde todas as movimentações são isentas da cobrança de tarifas, desde que realizadas através de meios eletrônicos 
  9. 9. Livre-se das tarifas bancárias (internet, terminal de autoatendimento e celular). Apenas serão cobradas tarifas de transações realizadas no atendimento pessoal, de acordo com as tabelas de tarifas vigentes. A vedação de cobrança de tarifas pelas transações realizadas exclusivamente por meios eletrônicos é regulamentada pela Resolução Bacen 3.919, de 25/11/2010, que, entre outras coisas, diz que: É vedada (…) a cobrança de tarifas pela prestação de serviços bancários essenciais a pessoas naturais, assim considerados aqueles relativos a prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos. O final do texto deixa claro que os bancos podem cobrar por movimentações realizadas exclusivamente pela internet, exceto nos casos onde o contrato preveja a utilização exclusiva de meios eletrônicos, o que não é o caso da maioria das contas já existentes. Como abrir uma conta digital? No caso do Banco do Brasil, vou utilizar a experiência de uma leitora, que gentilmente me forneceu detalhes da sua adesão à conta digital. Como você poderá perceber, abrir uma conta digital não é fácil e parece ser propositalmente dificultado pelo próprio banco, dada a burocracia do procedimento. 9
  10. 10. Livre-se das tarifas bancárias Para quem não tem conta no Banco do Brasil, basta acessar o site e clicar na opção do menu Conta Corrente e Serviços. Neste ponto, já encaramos a primeira dificuldade: o pacote Conta Digital não é listado dentre as opções de contas. Para encontrar a conta digital, você deve clicar em Abra sua Conta, na caixa à direita do site, com título Veja Também. Feito isso, você encontrará a opção Conta Digital. Basta clicar nessa opção, seguir os passos para fazer o cadastro e aguardar pela aprovação. O tempo estimado para avaliação é 10 dias úteis. Para quem já possui conta no BB, o procedimento é mais simples (ou menos complicado). Basta ir à sua agência e solicitar a migração da sua conta corrente para a conta digital. É possível que o gerente se faça de desentendido (ou realmente não conheça a opção da conta digital). Nesse caso, peça solicite o acesso ao site e apresente-lhe a Conta Digital. Feita a migração, é necessário aguardar a virada do mês para que a troca seja efetivada. Todos os dados da antiga conta permanecem os mesmos (agência, número de conta), inclusive a senha para acesso ao internet banking. Dica importante! Antes de passar ao próximo capítulo, leia todos os comentários no artigo original: http://queroficarrico.com/blog/2011/08/25/como-abrir- uma-conta-digital-no-banco-do-brasil/ 10
  11. 11. Livre-se das tarifas bancárias Como abrir uma DigiConta no Bradesco As modalidades de conta corrente exclusivamente por meios eletrônicos chegaram para ficar. Após o lançamento da Conta Digital do Banco do Brasil e da iConta do Itaú, muitos clientes optaram por migrar suas contas para esse tipo especial ou até mudaram de banco para terem acesso a esse benefício. Dando sequência à série de artigos que explica como  se livrar das tarifas bancárias, vou apresentar mais uma opção de conta exclusivamente por meios eletrônicos:  DigiConta do Bradesco. Ela tem os mesmos benefícios das demais contas virtuais anteriormente citadas. O objetivo deste capítulo é explicar como abrir uma DigiConta no Bradesco e tirar algumas dúvidas que possam surgir sobre o produto. DigiConta Bradesco Seguindo a linha das demais contas digitais, a DigiConta Bradesco oferece os mesmos benefícios: transferências ilimitadas via DOC e TED, consulta de extratos, saques e não cobra taxa de manutenção. Todos esses serviços são isentos de tarifas, desde que sejam feitos exclusivamente por meios eletrônicos. 11 Para saber todos os detalhes sobre os serviços incluídos na cesta da DigiConta, clique aqui.
  12. 12. Livre-se das tarifas bancárias Como abrir a DigiConta Bradesco Para abertura de DigiConta Bradesco para maiores de 18 anos, são necessários os seguintes documentos originais: „„ Comprovante de Residência Atual – Conta de Consumo de no máximo 2 meses (Ex.: Conta de Água, Luz, Gás ou Telefone Fixo) „„ Comprovante de Renda – Ex.: Holerite, Contracheque ou Declaração do Imposto de Renda „„ Documento de Identidade  – RG, CNH (com foto) Carteira de Trabalho, Carteira de Inscrição nas Entidades de Classe (Ex. OAB, CRM, CREA), Carteira de Identidade Militar (Exercito, Marinha, Aeronáutica ou Policia Militar) „„ CPF Toda a Proposta para Abertura de Conta está sujeita à aprovação da Administração da Agência. O proponente não deve possuir restrições no CCF (Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos), no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), no Telecheque ou em outros bancos de dados, que o Banco julgar importante consultar. Já sou correntista Bradesco. Posso também ter uma DigiConta? Você deve ter somente um tipo de conta corrente. Por isso, fale com o gerente da sua agência, verifique as vantagens da sua conta tradicional e da DigiConta Bradesco 12 e escolha a melhor opção. Se optar pela DigiConta, basta solicitar a migração e seu número de conta corrente permanecerá o mesmo.
  13. 13. Livre-se das tarifas bancárias Após abertura da conta, quando poderei utilizá-la? Imediatamente. Ao abrir a DigiConta na agência, você recebe, na hora, um cartão provisório para fazer saques e consulta de saldos. Posso ter cartão de crédito? Sim. Tanto do próprio Bradesco quanto de outras instituições financeiras. Recomendo a leitura do artigo ‘Cartões de crédito sem anuidade‘. Tenho direito a talões de cheque? A  DigiConta Bradesco não possui talão de cheques. Se você necessitar, peça a liberação ao gerente da sua agência. O serviço será tarifado desde a primeira folha. Para saber mais, visite a página da DigiConta Bradesco e tire suas dúvidas. Dica importante! Antes de passar ao próximo capítulo, leia todos os comentários no artigo original: http://queroficarrico.com/blog/2011/12/19/como-abrir- uma-digiconta-no-bradesco/ 13
  14. 14. Livre-se das tarifas bancárias Como abrir uma iConta no Itaú As contas digitais (exclusivamente por meios eletrônicos) estão ficando cada populares, sobretudo entre os investidores. Na busca por isenção de tarifas, muitos estão migrando (ou buscando informações para migrar) suas contas para essa modalidade. No capítulo anterior (Como abrir uma conta digital no Banco do Brasil), expliquei o que é uma conta digital e mostrei as principais vantagens desse tipo de conta. Caso queira saber mais sobre esse tema, recomendo a leitura desse artigo. O propósito deste capítulo é mostrar como abrir uma iConta no Itaú. Após ter apresentado o mesmo procedimento para o BB, confesso que fiquei deslumbrado com a qualidade do site da iConta. Desde os excelentes vídeos com o Marco Luque até a ótima seção de perguntas frequentes (tirei muitas dúvidas por lá), todo o conteúdo é muito bem elaborado e fácil de entender. Itaú iConta A iConta Itaú tem exatamente os mesmos serviços oferecidos pela Conta Digital do BB, como já expliquei no capítulo anterior. Inclusive esses serviços são regulamentados pela Resolução Bacen 3.919, de 25/11/2010. 14
  15. 15. Livre-se das tarifas bancárias Como também não há um atendimento especializado, a grande diferença entre as contas digitais será a qualidade dos meios eletrônicos oferecidos pelas instituições financeiras, sobretudo o internet banking. Como abrir uma iConta? Para explicar como abrir uma iConta, nada melhor que utilizar a experiência de alguém que já fez esse procedimento. Irei, portanto, utilizar o depoimento que Raphael deixou nos comentários do artigo “Como abrir uma conta digital no Banco do Brasil“: Fiz o cadastro no site, optando pela conta digital, que recebe o nome promocional de iConta (associação ao iPad, IPhone, etc.). No dia seguinte, recebi um e-mail informando que meu cadastro havia sido aprovado. Compareci à agência com os documentos solicitados e, em 10 minutos, minha conta estava aberta. Sem custos mensais de manutenção, DOC/TED isentos, aquilo tudo que já foi mencionado nesta matéria. Recebi o cartão provisório na hora e, na semana seguinte, o cartão definitivo, pelos Correios. A iConta pode ser contratada por quem já possui uma conta- corrente no Itaú? Sim, desde que o cliente possua uma única conta no banco. O cliente precisa alterar a modalidade de sua única conta para a modalidade iConta Itaú. Ou seja, não é possível 15 ter duas modalidades de conta.
  16. 16. Livre-se das tarifas bancárias Pode ser contratada por Pessoa Jurídica? Não. Apenas por pessoa física. A iConta Itaú inclui talão de cheques? Não. Caso deseje um talão, o cliente poderá solicitar através dos canais eletrônicos (caixa eletrônico, internet ou telefone). Além disso, a solicitação também pode ser realizada nos caixas com dispensadores. Nas duas formas, haverá cobrança de tarifa de Aditamento de Contrato conforme Tabela Geral de Tarifas. Para saber mais, visite a página da iConta e tire suas dúvidas através das perguntas frequentes. Dica importante! Antes de passar ao próximo capítulo, leia todos os comentários no artigo original: http://queroficarrico.com/blog/2011/08/30/como-abrir- uma-iconta-no-itau/ 16
  17. 17. Livre-se das tarifas bancárias Cartões de crédito sem anuidade As taxas de juros cobradas pelas operadoras de cartões de crédito são altíssimas. Quanto a isso, não há discussão e a única forma de evitar essas taxas é pagar integralmente o valor da fatura. Em hipótese alguma deve ser efetuado apenas o pagamento mínimo do cartão de crédito. Entretanto quando se trata das tarifas de anuidade dos cartões, existem sim várias alternativas para não pagá-las. Até porque a simples cobrança dessa tarifa para a maioria dos cartões (existem algumas raras exceções) é, na minha opinião, abusiva. O objetivo deste capítulo é apresentar uma ferramenta, lançada em dezembro/2011, onde é possível comparar as tarifas cobradas pelos cartões das maiores instituições  financeiras  do Brasil e mostrar algumas opções de  cartões de crédito sem anuidade. Tarifas do Cartão Criado pela ABECS (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), o Sistema de Tarifas de Cartões de Crédito disponibiliza as tarifas praticadas pelas instituições emissoras de cartões, permitindo que os clientes comparem os valores cobrados pelos diferentes tipos de serviços (anuidade, pagamento de 17
  18. 18. Livre-se das tarifas bancárias contas, avaliação emergencial de crédito…), de forma simultânea, em até 3 instituições emissoras diferentes. Os valores das tarifas listadas foram fornecidos pelas próprias instituições financeiras e administradoras de cartões de crédito, e podem não representar todos os produtos e serviços oferecidos. O registro e a manutenção dos valores das tarifas no Sistema de Tarifas de Cartões de Crédito são de inteira responsabilidade das instituições financeiras e administradoras de cartões de crédito. Para conhecer a ferramenta, clique aqui. Cartões de crédito sem anuidade Em levantamento realizado pela Exame.com em 10/12/2011, foram identificados três cartões de crédito que não cobram anuidade, a saber: Luizacred,  Banco BMG e Hipercard. O cartão da Luizacred, além de não cobrar anuidade, trabalha com a bandeira Mastercard, o que garante ótima aceitabilidade. Permite também a emissão de 4 cartões adicionais para dependentes sem cobrança de tarifas. Já o cartão do Banco BMG, apesar de ser isento da anuidade, tem várias restrições. A começar pelo público-alvo, exclusivo para servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS. Além disso, cobra 15 reais como taxa de adesão e pode cobrar 18 anuidade cartões adicionais.
  19. 19. Livre-se das tarifas bancárias Por último, o cartão Hipercard – que também não cobra anuidade – trabalha com bandeira própria, o que limita um pouco sua utilização. Entretanto, o que já foi um enorme problema para seus clientes, atualmente tem sido contornado pois boa parte máquinas de processar cartões já aceitam cartão. Conclusão De cara, quero ressaltar que esse texto não tem o objetivo de incentivar o uso do cartão de crédito. Até acredito que existam vantagens em sua utilização, mas não é o intuito deste capítulo discutir as vantagens e desvantagens do “dinheiro de plástico”. Nos artigos que escrevi sobre a conta digital do Banco do Brasil e a iConta do Itaú, e também sobre como se livrar das tarifas bancárias, muitos leitores se queixaram que, ao aderir a alguma das modalidades de conta digital, perderia seu cartão de crédito sem anuidade. Como pôde ser visto agora, existem alternativas para migrar para a conta digital e ainda continuar sem pagar anuidade. Por fim, é importante ressaltar que a maioria dos bancos e operadoras de cartões está disposto a negociar essa tarifa. Não são raras as vezes em que o cliente, após ameaçar cancelar seu cartão, consegue isenção dessa anuidade. Dessa forma, minha sugestão é que essa tentativa de negociação seja o primeiro passo. 19
  20. 20. Livre-se das tarifas bancárias Você está sendo roubado! O título deste último capítulo pode até ser duro, mas se você possui algum produto bancário, tais como títulos de capitalização, fundos de investimento em renda fixa, DI, ações setoriais ou previdência privada, certamente está sendo roubado. Todos esses produtos têm como principal características taxas de juros muito baixas (em relação a investimentos similares disponíveis no mercado) e altas taxas de administração e carregamento, o que compromete seu retorno. O intuito deste capítulo é mostrar como suas decisões em investir em produtos bancários diminuem seu patrimônio e adiam sua aposentadoria, além de alertá-lo para a importância da educação financeira, algo que os ricos têm de sobra e comemoram por boa parte da população não ter. Rentabilidade ou prêmio de consolação? A partir do momento em que temos meios para descobrir a composição de qualquer fundo de investimento, inclusive os de renda fixa, não há justificativa para optar por entregar seu dinheiro para o banco, quando você mesmo pode adquirir títulos públicos, debêntures ou até ações com foco em dividendos. 20 Existem fundos de investimento que investem quase que a totalidade do patrimônio em apenas um título da dívida pública: Letras Financeiras do Tesouro, ou simplesmente
  21. 21. Livre-se das tarifas bancárias LFT, indexado à Selic. Mesmo sem grandes dificuldades para administrar, os bancos cobram taxas altíssimas de administração. Por que então as pessoas investem através dos bancos? Comodidade ou acomodação? Alguns amigos e leitores já relataram que o fazem pela comodidade em investir diretamente pelo banco onde é correntista ou até porque preferem pagar para não ter que se preocupar em aprender a cuidar do próprio dinheiro, por falta de interesse no assunto. Mas essas mesmas pessoas esquecem que, ao cuidarmos do nosso patrimônio com educação financeira, nos livramos das dívidas, pagamos menos impostos, somos menos atingidos pela inflação e até ficamos mais perto da aposentadoria. Será que essas não seriam justificativas suficientes para nos educarmos financeiramente? Será que não estamos acomodados demais e não enxergamos que só temos a perder com isso? Cuide da sua saúde (financeira)! Do mesmo jeito que nos preocupamos com a nossa saúde física e mental, também devemos cuidar da nossa saúde financeira. Não é porque nunca lhe ensinaram a lidar com o dinheiro na escola ou em casa que você não precisa aprender. 21
  22. 22. Livre-se das tarifas bancárias Vejo muita gente criticando os banqueiros e as decisões dos governos que só beneficiam as instituições financeiras, mas percebo que poucos se mobilizam para mudar essa história. A má notícia é que essa relação de benefício entre governo e bancos dificilmente mudará e, por esse motivo, o próprio governo não tem tanto interesse em educar financeiramente a população. Aja agora! Então, já que as políticas financeiras, econômicas e educacionais não mudarão, por que você não muda e faz a sua parte? 22
  23. 23. Livre-se das tarifas bancárias Sobre o autor Rafael Seabra é educador financeiro e consultor de investimentos. Formado em Ciência da Computação pela UFPE e pós-graduado em Finanças pelo Ibmec, atua desde 2007 promovendo a Educação Financeira, através de cursos e palestras. Autor do QueroFicarRico.com, um dos sites de maior audiência do país na área de Educação Financeira, aborda assuntos relacionados à Economia, Finanças Pessoais e Investimentos com uma linguagem simples, informal e inteligente. Para saber mais sobre esse trabalho, visite: www.queroficarrico.com.br 23

×