II SEMINÁRIO ACADÊMICO Licenciatura em Educação do Campo Polo Universitário de Picada Caf é  A utilização das tecnologias ...
Picada Café, 23 de agosto de 2011.
Tecnologia aplicada à Educação Danise Maria Schafer
Sites:  Portal do Professor <ul><li>http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html </li></ul><ul><li>É um Site destinado à...
Sites TV Escola  <ul><li>http://tvescola.mec.gov.br/ </li></ul><ul><li>Dicas Pedagógicas – Ensino Fundamental  </li></ul><...
Sites Objetos Educacionais  <ul><li>http://objetoseducacionais2.mec.gov.br </li></ul><ul><li>Este Link possui objetos educ...
Site Educar para Crescer  <ul><li>http://educarparacrescer .abril.com.br </li></ul><ul><li>É um site voltado a leitura, co...
Sites Wikipedia  <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wki/brasil </li></ul><ul><li>Uma enciclopédia livre, para todos os públic...
Sites Atividades Educativas  <ul><li>www. atividadeseducativas .com.br/ </li></ul><ul><li>É um site voltado para atividade...
Tecnologia Digital
Maquina Fotográfica Digital <ul><li>O emprego dessa tecnologia facilita a preparação de uma aula,e atingir os objetivos al...
Tecnologia não Digital
Bússola <ul><li>Aparelho composto de um mostrador, onde se indicam os pontos cardeais, e no qual gira uma agulha magnética...
Bússola <ul><li>Primeiro passo; colocar a bússola sobre a mesa tomando o cuidado de que não haja objetos metálicos que pos...
Entrevista com Aluno <ul><li>Tecnologia não digital; Lousa, Pincel,Caneta esferográfica, Apito </li></ul><ul><li>Considero...
Entrevista com Professor <ul><li>Tecnologia não digital; Pluviômetro, Medição com trena, Teodolito  mapas e cartas e Normó...
Futuro Professor <ul><li>Tecnologias não digitais, é interessante usar as tecnologias não digital, em sala de  aula, nos d...
Resumo <ul><li>O objetivo identificar o emprego de tecnologia não digital e digital no processo ensino aprendizagem. </li>...
Durante o projeto de investigação (em grupo) <ul><li>Pontos positivos; poder ampliar abrangência dos conteúdos abordados n...
Facilidades e Dificuldades <ul><li>Facilidade, o computador conectado a internet, facilita muito  a pesquisa do professor ...
Concluindo... <ul><li>1.A importância do tema em questão </li></ul><ul><li>2. Exige do professor discernimentos para selec...
TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO Karin Aline Prerniska
INSTITUTO PAULO FREIRE   http://www.paulofreire.org/ Paulo Freire contribui com seus textos ,artigos e maneiras de aplicar...
BIBLIOTECAS DIGITAIS:  http://www.wdl.org/pt/  ) Encontramos auxílio para antigos livros e temas antigos; Orienta alunos e...
BANCO INTERNACIONAL DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM:  http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/   Dicas de literaturas direcionad...
GOOGLE TRADUTOR :  http://translate.google.com.br/#   Auxilia nos conteúdos em línguas estrangeiras; Se destina para profe...
TECNOLOGIA DIGITAL DATASHOW ou PROJETOR MULTIMÍDIA
Aquela velha aula que utilizava apenas quadro e giz, está ficando cada vez mais no passado.  O professor deve ser criativo...
A utilização do datashow é cada vez mais comum em nossas escolas, seja em sala de  Aula ou em apresentações. Seu emprego p...
Uma experiência que tem dado certo aqui na escola, é a utilização de recursos tecnológicos em sala de aula, não que ele ir...
<ul><ul><ul><li>Requisitos pedagógicos para usar o datashow </li></ul></ul></ul><ul><li>Como qualquer recurso pedagógico “...
Um objetivo pedagógico claro; Uma justificativa didática; Um planejamento do uso; Uma avaliação da aprendizagem; Uma avali...
Considerações sobre o uso do Datashow: 1. O equipamento NÃO substitui o docente; 2. Deve ser um instrumento de interação p...
TECNOLOGIAS EM SALA DE AULA Silvane Horst Karling
AVALIAÇÃO DE SITES TV Escola - O canal da educação http://tvescola.mec.gov.br/  Trata-se de site que privilegia a apresent...
AVALIAÇÃO DE SITES TV Brasil  http://tvbrasil.org.br/  Site que oferece vasta programação cultural em vídeo.   Através do ...
AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS (ALUNO) COMPUTADOR  Para pesquisar informações sobre conteúdos escolares e para jogar.  ...
AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS NÃO DIGITAIS (ALUNO) CADERNOS E LIVROS  Cadernos - Para registro de atividades e informações.   L...
AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS (PROFESSORES E FUTUROS PROFESSORES) SITE  http://natural.enternauta.com.br/   (Site de R...
AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS NÃODIGITAIS (PROFESSORES E FUTUROS PROFESSORES) JOGO DE TRILHA O jogo é uma atividade lúdica. O j...
PONTOS POSITIVOS – TECNOLOGIA DIGITAL Estudo em rede(blogs, chats e fóruns de discussão). Conhecimento de novos meios de p...
PONTOS NEGATIVOS  TECNOLOGIA DIGITAL Exposição a fraudes, golpes, ... Incitação à violência (games violentos). Abandono de...
FACILIDADES E DIFICULDADES NO USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS FACILIDADES: Acesso mais rápido às informações. Facilidade no de...
AS TECNOLOGIAS PODEM  SUBSTITUIR O PROFESSOR? Não. O papel da escola não enfoca a tecnologia e sim a educação. Os professo...
TECNOLOGIA  EDUCAÇÃO E João Batista Rodrigues
Olá pessoal, assistam a conclusão do nosso trabalho no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=Th0O4Gxtlzc Obrigado a abra...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário tecnoeduc

1.055 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.055
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário tecnoeduc

  1. 1. II SEMINÁRIO ACADÊMICO Licenciatura em Educação do Campo Polo Universitário de Picada Caf é A utilização das tecnologias no cotidiano escolar Alunos: DANISE MARIA SCHAFER JOÃO BATISTA RODRIGUES KARIN ALINE PRERNISKA SILVANE HORST KARLING
  2. 2. Picada Café, 23 de agosto de 2011.
  3. 3. Tecnologia aplicada à Educação Danise Maria Schafer
  4. 4. Sites: Portal do Professor <ul><li>http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html </li></ul><ul><li>É um Site destinado à pesquisa e informações, o link destacado acima explica como elaborar um slide. </li></ul><ul><li>Destina-se para professores, acadêmicos, auxiliando em pesquisas para a formação profissional. </li></ul><ul><li>Com dez dicas, este link auxilia, na preparação de uma aula de slide e como se portar diante de uma plateia, dentro de uma sala de aula ou fora dela. </li></ul>
  5. 5. Sites TV Escola <ul><li>http://tvescola.mec.gov.br/ </li></ul><ul><li>Dicas Pedagógicas – Ensino Fundamental </li></ul><ul><li>Planejamento na prática pedagógica. </li></ul><ul><li>Planejamento na pratica pedagógica, se destina para o professor auxiliando nas tarefas, em sala de aula. </li></ul>
  6. 6. Sites Objetos Educacionais <ul><li>http://objetoseducacionais2.mec.gov.br </li></ul><ul><li>Este Link possui objetos educacionais de acesso, público em vários formatos e para todos os níveis de ensino. </li></ul><ul><li>Destina-se aos alunos e professores auxiliando nas pesquisas escolares e acadêmicas em todos os níveis de escolaridade. </li></ul><ul><li>Repositório de recursos digitais com cunho pedagógico educacional. </li></ul><ul><li>Contempla todos os níveis de ensino, e educação profissional, e também para a sala de aula. </li></ul>
  7. 7. Site Educar para Crescer <ul><li>http://educarparacrescer .abril.com.br </li></ul><ul><li>É um site voltado a leitura, comportamento, aprendizagem, jogos e como orientar e planejar com os alunos uma atividade. </li></ul><ul><li>Se destina aos professores, alunos, acadêmicos auxiliando nas orientações escolares. </li></ul><ul><li>Pode ser usado por professores, tem muitas dicas, ideias, soluções e estratégias para melhorar a qualidade do ensino e aprendizado em sala de aula. </li></ul>
  8. 8. Sites Wikipedia <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wki/brasil </li></ul><ul><li>Uma enciclopédia livre, para todos os públicos. </li></ul><ul><li>Destina-se aos alunos e professores e ao publico em geral auxiliando em pesquisas escolares, acadêmica. </li></ul>
  9. 9. Sites Atividades Educativas <ul><li>www. atividadeseducativas .com.br/ </li></ul><ul><li>É um site voltado para atividades educativas, e alfabetização. </li></ul><ul><li>Destina-se a professores, acadêmicos e pais. </li></ul><ul><li>Pode ser usado por professores auxiliando na alfabetização das crianças. </li></ul>
  10. 10. Tecnologia Digital
  11. 11. Maquina Fotográfica Digital <ul><li>O emprego dessa tecnologia facilita a preparação de uma aula,e atingir os objetivos almejados. </li></ul><ul><li>O aprendizado se reveste de estrema riqueza, pois, no mesmo período de tempo de uma aula convencional se pode ampliar a abrangências de conteúdo da atividade. </li></ul><ul><li>O emprego desta tecnologia pode provocar impactos que provoquem surpresa os alunos quando se deparam com realidade dos fatos apresentadas nas imagens . </li></ul>
  12. 12. Tecnologia não Digital
  13. 13. Bússola <ul><li>Aparelho composto de um mostrador, onde se indicam os pontos cardeais, e no qual gira uma agulha magnética que aponta sempre para o norte, servindo assim de orientação, sobretudo em navegação. Pode-se aprender a deslocar-se em campo aberto ou no interior de uma floresta. O arranjo em sala de aula é mínimo, pois necessita tão somente de uma mesa e a bússola, sendo que o ideal uma bússola para quatro alunos afim de proporcionar tempo suficiente para que cada aluno manipule o instrumento. Em havendo local adequado se pode fazer um exercício experimental com os instruendos. </li></ul><ul><li>No caso de haver Bússolas suficientes, se pode fornecer uma a cada aluno e solicitar a orientação magnética da frente da casa de cada um. </li></ul>
  14. 14. Bússola <ul><li>Primeiro passo; colocar a bússola sobre a mesa tomando o cuidado de que não haja objetos metálicos que possam interferir na indicação do instrumento; </li></ul><ul><li>Segundo passo aguardar a estabilizarão do limbo; </li></ul><ul><li>terceiro passo determinar o norte magnético daquele ponto; </li></ul><ul><li>Quarto passo aproximar um objeto metálico afim de que o aluno perceba a interferência do mesmo no instrumento, o que compromete a confiabilidade da sua indicação . </li></ul>
  15. 15. Entrevista com Aluno <ul><li>Tecnologia não digital; Lousa, Pincel,Caneta esferográfica, Apito </li></ul><ul><li>Considero importante sim, aprendemos como as coisas começaram a acontecer há muitos anos atrás em nível de aprendizagem </li></ul><ul><li>para nós alunos, hoje está tudo mudado, é bem interessante, trabalhar com esse tipo de tecnologia. </li></ul><ul><li>Tecnologia digital; Computador </li></ul><ul><li>Sim, é pratico, e rápido pesquisar na internet. </li></ul>
  16. 16. Entrevista com Professor <ul><li>Tecnologia não digital; Pluviômetro, Medição com trena, Teodolito mapas e cartas e Normógrafo. </li></ul><ul><li>É super importante, pois essas tecnologias não digitais são o último recurso a ser utilizado quando as digitais falham. </li></ul><ul><li>Livros e Enciclopédias (em papel) </li></ul><ul><li>Tecnologia digital; computador conectado a internet; Não, utilizo esse tipo de auxilio na instrução on-line. </li></ul>
  17. 17. Futuro Professor <ul><li>Tecnologias não digitais, é interessante usar as tecnologias não digital, em sala de aula, nos dias de hoje muitas crianças não conhecem várias técnicas não digitais e ficam interessados e questionam o funcionamento. </li></ul><ul><li>Tecnologias digitais; nos dias de hoje é fundamental o uso de tecnologias digitais, principalmente nas escolas onde os alunos realizam pesquisas e elaboram trabalhos. </li></ul>
  18. 18. Resumo <ul><li>O objetivo identificar o emprego de tecnologia não digital e digital no processo ensino aprendizagem. </li></ul>
  19. 19. Durante o projeto de investigação (em grupo) <ul><li>Pontos positivos; poder ampliar abrangência dos conteúdos abordados nas atividades. </li></ul><ul><li>Ponto negativos; o emprego das tecnologias exigem equipamentos e serviços não empregados num ensino convencional e por conseguinte elevação de custos. </li></ul>
  20. 20. Facilidades e Dificuldades <ul><li>Facilidade, o computador conectado a internet, facilita muito a pesquisa do professor além de possibilitar a apresentação das atividades atualizadas, nos dias de hoje em pesquisas. </li></ul><ul><li>Dificuldades: exige do professor um preparo mais técnico para utilizar com desenvoltura essas tecnologias. </li></ul>
  21. 21. Concluindo... <ul><li>1.A importância do tema em questão </li></ul><ul><li>2. Exige do professor discernimentos para selecionar o material a ser utilizado na atividade </li></ul><ul><li>3. O estudo amplia sobre maneira a abrangência do que se pode utilizar na atividade </li></ul><ul><li>4.A metodologia permite apresentar tópicos que sejam menos áridos para o aprendizado. </li></ul>
  22. 22. TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO Karin Aline Prerniska
  23. 23. INSTITUTO PAULO FREIRE http://www.paulofreire.org/ Paulo Freire contribui com seus textos ,artigos e maneiras de aplicar ética na sala de aula; Se destina a alunos e professores; Com seus estudos nas práticas pedagógicas Paulo Freire abre nossos caminhos para a segurança no ensinamento que buscamos todos os dias. SITES VISITADOS
  24. 24. BIBLIOTECAS DIGITAIS: http://www.wdl.org/pt/ ) Encontramos auxílio para antigos livros e temas antigos; Orienta alunos e professores; Encontramos todas as grandes riquezas que cercam a história do nosso mundo e sua evolução. Obras das mais antigas as atuais.
  25. 25. BANCO INTERNACIONAL DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM: http://objetoseducacionais2.mec.gov.br/ Dicas de literaturas direcionadas ao conteúdo do interesse de cada um; Utilizado por alunos e professores Encontramos várias dicas de livros para nos aprofundar no conteúdo que nos é imposto no momento.
  26. 26. GOOGLE TRADUTOR : http://translate.google.com.br/# Auxilia nos conteúdos em línguas estrangeiras; Se destina para professores e alunos; Ao realizar pesquisa em nossos trabalhos google tradutor nos ajuda para um bom entendimento de todas as pagínas disponibilizadas para nosso aprendizado.
  27. 27. TECNOLOGIA DIGITAL DATASHOW ou PROJETOR MULTIMÍDIA
  28. 28. Aquela velha aula que utilizava apenas quadro e giz, está ficando cada vez mais no passado. O professor deve ser criativo e pode utilizar a tecnologia digital em seu dia a dia para tornar suas aulas mais instigantes e apreciativas. Mas, não vale levar a tecnologia para a sala de aula se ela não estiver a serviço dos conteúdos.
  29. 29. A utilização do datashow é cada vez mais comum em nossas escolas, seja em sala de Aula ou em apresentações. Seu emprego permite ao professor Criar e inovar de uma maneira onde o Limite será a própria imaginação do Educador... Pode ser utilizado desde a Educação Infantil até o Ensino Superior.
  30. 30. Uma experiência que tem dado certo aqui na escola, é a utilização de recursos tecnológicos em sala de aula, não que ele irá substituir o livro, mas é um recurso a mais para inovar dinamizar o processo de ensino aprendizagem. Os alunos gostam de novidades, e sempre que possível o professor agrega novos recursos no planejamento, de forma que estes venham gerar mais conhecimento.
  31. 31. <ul><ul><ul><li>Requisitos pedagógicos para usar o datashow </li></ul></ul></ul><ul><li>Como qualquer recurso pedagógico “tradicional” que </li></ul><ul><li>já usamos em nossas aulas e atividades, o uso do  </li></ul><ul><li>datashow  envolve objetivos, planejamento, </li></ul><ul><li>estratégias didáticas e avaliações. </li></ul><ul><li>Para usá-lo é preciso ter: </li></ul>
  32. 32. Um objetivo pedagógico claro; Uma justificativa didática; Um planejamento do uso; Uma avaliação da aprendizagem; Uma avaliação do uso do recurso.
  33. 33. Considerações sobre o uso do Datashow: 1. O equipamento NÃO substitui o docente; 2. Deve ser um instrumento de interação professor/aluno; 3. Usar somente o Datashow torna a aula cansativa para os alunos; 4. O Datashow NÃO deve ser utilizado como projetor de textos. Use um retroprojetor que é mais barato. 5. É um crime acadêmico utilizar o Datashow para fazer leituras! 6. Educar é uma arte e o professor deve valorizar sua METODOLOGIA, O Datashow é somente mais um recurso para enriquecer sua aula. 7. Esteja sempre preparado caso o Datashow não funcione! BOA SORTE!
  34. 34. TECNOLOGIAS EM SALA DE AULA Silvane Horst Karling
  35. 35. AVALIAÇÃO DE SITES TV Escola - O canal da educação http://tvescola.mec.gov.br/ Trata-se de site que privilegia a apresentação de vídeos(vídeos gravados, TVEscola ao vivo, etc). Oferece ao professor rica fonte de recursos audiovisuais e pedagógicos. Auxilia no planejamento de aulas com a disponibilidade de material pedagógico. É um dos sites mais completos para uso por alunos professores.
  36. 36. AVALIAÇÃO DE SITES TV Brasil http://tvbrasil.org.br/ Site que oferece vasta programação cultural em vídeo. Através do site está disponível toda programação da TVBrasil. Oferece vídeos culturais disponíveis em vários horários, que podem ser trabalhados em sala de aula.
  37. 37. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS (ALUNO) COMPUTADOR Para pesquisar informações sobre conteúdos escolares e para jogar. O computador é uma ferramenta que oferece infinitos recursos quanto a pesquisa, comunicação e desenvolvimento de atividades. O aluno ainda não interage plenamente com a tecnologia, não usando assim grande parte dos recursos.
  38. 38. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS NÃO DIGITAIS (ALUNO) CADERNOS E LIVROS Cadernos - Para registro de atividades e informações. Livros – Buscar informações e realizar leituras.
  39. 39. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS (PROFESSORES E FUTUROS PROFESSORES) SITE http://natural.enternauta.com.br/ (Site de Receitas Naturais Caseiras e Dicas Naturais). Apresenta informações de como usar as ervas na culinária(temperos e condimentos). Os benefícios que as ervas trazem para a saúde. Orientações para produção de fitoterápicos. Conhecimento das plantas medicinais e suas funções.
  40. 40. AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS NÃODIGITAIS (PROFESSORES E FUTUROS PROFESSORES) JOGO DE TRILHA O jogo é uma atividade lúdica. O jogo de regras requer atenção, observação, trabalha o ato de pensar e auxilia na construção do conhecimento e do aprendizado. Os alunos aprendem a se comunicar melhor uns com os outros e a ouvir a opinião dos colegas. O jogo trabalha a autonomia e a busca para soluções de problemas. O jogo de regras é necessário para que as convenções sociais e os valores morais de uma cultura sejam transmitidos.(Piaget)
  41. 41. PONTOS POSITIVOS – TECNOLOGIA DIGITAL Estudo em rede(blogs, chats e fóruns de discussão). Conhecimento de novos meios de pesquisa e de desenvolvimento de atividades. Contato com muitos tipos de mapas, vídeos e livros.
  42. 42. PONTOS NEGATIVOS TECNOLOGIA DIGITAL Exposição a fraudes, golpes, ... Incitação à violência (games violentos). Abandono de outras atividades(esportivas e artísticas) e da convivência familiar e social. Queda no rendimento escolar. Excesso na utilização das tecnologias, comprometendo a qualidade de vida.
  43. 43. FACILIDADES E DIFICULDADES NO USO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS FACILIDADES: Acesso mais rápido às informações. Facilidade no desenvolvimento das atividades. DIFICULDADES Muitas falhas na conexão à Internet. Desconhecimento de muitos recursos disponíveis , como também no uso. Poucos computadores na escola(laboratório de informática).
  44. 44. AS TECNOLOGIAS PODEM SUBSTITUIR O PROFESSOR? Não. O papel da escola não enfoca a tecnologia e sim a educação. Os professores são os que decidem quando e como utilizar a tecnologia na sala de aula. E, é isso que faz toda diferença para a qualidade das aulas e o desenvolvimento dos alunos. A tecnologia serve como um instrumento, oferecendo valiosas sugestões aos professores sobre o uso dos recursos digitais. Devemos ter o cuidado no excesso da utilização, pois os alunos deverão vivenciar a diversidade: A escola é um espaço de práticas sociais e culturais.
  45. 45. TECNOLOGIA EDUCAÇÃO E João Batista Rodrigues
  46. 46. Olá pessoal, assistam a conclusão do nosso trabalho no Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=Th0O4Gxtlzc Obrigado a abraços a todos(as) Danise, João, Karin e Silvane

×