Linguagem e Comunicação II

2.778 visualizações

Publicada em

Disciplina administrada no Curso de Pedagogia do IEM – INSTITUTO DE EDUCAÇÃO METROPOLITANO DO MARANHÃO, em Bom Jardim - MA, pelo professor José Arnaldo da Silva.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.778
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
118
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Linguagem e Comunicação II

  1. 1. LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO II Prof. José Arnaldo da Silva e-mails: jarnaldosilva@yahoo.com.br jarnaldosilva@professor.ma.gov.br
  2. 2. Elementos da comunicação 1. Emissor ou remetente: é aquele que codifica e envia a mensagem. Ocupa um dos polos do circuito da comunicação. 2. Receptor ou destinatário: é aquele que recebe e decodifica a mensagem. 3. Mensagem: é o conteúdo que se pretende transmitir. 4. Canal: é o meio pelo qual a mensagem é transmitida do emissor para o receptor. 5. Código: é um sistema de signos convencionais que permite dar à informação emitida (pelo emissor) uma interpretação adequada (pelo receptor). 6. Contexto ou referente: ambientação, situação em que se dá o processo de comunicação.
  3. 3. Esquema dos elementos de comunicação Contexto Emissor Mensagem Canal Código Receptor
  4. 4. Funções da linguagem Função emotiva: A mensagem está centrada no emissor. O emissor exprime diretamente uma emoção que tende a reflectir-se naquele a quem se dirige. -1ª pessoa; -Adjetivação expressiva; -Frases exclamativas; -Frases interrogativas; -Interjeições; -Entoação e pontuação específicas; -Subjectividade; Função poética: Centrada na mensagem. Resulta da seleção e combinação de signos, nas relações entre significante e significado, que põem em evidência o valor estético da mensagem. Não existe só na poesia, mas em velhos ditados, cantilenas, etc. Ex.: O segredo bem guardado é o que a ninguém é revelado. -Palavras de sentido figurativo; -Jogos de palavras; -Jogos de estruturas de palavras; -Ritmo; -Tonalidades específicas; -Sonoridades.
  5. 5. Função apelativa: A mensagem está centrada no receptor. O emissor utiliza uma linguagem para influenciar o receptor no sentido da ação. Exemplo: linguagem publicitária -2ª pessoa; -Vocativo; -Certas interjeições (Pst!, Eia!); -Frases imperativas; -Frases interrogativas. Função fática: A mensagem está centrada no canal ou contato. Está presente sempre que o emissor quer estabelecer a comunicação ou verificar se o contato entre ele e o receptor se mantém. Ex.: Alô?, Sim? Não desligue… -Fórmulas sociais; -de saudação; -de interpelação; -de agradecimento; -de despedida.
  6. 6. Função metalinguística: A mensagem está centrada no código. Está presente quando se quer verificar se o emissor e o receptor usam o código com o mesmo conteúdo semântico. Ex.: Não se deve dizer “tu dissestes”, mas sim “tu disseste”. -Estruturas explicativas: …, isto é, …, quer dizer, …, tem o significado de… Função referencial: A mensagem está centrada no contexto. O emissor informa o receptor sobre qualquer realidade ou fato. -Impessoalidade; -Adjetivação restrita; -Frases declarativas; -Objetividade; -Clareza.
  7. 7. Relação entre os elementos de comunicação e as funções da linguagem Contexto Função referencial Emissor Função emotiva Mensagem Função poética Canal Função fática Código Função metalinguística Receptor Função apelativa
  8. 8. Síntese Funções da linguagem 1. Referencial ou denotativa Finalidade Transmitir informações Recursos Frase declarativa: Comunicação impessoal e objetiva. Exprimir sentimentos e emoções Frase exclamativa: 3. Apelativa ou conotativa Influenciar, persuadir o receptor Frases imperativa: Comunicação indutora, convincente, decidida. 4. Fática ou de contato Gerar, sustentar, favorecer e facilitar a comunicação Frases breve, exata, clara, de fácil compreensão. 2. Emotiva ou expressiva 5. Metalinguística 6. Poética Definir, explicar, analisar, criticar o código linguístico Valoriza a elaboração da linguagem como meio de expressão Comunicação pessoal e subjetiva; uso de recursos como: interjeição, superlativos, aumentativos, diminutivos, hipérboles, figuras, entonação e etc... Explicações, definições, conceituações. Frases de valor artístico, com o predomínio da conotação, figuras de linguagem e musicalidade.

×