Alguma semelhança com o nosso país??????

795 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
795
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
588
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alguma semelhança com o nosso país??????

  1. 1. Noam Chomsky desenvolveu a lista das "10estratégias de manipulação” dos princípiossociais e econômicos de forma a atrair o apoioinconsciente dos meios de comunicação paraa manipulação.
  2. 2. 1. A estratégia da distração:
  3. 3. O elemento primordial do controle social é aestratégia da distração que consiste emdesviar a atenção do público dos problemasimportantes e das mudanças decididas pelaselites políticas e econômicas..A técnica é a do dilúvio ou inundação decontínuas distrações e de informações semimportância.
  4. 4. A estratégia da distração é igualmenteindispensável para impedir ao públicointeressar-se pelos conhecimentos essenciais,na área da ciência, da economia, dapsicologia, da neurobiologia e da cibernética.”Manter a atenção do público distraída, longedos verdadeiros problemas sociais, atraída portemas sem importância real.Manter o público ocupado, ocupado, ocupado,sem nenhum tempo para pensar.(Citação do texto “Armas silenciosas paraguerras tranquilas”).
  5. 5. 2. Criar problemas e depoisoferecer soluções:
  6. 6. Este método também é chamado:“problema--> reação--> solução”.Se cria um problema, uma “situação” previstapara causar certa reação no público, a fim deque este seja o suplicante das medidas que sedeseja fazer aceitar.,Por exemplo: deixar que se desenvolva ou seintensifique a violência urbana, ou organizaratentados sangrentos, a fim de que o públicoseja o requerente de leis de segurança epolíticas, em prejuízo da liberdade.
  7. 7. Ou também:Criar uma crise econômica para que o povoaceite como um mal necessário o retrocessodos direitos sociais e o desmantelamentodos serviços públicos.
  8. 8. 3. A estratégia da gradualidade:
  9. 9. Para fazer que se aceite uma medidainadmissível, basta aplicá-la gradualmente, aconta-gotas, num prazo ampliado.Dessa forma, as novas condições impostas,as mudanças radicais são aceitas semprovocar revoltas.
  10. 10. 4. A estratégia do adiar:
  11. 11. Outra maneira de provocar a aceitação deuma decisão impopular é a de apresentá-lacomo “dolorosa e necessária”, obtendo aaceitação pública, no momento, para umaaplicação futura.É mais fácil aceitar um sacrifício futuro queum sacrifício imediato.Primeiro, porque o esfôrço não é imediato.Segundo, porque a massa, ingenuamente crêque “amanhã tudo irá melhor” e que osacrifício exigido poderá ser evitado.Isto dá mais tempo ao cidadão para seacostumar à idéia da mudança e de aceitarcom resignação quando chegar o momento.
  12. 12. 5. Dirigir-se ao público comocriaturas de pouca idade:
  13. 13. A maioria da publicidade dirigida ao grandepúblico utiliza discursos, argumentos,personagens e entonações particularmenteinfantis, muitas vezes próximos à debilidade,como se o espectador fosse uma criatura depouca idade ou um deficiente mental.Quanto mais tente-se procurar enganar oespectador, mais tende-se a adotar um tominfantil.Por que?“Porque dirigir-se a uma pessoa como setivesse 12 anos ou menos, tenderá, porsugestão, a adotar respostas ou reações maisinfantis e desprovidas de sentido crítico”.
  14. 14. 6. Utilizar o aspecto emocionalmuito mais que a reflexão:
  15. 15. Fazer uso do aspecto emocional é umatécnica clássica para curto-circuitar a análiseracional, e neutralizar o sentido crítico dosindivíduos.Por outro lado, a utilização do registroemocional permite abrir a porta de acesso aoinconsciente para implantar ou injetar idéias,desejos, medos e temores, compulsões, ouinduzir a determinados comportamentos.
  16. 16. 7. Manter o povo na ignorânciae na mediocridade:
  17. 17. Fazer com que o público seja incapaz decompreender a tecnologia e métodosutilizados para seu contrôle e escravidão.“A qualidade da educação dada às classessociais inferiores deve ser a mais pobre emedíocre possível, de forma que a distânciaentre estas e as classes altas permaneçaminalterada no tempo e seja impossívelalcançar uma autêntica igualdade deoportunidades para todos.”
  18. 18. 8. Estimular o público a sercomplacente com amediocridade:
  19. 19. Fazer crer ao povo que está na moda avulgaridade, a incultura, o ser mal falado ouadmirar personagens sem talento ou méritoalgum, o desprezo ao intelectual, o exagero doculto ao corpo e a desvalorização do espíritode sacrifício e do esforço pessoal.
  20. 20. 9. Reforçar o sentimento de culpapessoal:
  21. 21. Fazer crer ao indivíduo que êle é o únicoculpado de sua própria desgraça, porinsuficiência de inteligência, de capacidade, depreparação ou de esforço.Assim, em lugar de rebelar-se contra osistema econômico e social, o indivíduo sedesvaloriza, se culpa, gerando em si umestado depressivo, que inibe sua capacidadede reagirE sem reação, não haverá revolução.
  22. 22. 10. Conhecer os indivíduosmelhor do que êles mesmos seconhecem:
  23. 23. Nos últimos 50 anos, os avanços da ciênciageraram uma crescente brecha entre osconhecimentos do público e aqueles utilizadospelas elites dominantes.Graças à biologia, a neurobiologia e apsicologia aplicada, o Sistema tem desfrutadode um conhecimento avançado do serhumano, tanto de forma física comopsicológica.O Sistema conseguiu conhecer melhor oindivíduo comum do que êle se conhece.
  24. 24. Isto significa que, na maioria dos casos, osistema exerce um maior contrôle e podersôbre os indivíduos, superior ao que pensamque realmente tem.
  25. 25. Noam ChomskyVisões AlternativasVersão e formatação :José Mauro Rodrigues
  26. 26. Reiniciar Sair

×