QUEIMADURA E CHOQUE ELETRICO
Seminário SAÚDE OCUPACIONAL
São Miguel dos Campos, 21 de Janeiro de 2014
ALUNOS: FLAVIO,JANIE...
O que são queimaduras?
Queimaduras são lesões nos tecidos que envolvem
as diversas camadas do corpo – pele, cabelos,
pelos...
EXEMPLOS DE QUEIMADURAS
CONCEITOS E INFORMAÇÕES
O fogo é o principal agente das queimaduras, embora
as produzidas pela eletricidade sejam, de toda...
A exposição ao sol, comum entre lavradores e
pescadores, pode provocar a urticária solar , (edema
localizado, acompanhado ...
De um modo geral, para cada 100 doentes
queimados, três (3) morrem em decorrência das
queimaduras.
Causas das queimaduras
Queimaduras térmicas
Aquelas que são provocadas por ação do calor ou frio. Podemos incluir as
provo...
Queimaduras químicas
São as queimaduras provocadas por ação dos ácidos e bases. Mais
comuns na indústria ou no domicílio d...
Tipos de queimaduras
As queimaduras podem ser superficiais ou
profundas e classificadas de acordo com:
Agente causador
Químicos: produtos corro...
Grau ou profundidade
1º grau: atingem as camadas superficiais da pele, causando vermelhidão,
inchaço, dor local, às vezes ...
Gravidade e extensão
A conseqüência mais grave das queimaduras é a porcentagem da área corporal
atingida. A maneira mais s...
Como Evitar-las :
Cuidados gerais:
• Evite fumar. Se fumar, evite fazê-lo deitado;
• Em queimaduras elétricas, retire o fio da tomada ou des...
• Mantenha o botijão de gás longe do calor direto e sempre na vertical;
• Manipule os fogos de artifício com cuidado;
• Ev...
O tratamento das queimaduras consiste na realização de
pensos diários ou em dias alternados, em que são
substituídos os pe...
Escarotomias
São cortes a nível da pele, feitos por um cirurgião plástico com um bisturi,
com o objetivo de permitir que a...
Mantenha calma, pessoas nervosas e
alteradas tem dificuldade de raciocinar.
Procurar um posto de saúde, ou ligar
para os b...
Primeiros Socorros e Cuidados.
Em caso de acidente envolvendo queimaduras, o primeiro
cuidado é extinguir a fonte de calor...
• Passar pasta de dente, pomadas, ovo, manteiga, óleo de
cozinha… apenas água fria é permitido. Gelo também
não pode.
• Fu...
• Use água, muita água. É preciso resfriar o local. Faça isso
com água corrente, um recipiente com água fria ou
compressas...
Primeiros socorros – Queimadura de segundo
grau.
Já não é superficial: epiderme e derme são atingidas. O
local fica vermel...
Primeiros socorros – Queimadura de terceiro grau.
Qualquer caso de queimaduras de terceiro grau é grave: elas atingem toda...
CHOQUE ELÉTRICO
CHOQUE ELÉTRICO
Os choques elétricos ocorrem de fato sempre que
uma determinada corrente elétrica percorre o corpo
humano....
Os riscos de acidentes dos empregados que trabalham com
eletricidade, em qualquer das etapas de geração, transmissão,
dist...
EFEITOS ESTIMADOS DA ELETRICIDADE
CORRENTE CONSEQUÊNCIA
1 mA Apenas perceptível
10 mA "Agarra" a mão
16 mA Máxima toleráve...
Por que ocorre o choque?
A corrente elétrica, quando percorre o corpo humano, interfere junto às
correntes internas carreg...
Como Evitar?
Nunca mexa na parte interna das
tomadas, seja com os dedos ou com
objetos (tesouras, agulhas, facas, etc.);
Nunca deixe as crianças brincarem
com as tomadas. Vede todas as
tomadas com protetores especiais;
Nunca toque em aparelhos elétricos
quando estiver com as mãos ou o corpo
molhados;
Não sobrecarregar as instalações elétricas com
vários utensílios ao mesmo tempo, pois os fios
esquentam e podem ocasionar ...
Nunca deixe o ferro elétrico ligado quando tiver
que se ausentar para realizar outra tarefa, mesmo
que seja por alguns min...
Nunca substituir fusíveis ou disjuntores por
ligações diretas com arames ou moedas;
Nunca pise em fios caídos no chão,
principalmente se a queda foi
consequência de uma tempestade.
Primeiros Socorros
O que fazer nos casos de choque elétrico?
2 ª coisa
Primeira Coisa a se fazer
Em caso de parada respitaroria
Referencias
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAATmkAG/choque-eletrico
http://www.brasilescola.com/fisica/choques-eletrico...
Queimadura e choque elétrico
Queimadura e choque elétrico
Queimadura e choque elétrico
Queimadura e choque elétrico
Queimadura e choque elétrico
Queimadura e choque elétrico
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Queimadura e choque elétrico

11.821 visualizações

Publicada em

Trabalho Feito Para o Curso Tec. Em Segurança Do Trabalho
Por Mim E Colegas Do Instituto Federal de Alagoas

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.821
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
623
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Queimadura e choque elétrico

  1. 1. QUEIMADURA E CHOQUE ELETRICO Seminário SAÚDE OCUPACIONAL São Miguel dos Campos, 21 de Janeiro de 2014 ALUNOS: FLAVIO,JANIELSON, JUNIOR, LARISSA, RENATA
  2. 2. O que são queimaduras? Queimaduras são lesões nos tecidos que envolvem as diversas camadas do corpo – pele, cabelos, pelos, tecido celular subcutâneo, músculos, olhos etc . Geralmente são causadas pelo contato direto com objetos quentes superaquecidos ou incandescentes.
  3. 3. EXEMPLOS DE QUEIMADURAS
  4. 4. CONCEITOS E INFORMAÇÕES O fogo é o principal agente das queimaduras, embora as produzidas pela eletricidade sejam, de todas, as mais mutilantes, resultando com frequência na perda funcional e mesmo anatômica de segmentos do corpo, principalmente dos membros
  5. 5. A exposição ao sol, comum entre lavradores e pescadores, pode provocar a urticária solar , (edema localizado, acompanhado de coceira, que pode preceder a lesão da pele) considerada uma doença do trabalho. Estas lesões são muito importantes para o agricultor, que passa o dia todo sob o sol e tem o mau hábito de praticar a "queimada" para limpar o terreno e para colher a cana- de-açúcar.
  6. 6. De um modo geral, para cada 100 doentes queimados, três (3) morrem em decorrência das queimaduras.
  7. 7. Causas das queimaduras Queimaduras térmicas Aquelas que são provocadas por ação do calor ou frio. Podemos incluir as provocadas por fogo, sol, gelo, líquido fervente, etc. Queimaduras eléctricas Nas queimaduras eléctricas e uma vez que a eletricidade é um movimento orientado, é importante ter presente que existe sempre uma porta de entrada (ponto de contato com o corpo), um trajeto e uma porta de saída (local de saída da carga eléctrica do organismo).
  8. 8. Queimaduras químicas São as queimaduras provocadas por ação dos ácidos e bases. Mais comuns na indústria ou no domicílio devido à presença de muitas substâncias potencialmente capazes de provocar lesão nos tecidos do organismo. Queimaduras por radiação As radiações mais comuns são os raios ultravioleta (que existe nos raios solares), os raios X e as produzidas por substâncias radioativas.
  9. 9. Tipos de queimaduras
  10. 10. As queimaduras podem ser superficiais ou profundas e classificadas de acordo com: Agente causador Químicos: produtos corrosivos que podem ser bases fortes ou de origem ácida, como exemplos, temos: álcool, gasolina, bases e ácidos. Físicos: tem origem no calor ou no frio, através de exposição, condução ou radiação eletromagnética. Através da temperatura, temos: líquidos e sólidos ferventes, frio excessivo, chama, vapor, objetos aquecidos, geada, neve, etc. Com a eletricidade temos: raio, corrente elétrica,etc., e com a radiação temos: raios solares, aparelhos de raios-X ou ultra-violeta, nucleares, etc. Biológicos: são as queimaduras provocadas por animais e vegetais, como exemplo temos: Vegetais: Urtiga, látex, etc. Animais: água-viva, lagarta-de-fogo, medusa, etc.
  11. 11. Grau ou profundidade 1º grau: atingem as camadas superficiais da pele, causando vermelhidão, inchaço, dor local, às vezes insuportável, sem formação de bolhas. 2º grau: atingem as camadas mais profundas da pele, ou seja, derme e epiderme, causando formação de bolhas, pele avermelhada, com manchas e coloração variável, dor, inchaço, desprendimento de camadas da pele, e possível estado de choque. 3º grau: são as queimaduras mais profundas que atingem todas as camadas da pele, podendo chegar aos ossos. Apresentam pouca ou nenhuma dor e a coloração torna-se branca ou surge a coloração preta, devido à carbonização dos tecidos.
  12. 12. Gravidade e extensão A conseqüência mais grave das queimaduras é a porcentagem da área corporal atingida. A maneira mais simples para esta avaliação, embora imprecisa é calcular a área queimada através da “ palma da mão do acidentado”, que corresponde à 1% de sua superfície corpórea. De acordo com esta informação temos a seguinte classificação: a) portador de queimaduras: o acidentado tem menos de 15% da área corporal atingida. b) grande queimado: a área corporal atingida, ultrapassa 15% (aproximadamente 15 palmos) c) Ao atingir mais de 40% da área corporal, as queimaduras poderão provocar a morte, e acima de 70% da superfície do corpo atingida as chances de sobreviver são mínimas! As manifestações locais mais importantes das queimaduras são: perda de líquidos corporais, não há eliminação das toxinas através do suor, formação de substâncias tóxicas, choque causado por dor intensa, destruição de tecidos e infecção.
  13. 13. Como Evitar-las :
  14. 14. Cuidados gerais: • Evite fumar. Se fumar, evite fazê-lo deitado; • Em queimaduras elétricas, retire o fio da tomada ou desligue a energia geral. Nunca toque na vítima enquanto ela estiver em contato com a eletricidade. Toda vítima de queimadura elétrica deve ser levada ao hospital; • Utilize cinzeiros fundos e com proteção lateral; • Evite manipular álcool próximo a cigarros, charutos, fósforos acesos; Investigue vazamentos de gás; • Feche a válvula do botijão de gás antes de sair de casa e antes de ir dormir;
  15. 15. • Mantenha o botijão de gás longe do calor direto e sempre na vertical; • Manipule os fogos de artifício com cuidado; • Evite o uso de bronzeadores caseiros; • Não utilizar álcool engarrafado diretamente sobre o fogo, na forma de jato, pelo risco de explosão; • Nunca considere uma queimadura sem importância; • Não tente tratar queimaduras de acordo com conselhos de vizinhos ou de balconistas de farmácia; • Fogo e bebida não combinam. Evite essa associação.
  16. 16. O tratamento das queimaduras consiste na realização de pensos diários ou em dias alternados, em que são substituídos os pensos, as ligaduras e o produto a aplicar nas mesmas. Estes tratamentos podem ser realizados sob efeito de analgésicos, ajustados ao nível de dor do doente, ou sob efeito de anestesia geral ou através de uma combinação sedação e analgésico. O tratamento de uma queimadura na fase aguda implica: a estabilização dos sinais vitais, suporte nutricional, desbridamento da ferida; antibióticos; encerramento da ferida, prevenção e tratamento de complicações (infecções e lesões do pulmão); a reabilitação e apoio psicológico. TRATAMENTO
  17. 17. Escarotomias São cortes a nível da pele, feitos por um cirurgião plástico com um bisturi, com o objetivo de permitir que a pele queimada possa expandir, deixando passar sangue em circulação. São feitas normalmente na fase hipovolêmica, em que existe um grande edema. Autoenxerto Consiste na remoção de pele do próprio indivíduo para colocar sobre a sua área queimada. Homoenxerto Aplicação de pele de cadáver humano sobre a área queimada, que terá um “papel” de penso fisiológico, deixando que a pele cicatrize por baixo. Tratamentos cirúrgicos
  18. 18. Mantenha calma, pessoas nervosas e alteradas tem dificuldade de raciocinar. Procurar um posto de saúde, ou ligar para os bombeiros (193) ou SAMU (192) O QUE FAZER QUANDO SOFRER UMA QUEIMADURA?
  19. 19. Primeiros Socorros e Cuidados. Em caso de acidente envolvendo queimaduras, o primeiro cuidado é extinguir a fonte de calor, ou seja, impedir que permaneça o contato do corpo com o fogo, líquidos e superfícies aquecidas, entre outras causas do acidente. Em seguida, procure lavar o local atingido com água corrente em temperatura ambiente, de preferência por tempo suficiente até que a área queimada seja resfriada. Não passe no local atingido nenhum produto ou receita caseira. Qualquer substância que seja passada sobre a pele queimada vai irritá-la. Há também o alto risco de infecção por bactérias, fungos e vírus presentes nesses produtos, já que a barreira natural do organismo – a pele – está danificada.
  20. 20. • Passar pasta de dente, pomadas, ovo, manteiga, óleo de cozinha… apenas água fria é permitido. Gelo também não pode. • Furar as bolhas. • Retirar a pele morta • Arrancar a roupa grudada na área queimada • Apertar o ferimento O que NÃO fazer em caso de queimaduras
  21. 21. • Use água, muita água. É preciso resfriar o local. Faça isso com água corrente, um recipiente com água fria ou compressas úmidas. Não use gelo. • Depois de cinco minutos, quando a vítima estiver sentindo menos dor, seque o local, sem esfregar. • Em casos de queimadura de primeiro grau – e apenas nesse caso – é permitido e recomendável beber bastante água e tomar um remédio que combata a dor. Primeiros socorros – Queimadura de primeiro grau
  22. 22. Primeiros socorros – Queimadura de segundo grau. Já não é superficial: epiderme e derme são atingidas. O local fica vermelho, inchado e com bolhas. Há liberação de líquidos e a dor é intensa. Se for um ferimento pequeno, é considerada queimadura leve. Nos outros casos, já é de gravidade moderada. É grave quando a queimadura de segundo grau atinge rosto, pescoço, tórax, mãos, pés, virilha e articulações, ou uma área muito extensa do corpo. • Use água, muita água. É preciso resfriar o local. Faça isso com água corrente, um recipiente com água fria ou compressas úmidas. Não use gelo. • Com o cuidado de não apertar o local, faça um curativo com uma compressa limpa.
  23. 23. Primeiros socorros – Queimadura de terceiro grau. Qualquer caso de queimaduras de terceiro grau é grave: elas atingem todas as camadas da pele, podendo chegar aos músculos e ossos. Como os nervos são destruídos, não há dor – mas a vítima pode reclamar de dor devido a outras queimaduras, de primeiro e segundo grau, que tiver. A aparência deste tipo de ferimento é escura (carbonizada) ou esbranquiçada. • Retire acessórios e roupas, porque a área afetada vai inchar. Atenção: se a roupa estiver colada à área queimada, não mexa! • Retire acessórios e roupas, porque a área afetada vai inchar. Atenção: se a roupa estiver colada à área queimada, não mexa! Não ofereça medicamentos, alimentos ou água, pois a vítima pode precisar tomar anestesia e, para isso, estar em jejum. • Não perca tempo em levar a vítima para o hospital. Ela pode estar tendo dificuldades para respirar.
  24. 24. CHOQUE ELÉTRICO
  25. 25. CHOQUE ELÉTRICO Os choques elétricos ocorrem de fato sempre que uma determinada corrente elétrica percorre o corpo humano. Dependendo da situação, um choque pode causar apenas um pequeno formigamento, queimaduras de 3º grau ou até mesmo levar a pessoa a óbito.
  26. 26. Os riscos de acidentes dos empregados que trabalham com eletricidade, em qualquer das etapas de geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica, constam da Norma Regulamentadora Instalações e Serviços em Eletricidade - NR10 do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE.
  27. 27. EFEITOS ESTIMADOS DA ELETRICIDADE CORRENTE CONSEQUÊNCIA 1 mA Apenas perceptível 10 mA "Agarra" a mão 16 mA Máxima tolerável 20 mA Parada respiratória 100 mA Ataque cardíaco 2 A Parada cardíaca 3 A Valor mortal
  28. 28. Por que ocorre o choque? A corrente elétrica, quando percorre o corpo humano, interfere junto às correntes internas carregadas pelos nervos, dando-nos a sensação de formigamento. Para que o choque ocorra, deve haver uma diferença de potencial entre dois pontos distintos do corpo humano, ou seja, quanto maior for a diferença de potencial, maior será a corrente elétrica; como consequência, o choque também será maior. Geralmente, um desses pontos sãos os pés, que estão em contato com o solo, e o outro ponto é o que de fato entra em contato com algum aparelho elétrico ou fio elétrico.
  29. 29. Como Evitar?
  30. 30. Nunca mexa na parte interna das tomadas, seja com os dedos ou com objetos (tesouras, agulhas, facas, etc.);
  31. 31. Nunca deixe as crianças brincarem com as tomadas. Vede todas as tomadas com protetores especiais;
  32. 32. Nunca toque em aparelhos elétricos quando estiver com as mãos ou o corpo molhados;
  33. 33. Não sobrecarregar as instalações elétricas com vários utensílios ao mesmo tempo, pois os fios esquentam e podem ocasionar um incêndio;
  34. 34. Nunca deixe o ferro elétrico ligado quando tiver que se ausentar para realizar outra tarefa, mesmo que seja por alguns minutos, isso pode causar grandes incêndios;
  35. 35. Nunca substituir fusíveis ou disjuntores por ligações diretas com arames ou moedas;
  36. 36. Nunca pise em fios caídos no chão, principalmente se a queda foi consequência de uma tempestade.
  37. 37. Primeiros Socorros
  38. 38. O que fazer nos casos de choque elétrico?
  39. 39. 2 ª coisa
  40. 40. Primeira Coisa a se fazer
  41. 41. Em caso de parada respitaroria
  42. 42. Referencias http://www.ebah.com.br/content/ABAAAATmkAG/choque-eletrico http://www.brasilescola.com/fisica/choques-eletricos.html http://www.linkatual.com.br/primeiros-socorros-para-queimaduras.html http://sbqueimaduras.org.br/ http://www.queimados.com.pt/Queimaduras/Fisiopatologia/tabid/89/Default.aspx Videos https://www.youtube.com/watch?v=OiLHrOPWai8 http://www.youtube.com/watch?v=O2r0ITIKE0g Imagens http://www.google.com/imghp?hl=pt-Br

×