Escola estadual atividades

906 visualizações

Publicada em

atividades de geografia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
906
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola estadual atividades

  1. 1. Escola Estadual “Mariano Gomes” Atividades de Geografia Data: ___/___/____ Professora: __________________________________ Aluno(a) : ___________________________________Ano: 8º Ano 2 15 – A ESCOLA QUE A GENTE QUER É A ESCOLA QUE A GENTE FAZ 1) a)Qual é o nome dessa construção? ________________________________________________________________________________________ b)A quem elas eram dedicadas? Qual era a sua função? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ Marque a resposta certa: 2) Com o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), vários povos tomaram consciência do grande desnível econômico, social, político, científico e tecnológico existente entre os países do mundo. Um grupo era formado por países ou nações fortes, outro grupo era formado por nações fracas economicamente. Para diferenciar esses dois conjuntos de países, na década de 1950 foram introduzidas as expressões: a) países desenvolvidos e países subdesenvolvidos; b) países do primeiro, segundo e terceiro mundo; c) países do centro e países periféricos; d) países do Norte e países do Sul.
  2. 2. 3) No decorrer das décadas de 1960, 1970 e 1980, tornou-se comum a divisão ou regionalização com base no desenvolvimento econômico e na organização socioeconômica dos países. A partir desse critério, o mundo foi dividido de 1952 a 1991 em: a) países desenvolvidos e subdesenvolvidos; b) países do primeiro, segundo e terceiro mundo; c) países do centro e países periféricos; d) países do Norte e países do Sul. 4) Os países subdesenvolvidos estão à margem do sistema capitalista, na condição de fornecedores de matérias-primas e mão de obra baratas, por isso eles também são chamados de países: a) centrais b) periféricos c) primeiro mundo d) do Norte 5) O socialismo quase desapareceu (com exceção de Cuba e Coreia do Norte), por isso não tem mais sentido a regionalização ou divisão do mundo em: a) países desenvolvidos e subdesenvolvidos; b) países do primeiro, segundo e terceiro mundo; c) países do centro e países periféricos; d) países do Norte e países do Sul. 6) Durante a década de 1980, a imprensa e os meios diplomáticos passaram a utilizar as expressões _______e ________ para referir-se aos países desenvolvidos e subdesenvolvidos. Essas expressões têm como base a posição geográfica dos países, embora não em relação à linha equatorial. a) países desenvolvidos e subdesenvolvidos; b) países do primeiro, segundo e terceiro mundo; c) países do centro e países periféricos; d) países do Norte e países do Sul. 7) Estados Unidos, Canadá e México fazem parte do grupo formado pela: a) América do Norte b) América Central c) América do Sul d) América Anglo-saxônica 8) O México fala o espanhol, como muitos outros países do continente americano. Já o Brasil fala o português. Tendo por base as línguas oficiais faladas na América, esses dois países fazem parte da: a) América do Norte b) América Central c) América do Sul d) América Latina e) América Anglo-Saxônica
  3. 3. 9) Estados Unidos e Canadá são países de língua inglesa, portanto, tendo por base o idioma falado, eles fazem parte da: a) América do Norte b) América Central c) América do Sul d) América Latina e) América Anglo-Saxônica 10) A América Central é dividida em porção ístmica e a porção insular. A porção ístmica se refere a parte: a) continental b) ilhas 11) O país de maior extensão da América do Sul é também o mais desenvolvido. A que país nos referimos? a) Argentina b) Brasil c) Chile c) México 12) Complete as lacunas com o nome de um país/países: México Equador Venezuela Panamá Cuba Chile a)Faz divisa com o Brasil ao Norte e é grande produtor de petróleo: _________________ b) É um país da América Central insular socialista_______________ c) Faz divisa com os Estados Unidos ao Sul: _____________ d) Faz parte da América Central ístmica e onde está situado um canal que une o oceano Atlântico ao Pacífico: _______________ e) Não fazem divisa com o Brasil __________________ e _____________________ “Todo amanhã se cria num ontem, através de um hoje (...). Temos de saber o que fomos, para saber o que seremos.” Paulo Freire Janaí/2015
  4. 4. Escola Estadual “Mariano Gomes” Atividades de Geografia Data: ___/___/____ Professora: __________________________________ Aluno(a) : ___________________________________Ano: 9º Ano 2 15 – A ESCOLA QUE A GENTE QUER É A ESCOLA QUE A GENTE FAZ 1. Os rios da Europa tiveram muita importância na ocupação daquele Continente, bem como para o seu desenvolvimento, visto que muitos desses rios são navegáveis. Os maiores rios da Europa são a) o Volga, o Danúbio e o Reno. b) o Amazonas e o Nilo. c) o Mississipi e o Nilo. d) o São Francisco, o Sena e o Amazonas. 2. Sobre o relevo do continente europeu, enumere corretamente a 2ª coluna de acordo com a 1ª: ( 1 ) maciços antigos ( 2 ) planícies centrais ( 3 ) cordilheiras recentes ( ) montanhas jovens e de elevada altitude das quais as principais são os Pirineus, os Cárpatos, os Apeninos, os Bálcãs e a Cadeia do Cáucaso. ( ) montanhas muito antigas, que se situam no norte e no leste do continente, entre as quais se destacam os Montes Urais e os Alpes Escandinavos. ( ) situadas na região central do continente, possuem terras muito férteis. A sequencia correta é a) 1, 3 e 2. b) 2, 1 e 3. c) 3, 2 e 1. d) 3, 1 e 2. 3. Observe a charge ao lado: A charge apresentada, além de lembrar os tristes acontecimentos ocorridos há vinte e cinco anos, após o acidente na usina termonuclear de Chernobyl, na Ucrânia, lembra que seus efeitos ainda estão presentes. Ao que parece, os impactos ambientais no continente europeu continuam a causar preocupação em escala mundial. Recentemente ocorreu um acidente nuclear, que, de certa forma, trouxe a tona a discussão acerca do uso da energia nuclear, através de protestos em várias partes do mundo.
  5. 5. Esse novo acidente nuclear ocorreu a) na França, ocasionado por ataques terroristas. b) na Alemanha, em virtude do alto consumo de energia elétrica. c) no Japão, onde ocorreram várias explosões, em virtude dos terremotos e tsunamis que atingiram este país. d) na Alemanha, ocasionado por protestos de defensores do meio ambiente. 4. Observe a charge: A chuva ácida é um problema ambiental que afetam muitos países do mundo, como também no continente europeu. A chuva ácida na Europa, além de problemas de saúde, como retratado na imagem acima, causa a) o surgimento de novas florestas, substituindo as devastadas. b) corrosão de peças de arte expostas ao ar livre e a morte de florestas inteiras c) uma maior produtividade agrícola, satisfazendo aos anseios de seus proprietários. d) a diminuição de gases poluentes na atmosfera. 5. Três quartos da população europeia vivem nas cidades, cuja história se reflete em suas estruturas: geralmente o centro abriga casarões antigos e históricos, e a periferia é ocupada por bairros residências e polígonos industriais. O fato de que na Europa predomina a população urbana deve-se a) ao aumento da produção agrária em toda Europa, o que levou a população a trabalha no campo e morar nas cidades. b) a falta de investimentos em tecnologia em muitos países europeus. c) a revolução industrial, que fez com que boa parte da população europeia saísse do campo e passasse a morar nas cidades. d) ao crescimento desordenado das principais cidades europeias que trazem transtornos a população, principalmente no que se refere ao transporte coletivo. 6. Apesar do elevado nível de desenvolvimento econômico e tecnológico que caracteriza o continente europeu, existem fortes contrastes entre os diferentes países e regiões. Dentre os níveis de desenvolvimento elevado, intermediário e fraco, podemos destacar corretamente que a) a Inglaterra, a França e a Itália, apresentam fraca industrialização, enquanto que Portugal e Espanha têm um desenvolvimento bastante elevado. b) Itália, Portugal e Espanha se caracterizam por apresentar um menor desenvolvimento industrial, enquanto que Inglaterra, França e Alemanha estão entre os países mais desenvolvidos. c) os países do Leste Europeu e os países do Cáucaso apresentam fraca industrialização, da mesma forma que Inglaterra, Portugal e França. d) Itália Portugal e França tem uma agricultura bem tradicional, porém tem um desenvolvimento industrial superior a Inglaterra, França e Alemanha.
  6. 6. 7. O rio Sena, um dos mais famosos rios europeus corta uma famosa cidade europeia, que é a) Lisboa. b) Madri. c) Londres. d) Paris. 8. Sobre a agricultura no continente europeu, podemos afirmar que : a) é atrasada se comparada a outras partes do mundo. b) praticamente não existe, pois quase todo alimento consumido na Europa são da Ásia. c) em geral é produtiva por causa do desenvolvimento técnico e da intensa mecanização dos seus processos. d) se resume ao período chuvoso, e usam ferramentas arcaicas, que necessitam de bastante mão-de-obra humana. 9. O setor de turismo é um dos que mais cresce no mundo atualmente, sobre esse serviço na Europa, podemos ressaltar que : a) não tem nenhuma importância na economia europeia. b) a Europa é o continente mais visitado no mundo, fazendo com que sua importância só aumente. c) países como a França são os menos visitados no mundo, por não ter atrativos turísticos d) no momento não é prioridade, mas alguns países pensam em investir nesse serviço nos próximos 20 anos. 10. Uma das mais famosas construções do mundo encontra-se na França, onde muitas pessoas sonham em conhece-la. Estamos falando a) da Estátua da Liberdade. b) do Bing Bang. c) da Torre Eiffel. d) do Cristo Redentor. 11. Um dos problemas encontrados pelos países europeus é a produção de energia, de forma segura e que não agrida ao meio ambiente. Uma das fontes de energias limpas, que estão sendo bem divulgadas e que muitos estão investindo é a energia a) nuclear. b) eólica. c) termelétrica d) hidrelétrica. "Otimismo é a fé que conduz à realização, nada pode ser feito sem esperança e confiança." (Helen Keller) Janaí /2015
  7. 7. Escola Estadual “Mariano Gomes” Atividades de Geografia Data: ___/___/____ Professora: __________________________________ Aluno(a) : ___________________________________Ano: 2º Ano E.Médio 2 15 – A ESCOLA QUE A GENTE QUER É A ESCOLA QUE A GENTE FAZ 01. (UNOPAR) As cidades de Volta Redonda (RJ) e Camaçari (BA) destacam-se, respectivamente, na concentração de indústrias: a) siderúrgicas e alimentícias. b) alimentícias e petroquímicas. c) eletroeletrônicas e de calçados. d) siderúrgicas e petroquímicas. e) eletroeletrônicas e têxteis. 02. (UNIFOR) Ao processo contemporâneo de produção de bens industriais, simultaneamente em vários países, através da padronização de modelos tecnológicos e de consumo, suplantando as fronteiras nacionais pela escala mundial, dá-se o nome de: a) internacionalização do capital. b) globalização. c) terceirização. d) monopólio transnacional. e) neoliberalismo. 03. (UEMA) São indústrias de ponta na terceira Revolução Industrial: a) metalúrgica – construção civil – naval. b) petroquímica – automobilística – siderúrgica. c) elétrica – eletrônica – têxtil. d) informática – microeletrônica – biotecnológica. e) alimentícia – de bebidas finas – de cosméticos. 04. (UESPI) A respeito da indústria moderna, é correto afirmar: a) com as inovações tecnológicas atuais, eliminou-se a divisão técnica do trabalho. b) seus trabalhadores, chamados de artesãos, possuem uma clara ideia de como ocorre todo o processo de produção, trocando frequentemente de função dentro da empresa. c) não mais se baseia no assalariamento, mas no regime de parceria. d) tende a absorver maior capacidade técnica e científica, deslocando tarefas para a terceirização. e) não se preocupa com a produtividade, passando a intensificar a competitividade. 05. (ESCCAI) “No mundo capitalista a preocupação primordial é obtenção de lucros cada vez maiores. É dessa busca incessante de lucros máximos que resultam as estratégias de localização geográfica das empresas industriais, que em inúmeros fatores têm de ser considerados isoladamente e em conjunto.”
  8. 8. A partir do texto acima conclui-se que os fatores mais importantes são, exceto: a) Mercado consumidor. b) Energia. c) Matéria-prima. d) Legislação ambiental. e) Mão-de-obra. 06. (UFF) O interesse dos governos estaduais em instalar indústrias em suas áreas por meio de incentivos fiscais levou-os a travar uma "guerra fiscal". Um dos Estados que há pouco se valeu desse recurso foi o Rio de Janeiro. Assinale a opção que indica corretamente a região do Estado do Rio de Janeiro que mereceu, recentemente, destaque no noticiário dos jornais pela instalação de grande indústria atraída por essa política da "guerra fiscal": a) Turística da costa sul. b) Campos, no norte fluminense. c) Serrana norte. d) Vale médio d rio Paraíba do Sul. e) Suburbana do Grande Rio. 07. (UNIFOR) Os novos investimentos em regiões mais distantes do eixo Rio-São Paulo estão permitindo a algumas cidades nordestinas, um crescimento industrial maior do que alguns pólos econômicos do Centro-Sul. Essa expansão se deve, basicamente: a) ao esgotamento do mercado consumidor no eixo Rio-São Paulo; b) à resposta dos problemas sociais que até a década de 80 impediram a entrada de capital; c) ao aquecimento recente da indústria do turismo, exigindo maior tecnologia para a Região; d) à estabilidade da moeda que permitiu operar o significativo parque industrial nordestino; e) ao crescimento do mercado consumidor nordestino associado às vantagens fiscais e ao baixo custo da mão-de-obra. 08. (UNIMEP) Em relação à privatização da Vale do Rio Doce, existiu argumentos pró e argumentos contra. Para os defensores da desestatização: I. A Vale não tinha importância estratégica para o desenvolvimento econômico-social do país. II. O Estado deveria deixar a função de empresário. III. O financiamento da Vale seria um mau negócio para o Estado. IV. Privatizar a Vale não seria privatizar o solo brasileiro. V. A própria empresa, livre de burocracia, poderia produzir mais, pagar mais impostos e gerar mais empregos. Da relação anterior, são, particularmente, eram argumentos neoliberais:
  9. 9. a) I e IV b) II e IV c) III e IV d) V e IV e) Todas 09. (UNIMEP) A crise econômica por que passou o Brasil na década de 80 - a "década perdida", como ficou conhecida - pôs fim ao período de extraordinário crescimento econômico ocorrido nas três décadas anteriores. Da década de 50 até a de 70, impulsionado por um processo de industrialização da sociedade, o Brasil apresentou bom desenvolvimento econômico tanto em nível regional quanto mundial. Nesse período, os ingredientes básicos do grande crescimento econômico industrial do país foram: a) a forte participação de capital estatal e estrangeiro na economia; b) o fácil endividamento externo; c) a abundância de mão-de-obra; d) a grande disponibilidade de recursos naturais; e) a crescente presença estrangeira na indústria de bens não-duráveis. 10. (UNIFENAS) A organização do espaço geográfico brasileiro após a industrialização sofreu mudanças profundas. Seria errado afirmar: a) grande concentração de atividades e decisões no Sudeste, tendo São Paulo como centro polarizador; b) orientação da economia nacional com aplicação do modelo econômico centro-periferia; c) maior integração do espaço brasileiro com desenvolvimento da rede de transporte e comunicações interligando o Sudeste ao resto do país; d) maior interdependência entre as regiões com a divisão inter-regional do trabalho; e) produção industrial se desenvolve em função das exportações, devido à inexistência de mercado interno. "As pessoas aprendem algo todos os dias, e muitas vezes é que, o que aprenderam no dia anterior estava errado." (Bill Vaughan) Janaí /2015
  10. 10. Escola Estadual “Mariano Gomes” Atividades de Geografia Data: ___/___/____ Professora: __________________________________ Aluno(a) : ___________________________________Ano: 1º Ano E.Médio 2 15 – A ESCOLA QUE A GENTE QUER É A ESCOLA QUE A GENTE FAZ 01. A regionalização do espaço brasileiro tem sido trabalhada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e por especialistas geógrafos que têm apresentado, ao longo dos anos, diferentes propostas de divisão regional. Sobre o referido assunto, responda aos itens a seguir. a) Cite a atual divisão regional adotada pelo IBGE. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ b) Cite a divisão das regiões geoeconômicas (ou complexos regionais) no Brasil (proposta do geógrafo Pedro Pinchas Geiger). ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ c) Sobre as divisões regionais relacionadas nos itens anteriores (divisão regional adotada pelo IBGE e complexos regionais), aponte as diferenças básicas quanto aos critérios para a delimitação do espaço. c.1. Critérios definidos para a divisão regional adotada pelo IBGE. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ c.2. Critérios definidos para a divisão dos complexos regionais. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 02. O mapa representa três grandes complexos regionais brasileiros. a) Qual o critério utilizado para dividir o espaço brasileiro nestes três grandes complexos regionais? ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ b) Caracterize o Centro-Sul, destacando os aspectos relativos à população, à economia e à hierarquia urbana. ____________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ 03. A divisão do território brasileiro em 3 grandes complexos regionais - Amazônia, Nordeste e Centro-Sul - tem a vantagem de caracterizar: ( ) A Amazônia, com seus recursos explorados a partir de um planejamento global do Estado. ( ) O Nordeste, como um polo de atração demográfica, em decorrência do turismo. ( ) O Centro-Sul, como região socioeconômica de poucos contrastes internos. ( ) A homogeneidade econômica no interior de cada complexo, do ponto de vista agropecuário. ( ) a especialidade do processo socioeconômico, considerando a gênese histórica de cada complexo. "A educação é simplesmente a alma de uma sociedade que passa de uma geração para outra." (GK Chesterton ) Janaí /2015
  11. 11. Escola Estadual “Mariano Gomes” Atividades de Geografia Data: ___/___/____ Professora: __________________________________ Aluno(a) : ___________________________________Ano: 3º Ano E.Médio 2 15 – A ESCOLA QUE A GENTE QUER É A ESCOLA QUE A GENTE FAZ 1. (Enem 2002) - Em usinas hidrelétricas, a queda d’água move turbinas que acionam geradores. Em usinas eólicas, os geradores são acionados por hélices movidas pelo vento. Na conversão direta solar-elétrica são células fotovoltaicas que produzem tensão elétrica. Além de todos produzirem eletricidade, esses processos têm em comum o fato de A) não provocarem impacto ambiental. B) independerem de condições climáticas. C) a energia gerada poder ser armazenada. D) utilizarem fontes de energia renováveis. E) dependerem das reservas de combustíveis fósseis. 2. (Enem 2011) - “Águas de março definem se falta luz este ano”. Esse foi o título de uma reportagem em jornal de circulação nacional, pouco antes do início do racionamento do consumo de energia elétrica, em 2001. No Brasil, a relação entre a produção de eletricidade e a utilização de recursos hídricos, estabelecida nessa manchete, se justifica porque A) a geração de eletricidade nas usinas hidrelétricas exige a manutenção de um dado fluxo de água nas barragens. B) o sistema de tratamento da água e sua distribuição consomem grande quantidade de energia elétrica. C) a geração de eletricidade nas usinas termelétricas utiliza grande volume de água para refrigeração. D) o consumo de água e de energia elétrica utilizadas na indústria compete com o da agricultura. E) é grande o uso de chuveiros elétricos, cuja operação implica abundante consumo de água. 3. (Enem 2007) - Qual das seguintes fontes de produção de energia é a mais recomendável para a diminuição dos gases causadores do aquecimento global? A) Óleo diesel. B) Gasolina. C) Carvão mineral. D) Gás natural. E) Vento. 4. (Enem 2009) - A economia moderna depende da disponibilidade de muita energia em diferentes formas, para funcionar e crescer. No Brasil, o consumo total de energia pelas indústrias cresceu mais de quatro vezes no periodo entre 1970 e 2005. Enquanto os investimentos em energias limpas e renováveis, como solar e eólica, ainda são incipientes, ao se avaliar a possibilidade de instalação de usinas geradoras de energia elétrica, diversos
  12. 12. fatores devem ser levados em consideração, tais como os impactos causados ao ambiente e às populações locais. Ricardo. B. e Campanili, M. Almanaque Brasil Socioambiental. Instituto Socioambiental. São Paulo, 2007 (adaptado) Em uma situação hipotética, optou-se por construir uma usina hidrelétrica em região que abrange diversas quedas d'água em rios cercados por mata, alegando-se que causaria impacto ambiental muito menor que uma usina termelétrica. Entre os possíveis impactos da instalação de uma usina hidrelétrica nessa região, inclui-se a) a poluição da água por metais da usina. b) a destruição do habitat de animais terrestres. c) o aumento expressivo na liberação de CO2 para a atmosfera. d) o consumo não renovável de toda água que passa pelas turbinas. e) o aprofundamento no leito do rio, com a menor deposição de resíduos no trecho de rio anterior à represa. 5. (Enem 2010) - Deseja-se instalar uma estação de geração de energia elétrica em um município localizado no interior de um pequeno vale cercado de altas montanhas de difícil acesso. A cidade é cruzada por um rio, que é fonte de água para consumo, irrigação das lavouras de subsistência e pesca. Na região, que possui pequena extensão territorial, a incidência solar é alta o ano todo. A estação em questão irá abastecer apenas o município apresentado. Qual forma de obtenção de energia, entre as apresentadas, é a mais indicada para ser implantada nesse município de modo a causar o menor impacto ambiental? a) Termelétrica, país é possível utilizar a água do rio no sistema de refrigeração. b) Eólica, pois a geografia do local é própria para a captação desse tipo de energia. c) Nuclear, pois o modo de resfriamento de seus sistemas não afetaria a população. d) Fotovoltaica, pois é possível aproveitar a energia solar que chega à superfície do local. e) Hidrelétrica, pois o rio que corta o município é suficiente para abastecer a usina construída. 6. (Enem 2010)A usina hidrelétrica de Belo Monte será construída no rio Xingu, no município de Vitória de Xingu, no Pará. A usina será a terceira maior do mundo e a maior totalmente brasileira, com capacidade de 11,2 mil megawatts. Os índios do Xingu tomam a paisagem com seus cocares, arcos e flechas. Em Altamira, no Pará, agricultores fecharam estradas de uma região que será inundada pelas águas da usina. BACOCCINA, D. QUEIROZ, G.: BORGES, R. Fim do leilão, começo da confusão. Isto é Dinheiro. Ano 13, n.o 655, 28 abri 2010 (adaptado). Os impasses, resistências e desafios associados à construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte estão relacionados a) ao potencial hidrelétrico dos rios no norte e nordeste quando comparados às bacias hidrográficas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. b) à necessidade de equilibrar e compatibilizar o investi mento no crescimento do país com os esforços para a conservação ambiental. c) à grande quantidade de recursos disponíveis para as obras e à escassez dos recursos direcionados para o pagamento pela desapropriação das terras. d) ao direito histórico dos indígenas à posse dessas terras e à ausência de reconhecimento desse direito por parte das empreiteiras.
  13. 13. e) ao aproveitamento da mão de obra especializada dispo - nível na região Norte e o interesse das construtoras na vinda de profissionais do Sudeste do país. 7. (Enem 2011) - Segundo dados do Balanço Energético Nacional de 2008, do Ministério das Minas e Energia, a matriz energética brasileira é composta por hidrelétrica (80%), termelétrica (19,9%) e eólica (0,1%). Nas termelétricas, esse percentual é dividido conforme o combustível usado, sendo: gás natural (6,6%), biomassa (5,3%), derivados de petróleo (3,3%), energia nuclear (3,1%) e carvão mineral (1,6%). Com a geração de eletricidade da biomassa, pode se considerar que ocorre uma compensação do carbono liberado na queima do material vegetal pela absorção desse elemento no crescimento das plantas. Entretanto, estudos indicam que as emissões de metano (CH4) das hidrelétricas podem ser comparáveis às emissões de CO2 das termelétricas. MORET, A. S.; FERREIRA, I. A. As hidrelétricas do Rio Madeira e os impactos socioambientais da eletrificação no Brasil. Revista Ciência Hoje. V. 45, n.° 265, 2009 (adaptado). No Brasil, em termos do impacto das fontes de energia no crescimento do efeito estufa, quanto à emissão de gases, as hidrelétricas seriam consideradas como uma fonte a) limpa de energia, contribuindo para minimizar os efeitos deste fenômeno. b) eficaz de energia, tomando-se o percentual de oferta e os benefícios verificados. c) limpa de energia, não afetando ou alterando os níveis dos gases do efeito estufa. d) poluidora, colaborando com níveis altos de gases de efeito estufa em função de seu potencial de oferta. e) alternativa, tomando-se por referência a grande emissão de gases de efeito estufa das demais fontes geradoras. "Aquele que abre uma porta da escola, fecha uma prisão." (Victor Hugo) Janaí /2015

×