SÍFILIS    SUSANA SOLEDADE         Salvador      Fevereiro, 2013
AGENTE ETIOLÓGICO• Treponema pallidum
TRANSMISSÃO• Relações sexuais• Placentária
ESTÁGIOS DA SÍFILIS
SÍFILIS PRIMÁRIA• Surge 3 semanas após o contágio.• O cancro se cura em 3 a 6 semanas.• Numerosos no exsudato seroso do ca...
SÍFILIS PRIMÁRIA          Pápula avermelhada, firme e          elevada. Forma úlcera rasa de                   base limpa....
SÍFILIS SECUNDÁRIA• Ocorre 2 a 10 semanas após o cancro.• 75% dos indivíduos não tratados.• Lesões nas palmas ou solas dos...
SÍFILIS TERCIÁRIA• 1/3 dos pacientes não tratados.• Após 5 anos ou mais.• Manifestações principais:
SÍFILIS TERCIÁRIA: CARDIOVASCULAR AORTITE SIFILÍTICA  80% DOS CASOS
• Aortite sifilítica (inflamação crônica inespecífica) (A. 94)
SÍFILIS TERCIÁRIA: NEUROSSÍFILIS  TESTE DE ANTICORPOS NO LCR:                                LONGA ANTIBIÓTICOTERAPIA     ...
NEUROSSÍFILIS MENINGOVASCULAR
SÍFILIS TERCIÁRIA BENIGNA                       Formação de gomas:• Ossos (dor, edema, sensibilidade, fraturas)• Pele, mem...
SÍFILIS TERCIÁRIA            Goma
SÍFILIS CONGÊNITA• Mais comum na sífilis primária e secundária.• Sífilis não tratada: 25% de morte intrauterina e morte pe...
TESTES SOROLÓGICOS PARA SÍFILIS
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Liga Baiana de Patologia Cirúrgica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Liga Baiana de Patologia Cirúrgica

535 visualizações

Publicada em

Aula ministrada por Susana Soledade dia 28/02/12.
Faculdade de Tecnologia e Ciências.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Colocar foto do Treponema pallidum.
  • Fotos de transmissão
  • Liga Baiana de Patologia Cirúrgica

    1. 1. SÍFILIS SUSANA SOLEDADE Salvador Fevereiro, 2013
    2. 2. AGENTE ETIOLÓGICO• Treponema pallidum
    3. 3. TRANSMISSÃO• Relações sexuais• Placentária
    4. 4. ESTÁGIOS DA SÍFILIS
    5. 5. SÍFILIS PRIMÁRIA• Surge 3 semanas após o contágio.• O cancro se cura em 3 a 6 semanas.• Numerosos no exsudato seroso do cancro.• Disseminação hematogênica e linfática.
    6. 6. SÍFILIS PRIMÁRIA Pápula avermelhada, firme e elevada. Forma úlcera rasa de base limpa. Infiltrado de plasmócitos, com macrófagos, linfócitos, e endarterite proliferativa.
    7. 7. SÍFILIS SECUNDÁRIA• Ocorre 2 a 10 semanas após o cancro.• 75% dos indivíduos não tratados.• Lesões nas palmas ou solas dos pés.• Maculopapulares, escamosas ou pustulares.• Condylomata lata (placas elevadas e de base ampla• Erosões superficiais cinza-prateadas em boca, faringe e genitália externa.• Além das lesões: linfadenopatia, febre branda, mal-estar, perda de peso.
    8. 8. SÍFILIS TERCIÁRIA• 1/3 dos pacientes não tratados.• Após 5 anos ou mais.• Manifestações principais:
    9. 9. SÍFILIS TERCIÁRIA: CARDIOVASCULAR AORTITE SIFILÍTICA 80% DOS CASOS
    10. 10. • Aortite sifilítica (inflamação crônica inespecífica) (A. 94)
    11. 11. SÍFILIS TERCIÁRIA: NEUROSSÍFILIS TESTE DE ANTICORPOS NO LCR: LONGA ANTIBIÓTICOTERAPIA ESPECÍFICO
    12. 12. NEUROSSÍFILIS MENINGOVASCULAR
    13. 13. SÍFILIS TERCIÁRIA BENIGNA Formação de gomas:• Ossos (dor, edema, sensibilidade, fraturas)• Pele, membranas mucosas das vias aéreas superiores e boca (lesões nodulares, lesões ulcerativas destrutivas)• Comum em HIV +.
    14. 14. SÍFILIS TERCIÁRIA Goma
    15. 15. SÍFILIS CONGÊNITA• Mais comum na sífilis primária e secundária.• Sífilis não tratada: 25% de morte intrauterina e morte perinatal. Antes dos 2 anos •Corrimento nasal Depois dos 2 anos •Congestão •Exantema descamante ou bolhoso, levando a desprendimento da pele (mãos, pés, boca, ânus) •Hepatomegalia •Anormalidades esqueléticas
    16. 16. TESTES SOROLÓGICOS PARA SÍFILIS

    ×