Apresentação Colonia de Ferias 2011

2.058 visualizações

Publicada em

Slides explicativos sobre o projeto das Colônias de Férias e sua cartilha, especialmente a de 2011, cuja temática será dos Direitos Humanos

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.058
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
143
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Colonia de Ferias 2011

  1. 1. Colônia de Férias 2011
  2. 2. Desde 2005, a Inspetoria Salesiana do Nordeste vem realizando junto a Família Salesiana, amigos e parceiros, as Colônias de Férias em diversas cidades da região. A atividade oferece a a centenas de crianças, adolescentes e jovens de baixa renda a oportunidade de viver o período das férias de modo construtivo, participando de diferentes atividades de caráter cultural, religioso e de tempo livre. Também permite aos jovens animadores uma rica experiência voluntária.
  3. 3. Todos os anos, a Pastoral Juvenil da Inspetoria Salesiana do Nordeste prepara um subsídio, que é de extrema importância para sintonia e conhecimento temático, além de ser roteiro para atividades.
  4. 4. ^ Colonia de nsino Percorrendo com os jovens o caminho de Emaús Percorrendo com os jovens o caminho de Emaús Anosanteriores
  5. 5. 2011
  6. 6. - Congresso SistemaPreventivo e Direitos Humanos, realizado em janeiro de 2009 “Somos herdeiros e portadores de um carisma educativo que tende à promoção de uma cultura da vida e à troca das estruturas. Por isso, temos o dever de promover os direitos humanos. A história da Família Salesiana e a sua rápida expansão, mesmo em situações culturais e religiosas tão distantes e diversas daquelas que viram o seu nascimento, testemunha como o sistema preventivo de Dom Bosco é uma porta de acesso garantida para a educação juvenil, de qualquer contexto, e uma plataforma de diálogo para uma nova cultura dos direitos e da solidariedade. Como salesianos, a educação aos direitos humanos, em particular aqueles da criança, é a via privilegiada para realizar, nos diversos contextos, o empenho de prevenção, de desenvolvimento humano integral, de construção de um mundo mais équo, mais justo, mais salubre. A linguagem dos direitos humanos nos permite também o diálogo e a inserção da nossa pedagogia nas diferentes culturas do mundo” (Pe. Pascual Chavez, Reitor Mor) Inspiração 2011
  7. 7. • • • Apresentação • Introdução: Direitos Humanos e Sistema Preventivo • Encontros com os animadores - Identidade e prática do educador(a)/ animador(a) salesiano - Sistema Preventivo e Direitos Humanos - Estreia 2011: um apelo às vocações - O Voluntariado Missionário Salesiano • Orientações para o uso do subsídio Estrutura Geral do SUBSÍDIO
  8. 8. • • • Encontros: 1. Liberdade e Igualdade 2. Vida Segura 3. Trabalho e Dignidade 4. Lazer 5. Saúde 6. Educação e Cultura 7. Comunicação 8. Respeito às diferenças 9. Diálogo e Identidade 10. Amor e Partilha • Teatros / Leitura Complementar/ Músicas Estrutura Geral do SUBSÍDIO (cont.)
  9. 9. Encontro DH (versão popular do Frei Beto) CITAÇÃO BIBLICA CITAÇÃO SALESIANA LIBERDADE E IGUALDADE Todos nascemos livres e somos iguais em dignidade e direitos. “É para liberdade que Cristo nos libertou. Permanecei firmes, portanto, e não vos deixeis prender de novo ao julgo da escravidão”. (Gl 5,1) ‘’Em todo jovem, mesmo no mais infeliz, há um ponto acessível ao bem e a primeira obrigação do educador é buscar esse ponto, essa corda sensível do coração e tirar bom proveito’’. (D.B.) VIDA SEGURA Todos temos direitos à vida, à liberdade e à segurança pessoal e social. “A paz é fruto da justiça. De fato, o trabalho da justiça resultará em tranquilidade e segurança permanentes”. (Is 32, 17) “Se quereis que a vossa vida seja alegre e tranqüila, esforçai-vos por permanecer na graça de Deus”.(D.B.) TRABALHO E DIGNIDADE Todos temos direito ao trabalho digno e bem remunerado. “O trabalhador é digno do seu salário.” (Lc 10,7) “O homem é feito para o trabalho; e somente quem trabalha com amor e constância acha leve o cansaço”. (D. B.) Encontros
  10. 10. LAZER Todos temos direito ao descanso, ao lazer e às férias. “Há momento para tudo e tempo para cada coisa”. (Ecle 3,1) “Dê-se ampla liberdade de correr, pular e gritar à vontade. Os exercícios ginásticos e desportivos, a música, a declamação, o teatro e os passeios, são meios eficacíssimos para alcançar a disciplina, favorecer a moralidade e conservar a saúde”. (D.B)SAÚDE Todos temos direito à saúde e assistência médica e hospitalar. “Aproximou-se dele e fez curativos nas feridas”. (Lc 10, 34) EDUCAÇÃO E CULTURA Todos temos direito à instrução, à escola, à arte e à cultura. “Aprendei de mim porque sou manso e humilde de coração”. (Mt 11,29) Educação é coisa do coração (D. B.) COMUNI- CAÇÃO Todos temos direito à informação verdadeira e correta. “Falai a verdade ao seu próximo.” (Zc 8, 16) “Quando você faz alguma coisa, ou fala, ou pensa, procure que seja tudo para benefício da sua alma”. (D. B.)
  11. 11. RESPEITO ÀS DIFERENÇAS Todos temos direito de não sofrer nenhum tipo de discriminação. “Quem não tiver pecado atire a primeira pedra.” (Jo 8,7) ‘’Encorajar sempre, jamais humilhar; louvar quando possível sem nunca desprezar’’. DIÁLOGO E IDENTIDADE Todos temos liberdade de pensar, de nos manifestar, de nos reunir e de crer. “Apesar de serem muitos, todos os membros do corpo formam um só corpo”. (1Cor 12, 12) “Se queres fazer-te bom, pratica apenas três coisas e tudo andará bem. Ei-las: alegria, estudo e piedade.” AMOR E PARTILHA Todos temos direito ao amor e aos frutos do amor. “”Amai-vos uns aos outros” (Jo 15,12) “O amor é uma luz que não deixa escurecer a vida”
  12. 12. • Bom dia/ Boa tarde: 1. Acolhida 2. Teatro* 3. Reflexão 4. Gesto concreto 5. Oração • Grupos e Oficinas • Recreação/ Esportes • Encerramento das atividades Estrutura sugerida para cada encontro
  13. 13. www.inspetoriasalesiana.org.br

×