1 140527210337-phpapp02

180 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
180
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1 140527210337-phpapp02

  1. 1. Discipulado na Prática Ideias para um discipulado mais profundo, intencional e transformador
  2. 2. Outra definição de discipulado • Discipulado é uma amizade com o propósito intencional de crescer em Cristo • É amizade, relacionamento, convivência • É intencional, tem objetivos • Crescer em Cristo: visa transformação gradual
  3. 3. Ore e dependa de Deus em tudo • Ore para escolher a pessoa que você irá discipular, pelo relacionamento de vocês, etc • Veja o conteúdo das orações de Paulo: Ef 1:15-18; 3:14-21; Fp 1:9- 11; Cl 1:9-12 • Paulo orava por maturidade, discernimento, sabedoria e frutos
  4. 4. Concentre-se em poucas pessoas • De 1 a 3 pessoas está excelente • O importante não é a quantidade mas a qualidade • A quantidade será alcançada pela multiplicação (o discípulo que discípula outro e assim por diante)
  5. 5. Importante: seja sempre sigiloso • Nunca compartilhe com outros o que foi dito no discipulado e que for de caráter pessoal • Sem essa confiança o discipulado nunca irá decolar • O discipulado é um ótimo contexto para praticar Tiago 5:16
  6. 6. Quanto tempo deve durar o discipulado? • Sugestão: de 2 a 3 anos (talvez mais) • Um tempo limitado evita a dependência e o comodismo (quando o relacionamento não nos desafia mais a crescer) • A pessoa que você discipula precisa aprender com outros também • A pessoa não é seu discípulo, é discípulo de Cristo
  7. 7. Critérios para escolher quem discipular • 2 Timóteo 2:2 • Ser ensinável: é aberto ao ensino? • Ser fiel: cumpre os compromissos? • Ser disponível: tem tempo?
  8. 8. Como eu aprendo a discipular? • (1) Praticando • (2) Lendo – sugestão: “Fazendo Toda a Diferença” (Benjamin Wong) • (3) Trocando experiências com outros discipuladores
  9. 9. Sobre os Encontros • Encontrem-se de preferência semanalmente • Intimidade é algo que se desenvolve com a convivência • Busque sempre a profundidade: no estudo, na oração e no abrir do coração • Se for para ser superficial, desista; o discipulado será perda de tempo
  10. 10. O Discipulando Precisa Servir • Desenvolva no discípulo um coração de servo e uma paixão por servir a Deus • Envolva sempre o discipulando em algum ministério • Jesus fez isso o tempo todo com os doze e Paulo também (com Silas, Timóteo, Tito etc)
  11. 11. O Discipulando Precisa Servir • Encontros apenas teóricos não produzirão maturidade • É na experiência de servir que o discipulando aprenderá humildade, dependência de Deus, responsabilidade, etc • Se necessário, capacite-o ou providencie a capacitação
  12. 12. Não Tente Ser Deus • Não faça pelo discipulando o que ele precisa fazer por si mesmo • Não tente fazer o que só Deus pode fazer na vida dele • Não crie dependência, não seja paternalista • Ajude-o a assumir a responsabilidade por sua própria vida (Gl 6:5; 2Co 5:10)
  13. 13. Multiplicação é Fundamental • Seu trabalho só estará completo quando o discipulando estiver fazendo a mesma coisa com pelo menos mais uma pessoa (multiplicação)
  14. 14. FIM Outros Comentários, Perguntas ou Sugestões?

×