Antibioticos emergencia

910 visualizações

Publicada em

aula para estudantes de medicina em abril 2013

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
910
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antibioticos emergencia

  1. 1. Antibioticoterapiana emergênciaIvan Saraiva2013www.entendendoamedicina.com
  2. 2. Sumário• Introdução• Rastreio de infecção grave• Antibioticoterapia precoce
  3. 3. Sepse – a doença mais comum 18 milhões de casos por ano no mundo Maior causa de morte neonatal e infantil nomundo subdesenvolvido Mortalidade de 30-50% Tratamento precoce pode diminuir amortalidade pela metadehttp://www.world-sepsis-day.org/
  4. 4. Número de internações hospitalarespor sepse superaram o de infartoagudo do miocárdiohttp://www.world-sepsis-day.org/
  5. 5. Conceitos básicos de respostainflamatória sistêmica• SIRS• GL >12k ou <4k ou >10% formasjovens• FC >90• FR >20 ou pCO2<32• Temp >38 ou <36• Sepse• SIRS + foco infeccioso• Sepse grave• sepse + lesão de órgão• Choque séptico• hipotensão / hipoperfusãorefratária
  6. 6. River’strialN Engl J Med2001;345:1368-77.
  7. 7. O protocolo EGDT reduziusensivelmente a mortalidade
  8. 8. Estudo de Kumarwww.world-sepsis-day.orgCrit Care Med,34: 1589-1596,2006
  9. 9. Ênfase em antibióticos antes doreconhecimento do choqueCrit CareMed. 2011September;39(9):2066–2071
  10. 10. A mortalidade só mostrou relação com tempo deantibióticos quando considerado em relação aomomento de lactato >4 ou PAS <90 após fluidosCrit CareMed. 2011September;39(9):2066–2071
  11. 11. Dellinger RP et al. CritCare Med 2013 Feb 41:580
  12. 12. Vários sinais clínicos podemapontar a presença de infecçãona corrente sanguínea•Hipotensão•Febre•Leucocitose•Bastonetemia•Eosinopenia•Outros marcadores inflamatórios•Apetite!
  13. 13. The Journal of Emergency Medicine 2012, 42, 254-259
  14. 14. Aceitação dadietaProporçãopacientesHemoculturaspositivas>80% 41,6% 1,4%50-80% 17,8% 3,9%<50% 39,8% 18,5%Total 1179 1179Komatsu et al. J Hosp Med. 2012 Nov-Dec;7(9):702-5
  15. 15. Rastreando sepse grave
  16. 16. Recomendações práticassobre antibióticos•Sítio provável : germes possíveis•Fatores de risco para MDRB•Internação 3-6 meses prévios•Uso de antimicrobianos recentemente•Infecções repetidas e culturas prévias•Conhecer a microbiologia local e orientações deguidelines, CCIH, etc.
  17. 17. O fim... Para estes slides e outras coisas, visitewww.entendendoamedicina.com

×