APRESENTAÇÃO BASEADA NO LIVRO:
Sexo: espiritualidade, instinto e cultura / Ageu Heringer Lisboa. – Viçosa: Ultimato,
2006.
 UM OLHAR CRÍTICO E INTERROGATIVO
SOBRE O ESPÍRITO OU IDEOLOGIA
PREDOMINANTE DE NOSSA ÉPOCA.
 AONDE ENCONTRAMOS ESTA IDEOLOGIA?
1. LITERATURA
2. MÚSICA
3. MODA
 Tais informações chegam até nós por
intermédio das i...
Quem são? Aonde estão?
1. Comunidades rurais;
2. Os que bebem em fontes mais diversificadas:
bibliotecas, os que lêem revi...
 A maioria dos pais acreditam que(os
desenhos animados) trata-se de
entretenimento seguro e inocente que
garante a presen...
 Perceba o quanto é comum a celebração de
heróis grosseiros, altamente competitivos,
materialistas e sem estrutura famili...
 Essa coisificação da vida é conseqüência da
morte moral que chega aos poucos àqueles
que estão expostos a esses estímulo...
 É preciso sair da passividade e se tornar um
protagonista que escolhe o melhor para si.
 As propostas que ultimamente v...
 Que tipo de liberdade e dignidade existe nos
jogos sexuais que dão origem a crianças sem
pais e acarretam sofrimento psí...
“ O adulto de hoje é reflexo da criança e
adolescente de ontem como será o adulto do
amanhã? ” (Autor desconhecido)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CRISTIANISMO E A MÍDIA

203 visualizações

Publicada em

Um olhar teológico sobre a mídia atual.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
203
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CRISTIANISMO E A MÍDIA

  1. 1. APRESENTAÇÃO BASEADA NO LIVRO: Sexo: espiritualidade, instinto e cultura / Ageu Heringer Lisboa. – Viçosa: Ultimato, 2006.
  2. 2.  UM OLHAR CRÍTICO E INTERROGATIVO SOBRE O ESPÍRITO OU IDEOLOGIA PREDOMINANTE DE NOSSA ÉPOCA.
  3. 3.  AONDE ENCONTRAMOS ESTA IDEOLOGIA? 1. LITERATURA 2. MÚSICA 3. MODA  Tais informações chegam até nós por intermédio das industrias que condicionam hábitos de consumo e mentalidades.
  4. 4. Quem são? Aonde estão? 1. Comunidades rurais; 2. Os que bebem em fontes mais diversificadas: bibliotecas, os que lêem revistas e jornais; estes são os menos atingidos. Precisamos de filtros capazes de nos prover discernimento profundo sobre as coisas: 1. Sobre espíritos; 2. Sobre ideologias; 3. Fenômenos sociais;
  5. 5.  A maioria dos pais acreditam que(os desenhos animados) trata-se de entretenimento seguro e inocente que garante a presença do filho em casa, longe do perigo das ruas.  Mas quando passamos a considerá-los criticamente logo descobrimos que nem sempre são inocentes produções neutras(especialmente os cartuns).  Como em qualquer fato cultural, conteúdos ideológicos aparecem ou transparecem.
  6. 6.  Perceba o quanto é comum a celebração de heróis grosseiros, altamente competitivos, materialistas e sem estrutura familiar;  Eles são narcisistas, ignorantes, egocêntricos, ineficientes e terrivelmente engraçados.  A exposição freqüente a esse tipo de imagem alimenta um cinismo e indiferença para com a vida, ridicularizando e detonando qualquer sentimento de compaixão por pessoas e animais.  TUDO VEM VIRANDO COISAS...
  7. 7.  Essa coisificação da vida é conseqüência da morte moral que chega aos poucos àqueles que estão expostos a esses estímulos condicionadores.  Vende-nos o acesso direto e pessoal a um admirável mundo novo – que vem a implodir anos depois com doenças desfiguradoras, impotência sexual e ruína moral e econômica.  As rápidas imagens mostradas na in- comunicação televisiva tende a sacrificar a profundidade de tratamento, ou mesmo a verdade, pele a necessidade de impactar, o telespectador passivo e geralmente acrítico.
  8. 8.  É preciso sair da passividade e se tornar um protagonista que escolhe o melhor para si.  As propostas que ultimamente vem nos apresentando, trata-se na verdade de culto de si mesmo, atitude narcisista e socialmente irresponsável.  Na área sexual, é dito que cada um tem o direito de viver sua sexualidade do modo como quiser, que é algo de foro íntimo. Mas é o sistema de saúde pública que arca com os custos do tratamento daqueles que adquirem doenças sexualmente transmissíveis e daqueles que sofrem com as seqüelas do abortos.
  9. 9.  Que tipo de liberdade e dignidade existe nos jogos sexuais que dão origem a crianças sem pais e acarretam sofrimento psíquico social em larga escala?  É necessário desenvolvermos um senso temporal que nos livre do imediatismo opressivo e nos descortine uma perspectiva de longo prazo.  Desta forma resistiremos melhor às pressões para se queimar etapas prematuramente, o que tem resultado desagradáveis e permanentes.
  10. 10. “ O adulto de hoje é reflexo da criança e adolescente de ontem como será o adulto do amanhã? ” (Autor desconhecido)

×