ARQUITETURAARQUITETURAPRÉ-COLOMBIANAPRÉ-COLOMBIANA900 a.C.-1532 d.C.900 a.C.-1532 d.C.Isis Magalhães MaruccoIsis Magalhães...
 ““As civilizações mesoamericanas viveram naAs civilizações mesoamericanas viveram naregião do México e em partes da Guat...
Distrito Cerimonial, Monte Albán (V a.C. e VII d.C.)Planejada ao redor de um distrito cerimonial característico, contava c...
Teotihuacán (150-650)Erguida sobre base quadriculada, com a Pirâmide do Sol ao centro e a Avenida dosMortos como eixo prin...
Pirâmide dos Nichos, El Tajín (200–900)A pirâmides contém 365 nichos nas laterais, como referência ao ano solar, e umaesca...
Estilo Talud-Tablero,TheotihuacánO estilo talud-tablero, ou“rampa-plataforma”,surgiu nos edifícios deTheotihuacán e consis...
Pirâmide da Lua, Teotihuacán (200)A pirâmide dedicada a divindade da Lua é uma estrutura gigante na extremidade nortedo ei...
Estelas, TheotihuacánSão as mais antigas pedras monolíticas verticais encontradas em Teotiguacán etinham função meramente ...
PERÍODO CLÁSSICO MAIA (séc. VI – X)PERÍODO CLÁSSICO MAIA (séc. VI – X) ““A civilização maia produziu alguns dos maisA civ...
Templo das Inscrições, Palenque - México (675)A escadaria íngreme do templo dava acesso a nove andares, remetendo de modo ...
Fachada e Planta do Santuário, Palenque - México (675)No Templo das inscrições, o santuário é protegido por uma entrada co...
Planta de Palenque, México
Telhados dentadosNo período ClássicoMaia, havia telhadosdentados, ou cresterías,no topo da maioria daspirâmides de estrutu...
Arcos e MísulasUm dos avanços de engenharia foram as abóbodas sustentadas por mísulas. No início, ambientesestreitos eram ...
Abóboda dupla com mísulaEm Palenque os maiassuperaram as limitações deespaços abobadadosestreitos. Ao construir duasabóbod...
ESTILO MAIA DE PUUC séc. VIII e IXESTILO MAIA DE PUUC séc. VIII e IX ““As cidades deixaram de ser dominadas porAs cidades...
“Convento”, UxmalEste pátio – localizado nacidade de Uxmal, no estiloPuuc, e que seria chamado de“Convento” pelos espanhói...
“Convento”, Uxmal, séc. VIII
Planta do “Convento”O convento possuíamais de quarentaquartos duplos e umapartamentocerimonial com seisambientes. Osmétodo...
Friso de Mosaico,UxmalO palácio do governante de Uxmal é enfeitado com um longo frisode mosaico.Motivos geométricos e másc...
Palácio de Sayil, Iucatã, séc. VIIIO segundo andar do palácio de Sayil é um pórtico aberto com colunas monolíticase ábacos...
Palácio de Sayil, Iucatã, séc. VIII
Palácio de Sayil, Iucatã, séc. VIII
Palácio das Máscaras,Kabah, séc. VIII
Sítio zapoteca de Mitla, vale OaxacaFrisos de Mosaico
Sítio zapoteca de Mitla,vale Oaxaca.Frisos de Mosaico
CIDADES PÓS-CLÁSSICAS, séc. XCIDADES PÓS-CLÁSSICAS, séc. X ““No séc. X, a maioria das cidades maias estavamNo séc. X, a m...
Quadra de jogo de bola, Chichén ItzáAs quadras de jogo de bola eram rodeadas por muros altos com assentos. O baixo-relevo ...
Anel da quadra do jogo de bola, TulaO jogo de bola mesoamericanoconsistia em fazer uma bola durapassar por dois grandes an...
Estilo Puuc, Chichén ItzáOs pequenos edifícios do extremo sul do “Convento” eram acessíveis pela sacbé, umaestrada process...
Estilo Puuc, Chichén ItzáEm Tula e Chichén Itzá, há estátuas de figuras humanas reclinadas, ou chacmool, emedifícios relig...
Pedra de Tizoc, TenochtitlánA civilização Asteca contavacom escultores habilidosos,responsáveis por figurasprofundas – e à...
Colunas, TulaAs colunastornaram-se maiscomuns no períodopós-clássico. Asmaiores colunas deTula eramconstruídas comquatro o...
Colunas, Tula
ARQUITETURA INCA, séc. XII - 1532ARQUITETURA INCA, séc. XII - 1532 ““ A civilização Inca da região do Peru,A civilização ...
Alvenaria IncaAs paredes dos edifícios incas mais importantes eram construídas com blocospoligonais de pedra talhada encai...
Chullpas, lago TiticacaAs torres funerárias pré-incas (chullpas) encontradas ao redor do lago Titicaca eramconstruídas par...
TambosEram paragens para mensageiros construídas nas estradas incas, revelam característicasda arquitetura inca, como a pe...
Casa das Virgens do Sol, lago TiticacaEram um tipo de convento educacional para um grupo seleto de mulheres – em geralconc...
Machu Picchu, séc. XVFica a 2430 metros de altitude, no topo de uma montanha, é o exemplo mais bem acabadoda adaptação da ...
Machu Picchu, séc. XVTerraços férteis se projetavam sobre os precipícios. Três templos de alvenaria sofisticada,construído...
Machu Picchu, séc. XV
BIBLIOGRAFIABIBLIOGRAFIA História Ilustrada da Arquitetura; Cole, Emily; Publifolha; 2009História Ilustrada da Arquitetur...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arquitetura Pré-Colombiana

4.848 visualizações

Publicada em

Trabalho de Monitoria da Universidade Federal Fluminense (UFF)

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.848
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
129
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arquitetura Pré-Colombiana

  1. 1. ARQUITETURAARQUITETURAPRÉ-COLOMBIANAPRÉ-COLOMBIANA900 a.C.-1532 d.C.900 a.C.-1532 d.C.Isis Magalhães MaruccoIsis Magalhães Marucco20132013
  2. 2.  ““As civilizações mesoamericanas viveram naAs civilizações mesoamericanas viveram naregião do México e em partes da Guatemala, deregião do México e em partes da Guatemala, deBelize e de Honduras no início do século IX a.C.Belize e de Honduras no início do século IX a.C.à conquista espanhola, em 1519.”à conquista espanhola, em 1519.”Emily ColeEmily Cole
  3. 3. Distrito Cerimonial, Monte Albán (V a.C. e VII d.C.)Planejada ao redor de um distrito cerimonial característico, contava com duasplataformas de pedra – as acrópoles norte e sul-, que circundavam uma grande praçacom outros templos, pirâmides, túmulos e quadra de jogos de bola. Todos os edifícioseram construídos acima do nível da praça e acessíveis por grandes escadariasPRIMEIRAS CIDADESPRIMEIRAS CIDADES
  4. 4. Teotihuacán (150-650)Erguida sobre base quadriculada, com a Pirâmide do Sol ao centro e a Avenida dosMortos como eixo principal. A cidade foi dividida em bairros, característica imitadamais tarde pelos Astecas.
  5. 5. Pirâmide dos Nichos, El Tajín (200–900)A pirâmides contém 365 nichos nas laterais, como referência ao ano solar, e umaescadaria que leva ao Santuário.
  6. 6. Estilo Talud-Tablero,TheotihuacánO estilo talud-tablero, ou“rampa-plataforma”,surgiu nos edifícios deTheotihuacán e consisteem alternar umasuperfície inclinada, comose fosse uma rampa(talud), com um painelretangular vertical(tablero). Os frisosformados por essaestrutura eramemoldurados, esculpidos epintados com cores vivas.
  7. 7. Pirâmide da Lua, Teotihuacán (200)A pirâmide dedicada a divindade da Lua é uma estrutura gigante na extremidade nortedo eixo principal da cidade. A escada de pedra que cortava quatro camadas de talud-toblero na base conduzia ao santuário de pedra sapê no topo da pirâmide.
  8. 8. Estelas, TheotihuacánSão as mais antigas pedras monolíticas verticais encontradas em Teotiguacán etinham função meramente religiosa.
  9. 9. PERÍODO CLÁSSICO MAIA (séc. VI – X)PERÍODO CLÁSSICO MAIA (séc. VI – X) ““A civilização maia produziu alguns dos maisA civilização maia produziu alguns dos maisimportantes monumentos da Mesoamérica pré-importantes monumentos da Mesoamérica pré-colombiana. As pirâmides eram construídascolombiana. As pirâmides eram construídassobre edificações anteriores, tradição quesobre edificações anteriores, tradição queconferia autoridade ancestral e, ao mesmoconferia autoridade ancestral e, ao mesmotempo, mais altura à nova estrutura. A elevaçãotempo, mais altura à nova estrutura. A elevaçãoera fundamental na arquitetura religiosa e seera fundamental na arquitetura religiosa e semanifestava nas escadarias vertiginosas feitasmanifestava nas escadarias vertiginosas feitaspara alcançar os deuses.”para alcançar os deuses.”Emily ColeEmily Cole
  10. 10. Templo das Inscrições, Palenque - México (675)A escadaria íngreme do templo dava acesso a nove andares, remetendo de modo simbólico aosníveis do mundo inferior mesoamericano. No topo, havia um santuário com telhado em mansardade concreto, típico dos edifícios de Palenque. Uma escadaria oculta descia à cripta da base dapirâmide, onde o rei Pacal (616-683) foi enterrado.
  11. 11. Fachada e Planta do Santuário, Palenque - México (675)No Templo das inscrições, o santuário é protegido por uma entrada com pórtico de cinco arcosdecorado com figuras de estuque e as famosas “inscrições” – 620 hieróglifos que contam a históriados governantes da cidade.
  12. 12. Planta de Palenque, México
  13. 13. Telhados dentadosNo período ClássicoMaia, havia telhadosdentados, ou cresterías,no topo da maioria daspirâmides de estruturavazada, uma inclinadacontra a outra, com relevode estuque e esculturas ddeuses e governantes.
  14. 14. Arcos e MísulasUm dos avanços de engenharia foram as abóbodas sustentadas por mísulas. No início, ambientesestreitos eram arqueados a partir de duas pilhas de pedra, uma de cada lado, gradualmenteprojetadas uma contra a outra. Em abóbodas posteriores, os maias ajustaram a curvatura do teto àespessura da parede com argamassa e balastro, o que permitia revestir a superfície do ambientecom gesso e pintá-la.
  15. 15. Abóboda dupla com mísulaEm Palenque os maiassuperaram as limitações deespaços abobadadosestreitos. Ao construir duasabóbodas com mísula lado alado, com uma paredecentral estabilizadora, opeso sobre as paredeslaterais diminuiu, o quepossibilitou a construção deambintes mais amplos.
  16. 16. ESTILO MAIA DE PUUC séc. VIII e IXESTILO MAIA DE PUUC séc. VIII e IX ““As cidades deixaram de ser dominadas porAs cidades deixaram de ser dominadas porimponentes construções religiosas, e a arquiteturaimponentes construções religiosas, e a arquiteturavoltou-se para os palácios dos governantes. Localizadosvoltou-se para os palácios dos governantes. Localizadosem plataformas altas, os palácios eram complexos cadaem plataformas altas, os palácios eram complexos cadavez maiores, com muitos ambientes vastos pátios.vez maiores, com muitos ambientes vastos pátios.O estilo arquitônico Puuc, caracterizado por decoraçõesO estilo arquitônico Puuc, caracterizado por decoraçõesesculturais com formas mais geométricas, pela repetiçãoesculturais com formas mais geométricas, pela repetiçãodos mesmos motivos sobre grandes superfícies e pelosdos mesmos motivos sobre grandes superfícies e pelosenfeites basados na cosmologia maia.”enfeites basados na cosmologia maia.”Emily ColeEmily Cole
  17. 17. “Convento”, UxmalEste pátio – localizado nacidade de Uxmal, no estiloPuuc, e que seria chamado de“Convento” pelos espanhóis – érodeado por quatro palácioscompridos.O bloco norte foi construído sobreuma plataforma mais alta; ospalácios laterais seguem a altura dobloco sul, onde está a entrada,acessível por uma escada da praçafora do pátio. O palácio construíauma experiência de ascensãocontínua.
  18. 18. “Convento”, Uxmal, séc. VIII
  19. 19. Planta do “Convento”O convento possuíamais de quarentaquartos duplos e umapartamentocerimonial com seisambientes. Osmétodos Puuc –comestruturas de balastrorevestidas depedregulhos-permitiam aconstrução emgrandes dimensões.
  20. 20. Friso de Mosaico,UxmalO palácio do governante de Uxmal é enfeitado com um longo frisode mosaico.Motivos geométricos e máscaras de Chac (símbolos do Sol e da chuva) sãodistribuídos pela fachada ao redor da efígie central do governante.
  21. 21. Palácio de Sayil, Iucatã, séc. VIIIO segundo andar do palácio de Sayil é um pórtico aberto com colunas monolíticase ábacos de pedra. O friso é esculpido no estilo Puuc, com efígies de deuses eserpentes separadas por conjuntos de balaústres. Estes são representações empedra das cabanas de madeira primitiva e têm por função estabelecer uma relaçãosimbólica entre o governo e o povo.
  22. 22. Palácio de Sayil, Iucatã, séc. VIII
  23. 23. Palácio de Sayil, Iucatã, séc. VIII
  24. 24. Palácio das Máscaras,Kabah, séc. VIII
  25. 25. Sítio zapoteca de Mitla, vale OaxacaFrisos de Mosaico
  26. 26. Sítio zapoteca de Mitla,vale Oaxaca.Frisos de Mosaico
  27. 27. CIDADES PÓS-CLÁSSICAS, séc. XCIDADES PÓS-CLÁSSICAS, séc. X ““No séc. X, a maioria das cidades maias estavamNo séc. X, a maioria das cidades maias estavamem decadência e o centro da atividade deem decadência e o centro da atividade deconstrução voltou-se para o México central,construção voltou-se para o México central,onde surgiram duas cidades importantes: Tula eonde surgiram duas cidades importantes: Tula eChichén Itzá. As populações pós-clássicas foramChichén Itzá. As populações pós-clássicas forammais absorvidas pelas atividades da guerra, o quemais absorvidas pelas atividades da guerra, o queresultou em estruturas austeras.”resultou em estruturas austeras.”Emily ColeEmily Cole
  28. 28. Quadra de jogo de bola, Chichén ItzáAs quadras de jogo de bola eram rodeadas por muros altos com assentos. O baixo-relevo na parte interna dos muros da quadra de Chichén Itzá mostra o time perdedorsacrificado aos Deuses e as cabeças dos atletas na prateleira das caveiras.
  29. 29. Anel da quadra do jogo de bola, TulaO jogo de bola mesoamericanoconsistia em fazer uma bola durapassar por dois grandes anéis de pedra,presos nas laterais da quadra. Os anéisde Tula, com adornos estilizados, eramdedicados à serpente emplumadaQuetzalcoatl.
  30. 30. Estilo Puuc, Chichén ItzáOs pequenos edifícios do extremo sul do “Convento” eram acessíveis pela sacbé, umaestrada processional elevada. A decoração dos prédios, de estilo Puuc, contava commáscaras do Deus da chuva, Chaca, um grande friso de mosaico e motivosgeométricos. A densidade e agressividade dos entalhes são típicas do período pós-clássico.
  31. 31. Estilo Puuc, Chichén ItzáEm Tula e Chichén Itzá, há estátuas de figuras humanas reclinadas, ou chacmool, emedifícios religiosos e seculares. Com a cabeça em ângulo de 90 graus e um receptáculoem forma de disco no ventre, os chacmools eram altares para oferendas cacrificiais,
  32. 32. Pedra de Tizoc, TenochtitlánA civilização Asteca contavacom escultores habilidosos,responsáveis por figurasprofundas – e às vezesaterradoras- entalhadas nosedifíciosNeste altar, a Pedra deTizoc, há quinze cenas doimperador arrastando umpreso, e a superfície de cimafoi enfeitada com um discosolar.
  33. 33. Colunas, TulaAs colunastornaram-se maiscomuns no períodopós-clássico. Asmaiores colunas deTula eramconstruídas comquatro ou maisblocos de pedra, quetinham cavilhasunidas porargamassa. Outrascolunas dessa cidadetinham o interior demadeira e orevestimento debalastro.
  34. 34. Colunas, Tula
  35. 35. ARQUITETURA INCA, séc. XII - 1532ARQUITETURA INCA, séc. XII - 1532 ““ A civilização Inca da região do Peru,A civilização Inca da região do Peru,da Bolívia e do Equador desenvolveuda Bolívia e do Equador desenvolveuuma arquitetura monumental até auma arquitetura monumental até aconquista espanhola em 1532. Osconquista espanhola em 1532. Osincas conseguiram usar as dificuldadesincas conseguiram usar as dificuldadesdo terreno andino a seu favor:do terreno andino a seu favor:construíram cidades elevadas emconstruíram cidades elevadas emlugares estratégicos a partir dolugares estratégicos a partir doelaborado sistema de terraços.”elaborado sistema de terraços.”Emily ColeEmily Cole
  36. 36. Alvenaria IncaAs paredes dos edifícios incas mais importantes eram construídas com blocospoligonais de pedra talhada encaixados e firmados entre si sem argamassa. Essa técnicaera usada tanto em pequenas casas e edificações como em grandes construções (o fortde Sacsayhuamán, por exemplo).
  37. 37. Chullpas, lago TiticacaAs torres funerárias pré-incas (chullpas) encontradas ao redor do lago Titicaca eramconstruídas para enterrar os mortos com todos os seus pertences. Os edifícios semjanelas tinham planta circular com diversos quartos para a eterna coabitação da família.A associação de torres circulares com o sagrado foi bastante explorada pelos incas.
  38. 38. TambosEram paragens para mensageiros construídas nas estradas incas, revelam característicasda arquitetura inca, como a pequena altura das edificações, a ausência de janelas e osalão retangular com uma porta trapezoidal elegante como única fonte de luz. Fileirasde nichos em forma de trapézios eram a decoração mais frequente no interior e noexterior das paredes.
  39. 39. Casa das Virgens do Sol, lago TiticacaEram um tipo de convento educacional para um grupo seleto de mulheres – em geralconcubinas do governante. Eram consideradas esposas do Sol, e suas casas eramrevestidas em ouro.
  40. 40. Machu Picchu, séc. XVFica a 2430 metros de altitude, no topo de uma montanha, é o exemplo mais bem acabadoda adaptação da arquitetura inca à paisagem recortada.
  41. 41. Machu Picchu, séc. XVTerraços férteis se projetavam sobre os precipícios. Três templos de alvenaria sofisticada,construídos nas encostas para aproveitar o granito natural como paredes, formavam ocomplexo cerimonial.
  42. 42. Machu Picchu, séc. XV
  43. 43. BIBLIOGRAFIABIBLIOGRAFIA História Ilustrada da Arquitetura; Cole, Emily; Publifolha; 2009História Ilustrada da Arquitetura; Cole, Emily; Publifolha; 2009 Pevsner Architectural Guides; Rawlinson, Emily; 2013Pevsner Architectural Guides; Rawlinson, Emily; 2013 http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1421056&page=2http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1421056&page=2 A Problemática da Historiografia da América Pré-Colombiana; Marques deA Problemática da Historiografia da América Pré-Colombiana; Marques deCarvalho, EvertonCarvalho, Everton Os segredos dos Incas, Astecas e Maias; Aziz, Philippe; editora Otto Pierre;Os segredos dos Incas, Astecas e Maias; Aziz, Philippe; editora Otto Pierre;19921992

×