BG 27 - Sistemática dos Seres Vivos

636 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
636
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BG 27 - Sistemática dos Seres Vivos

  1. 1. Sistemática dos Seres Vivos
  2. 2. Os colecionadoresde selos utilizamdiversos critérios. Nuno Correia 09/10 2
  3. 3.  Ciência que faz o estudo científico dos seres vivos, das suas relações evolutivas, e desenvolve sistemas de classificação que reflectem essas relações. Nuno Correia 10/11 3
  4. 4.  População activa de organismos que partilham o mesmo fundo genético, com características anatómicas, fisiológicas e de comportamento comuns, podendo em condições naturais cruzar-se e originar descendentes férteis. Nuno Correia 10/11 4
  5. 5.  Ramo da sistemática que se ocupa da classificação dos seres vivos e da nomenclatura (dar nome aos grupos formados) http://tolweb.org/tree/ Nuno Correia 10/11 5
  6. 6. Sistemática Taxonomia Biologia Evolutiva Nuno Correia 10/11 6
  7. 7. Taxonomiahttp://tolweb.org/Crustacea/2529 Biologia Evolutiva Nuno Correia 10/11 7
  8. 8. "Os sistemas de classificação não são arquivos apresentados objectivamente pela Natureza. São teorias dinâmicas desenvolvidas por nós para expressar pontos de visto particulares acerca da história dos seres vivos. A evolução produziu um conjunto de espécies ordenadas segundo diferentes graus de relações genealógicas. A taxonomia, procurando essa ordem, é a ciência fundamental da história natural." Stephen Gould,1987 Nuno Correia 10/11 8
  9. 9.  Uso imediato. Propriedades que tinham interesse para os humanos. Satisfação de necessidades básicas. Nuno Correia 10/11 9
  10. 10. Baseadas em características estruturais dos seres vivos. Nuno Correia 10/11 10
  11. 11.  Não admitem a evolução (período pré-darwiniano). Privilegia os caracteres directamente observáveis. Privilegia os critérios morfológicos. O factor tempo não é importante. Horizontais Racionais Nuno Correia 10/11 11
  12. 12.  As classificações fenéticas baseiam-se em numerosos caracteres fenotípicos, anatómicos, fisiológicos, de modo a definirem a afinidade entre os seres vivos.Dendograma Nuno Correia 10/11 12
  13. 13. Diagrama Encaixante Nuno Correia 10/11 13
  14. 14. Nuno Correia 10/11 14
  15. 15.  Baseadas num número restrito de características Artificiais Horizontais Racionais Nuno Correia 10/11 15
  16. 16.  Baseadas num grande número de características, utilizando todos os dados disponíveis Artificiais Horizontais Naturais Racionais Nuno Correia 10/11 16
  17. 17.  Modificam-se de acordo com os dados filogenéticos. Têm em conta o facto tempo. Artificiais Horizontais Naturais Racionais Verticais Filogenética Nuno Correia 10/11 17
  18. 18. Nuno Correia 10/11 18
  19. 19. Nuno Correia 10/11 19
  20. 20. Nuno Correia 10/11 20
  21. 21. Nuno Correia 10/11 21
  22. 22. Nuno Correia 10/11 22
  23. 23. Nuno Correia 10/11 23
  24. 24. Nuno Correia 10/11 24
  25. 25. Nuno Correia 10/11 25
  26. 26. Nuno Correia 10/11 26
  27. 27.  Organização estrutural Parede Celular Nutrição Reprodução Locomoção Morfologia Embriologia Ecologia Nuno Correia 10/11 27
  28. 28. Nuno Correia 10/11 28
  29. 29. Nuno Correia 10/11 29
  30. 30. Nuno Correia 10/11 30
  31. 31. Nuno Correia 10/11 31
  32. 32. Nuno Correia 10/11 32
  33. 33. Taxonomia Classificação Nomenclatura idae aceae Nuno Correia 10/11 33
  34. 34. Género Epípeto Data em que Taxonomista Específico foi atribuído que atribuiu o o nome nome científico Nuno Correia 10/11 34
  35. 35. Nuno Correia 10/11 35
  36. 36. Nuno Correia 10/11 36
  37. 37. Nuno Correia 10/11 37
  38. 38. Actividade prática Nuno Correia 10/11 38
  39. 39. Nuno Correia 10/11 39

×