Plano Nacional de Leitura Orientações Gerais
1- Papel das Bibliotecas <ul><li>O PNL, aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros, salienta o papel central das bib...
2- Os Livros nas Escolas <ul><li>Assegurar a execução do PNL implica que nas escolas: </li></ul><ul><li>Se alargue substan...
2.1- Livros para Leitura Orientada na Sala de Aula <ul><li>É indispensável que os docentes tenham disponíveis, no </li></u...
2.2- Livros para leitura autónoma e para realização de projectos <ul><li>A existência de uma razoável diversidade de obras...
3- Orientações do PNL para o planeamento dos livros a adquirir <ul><li>Trabalhar numa base de intercâmbio solidário exige ...
3.1- Princípios para aquisição dos livros <ul><li>Os fundos atribuídos pelo PNL destinam-se prioritariamente à aquisição d...
3.2- Processo de Selecção/Aquisição <ul><li>BE, BP e Professores devem trabalhar em conjunto. </li></ul><ul><li>Determinar...
3.3- Organização e gestão em rede de livros <ul><li>Assegurar </li></ul><ul><li>O tratamento técnico das obras, realizado ...
4. Troca de experiências <ul><li>Os docentes deverão efectuar um intercâmbio solidário de informação e de experiências sob...
5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.1- Sugestões do PNL, RBE, DRE’s: </li></ul><u...
5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.2- Iniciativas e Projectos da própria BE; </l...
5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.4- Organização de candidaturas a projectos qu...
5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.6- Organização de voluntariado: </li></ul><ul...
6. Formação de docentes na área da promoção da leitura <ul><li>Iniciativas [contextualizadas] em articulação com: </li></u...
7- Divulgação e incentivo à participação das escolas em iniciativas <ul><li>Das BP, para incentivar a participação de doce...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pnl orientaesgerais

1.009 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.009
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pnl orientaesgerais

  1. 1. Plano Nacional de Leitura Orientações Gerais
  2. 2. 1- Papel das Bibliotecas <ul><li>O PNL, aprovado pela Resolução do Conselho de Ministros, salienta o papel central das bibliotecas na promoção da leitura. </li></ul><ul><li>No processo de selecção e gestão dos livros, cuja aquisição é financiada pelo PNL, os coordenadores das BE e das BP deverão apoiar os docentes dos diferentes agrupamentos (incluindo os das escolas que ainda não integraram a RBE). </li></ul>
  3. 3. 2- Os Livros nas Escolas <ul><li>Assegurar a execução do PNL implica que nas escolas: </li></ul><ul><li>Se alargue substancialmente o número de títulos adequados aos diferentes níveis de leitura dos alunos, tomando como referência as listas de obras recomendadas pelo PNL; </li></ul><ul><li>No quadro de cada agrupamento, se trabalhe em rede e se possa beneficiar do apoio das BP e das BE. </li></ul>
  4. 4. 2.1- Livros para Leitura Orientada na Sala de Aula <ul><li>É indispensável que os docentes tenham disponíveis, no </li></ul><ul><li>Jardim-de-infância : um exemplar de cada uma das obras que escolherem para a leitura diária (Programa Está na hora da leitura ) </li></ul><ul><li>1.º ciclo : conjuntos de exemplares de cada obra escolhida para leitura diária , de forma a permitir um livro para dois alunos, nos momentos de leitura colectiva (Programa Está na hora dos livros ). </li></ul><ul><li>2.º Ciclo : conjuntos de exemplares de cada obra escolhida para leitura semanal … (1livro/2 alunos) (Programa Quantos mais livros melhor ) </li></ul><ul><li>Para ampliar a diversidade de obras, deve </li></ul><ul><li>- promover-se o intercâmbio entre as turmas e escolas do agrupamento; </li></ul><ul><li>- recorrer-se ao empréstimo temporário da BP </li></ul>
  5. 5. 2.2- Livros para leitura autónoma e para realização de projectos <ul><li>A existência de uma razoável diversidade de obras, abrangendo todos os géneros, adequados à idade dos alunos, cobrindo um amplo leque de interesses propicia a leitura autónoma e estimula a elaboração de projectos; </li></ul><ul><li>As BE deverão possuir um exemplar das obras destinadas a leitura autónoma e apoio a projectos. Das mais requisitadas, devem ser adquiridos novos volumes. Além disso, deve recorrer-se à BP. </li></ul>
  6. 6. 3- Orientações do PNL para o planeamento dos livros a adquirir <ul><li>Trabalhar numa base de intercâmbio solidário exige que, em cada agrupamento, as escolas façam o planeamento da aquisição de livros em conjunto para os livros possam circular entre as escolas e assim se possa ampliar o leque de obras à disposição de alunos e professores. </li></ul>
  7. 7. 3.1- Princípios para aquisição dos livros <ul><li>Os fundos atribuídos pelo PNL destinam-se prioritariamente à aquisição de conjuntos de exemplares: </li></ul><ul><li>No mínimo , um conjunto de títulos para cada nível de leitura de cada ano de escolaridade (1.º ciclo – 12 conjuntos; 2.º ciclo – 6 conjuntos), salvaguardando a existência de 1 exemplar para 2 alunos </li></ul><ul><li>Se for possível adquirir outros conjuntos de obras, de outros géneros, de outros autores, tendo sempre por objectivo ampliar a leitura na sala de aula </li></ul>
  8. 8. 3.2- Processo de Selecção/Aquisição <ul><li>BE, BP e Professores devem trabalhar em conjunto. </li></ul><ul><li>Determinar o número de exemplares de cada título para leitura orientada na sala de aula, tendo em conta: </li></ul><ul><li>O número de turmas e o número de alunos, </li></ul><ul><li>O tempo previsto para a leitura dos livros seleccionados, </li></ul><ul><li>A possibilidade de se efectuar a rotação dos conjuntos de livros entre as turmas da escola e entre as escolas do Agrupamento. </li></ul>
  9. 9. 3.3- Organização e gestão em rede de livros <ul><li>Assegurar </li></ul><ul><li>O tratamento técnico das obras, realizado pela BP; </li></ul><ul><li>Que todas as obras sejam: </li></ul><ul><ul><li>Integradas no catálogo comum das bibliotecas escolares; </li></ul></ul><ul><ul><li>Consideradas um fundo documental à disposição de todas as escolas de um mesmo agrupamento; </li></ul></ul><ul><ul><li>Postas à disposição dos professores, mediante a organização de calendários de rotação dos livros entre as várias turmas de uma mesma escola. </li></ul></ul>
  10. 10. 4. Troca de experiências <ul><li>Os docentes deverão efectuar um intercâmbio solidário de informação e de experiências sobre a leitura orientada na sala de aula e sobre a leitura autónoma, com o apoio dos coordenadores e das equipas da BE, em articulação com as BP. </li></ul>
  11. 11. 5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.1- Sugestões do PNL, RBE, DRE’s: </li></ul><ul><ul><li>Concurso Nacional de Leitura; </li></ul></ul><ul><ul><li>Semana da Leitura; </li></ul></ul><ul><ul><li>Feiras do Livro; </li></ul></ul><ul><ul><li>Encontros com autores; </li></ul></ul><ul><ul><li>Festas centradas no Livro e na leitura dirigidas à participação de pais e encarregados de educação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Leituras encenadas </li></ul></ul><ul><ul><li>Concursos e prémios promovidos por patrocinadores do PNL </li></ul></ul>
  12. 12. 5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.2- Iniciativas e Projectos da própria BE; </li></ul><ul><li>5.3- Divulgação das iniciativas e projectos da BE: </li></ul><ul><ul><li>Em site da escola ou da BE; </li></ul></ul><ul><ul><li>No boletim ou jornal da escola/biblioteca (impresso ou on-line); </li></ul></ul><ul><ul><li>Enviando informação ao PNL e à RBE; </li></ul></ul><ul><ul><li>Através da Comunicação Social, nacional ou local, e por outros meios adequados. </li></ul></ul>
  13. 13. 5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.4- Organização de candidaturas a projectos que permitam o financiamento das BE’s e de projectos de promoção de leitura; </li></ul><ul><li>5.5- Iniciativas das Associações de Pais ou promovidas em colaboração com os pais: </li></ul><ul><ul><li>Para fomentar a leitura em família e a leitura autónoma; </li></ul></ul><ul><ul><li>Para promover o apoio das famílias às actividades da escola. </li></ul></ul>
  14. 14. 5. Organização e dinamização de iniciativas de promoção de leitura <ul><li>5.6- Organização de voluntariado: </li></ul><ul><ul><li>Nas actividades da BE, </li></ul></ul><ul><ul><li>Promovendo leitura e debates na BE, </li></ul></ul><ul><ul><li>Promovendo a leitura com convidados, nas salas de aula, </li></ul></ul><ul><ul><li>Organizando tutorias de leitura para carenciados; </li></ul></ul><ul><li>5.7- Participação na angariação de patrocinadores e de diferentes modalidades de apoio à BE, nomeadamente para a aquisição de livros. </li></ul>
  15. 15. 6. Formação de docentes na área da promoção da leitura <ul><li>Iniciativas [contextualizadas] em articulação com: </li></ul><ul><ul><li>RBE </li></ul></ul><ul><ul><li>DRE </li></ul></ul><ul><ul><li>Centros de Formação de Docentes </li></ul></ul><ul><li>Acções de formação/encontros com carácter formativo/reuniões para: </li></ul><ul><ul><li>Divulgar orientações do PNL sobre promoção de leitura na sala de aula, </li></ul></ul><ul><ul><li>Debater práticas que as concretizem, </li></ul></ul><ul><ul><li>Programar actividades sugeridas pelos programas e orientações do PNL; </li></ul></ul><ul><ul><li>Efectuar intercâmbio de materiais, “Kits”, fichas de apoio a actividades de leitura. </li></ul></ul>
  16. 16. 7- Divulgação e incentivo à participação das escolas em iniciativas <ul><li>Das BP, para incentivar a participação de docentes, discentes e família, </li></ul><ul><li>Do Programa de Acções de Promoção da Leitura, desenvolvido pela Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas, em parceria com as Bibliotecas Municipais – acções de formação e ateliers, </li></ul><ul><li>De promoção da leitura, em parceria, para o público escolar e também para outros públicos. </li></ul>

×