O DIREITO   DE SER aurora de ternura
O DIREITO DE SER <ul><li>UM BÉBÉ NÃO PODE EXISTIR SÓZINHO:  </li></ul><ul><li>ELE É PARTE  INTEGRANTE DE UMA RELAÇÃO </li>...
<ul><li>Bébé Ideal </li></ul><ul><li>Bébé Invisível  </li></ul><ul><li>Bébé  Real </li></ul><ul><li>VINCULAÇÃO </li></ul>
Os futuros pais consideram-se educadores perfeitos, positivos, prontos a educarem o Filho Perfeito <ul><li>MEDOS ANCESTRAI...
O DIREITO  DE SER PROMOÇÃO DA VINCULAÇÃO Influência determinante que pode ter o trabalho de parto  em meio hospitalar
Perspectivar a gravidez e o parto como ...A AURORA DA TERNURA...
O DIREITO DE SER <ul><li>Área de CUIDAR </li></ul><ul><li>MENOS ANSIEDADE,  </li></ul><ul><li>MENOS DOR </li></ul>
O DIREITO DE SER <ul><li>“ A forma como o parto é conduzido e as pessoas presentes, têm grande influência na maneira como ...
O DIREITO DE SER a mãe em TP AJUDÁ-LA A AJUDAR-SE A SI PRÓPRIA cuidar
UTILIZAMOS  a visualização técnicas de relaxamento posicionamentos facilitadores toque terapêutico
O DIREITO DE SER <ul><li>O pai em TP </li></ul><ul><li>AJUDAR O PAI A AJUDAR A MÃE </li></ul>cuidar
Optimizar o Ambiente Físico
Observar o estado emocional
...logo após o nascimento... “ O elo do silêncio”
... Logo após o nascimento... Posicionar sobre o abdómen materno Contacto visual, estimulação táctil e auditiva Cortar o c...
Partilhar com a mãe  as competências  do recém-nascido
“ O contacto precoce parece ser assim, pela sua influência potencial, um factor determinante no condicionamento estrutural...
A Amamentação é o Barómetro da relação mãe-filho
A relação mãe-bébé, como primeira relação humana, constitui o “ paradigma de todas as relações interpessoais, servindo ass...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Direito De Ser Aurora De Ternura

1.473 visualizações

Publicada em

promoção da vinculação durante o trabalho de parto

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Direito De Ser Aurora De Ternura

  1. 1. O DIREITO DE SER aurora de ternura
  2. 2. O DIREITO DE SER <ul><li>UM BÉBÉ NÃO PODE EXISTIR SÓZINHO: </li></ul><ul><li>ELE É PARTE INTEGRANTE DE UMA RELAÇÃO </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Bébé Ideal </li></ul><ul><li>Bébé Invisível </li></ul><ul><li>Bébé Real </li></ul><ul><li>VINCULAÇÃO </li></ul>
  4. 4. Os futuros pais consideram-se educadores perfeitos, positivos, prontos a educarem o Filho Perfeito <ul><li>MEDOS ANCESTRAIS </li></ul>
  5. 5. O DIREITO DE SER PROMOÇÃO DA VINCULAÇÃO Influência determinante que pode ter o trabalho de parto em meio hospitalar
  6. 6. Perspectivar a gravidez e o parto como ...A AURORA DA TERNURA...
  7. 7. O DIREITO DE SER <ul><li>Área de CUIDAR </li></ul><ul><li>MENOS ANSIEDADE, </li></ul><ul><li>MENOS DOR </li></ul>
  8. 8. O DIREITO DE SER <ul><li>“ A forma como o parto é conduzido e as pessoas presentes, têm grande influência na maneira como a mãe recebe o recém-nascido” , já que “ o parto não pode ser simplesmente uma questão de técnicas para tirar um bébé do corpo de alguém. Implica a nossa relação com a vida no seu todo, o papel que desempenhamos na ordem das coisas”.KITZINGUER 1995, 33. </li></ul>
  9. 9. O DIREITO DE SER a mãe em TP AJUDÁ-LA A AJUDAR-SE A SI PRÓPRIA cuidar
  10. 10. UTILIZAMOS a visualização técnicas de relaxamento posicionamentos facilitadores toque terapêutico
  11. 11. O DIREITO DE SER <ul><li>O pai em TP </li></ul><ul><li>AJUDAR O PAI A AJUDAR A MÃE </li></ul>cuidar
  12. 12. Optimizar o Ambiente Físico
  13. 13. Observar o estado emocional
  14. 14. ...logo após o nascimento... “ O elo do silêncio”
  15. 15. ... Logo após o nascimento... Posicionar sobre o abdómen materno Contacto visual, estimulação táctil e auditiva Cortar o cordão umbilical
  16. 16. Partilhar com a mãe as competências do recém-nascido
  17. 17. “ O contacto precoce parece ser assim, pela sua influência potencial, um factor determinante no condicionamento estrutural da interacção mãe-filho” PEDRO, 1985, 103
  18. 18. A Amamentação é o Barómetro da relação mãe-filho
  19. 19. A relação mãe-bébé, como primeira relação humana, constitui o “ paradigma de todas as relações interpessoais, servindo assim de modelo para todas aquelas que se irão estabelecer no futuro” BISCAIA,1989, 141

×