Expo Money Juiz de Fora 29/11/2008 Cenário para 2009 – Projeção dos principais setores econômicos e o impacto na Bolsa de ...
Número de Slides: 51 Duração Prevista: 40 minutos Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Emp...
Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa
CAGR 24% aa Índices e a Bovespa
Índices e a Bovespa CAGR 23,7% aa
Múltiplos e a Bovespa
Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
Reflexos da Crise 3T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities 4T08 Perdas com d...
Reflexos da Crise 3T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities 4T08 Perdas com d...
Reflexos da Crise 3T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities 4T08 Perdas com d...
Reflexos da Crise
Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
Desempenho Setorial Fonte: ECONOMÁTICA
Lucro Setorial 1 Papel e Celulose Atenção/Riscos Pontos Positivos Custo de Produção no Brasil entre os menores do mundo Ex...
1 Papel e Celulose Desempenho Setorial
2 Mineração e Siderurgia Desempenho Setorial Neutro Pontos Positivos Baixo Custo de Produção no Brasil Foco no mercado int...
3 Petróleo Desempenho Setorial Neutro Pontos Positivos Oferta restrita Reservas elevadas Tupi e Iara (10 bilhões) Novas de...
3 Petróleo Desempenho Setorial
4 Elétrico e Telecomunicações Elétricas Cemig Eletrobras Light CPFL Eletropaulo Tractebel Telecom Net Brasil Telecom Telem...
5 Bancos Bancos Médios Desempenho Setorial Favorável Pontos Positivos Redução dos compulsórios Consolidação do setor Maior...
Desempenho Setorial 5 Bancos
6 Consumo Desempenho Setorial Favorável Pontos Positivos Bens de maior necessidade Menor efeito na demanda Menor Custo de ...
7 Varejo Desempenho Setorial Favorável Pontos Positivos Bens de menor valor Crédito ainda farto Maior nível de renda e emp...
8 Construção Outras Desempenho Setorial Neutro Pontos Positivos Demanda reprimida Prazos de financiamentos ainda longos Al...
Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
Lucros das Empresas x Ibovespa
Jayme Alves investimentos@spinelli.com.br  Nossos blogs: www.investbolsa.com.br/blogs Fim Obrigado  pela   sua   atenção !
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeção dos principais setores econômicos e o impacto na Bolsa de Valores do Brasil

3.420 visualizações

Publicada em

Análise sobre onde investir em 2009. Principais setores, projeções e setores promissores para investir em bolsa de valores em 2009.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
46
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeção dos principais setores econômicos e o impacto na Bolsa de Valores do Brasil

  1. 1. Expo Money Juiz de Fora 29/11/2008 Cenário para 2009 – Projeção dos principais setores econômicos e o impacto na Bolsa de Valores do Brasil
  2. 2. Número de Slides: 51 Duração Prevista: 40 minutos Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa Agenda
  3. 3. Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
  4. 4. Índices e a Bovespa
  5. 5. Índices e a Bovespa
  6. 6. Índices e a Bovespa
  7. 7. Índices e a Bovespa
  8. 8. Índices e a Bovespa
  9. 9. Índices e a Bovespa
  10. 10. Índices e a Bovespa
  11. 11. Índices e a Bovespa
  12. 12. Índices e a Bovespa
  13. 13. Índices e a Bovespa
  14. 14. Índices e a Bovespa
  15. 15. Índices e a Bovespa
  16. 16. Índices e a Bovespa
  17. 17. Índices e a Bovespa
  18. 18. Índices e a Bovespa
  19. 19. Índices e a Bovespa
  20. 20. Índices e a Bovespa
  21. 21. Índices e a Bovespa
  22. 22. Índices e a Bovespa
  23. 23. Índices e a Bovespa
  24. 24. Índices e a Bovespa
  25. 25. Índices e a Bovespa
  26. 26. Índices e a Bovespa
  27. 27. Índices e a Bovespa
  28. 28. CAGR 24% aa Índices e a Bovespa
  29. 29. Índices e a Bovespa CAGR 23,7% aa
  30. 30. Múltiplos e a Bovespa
  31. 31. Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
  32. 32. Reflexos da Crise 3T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities 4T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities Redução de estoques Queda na demanda 2009 Queda do preço das commodities Queda na demanda mundial Crescimento menor no Brasil Restrição no crédito Investimentos adiados
  33. 33. Reflexos da Crise 3T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities 4T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities Redução de estoques Queda na demanda 2009 Queda do preço das commodities Queda na demanda mundial Crescimento menor no Brasil Restrição no crédito Investimentos adiados
  34. 34. Reflexos da Crise 3T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities 4T08 Perdas com derivativos Exposição cambial na dívida Queda do preço das commodities Redução de estoques Queda na demanda 2009 Queda do preço das commodities Queda na demanda mundial Crescimento menor no Brasil Restrição no crédito Investimentos adiados
  35. 35. Reflexos da Crise
  36. 36. Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
  37. 37. Desempenho Setorial Fonte: ECONOMÁTICA
  38. 38. Lucro Setorial 1 Papel e Celulose Atenção/Riscos Pontos Positivos Custo de Produção no Brasil entre os menores do mundo Exportações são favorecidas pela alta do dólar Fatores de Risco Demanda mundial enfraquecida Preço da celulose em queda no mercado internacional Perdas com variação cambial acima do recomendável Adiamento dos investimentos
  39. 39. 1 Papel e Celulose Desempenho Setorial
  40. 40. 2 Mineração e Siderurgia Desempenho Setorial Neutro Pontos Positivos Baixo Custo de Produção no Brasil Foco no mercado interno (CSN, Usim) Setores consumidores em expansão no Brasil Redução de custos e verticalização Baixo endividamento Múltiplos reduzidos Fatores de Risco Demanda mundial enfraquecida Excesso de oferta de aço no mundo Preços em queda no mercado internacional Setor automobilístico em crise no mundo Setor de construção em baixa nos EUA Adiamento dos investimentos
  41. 41. 3 Petróleo Desempenho Setorial Neutro Pontos Positivos Oferta restrita Reservas elevadas Tupi e Iara (10 bilhões) Novas descobertas Preço interno não cai na mesma velocidade Dólar favorece empresa Fatores de Risco Demanda mundial enfraquecida Preço do petróleo em níveis reduzidos Aumento de custos Ameaças ao Projeto Pré-Sal Elevada necessidade de investimentos
  42. 42. 3 Petróleo Desempenho Setorial
  43. 43. 4 Elétrico e Telecomunicações Elétricas Cemig Eletrobras Light CPFL Eletropaulo Tractebel Telecom Net Brasil Telecom Telemar Telesp Vivo TIM Desempenho Setorial Pontos Positivos Mercados maduros Ações conservadoras Reajuste pela inflação Sofrem menos com desaquecimento econômico Pagam bons dividendos Evitar exposição cambial Verificar endividamento Baixo investimento Favorável Fatores de Risco Elétricas Renovação das concessões Sobem menos em caso de recuperação Telecom Regulamentação, Consolidação Sobem menos em caso de recuperação
  44. 44. 5 Bancos Bancos Médios Desempenho Setorial Favorável Pontos Positivos Redução dos compulsórios Consolidação do setor Maior exposição em rankings Compra de carteiras de crédito Carteiras com risco reduzido Demanda de crédito elevada Juros mais altos Fatores de Risco Bancos médios mais engessados Menos disponibilidade de recursos para emprestar para os bancos médios Necessidade de ajustes na estrutura Maior custo de captação Aumento da inadimplência
  45. 45. Desempenho Setorial 5 Bancos
  46. 46. 6 Consumo Desempenho Setorial Favorável Pontos Positivos Bens de maior necessidade Menor efeito na demanda Menor Custo de Produção Fatores de Risco Desaquecimento econômico Restrições comerciais Juros mais elevados Importações mais caras
  47. 47. 7 Varejo Desempenho Setorial Favorável Pontos Positivos Bens de menor valor Crédito ainda farto Maior nível de renda e emprego Fatores de Risco Juros mais elevados Piores condições de crédito Importações mais caras
  48. 48. 8 Construção Outras Desempenho Setorial Neutro Pontos Positivos Demanda reprimida Prazos de financiamentos ainda longos Alienação Fiduciária Nível de emprego elevado Fatores de Risco Juros mais elevados Piores condições de crédito Lançamentos adiados Restrição de liquidez
  49. 49. Agenda Índices e a Bovespa Reflexos da Crise Desempenho Setorial Lucros das Empresas x Ibovespa
  50. 50. Lucros das Empresas x Ibovespa
  51. 51. Jayme Alves investimentos@spinelli.com.br Nossos blogs: www.investbolsa.com.br/blogs Fim Obrigado pela sua atenção !

×