Acessibilidade em Sistemas para a Web

461 visualizações

Publicada em

Palestra realizada na InfoIlhéus em 2011 promovendo a acessibilidade como elemento fundamental do processo de construção de interfaces web.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
461
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acessibilidade em Sistemas para a Web

  1. 1. a.k.a. e-acessibilidade
  2. 2.  Victor Adriel de J. Oliveira ◦ Ciência da Computação - UESC ◦ Associação Empresa Júnior de Computação ◦ Trabalhos com foco em acessibilidade:  XI ERBASE - Acessibilidade em Sites e Sistemas Web: estudo das tecnologias acessivas e diretrizes de acessibilidade web;  Desenvolvendo aplicações e páginas para a web visando acessibilidade: pesquisa de campo entre os profissionais do eixo Itabuna-Ilhéus. ◦ Contato: victorajoliveira@gmail.com blogvictoradriel.blogspot.com
  3. 3.  WTF? ◦ Sobre acessibilidade  Porque adotar? ◦ Porque daria atenção a esse tema?  Como adotar? ◦ Como conferir acessibilidade ao projeto  Quem já adota? ◦ Exemplos de “sistemas web acessíveis”
  4. 4.  O que é? ◦ Possibilidade de qualquer pessoa usufruir todos os benefícios da vida em sociedade.
  5. 5.  O que é? ◦ Possibilidade de qualquer pessoa usufruir todos os benefícios da vida em sociedade. ◦ Já a e-acessibilidade diz respeito especificamente ao componente World Wide Web.
  6. 6.  Jessica Cox
  7. 7.  Victor Adriel Sem botões + Sem javascript = Sem comentários
  8. 8.  Victor Adriel
  9. 9.  Site acessível implica em baixa qualidade visual.  Deficientes não usam a web.  A acessibilidade na web é algo complexo para o projetista mediano.  É caro e demorado projetar páginas web acessíveis.
  10. 10.  Segundo a Organização das Nações Unidas – ONU [Brasil 2008]: ◦ 10% da população dos países desenvolvidos possui algum tipo de deficiência, permanente ou temporária. ◦ Este número sobe para 25% da população de países em desenvolvimento ou subdesenvolvidos.
  11. 11.  “A acessibilidade é sempre desejável porque expande seu mercado, e para muitos sites do governo e educacionais, o design acessível é um requisito.” Jakob Nielsen
  12. 12.  Dependemos da internet para: ◦ Transações financeiras, ◦ compras on-line, ◦ entretenimento, ◦ acesso a informações, ◦ comunicação ◦ troca de arquivos.  Mesmo com acesso a Internet, nem todas as pessoas conseguem realizar tais atividades.
  13. 13.  Lei Federal n°. 8.112/90: ◦ 20% vagas nos concursos federais  Decreto 3.298: ◦ 5% para os demais níveis da Federação  Lei n°. 8.213: ◦ Cotas para trabalhadores com deficiência
  14. 14.  WCAG (Web Content Accessibility Guidelines)  WCAG Samurai - Joe Clark  Modelo de Acessibilidade do Governo Brasileiro (e-MAG)
  15. 15.  Prioridade 1: ◦ Os desenvolvedores devem satisfazer inteiramente.  Prioridade 2: ◦ Os desenvolvedores devem procurar satisfazer.  Prioridade 3: ◦ Os desenvolvedores podem satisfazer.
  16. 16.  Prioridade 1: ◦ Os desenvolvedores devem satisfazer inteiramente.  Prioridade 2: ◦ Os desenvolvedores devem procurar satisfazer.  Prioridade 3: ◦ Os desenvolvedores podem satisfazer.
  17. 17.  Fase 1: Verificação da necessidade de acessibilidade do conteúdo.
  18. 18.  Fase 1: Verificação da necessidade de acessibilidade do conteúdo. ◦ Alguns problemas são perceptíveis e recorrentes. ◦ Outros podem ser apontados por validadores. ◦ E alguns só são descobertos pelos usuários.
  19. 19.  Fase 2: Acessibilização do conteúdo
  20. 20.  Fase 2: Acessibilização do conteúdo ◦ Equivalente textual ◦ Cores ◦ Identificando a linguagem utilizada ◦ Frames ◦ Resoluções diferentes ◦ Skip Links ◦ Teclas de atalho ◦ Tamanho da fonte ◦ Breadcrumbs trail
  21. 21.  Fase 3: Validação da acessibilidade do conteúdo.
  22. 22.  Fase 3: Validação da acessibilidade do conteúdo. ◦ Programas automáticos (Hera, Examinator, daSilva) ◦ Testes pelo programador ◦ Testes por usuários
  23. 23.  Fase 4: Promoção da acessibilidade conquistada.
  24. 24.  Fase 4: Promoção da acessibilidade conquistada. ◦ Nível de acessibilidade ◦ Contato do responsável
  25. 25.  Fase 5: Garantia contínua de acessibilidade.
  26. 26.  Fase 5: Garantia contínua de acessibilidade. ◦ Atualização ◦ Aprimoramento
  27. 27.  Site acessível implica em baixa qualidade visual.  Deficientes não usam a web.  A acessibilidade na web é algo complexo para o projetista mediano.  É caro e demorado projetar páginas web acessíveis.
  28. 28.  Site acessível implica em baixa qualidade visual.  Deficientes não usam a web.  A acessibilidade na web é algo complexo para o projetista mediano.  É caro e demorado projetar páginas web acessíveis.
  29. 29.  Site acessível implica em baixa qualidade visual.  Deficientes não usam a web.  A acessibilidade na web é algo complexo para o projetista mediano.  É caro e demorado projetar páginas web acessíveis.
  30. 30.  Site acessível implica em baixa qualidade visual.  Deficientes não usam a web.  A acessibilidade na web é algo complexo para o projetista mediano.  É caro e demorado projetar páginas web acessíveis.
  31. 31.  Site acessível implica em baixa qualidade visual.  Deficientes não usam a web.  A acessibilidade na web é algo complexo para o projetista mediano.  É caro e demorado projetar páginas web acessíveis.
  32. 32.  Acessibilidade em Sites e Sistemas Web: Estudo das Tecnologias Acessivas e Diretrizes de Acessibilidade Web (http://verd.in/j5qw)  Introdução à Acessibilidade na Web (http://verd.in/n1i3)  acessibilidadelegal.com  bengalalegal.com  acessodigital.net  digitalacesso.com  Nicácio, J. M. (2010) Técnicas de Acessibilidade: criando uma Web para todos, Maceió. EDUFAL.
  33. 33. a.k.a. e-acessibilidade Contato victorajoliveira@gmail.com blogvictoradriel.blogspot.com

×