Elaboração de questões objetivas

475 visualizações

Publicada em

Dicas de elaboração de questões objetivas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
475
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Elaboração de questões objetivas

  1. 1. Profª Dra. Inge R. F. Suhr ingesuhr2011@gmail.com Elaboração de questões objetivas
  2. 2. Analisando a estrutura das questões •Texto base/contextualização (visual, imagético, numérico, artístico, etc.) Deve ser contextualizado, explorar situações vivenciadas, hipotéticas ou reais. •Situação problema (enunciado): Desafio que reporta o participante a um contexto reflexivo e instiga-o a tomar decisões. Precisa ter uma instrução expressa •Alternativas
  3. 3. ENADE 2009 Vejamos alguns exemplos
  4. 4. •A urbanização no Brasil registrou marco histórico na década de 1970, quando o número de pessoas que viviam nas cidades ultrapassou o número daquelas que viviam no campo. No início deste século, em 2000, segundo dados do IBGE, mais de 80% da população brasileira já era urbana. •Considerando essas informações, estabeleça a relação entre as charges:
  5. 5. Porque
  6. 6. BARALDI, Márcio. http://www.marciobaraldi.com.br/baraldi2/component/joomgallery/?func=detail&id= 178. (Acessado em 5 out. 2009)
  7. 7. •Com base nas informações dadas e na relação proposta entre essas charges, é CORRETO afirmar que •A) a primeira charge é falsa, e a segunda é verdadeira. •B) a primeira charge é verdadeira, e a segunda é falsa. •C) as duas charges são falsas. •D) as duas charges são verdadeiras, e a segunda explica a primeira. •E) as duas charges são verdadeiras, mas a segunda não explica a primeira.
  8. 8. •Leia o gráfico, em que é mostrada a evolução do número de trabalhadores de 10 a 14 anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras, em dado período:
  9. 9. http://www1.folha/uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u85799.shtml, acessado em 2 out. 2009. (Adaptado)
  10. 10. Leia a charge: www.charges.com.br, acessado em 15 set. 2009.
  11. 11. Há relação entre o que é mostrado no gráfico e na charge? •A) Não, pois a faixa etária acima dos 18 anos é aquela responsável pela disseminação da violência urbana nas grandes cidades brasileiras. •B) Não, pois o crescimento do número de crianças e adolescentes que trabalham diminui o risco de sua exposição aos perigos da rua. •C) Sim, pois ambos se associam ao mesmo contexto de problemas socioeconômicos e culturais vigentes no país. •D) Sim, pois o crescimento do trabalho infantil no Brasil faz crescer o número de crianças envolvidas com o crime organizado. •E) Ambos abordam temas diferentes e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre eles.
  12. 12. ANALISANDO OUTRAS QUESTÕES
  13. 13. •1. Os grandes centros urbanos a partir da década de 1950 participam da transformação nos diversos segmentos de produção que evoluem e exigem trabalhadores alfabetizados. Nesta primeira fase a escola deixa de ser um privilégio elitizado e sim uma necessidade social, ou seja, uma questão política de reconstrução social e de democratização. São novos termos para uma velha escola administrada de forma improvisada. O sistema terá que se adaptar aos novos tempos e impor novas idéias. Para a atuação da direção são alguns desses fatores: •( ) planejamento estratégico •( ) avaliação educacional •( ) provas unificadas para todo o país •( ) avaliação institucional •( ) planejamento •( ) normatização
  14. 14. •2. Marque para cada item V- verdadeiro F – falso. Um Plano pode alimentar: o lado bom da escola; o lado mal da escola; o lado mal ou o lado bom do sistema escolar; nenhuma delas Assinale a seqüência correta: A.V-V-F-F B.F-F-V-F C.F-V-F-V D.V-V-V-F
  15. 15. Cuidados na elaboração •Contextualização e não “distração” •Enunciado claro, com as informações necessárias para a resolução da questão •Alternativas devem parecer plausíveis à primeira vista (retratar hipóteses de raciocínio na busca da solução da situação-problema) •Alternativas gramaticalmente ajustadas à questão •Alternativas com a mesma extensão •Evitar respostas “slogan” •Evitar termos absolutos e também os vagos •Cada alternativa com uma única ideia

×