CASE STUDY: The Brazilian heavy haul rail network to date

4.874 visualizações

Publicada em

Dr. Bento José de Lima, General Manager Operations, from Valec has presented at the Heavy Haul Rail South America. If you would like more information about the conference, please visit the website: http://www.railconferences.com/heavyhaulrail/southamerica

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.874
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.364
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CASE STUDY: The Brazilian heavy haul rail network to date

  1. 1. São Paulo – Dezembro/2012Ministériodos TransportesDESAFIOS DE AUMENTO DE 10 MILKILOMETROS DE MALHA FERROVIÁRIABRASILEIRA
  2. 2. VALECOVERVIEW DA MALHA FERROVIÁRIA1. MALHA CONCEDIDASPRJSC
  3. 3. Vila do CondeItaquíSantarémSuapeVitóriaSantosParanaguáRio GrandeItajaíIlhéusS F do SulRioItaguaíAratuPecém/FortalezaManausPorto VelhoMarabáFERROVIAS2.MALHA ATIVAMENTE EXPLORADA VALECFonte: IV Workshop de Transportes- UNB 2012 (EPL)
  4. 4. VALECCASOS DE SUCESSO4.TKU5.N˚ LOCOMOTIVAS1997 20031997 2011Fonte:ANTF,2012.2005 2007 2008 2009 2010 2011Fonte:ANTT,2012.
  5. 5. VALECCASOS DE SUCESSO6.N˚VAGÕES7. PARTICIPAÇÃO NA MATRIZ1997 201125% Fonte:ANTT, 2012Fonte:ANTF,2012.2012199717%
  6. 6. VALECCASOS DE INSUCESSO8. LINHAS UTILIZADAS - KM9. LINHAS NOVAS32.100 km 29.300 km 29.300 km-3.000 em pleno uso-7.000 km abaixo da capacidade-18.000 km subutilizado* Valores aproximadosFONTE: ANTT,2012. ANTFFerronorteSanta Fé do Sul a AltoAraguaiaFNSAçailândia a PortoNacional/TO
  7. 7. VALEC10. POSIÇÃO MUNDIAL10.1 MATRIZ DE TRANSPORTE PAÍSES-GRANDES DIMENSÕES TERRITORIAIS10.2 DENSIDADE (KM/KM² EM FERROVIAS)25% 37%43%43% 46%81%FONTE: Pinto, JR et al (2010)0,0030,005 0,005FONTE: NT 2012, Silva, F et al 2010./ IBGE 2010,* Valores aproximados ( mil )0,0060,0080,012 0,0210,0530,12
  8. 8. VALEC11. NECESSIDADESEVOLUIRRealizar o queainda nãoaconteceuExpansão daMalhaUniversalizaçãode UsoMaximizar oSucesso
  9. 9. Vila do CondeItaquíSantarémSuapeVitóriaSantosParanaguáRio GrandeItajaíIlhéusS F do SulRioItaguaíAratuPecém/FortalezaManausPorto VelhoMarabá12.1 MALHA FERROVIÁRIA PROJETADAPROLOG 201212. PROJETOS DE EXPANSÃOFonte: IV Workshop de Transportes- UNB 2012 (EPL)
  10. 10. VALEC14. O MODELOCONSTRUÇÃOa) Realizada pelo Setor Privado – menor $ e maisagilidadeb) Governo – mendiante a garantia dacompra/venda capacidade devolve CAPEX aolongo de 30 anos.MANUTENÇÃOConcessionária realizará , sendo o Governoresponsável pelo pagamento.CONTROLE DE TRÁFEGORealizado pela Concessionária sendo o Governoresponsável pelo pagamentoOPERAÇÃOOperadores Independentes e atuaisConcessionárias poderão realizar o transportemediante aquisição de Slots junto a VALECCessão deCapacidade pelaVALECControle daManutenção edos CCO´s(ConcessõesANTT)
  11. 11. VALEC14. O MODELOCria competitividade intramodalPromove o incremento do tráfegoferroviário ( Atuais Concessionárias eOperadores Independentes ) com livreacessoEstabelece as condições de transporte namalha ferroviária a menores custosPermite uma gestão da infraestruturaindependente e não-discriminatória. Estãosendo criados os parâmetros queassegurem dieritos análogosOtimização dosganhos esperadosvia empresa pública
  12. 12. Estudosago set out nov dez fev2,6 mil kmem extensão- Ferroanel SP - Tramo norte- Ferroanel SP - Tramo sul- Acesso ao Porto de Santos- Lucas do Rio Verde - Uruaçu- Estrela dOeste – Panorama - Maracaju- Açailândia – Vila do Conde2012 2013janAudiênciasPúblicasmarPublicaçãoDeEditalLicitaçãoabr mai jun jul14.1 CRONOGRAMA- Grupo 1ContratosFonte: Governo Federal, 2012.
  13. 13. Estudosago set out nov dez fev7,4 mil kmem extensão- Uruaçu – Corinto - Campos- Salvador - Recife- Rio de Janeiro - Campos - Vitória- Belo Horizonte - Salvador- Maracaju – Mafra- São Paulo – Mafra – Rio Grande2012 2013janAudiênciasPúblicasmarPublicaçãoDeEditalLicitaçãoabr mai jun14.2 CRONOGRAMA- Grupo 2jul ago setContratosFonte: Governo Federal, 2012.
  14. 14. • Extensão: 719 km;• Obras concluídas em30/08/2010;• Subconcessão realizada em20/12/2007 à FNS;Açailândia/MAPalmas/TO• Extensão: 855 km;• 98% Obras executadas;Palmas/TOAnápolis/GO• Palmas/TO – Gurupi/TO:Julho/2013• Gurupi/TO– Uruaçu/GO:Julho/2013• Uruaçu/GO – Anápolis/GO:Setembro/2013PrevisãoConclusãoAçailândiaAnápolisPalmas13 CRONOGRAMA - 13.1 EF – 151 Ferrovia Norte-Sul VALEC
  15. 15. • Extensão: 682 km;• 25% Obras executadas ;OuroVerde/GOEstrelad’Oeste/SP• Extensão: 220 km;• EVTEA em fase final deelaboração.Estrelad’Oeste/SPPanorama/SPOuro VerdePanoramaEstrelad’Oeste13.2 EF – 151 Ferrovia Norte-SulExtensão Sul VALEC
  16. 16. • Extensão: 537 km;• 5% Obras ExecutadasIlhéus/BACaetité/BA• Extensão:485km;• Finalizando projetoexecutivoCaetité/BABarreiras/BA• Extensão: 505 km;• Projeto Executivo emexecução.Barreiras/BAFigueirópolis/TOFigueirópolisIlhéusBarreira13.3 EF – 334 Ferrovia de Integração Oeste-LesteIlhéus/BA – Figueirópolis/TO VALEC
  17. 17. • EF – 232 Ramal de Ligação Eliseu Martins/PI – Balsas/MA– Porto Franco/MA – Conexão com a Ferrovia Norte-Sul• EF – 151 Ferrovia Norte-Sul, trecho: Itumbiara/GO –Goiânia/GO – Brasília/DF;• EF – 151 Ferrovia Norte-Sul, trecho: Estrela d’ Oeste/SP –Panorama/SP;• EF-267 Ferrovia do Pantanal, trecho: Panorama/SP –Porto Murtinho/MS.Em fase deconclusão13.4 Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica eAmbiental - EVTEA VALEC
  18. 18. • EF – 151 Ferrovia Norte-Sul, trecho:Panorama/SP – Chapecó/SC;• EF – 151 Ferrovia Norte-Sul, trecho:Chapecó/SC – Rio Grande/RS;• Trecho: Maracaju/MS – Cascavel/PR;• Trecho: Cascavel/PR – Paranaguá/PR.Em processo delicitação13.5 Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e AmbientalEVTEA VALEC
  19. 19. São Paulo – Dezembro/2012Ministériodos TransportesBento José de LimaDiretor de Operaçõesbento.lima@valec.gov.brVALECObrigado!

×