você, profissional responsável pelas áreas: RH, engenharia, Projetos, Planejamento e
    infraestrutura, aproveite esta op...
Terça-feira, 24 de agosto de 2010                                                  12h00 Soluções para o Planejamento econ...
caSe ii
           Formação de novas equipes: capacitação e estruturação
           •		Qual a importância da adequada form...
WoRKSHoPS SiMuLtâneoS PóS-conFeRência                                                                  Quarta-feira-feira,...
IBC
                                                                                                          Tel.: +55 11...
ficha de inscriÇÃo – mÃo de oBra no mercado de consTrUÇÃo – hl0903510
Nome:                                               ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mão de Obra no Mercado de Construção

2.129 visualizações

Publicada em

Alternativas para buscar profissionais qualificados, capacitar, reter e aumentar a produtividade.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.129
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mão de Obra no Mercado de Construção

  1. 1. você, profissional responsável pelas áreas: RH, engenharia, Projetos, Planejamento e infraestrutura, aproveite esta oportunidade única para discutir o assunto do momento! instrumentos, Ferramentas, Soluções e Melhores Práticas para Superar a escassez de 10s so ca Mão de Obra no práticos! Mercado de Construção alternativas para buscar profissionais qualificados, capacitar, reter e aumentar a produtividade. 24 e 25 de agosto de 2010 • Hotel Pergamon • São Paulo – SP este é o primeiro encontro que proporcionará Palestrantes confirmados: para todos os setores da sua empresa, soluções aBRaFati e melhores práticas para combater o principal BKo conStRutoRa e incoRPoRadoRa problema que aflige o setor de construção Bueno netto conStRuçõeS atualmente. é uma oportunidade única para você aumentar sua rede de relacionamentos, fazer caMaRgo coRRêa benchmark com empresas de grande destaque coinFRa – cni e conhecer experiências práticas. Participe e conStRutoRa andRade gutieRRez entenda na prática as estratégias de grandes conStRutoRa goMeS LouRenço empresas e profissionais do setor! conStRutoRa MicuRa SteeL FRaMe deconcic – FieSP gaFiSa WoRKSHoPS SiMuLtâneoS PóS-conFeRência HYdRaX SaneaMento de tuBuLaçõeS 25 de agosto de 2010 iSoLuX coRSÁn do BRaziL 1 Planejamento e estratégias para M.Bigucci conStRutoRa implementação de tecnologias na obra: como aumentar a Produtividade com MiniStéRio do tRaBaLHo e eMPRego o Mesmo número de Funcionários Reativa SeRvice engenHaRia eLétRica 2 Política de Benefícios e Remuneração Secovi – SP como Ferramenta de Retenção SinduScon – SP no Setor da construção Sinicon SintRacon YntHegRaRe conSuLtoRia Realização: Apoio:
  2. 2. Terça-feira, 24 de agosto de 2010 12h00 Soluções para o Planejamento econômico Financeiro em Projetos de construção tendo em vista as oscilações Salariais e a volatilidade do Mercado 08h20 Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais • Como realizar a análise de viabilidade econômico-financeira de projetos imobiliários, avaliando as variáveis de forma completa 08h50 Abertura do 1º dia da Conferência pelo Presidente de Mesa • Como fazer um planejamento e orçamento bem feito e prático, tendo 09h00 Painel de abertura e debate: atual cenário e Perspectivas em vista a escassez de mão de obra e aumento de salários do setor para Solucionar a demanda de Mão de obra • Políticas salariais das construtoras, perspectivas quanto a salários e o que pode ser feito para não perder bons empregados visão da FieSP • Como agregar valor ao se realizar o controle de custos de Obras • Gargalos de mão de obra no país • Por que os orçamentos não são exatos? São problemas • Demanda por profissionais qualificados x certificados acadêmicos ou práticos? • Setor de construção e mão de obra qualificada e não qualificada • Como atingir equilíbrio entre administração, custo, risco e Dilson Ferreira planejamento ao se realizar um projeto na Construção Civil Diretor & Coordenador do Grupo de Trabalho de Mão de Obra • Indicadores que irão orientar na decisão sobre a realização do projeto deconcic – departamento da indústria da construção – FieSP Mauricio Linn Bianchi Presidente Executivo Diretor Técnico aBRaFati – associação Brasileira dos Fabricantes de tinta BKo conStRutoRa e incoRPoRadoRa visão do SinduScon Vice Presidente de Tecnologia e Qualidade caSo SinduScon – SP • A importância da busca de recursos públicos para promover PRÁtico treinamentos como forma de minimizar a dificuldade em encontrar • Importância do planejamento para prever na prática os resultados trabalhadores com a qualificação esperada caSo do projeto • Impactos da dificuldade em encontrar profissionais com PRÁtico • Conhecimento de todos os detalhes do projeto para obter um qualificação e experiência maior controle • Ações que podem ser feitas pelas empresas para minimizar • Como o controle pode contribuir no alcance das metas estes impactos pré-estabelecidas Mauricio Linn Bianchi • Indicadores para restabelecer as metas quando necessário Diretor Técnico • Cuidados ao se repassar custos no preço ao Cliente BKo conStRutoRa e incoRPoRadoRa Celso Corrêa Vice Presidente de Tecnologia e Qualidade Gerente de Obras SinduScon – SP conStRutoRa andRade gutieRRez visão das conStRutoRaS 13h00 Almoço • Alternativas encontradas pelas construtoras • Ponto de vista sobre o cenário atual 14h00 Regiões com Maior necessidade de Mão de obra Milton Bigucci Junior no novo cenário e estratégias para Mobilização Diretor técnico de Funcionários M.Bigucci conStRutoRa caSo PRÁtico • Mobilização da mão de obra para outros estados: riscos e desafios acigaBc (associação dos construtores, imobiliárias e administradoras do grande aBc) • Investimentos em capacitação aliados a uma necessidade maior Coordenador do Núcleo de Novos Empreendedores da Regional ABC em determinadas regiões do país e estratégias para vencer a Secovi – SP concorrência cada vez mais acirrada no setor • Investimentos em capacitação da mão de obra de base 10h30 Coffee break e Networking • Metas e benefícios atrelados na obra • Deslocamento de profissionais para locais de difícil prospecção 11h00 incentivos do governo para o Mercado de construção: • Perdas com deslocamento Políticas, investimentos e carga tributária Aldo Mattos • Investimentos Públicos e Privados na formação da mão de obra Diretor de Meio Ambiente e Indústria para o setor iSoLuX coRSÁn do BRaziL • De onde vêm os principais investimentos no setor Diretor • Cenário atual, perspectivas e projetos que vem sendo desenvolvidos aLdo MattoS conSuLting para superar o gargalo trazido pela falta de mão de obra Presidente • Quais as soluções de curto, médio e longo prazo? doRea MattoS PRojetoS e conStRuçõeS • Possíveis políticas de incentivos a novos investimentos e para diminuir a carga tributária PaineL de eStudoS de caSo • O que pode ser feito pelo novo governo e pelas empresas do setor? 15h00 onde Buscar Mão de obra Qualificada? cases e • Investimentos em educação feitos pelo governo Soluções encontradas pelas construtoras • O problema de falta de informação e de localização: por que alternativas para captação, Seleção e avaliação da Mão de sobram vagas em alguns locais e faltam em outros caSe i obra interna e a implementação do Programa de Qualidade: • Como estruturar um Plano Nacional de educação de mão de obra estudo de caso gomes Lourenço para a indústria da construção e quais são as expectativas do • Onde captar e selecionar profissionais no mercado mercado de médio a longo prazo? • Como realizar um programa de qualidade que identifique talentos Representante do Ministério do Trabalho e Emprego no mercado MiniStéRio do tRaBaLHo e eMPRego (*a confirmar) • Como realizar treinamentos internos específicos com qualidade Antonio de Sousa Ramalho • Ferramentas para avaliar a produção, qualidade, pontualidade, meio Presidente Licenciado ambiente e segurança, trazendo resultados significativos para a Sindicato doS tRaBaLHadoReS da indúStRia captação e retenção de mão de obra na empresa da conStRução (SintRacon) • Como identificar talentos • Programas que podem ser feitos junto aos próprios funcionários Luis Fernando dos Santos Reis • Parcerias e ganhos com o programa Conselheiro coinFRa – conSeLHo de inFRaeStRutuRa – cni • Como realizar a qualificação de mão de obra em todos os níveis Presidente Carolina Larussi Sinicon (Sindicato nacionaL da indúStRia Gerente de Qualidade da conStRução PeSada) conStRutoRa goMeS LouRenço
  3. 3. caSe ii Formação de novas equipes: capacitação e estruturação • Qual a importância da adequada formação da equipe que irá buscar Quarta-feira, 25 de agosto de 2010 novas soluções • Por que é fundamental um claro e prévio alinhamento entre as 08h20 Recepção dos Participantes áreas para que os novos profissionais tragam bons resultados para a empresa? 08h50 Abertura do 2º dia da Conferência pelo Presidente de Mesa • Os principais requisitos para áreas específicas e de extrema 09h00 estratégias para fazer frente ao desafio de capacitação importância na empresa • Demandante e o demandado alinhados • Como mapear os funcionários mais estratégicos: desenvolvimento • Profissionais: os efetivos responsáveis pelo sucesso da empreitada dos talentos e competências necessárias dos funcionários caSo Marcos Rodrigues PRÁtico • Estagiários X Trainees Diretor & Líder do Projeto CSC (Centro de Serviços Compartilhados) • Qual a importância da Universidade Corporativa para suprir a gaFiSa carência de mão-de-obra especializada • Programas de capacitação de Mão de Obra nos níveis técnicos instrumentos, Parcerias e Práticas para Prospecção e • Educação corporativa como estratégia de crescimento profissional e caSe iii Retenção de talentos e estratégias Preventivas de priorizar o investimento contínuo em ações de desenvolvimento • Instrumentos, ferramentas e práticas para qualificar a mão de obra integradas com os objetivos estratégicos da empresa interna montando escolas internas e parcerias com órgãos • Como Promover oportunidades de aprendizagem contínua para como CNPE todos os empregados da Empresa e integrantes da cadeia de valor • O que são e como programar estratégias preventivas? Lúcia Alcover Breves de Menezes • Montando escolas internas: como funcionam e quais os benefícios Diretora de Desenvolvimento de Pessoas • Estratégias preventivas: licitação, pré-seleção, indicação interna e conStRutoRa andRade gutieRRez mão de obra específica • Como escolher os parceiros 10h00 Coffee break e Networking • Resultados das parcerias e das ações preventivas Washington Ribeiro dos Santos 10h30 conhecimento Sobre Sustentabilidade como diferencial Coordenador de Gestão de Pessoas para o Profissional da construção, Real demanda de HYdRaX SaneaMento de tuBuLaçõeS Mão de obra em Projetos Sustentáveis e impactos do Coordenador de RH Sistema integrado de gestão na Mão de obra caMPjato LiMPeza técnica • Qual a mão de obra necessária para o modelo de construção que utiliza eco materiais e soluções tecnológicas 16h30 Coffee break e Networking • Demanda de mão de obra em Projetos de Construção não 17h00 como obter vantagens com Sistemas industrializados Sustentáveis X Projetos Sustentáveis e novas tecnologias como alternativa para a escassez • Conhecimento do meio ambiente como diferencial para o de Mão de obra em Projetos na construção profissional caSo Gilbert Simionato PRÁtico • Como obter uma significativa redução na demanda de mão de obra Gerente de Novos Negócios e de custos ao se utilizar cada vez mais sistemas industrializados Reativa SeRvice engenHaRia eLétRica • Impactos positivos de construções mais inovadoras do ponto de vista tecnológico, logístico e ambiental • Impactos do Sistema Integrado de Gestão (SIG), nas normas • Como o uso de novas tecnologias pode ser uma boa solução para a caSo ISO9001 (qualidade), ISO14001 (ambiental) e OHSAS18001 (saúde PRÁtico falta de tempo e de funcionários e segurança no trabalho) na mão de obra • O sistema construtivo Light Steel Frame • Treinamento e requisitos legais das SIG quanto aos funcionários • Receptividade aos novos sistemas construtivos ainda sofre • Programas e ações internas com base nas exigências da SIG resistência por falta de conhecimento e informação? • Resultados da utilização dos Sistemas • Precisão oferecida pelos sistemas industrializados associada à Sandra Mara Corrêa velocidade da montagem à limpeza e à organização do canteiro: Consultora e Perita economia significativa YntHegRaRe conSuLtoRia • Por que ainda existe o preconceito em relação às tecnologias da construção 12h00 alternativas encontradas Pela gafisa Para gerenciar • Como buscar caminhos alternativos e assumir a necessidade grandes Projetos em Regiões em desenvolvimento de adaptação aos sistemas industrializados e ao estudo de • Como realizar grandes empreendimentos em locais ainda caSo novas tecnologias PRÁtico em desenvolvimento • Ganhos e resultados com diferentes tecnologias • Como analisar os principais riscos através da divisão da mão de • Impactos do primeiro marco de industrialização do setor X obra em: mão de obra direta da empresa mais terceirizados locais, qualidade das obras regionais e nacionais • Produtos populares X Produtos de alto padrão • Como verificar se o mercado local está ou não preparado • Tecnologias em ascensão para o desenvolvimento Heloisa Pomaro • Como equilibrar os custos contratados em locais pouco desenvolvidos Arquiteta e Diretora • Análise e cuidados com grandes obras concorrentes conStRutoRa MicuRa SteeL FRaMe • Análise do Cenário: custos, produtividade, prazos, benefícios, fator social Fernando Eduardo Arraes Feitosa 18h00 Encerramento do 1º dia da Conferência Diretor gaFiSa 12h30 Encerramento da Conferência A IBC tem uma política deSconto diferenciada de PaRa descontos para grupos. telefone: (11) 3017.6888 gRuPoS Venha com a sua equipe participar deste evento inFoRMaçõeS Fax toll Free: 0800 11 4664 e usufrua de uma e inScRiçõeS: email: construcao@ibcbrasil.com.br condição especial de pagamento. Consulte-nos! Site: www.informagroup.com.br/construcao
  4. 4. WoRKSHoPS SiMuLtâneoS PóS-conFeRência Quarta-feira-feira, 25 de agosto de 2010 1 Planejamento e estratégias para 2 Política de Benefícios e implementação de tecnologias na Remuneração como obra: como aumentar a Produtividade Ferramenta de Retenção com o Mesmo número de Funcionários no Setor da construção objetivo: objetivo: Este workshop trará passo a passo como implementar tecnologias na Este workshop ensinará na prática como incentivar o desenvolvimento obra, entendendo como lidar com barreiras culturais, de planejamento dos colaboradores, quais as principais iniciativas relativas à retenção de e pessoas. Após este workshop você poderá diminuir o retrabalho e a funcionários, estimulando o aperfeiçoamento profissional e ampliando as quantidade de funcionários no escritório, manter uma equipe enxuta perspectivas de crescimento no mercado de trabalho através de políticas mesmo com uma demanda maior de trabalho e desenvolver maior de benefícios modernas e bem desenvolvidas. responsabilidade nos funcionários da obra, aumentando sua confiabilidade, • Pessoas: principal ativo melhorando a carga de informação, aumentando as vendas, controle e • Valorização dos projetos de seus colaboradores faturamento, ganhando em processos e mantendo a mesma qualidade e • Incentivo a criatividade e a inovação e confiança estabelecida funcionários. Qual a mudança necessária de cultura para que a empresa • Políticas de remuneração competitivas e resultados obtidos com possa adaptar os funcionários ao utilizar novas tecnologias? as mesmas • Benefícios para as empresas e para as obras • Impactos de boas políticas de remuneração e benefícios • Modelos utilizados • Programas que podem ser feitos pelas companhias • Como é feito o treinamento para o pessoal de obra • Transferindo responsabilidade para o pessoal da obra: quais os Liderado por: benefícios para a empresa e profissionais Fabio Busato Osório • Qualidade maior mesmo com mais obras e mesmo número HR Compensation Manager de funcionários caMaRgo coRRêa • Problemas culturais na implementação Liderado por: Marcos Pasin CIO Bueno netto conStRuçõeS 13h30 Presidente Recepção e Credenciamento eSPeRanSaP BRaSiL agenda doS 13h45 Diretor de Educação e Eventos WoRKSHoPS 1 e 2: Início dos Workshops aSug BRaSiL 17h15 Marcos Hatsuo Takeuti Nakamura Encerramento dos Workshops Engenheiro Civil e Gerente de Obras Bueno netto conStRuçõeS Público-alvo venha realizar bons negócios cargos: Engenheiros, Gerente, diretor, analista, gestor executivo, técnico, CIO, arquitetos e profissionais que A sua empresa tem interesse em conquistar novos clientes, operam diretamente em projetos de construção divulgar a sua marca e comercializar seus produtos junto Setores: RH, todos os departamentos de Engenharia ao seu público alvo? (Internacional, Produto, Projetos, Qualidade, Orçamento e A IBC possui como público de seus eventos, executivos Execução), Administrativo financeiro, Planejamento e Controle de alto nível hierárquico, tomadores de decisão, das mais de obras, Operações, Novos Negócios, Incorporação, Meio importantes empresas nacionais e multinacionais. ambiente e Infraestrutura Para maiores informações entre em contato com empresas: Incorporadoras, Construtoras; Empresas de Roberta Froeder na Divisão de Patrocínio pelo telefone gerenciamento, Engenharia e Administração de projetos; (11) 3017-6872, ou encaminhe e-mail para: fabricantes de materiais, agentes financeiros e fundos roberta.froeder@ibcbrasil.com.br de investimentos.
  5. 5. IBC Tel.: +55 11 3017 6800 Fax: +55 11 3017 6802 www.informagroup.com.br Prezado(a) Profissional, O setor de construção tem a mais otimista perspectiva de contratação de funcionários no país, devido a obras de infraestrutura, preparativos para a Copa, programas habitacionais e aquecimento de obras públicas. As construtoras venderam R$ 26 bilhões em 2009 e há perspectivas de expansão entre 30% e 50%, tendo em vista o novo ciclo de investimentos. O efeito imediato deste crescimento é a alta demanda e a elevação do custo da mão de obra, sendo fundamental o planejamento econômico financeiro de projetos considerando-se as oscilações salariais e a volatilidade do mercado. O maior desafio não é somente solucionar esta crescente demanda, mas conseguir contratar e reter funcionários qualificados, experientes e produtivos para ganhar a acirrada competição pelos talentos no setor, evitando assim um apagão de mão de obra. A IBC organiza este encontro para mostrar como buscar e reter novos talentos, mobilizar os funcionários para locais com maior demanda, optar por novas tecnologias que possam aumentar a produtividade e diminuir a necessidade de mão de obra qualificada. Até lá, Mirela Mellone Project Manager P.S – Obtenha uma visão mais estratégica ao participar deste grande encontro que trará soluções efetivas e veja as principais estratégias utilizadas por profissionais - chave de grandes players do setor! RazõeS PaRa PaRticiPaR deSte evento: • Obtenha uma significativa redução na demanda de mão de obra utilizando sistemas industrializados e novas tecnologias • Planeje e dimensione seus custos e metas considerando as oscilações salariais e a volatilidade do mercado • Conheça as principais estratégias e alternativas encontradas pelas construtoras para buscar e reter bons profissionais • Atualize-se quanto ao atual cenário, perspectivas e projetos que vem sendo desenvolvidos pelo governo e entidades do setor • Aprenda a executar projetos de sucesso para lidar com a falta de mão de obra e de capacitação • Debata sobre a atual situação da mão de obra no país junto aos principais players do mercado • Estimule o aperfeiçoamento profissional e amplie as perspectivas de crescimento no mercado de trabalho através de políticas de benefícios modernas e bem desenvolvidas • Veja quais as regiões com maior necessidade de mão de obra no país e evite riscos ao mobilizar funcionários
  6. 6. ficha de inscriÇÃo – mÃo de oBra no mercado de consTrUÇÃo – hl0903510 Nome: Cargo: 9912247475-dr/sPM CPF: Depto.: E-mail: iir Sup. Imediato: Cargo: Razão Social: Nome Fantasia da Empresa: Ramo de Atividade: CCM: CNPJ: Insc. Estadual: ForMas de PagaMenTo Endereço Comercial: Emissão de boleto restrita até 3 dias antes do evento. Após esta data, favor contatar CEP: Cidade: Estado: a Central de Atendimento pelo telefone 11 3017 6888 ou e-mail customer.service@ Telefone: ( ) Celular: ( ) Fax: ( ) ibcbrasil.com.br. a participação do inscrito estará condicionada à efetiva comprovação de pagamento da inscrição antes da realização do evento. Nome p/ contato: Área: Nº de Funcionários: [ ] 01 - 99 [ ] 100 - 199 [ ] 200 - 499 [ ] 500 - 999 [ ] 1.000 - 1.999 [ ] 2.000 - 4.999 [ ] acima de 5.000 [ ] Boleto Bancário [ ] AMEX [ ] VISA [ ] MASTERCARD [ ] DINERS 3 autorizo o envio de informações da empresa por todos os canais de comunicação. Caso não queira receber informações, favor enviar e-mail para cadastro@ibcbrasil.com.br Nº x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x _ x Valid.:............. / ............... Assinatura: ........................................................................................................................................ condições gerais de inscrição dados sobre cobrança datas: conferência: desconto especial para Valor especial para Valor para inscrições Nome do contato: inscrições até 23/07/10* após 23/07/10 24 e 25 de agosto de 2010 Grupos. consulte-nos! Cargo: Investimento Total (1) Investimento Total (1) Workshops simultâneos: Endereço: 25 de agosto de 2010 q Conferência + Workshop 2 R$ 3.895,00 economize R$ 4.295,00 r$ 400,00 local: q Conferência + Workshop 1 R$ 3.895,00 R$ 4.295,00 Tel.: Fax: hotel pergamon E-mail p/ envio de NF-e: Rua Frei Caneca, 80 q Conferência R$ 3.095,00 R$ 3.495,00 Consolação – São Paulo/SP Cidade: *desconto não cumulativo, válido somente para inscrição e pagamento antecipados. (1) aTenÇÃo: Os valores incluem os impostos que devem ser recolhidos pela fonte pagadora em conformidade com a legislação Estado: CEP: vigente (Lei 116/2003, art. 5º da Lei 10.925/04 e art. 647 do RIR). pedimos a gentileza de contatar nossa central de O Informa Group plc está presente no Brasil e na America Latina atendimento para obter detalhes sobre o valor a ser pago, antes de efetuar o pagamento da inscrição. pelas marcas IBC e IIR. Planejamento e Organização dos eventos no Brasil: IIR Informa Seminários Ltda. A B C D E F G H I J K L M N a inscrição será confirmada após a organizadora receber esta ficha preenchida, assinada e carimbada. 4 maneiras rápidas de cancelamenTos e sUBsTiTUiÇÕes: Os cancelamentos podem ser feitos sem ônus ou encargos até 10 dias antes do evento. após esta data, as substituições podem ser feitas sem ônus, mas os cancelamentos enTrar em conTaTo conosco terão uma taxa administrativa de r$500,00. Em todos os casos, solicitamos informar a organizadora sobre qualquer alteração até às 12h da véspera do evento. Os inscritos que não cancelarem sua participação segundo as condições acima descritas, e não comparecerem ao evento, serão cobrados no valor integral acordado. Todas Telefone: 55 11 3017-6888 as notificações devem ser feitas por escrito pelo fax, e-mail ou endereço indicados nesta ficha. alTeraÇÃo de proGrama: O nosso compromisso é fornecer a discussão e o estudo de temas e casos relevantes por palestrantes habilitados. Eventuais alterações no programa serão decorrentes de caso fortuito ou força maior. Na eventualidade de algum palestrante não comparecer, envidaremos maiores esforços possíveis para substituir o executivo ausente por outro apto a promover a discussão do tema conforme programado. fax Toll free: 0800 11 4664 Contudo, tal empenho não implica em garantia da substituição. Ao assinar este documento, concordo com os termos acima pactuados. e-mail customer.service@ibcbrasil.com.br Local e Data insira no campo abaixo o código que se encontra na etiqueta de endereçamento siTe Código Código da etiqueta www.informagroup.com.br/construcao Assinatura e Carimbo da Empresa Lado superior direito Cargo:

×