materiais de alto custo

873 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
873
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

materiais de alto custo

  1. 1. 5º SeminárioMATERIAIS DEALTO CUSTOEnfoque Estratégico na Busca por Soluções Viáveis para ReduzirImpasses e Melhorar o Relacionamento entre os Players,Considerando as Modificações do Cenário das OPMES e as Alteraçõesnos Aspectos Práticos e Regulatórios______________________________________________________________________ 17 de Fevereiro de 2011 – Hotel Pergamon – São Paulo – SP Principais Assuntos Abordados: 1. Estratégias de Comercialização, Negociação, Precificação e Redução de Custos dos OPMEs 2. Relacionamento entre Fornecedores, Operadoras, Hospitais e Corpo Clínico 3. A Obrigatoriedade das 3 Cotas e das 3 Indicações dos Materiais de Alto Custo 4. Inovações Tecnológicas e as Necessidades do Mercado de Saúde 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE ENTRAR EM CONTATO CONOSCOTELEFONE: 55 11 3017-6888 E-MAIL: saude@ibcbrasil.com.brFAX TOLL FREE: 0800 11 4664 SITE: www.informagroup.com.br/saude
  2. 2. Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 201108h30 - Recepção dos Participantes e Entrega das Credenciais08h50 - Abertura da Conferência pelo Presidente de MesaDr. Roberto RodriguesPresidenteABRAIDI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE IMPORTADORES E DISTRIBUIDORES DE IMPLANTES09h00 – APRESENTAÇÃOO Cenário Atual dos Materiais de Alto Custo - Inovações Tecnológicas e as Necessidades doMercado de Saúde • Desvende o atual cenário brasileiro de materiais de alto custo e quais as principais inovações tecnológicas a respeito de OPMES • Saiba como o aumento do uso de órteses, próteses e materiais especiais está impactando a administração hospitalar e forçando o desenvolvimento de um planejamento estratégico • Entenda porque o novo cenário exige que operadoras e hospitais desenvolvam uma gestão que combine monitoramento das autorizações e pesquisa sobre a efetividade e qualidade dos produtos • Visualize os avanços tecnológicos, as modernizações no cenário de OPMES e seus impactos nos custos dos procedimentosDr. Luiz Carlos Mendes JuniorPresidenteBENEPLAN PRONTOCOR09h45 – Coffee Break e Networking Meeting10h05 – PAINEL DE DEBATESDescubra as Melhores Práticas Para Otimizar o Relacionamento entre Fornecedores, Operadoras,Hospitais e Corpo Clínico. Você está Realizando este Relacionamento de Forma Sadia e Eficaz? • Como melhorar o relacionamento do corpo clínico e das operadoras para minimizar os impactos no processo e agilizar e melhorar o tratamento para os pacientes? • Perceba a real importância de proporcionar um relacionamento realmente de parceria entre todos os indivíduos da cadeia e quais os benefícios desta parceria para o processo como um todo • Entenda a visão do corpo clínico como elo de ligação entre operadoras e pacientes e como melhorar o relacionamento com os médicos • Relacionamento de todos os players é fundamental para o alcance dos objetivos.Roberto SchahinDiretor AdministrativoHOSPITAL SANTA PAULAGenaldo VargasDiretor Administrativo-FinanceiroHOSPITAL EVANGÉLICO DA BAHIA 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE ENTRAR EM CONTATO CONOSCOTELEFONE: 55 11 3017-6888 E-MAIL: saude@ibcbrasil.com.brFAX TOLL FREE: 0800 11 4664 SITE: www.informagroup.com.br/saude
  3. 3. Manoel de Almeida Moreira FilhoDiretor GeralHOSPITAL ESTADUAL ADÃO PEREIRA NUNESWellington Benedetti CostaSócio-GerenteINPART SAÚDE E SERVIÇOSBertrand GourgueDiretor PresidenteSÍNTESE COMPRAS MÉDICASEdelí Verotti Martins CoutinhoCoordenadora de Compras de OPMELOGIMED DISTRIBUIDORA SOCIEDADE EMPRESÁRIADra. Laudenice GonsalvesCoordenação de Auditoria MédicaANA COSTA SAÚDE12h50 – Almoço13h50 – PAINEL DE DEBATESEntenda as Novas Exigência da ANS: O Dilema das 3 Cotações de Preços pelas Operadorase das 3 Indicações de Materiais pelo Corpo Clínico • A obrigatoriedade de realizar 3 cotações para cada caso de utilização das OPMES. Vislumbre como algumas empresas já se adequaram e conheça formas de se adequar a esta nova realidade • Como possibilitar que o corpo clínico indique racionalmente estas 3 opções de materiais de alto custo para o mesmo tratamento para as operadoras? • Entenda a nova legislação da ANS que prevê os 3 orçamentos e os impactos para a realidade da saúde suplementar • Identifique porque a disponibilização de opções de materiais deve ser encarada como uma forma positiva de acesso a valores diferenciados dentro do mesmo processoVisão Comprador Visão Relacionamento com Corpo ClínicoMario Pascual Canonico Rosângela Araujo SantosManager Supplies Own Resources Núcleo Atenção Integral Saúde -UNIMED SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Coordenadora Geral UNIMED SÃO JOSÉ DOS CAMPOS15h20 – APRESENTAÇÃOEstratégias de Comercialização e Negociação Como Alternativas Para a Viabilização dasOPMES • Informe-se sobre possíveis maneiras de otimizar o processo de comercialização e negociação visando a redução de custos e ao mesmo tempo evitando a questão do turnover dos pacientes • Central de compras ou cotação caso a caso? Entenda os benefícios de cada modelo e debata sobre qual o melhor para a sua realidade 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE ENTRAR EM CONTATO CONOSCOTELEFONE: 55 11 3017-6888 E-MAIL: saude@ibcbrasil.com.brFAX TOLL FREE: 0800 11 4664 SITE: www.informagroup.com.br/saude
  4. 4. • Como reduzir custos e ao mesmo tempo manter a qualidade otimizando os processos, reduzindo os impactos na gestão através de um planejamento estratégico e uma política de administração efetiva • Dilemas sobre a precificação dos materiais de alto custo. Visualize as principais dificuldades e alternativas para realizar a precificação destes materiaisLuiz Celso Dias LopesDepartamento de Relações com Órgãos ReguladoresSULAMÉRICA, ASSOCIADA ING16h00 – Coffee Break e Networking Meeting16h20 – APRESENTAÇÃOA Necessidade de Profissionalização dos Players do Setor de Saúde que Atuam comMateriais de Alto Custo • Desvende maneiras e possibilidades para melhorar o relacionamento entre operadoras e fornecedores e desenvolver um relacionamento de parceria entre eles • Entenda a real necessidade de profissionalização e desenvolvimento dos profissionais que atuam com os matérias de alto custo e quais as possíveis formas destes profissionais participarem ativamente do mercado de OPMES • Considerações de como desenvolver uma literatura científica e um maior conhecimento os produtos além das reais indicações de cada órtese, prótese e materiais especiaisRobinson Parpinelli Maria Elisa MansoConsultor Sênior Gerente de Promoção da SaúdeDH CONSULTORIA EM SAÚDE FEDERAÇÃO DAS UNIMEDS DO ESTADO DE SÃO PAULO17h00 – PAINEL DE DEBATESElabore Estratégias de Redução de Custos Através de uma Codificação Eficaz dos Materiaisde Alto Custo • Determine a importância de controlar a qualidade dos produtos com a finalidade de realmente otimizar o processo e ao mesmo tempo rastrear os resultados através de uma codificação eficaz • Compreenda a necessidade de codificação para os materiais de alto custo, estabelecendo, para isso, a melhor definição e indicação para cada um deles • Saiba como reduzir os custos nos processos de utilização das OPMES através de uma análise econômica efetiva e seguraRicardo Polachini Renato Rabello Jorciene Coelho VieiraDiretor Médico de Regulação Diretoria Geral Gerencia de ProcessosNORCLÍNICAS INTERMÉDICA HOSPITAL VERA CRUZ AMIL ASSISTÊNCIA MEDICA INTERNACIONALVera Vianna Jorgina Costa MagalhaesGerencia de Suprimentos SP e RJ - Compras Gerencia de HospitaisOPME AMIL ASSISTÊNCIA MEDICALOGSERV BRASIL INTERNACIONAL18h30 – Encerramento do 1º dia da Conferência 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE ENTRAR EM CONTATO CONOSCOTELEFONE: 55 11 3017-6888 E-MAIL: saude@ibcbrasil.com.brFAX TOLL FREE: 0800 11 4664 SITE: www.informagroup.com.br/saude
  5. 5. Alteração da Programação:O compromisso da IBC é fornecer a discussão e o estudo de temas e casos deinteresse por palestrantes habilitados. Eventuais alterações no programa serãodecorrentes de caso fortuito ou força maior. Caso algum palestrante não possacomparecer, a IBC, em cumprimento ao seu compromisso, procederá àsubstituição do palestrante ausente por outro apto a promover a discussão dotema, conforme programado. 4 MANEIRAS RÁPIDAS DE ENTRAR EM CONTATO CONOSCOTELEFONE: 55 11 3017-6888 E-MAIL: saude@ibcbrasil.com.brFAX TOLL FREE: 0800 11 4664 SITE: www.informagroup.com.br/saude

×