Clean codeCapítulo 09    Testes de Unidade
Grupo:● Victor Carvalho● Marco Aurélio● Diogo Ribeiro● Henrique Hirako
Testes de unidade1. As 3 leis do TDD  a. Não escrever código de produção sem ter criado     seu teste antes;  b. Não escre...
Testes limpos e Linguagem detestes específica a domínio- Utilização do padrão de codificação nostestes;- O código do teste...
Um padrão duplo e Umaconfirmação por teste- Ambiente de Produção X Ambiente deTestes;- Exemplo: StringBuffer;- Uma asserti...
Um único conceito por teste e F.I.R.S.T.1. Conceitos diferentes devem ser testados em   testes diferentes2. F.I.R.S.T - 5 ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Código Limpo: Testes de Unidade Capítulo 09

271 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
271
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Código Limpo: Testes de Unidade Capítulo 09

  1. 1. Clean codeCapítulo 09 Testes de Unidade
  2. 2. Grupo:● Victor Carvalho● Marco Aurélio● Diogo Ribeiro● Henrique Hirako
  3. 3. Testes de unidade1. As 3 leis do TDD a. Não escrever código de produção sem ter criado seu teste antes; b. Não escrever mais de um teste de unidade do que o necessário para falhar; c. Não escrever mais código de produção do que o necessário para o teste.2. Como manter os testes limpos3. Testes e a evolução do Código
  4. 4. Testes limpos e Linguagem detestes específica a domínio- Utilização do padrão de codificação nostestes;- O código do testes devem seguir as regras denomenclatura auto-explicativa;- Utilização de funções utilitárias e APIs paratestes;- Agiliza e flexibiliza o desenvolvimento eaumenta a acurácia dos testes;
  5. 5. Um padrão duplo e Umaconfirmação por teste- Ambiente de Produção X Ambiente deTestes;- Exemplo: StringBuffer;- Uma assertiva por teste;- Um único conceito por teste;- Concisão e compreensão;- Legibilidade, legibilidade...
  6. 6. Um único conceito por teste e F.I.R.S.T.1. Conceitos diferentes devem ser testados em testes diferentes2. F.I.R.S.T - 5 regras para testes limpos a. Fast: Testes lentos não serão rodados com frequência b. Independent: Testes devem ser rodados independentemente e em qualquer ordem c. Repeatable: Testes devem rodar em qualquer ambiente caso contrário existirá sempre uma desculpa para uma falha d. Self-Validating: Testes devem ter uma saida booleana, ou seja, o testador não deve verificar manualmente a saida do teste e. Timely: Testes unitários devem ser escritos antes do código em produção.

×