Em coro a deus louvemos 186 199

904 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
904
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Em coro a deus louvemos 186 199

  1. 1. “Bom é render graças ao Senhore cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo, anunciar de manhã a tua misericórdia e, durante as noites, a tua fidelidade.” Salmo 92.1-2 Em coro a Deus louvemos
  2. 2. 186 – Se uma boa amizade você tem Em coro a Deus louvemos
  3. 3. 186 – Se uma boa amizade você tem 2ª parte C Em1. Se uma boa amizade você tem, F C louve a Deus, pois a amizade é um bem. F Em Am Toda boa amizade você deve conservar, Dm G7 C como é bom quando se sabe amar. F Em Am A amizade vem de Deus e a Deus deve levar. Dm G7 C Como é bom quando se sabe amar. F Em AmEst.: Uma boa amizade é mais forte do que a morte, F Am Em Am C mesmo longe na saudade a amizade vai ficando até mais forte.2. A amizade é na sua vida uma canção. A amizade faz bater o coração. Ser amigo é fazer, ao amigo todo bem. Como é bom saber amar alguém. A amizade vem de Deus e a Deus deve levar. Como é bom quando se sabe amar. Em coro a Deus louvemos
  4. 4. 187 – Amizade verdadeira D A7 D A7 D1. Amizade verdadeira, mesmo quando longe está, G D A7 D /: há de sempre ser sincera, e jamais vacilará.:/2. Quem tiver uma boa amiga, companheira fraternal, /: deve dar-lhe teto e abrigo quando a perseguir o mal.:/3. Minha amiga dedicada, nunca te abandonarei; /: tu és todo o meu cuidado, sempre te fiel serei.:/4. Se a parreira der espinho e a figueira doce mel, /: quando a pedra verter vinho, deixarei de ser fiel.:/ Em coro a Deus louvemos
  5. 5. 188 – Graças, Senhor, eu rendo G D1. Graças, Senhor, eu rendo G C D muitas graças por este novo dia. G C D D7 G Graças, Senhor, a ti eu devo toda a alegria. 2. Graças por todos os amigos graças, Senhor, pelo meu lar, graças que até o inimigo eu posso perdoar.3. Graças por todo o meu trabalho, graças pela felicidade, graças por minha vida toda e por tua verdade. 4. Graças pela palavra, muitas graças por tua voz, Senhor, graças por nunca nos negares teu divino amor.5. Graças que tu não tens limites, graças, oh Deus que eu possa crer, graças eu te agradeço por poder agradecer. Em coro a Deus louvemos
  6. 6. 189 – Graças dou por esta vida Bb(A) F7(E7) Bb(A)1. Graças dou por esta vida, pelo bem que revelou Eb(D) F7(E7) Bb(A) graças dou pelo futuro e por tudo o que passou. Eb(D) Bb(A) F7(E7) Pelas bênçãos derramadas, pela dor, pela aflição, Bb(A) Eb(D) F7(E7) Bb(A) pelas graças reveladas, graças dou pelo perdão. 2. Graças pelo azul celeste e por nuvens que há também, pelas rosas no caminho e os espinhos que elas têm. Pela escuridão da noite, pela estrela que brilhou, pela prece respondida e a esperança que falhou.3. Pela cruz e sofrimento e também ressurreição pelo amor que sem medida, pela paz no coração. Pela lágrima vertida e o consolo que é sem par, pelo dom da eterna vida sempre graças hei de dar. Em coro a Deus louvemos
  7. 7. 190 – Graças dou por minha mãe Partitura do Canto Graças dou Bb(A) F7(E7) Bb(A)1. Graças dou por minha mãe, pela vida que levou, Eb(D) F7(E7) Bb(A) graças por lições preciosas, que ela humilde me ensinou. Eb(D) Bb(A) F7(E7) Graças por toda ternura, com que sempre me tratou Bb(A) Eb(D) F7(E7) Bb(A) e também pelo castigo que com amor me aplicou. 2. Graças dou por seu cabelo, que o tempo branqueou e também seu rosto amado, que a idade enrugou. Graças dou por sua mão que alegre acariciou pelo corpo que, bondoso, me gerou e amamentou.3. Graças por sua voz que me fez adormecer de tudo isso eu quero sempre me lembrar e agradecer. Graças dou por sua ausência, de meus olhos minha mãe. Graças por sua presença, sinto em meu coração. Em coro a Deus louvemos
  8. 8. 191 – Senhor, meu Deus, Em coro a Deus louvemos
  9. 9. 191 – Senhor, meu Deus 2ª parte Bb (A) Eb(D)1. Senhor, meu Deus, quando eu maravilhado Bb(A) F(E7) Bb(A) contemplo a tua imensa criação, Bb Eb(D) a terra e o mar e o céu todo estrelado, Bb(A) F(E7) Bb(A) me vem falar da tua perfeição. Eb(D) Bb(A) Gm Est.: Então minh’alma canta a Ti, Senhor: Cm(E7) Bb(A) “Grandioso és Tu, grandioso és Tu.” Eb(D) Bb(A) Gm Então minh’alma canta a Ti, Senhor: Cm(E7) F Bb(A) “Grandioso és Tu, grandioso és Tu!”2. E quando penso quanto Deus me ama que em meu lugar na cruz Jesus sofreu. A gratidão meu coração inflama, pois foi por mim que Ele padeceu. 3. Tua palavra veio revelar-me o eterno alvo que devo alcançar. Com tantas bênçãos vens presentear-me, eternamente hei de te louvar. Em coro a Deus louvemos
  10. 10. 192 – Nome sobre todo o nomeG Em Am D G Em Am DNome sobre todo o nome é o nome do meu Cristo.Bm Am Em GDiante de tão grande nome todos se prostrarão. C Am DTodas as forças da escuridão, todas as forças do mundo vil,G Am Em Amtodos os céus e as hostes de Deus: Todos se prostrarão.G Em Am D G Em Am DNossos olhos te contemplam, nosso coração te adora,Bm Am D C Bm Am Gnossa língua já proclama: Jesus Cristo é o Senhor! Em coro a Deus louvemos
  11. 11. 193 – Viver com Jesus A E A1. Viver com Jesus é cantar,/ viver com Jesus é sorrir, D A E A /: é sentir o calor de chegar,/ mesmo quando se tem que partir.:/ 2. Mas também é jamais se esquecer de que há muitos que vivem na dor. /: que mostrar nosso Cristo é viver, que viver é mostrar seu amor.:/ Em coro a Deus louvemos
  12. 12. 194 – Encontrei teu nome Em coro a Deus louvemos
  13. 13. 194 – Encontrei teu nome 2ª parte D G A1. Na imensidão do céu, encontrei teu nome. F#m Bm Na imensidão do mar, encontrei teu nome. G A Na pequenina flor, encontrei teu nome. F#m Bm No pássaro a cantar, encontrei teu nome. F#m Em Est.: No meu coração, no meu pensamento, A Bm No meu sentimento, encontrei teu nome. F#m Em Na minha alegria, no meu sofrimento, A Bm Na busca da paz, encontrei teu nome. A D /: Em tudo está o teu nome, meu Deus e Senhor.:/2. No rosto da criança, encontrei teu nome. Na mãe a acalentar, encontrei teu nome. E perdoando alguém, encontrei teu nome. Em quem sabe amar, encontrei teu nome. 3. Nos passos do irmão, encontrei teu nome. Na voz desta canção, encontrei teu nome. Na luz clara do dia, encontrei teu nome. Em quem vive alegria, encontrei teu nome. Em coro a Deus louvemos
  14. 14. 195 – Em sintonia C G C G CEst.: Meu espírito está. Meu espírito está F C G em sintonia com meu Deus. C G C G C F C G Meu espírito está. Meu espírito está em sintonia com o Pai. C7 F C G C G 1. O Espírito de Deus fez moradia no meu coração. C C7 F C G C Sua paz me envolveu e de alegria fiz esta canção.2. No Espírito de Deus, eu repousei fazendo o que Ele diz. E meu Deus me respondeu e deu-me a paz que faz eu ser feliz. Em coro a Deus louvemos
  15. 15. “O Senhor Deus é bom e cheio de compaixão;Ele demora a ficar irado e tem sempre muito amor.O Senhor é bondoso com todos e cuida com carinho de todas as suas criaturas”.Salmo 145.8-9 Em coro a Deus louvemos
  16. 16. 196 – Uma canção de esperança Em coro a Deus louvemos
  17. 17. 196 – Uma canção de esperança 2ª parte A D A1. A canção do vento que embala o campo D A E traz um novo alento, mostra um novo canto. A D A Se você se cansa de tanta escuridão, D A E busque uma criança no seu coração. E7 A Bm Est.: /: Enquanto houver um coração pra ser criança, E A lutemos juntos e não vamos desistir. E7 A Bm Ainda resta uma canção de esperança, E A anunciando a paz que o mundo há de sentir.:/ F# Bm2. Olhando o mundo vemos muito por fazer. E A Estenda as mãos e faça a vida florescer. D D7 A Estando unidos, bem mais fortes vamos ver, E E7 A no coração a paz - criança renascer. Em coro a Deus louvemos
  18. 18. 197 – Põe a semente na terra C F C Est.: Põe a semente na terra, não será em vão. G7 C Não te preocupe a colheita, plantas para o irmão. C G7 C1. Toda Mãe-Terra é um apelo pra sermos irmãos, G7 C e toda roça é um convite para o mutirão. 2. Toda colheita é um chamado pra se ajudar, e toda venda é um momento de se organizar.3. Todo suor é uma enxada a gerar comida, e toda luta é um arado a arrancar mais vida. 4. Toda chuva é uma bênção que faz germinar, e todo sangue é uma força para libertar.5. Todo serviço é um anseio de compartilhar, e o compromisso é uma forma de a gente se dar. Em coro a Deus louvemos
  19. 19. 198 – Obrigado Pai celeste C G Dm Am1. Obrigado, Pai celeste, / pelas bênçãos que nos deste C Am Dm G pelo pão de cada dia, / por saúde e alegria, F C G C por tristeza e por prazer, / por trabalho e por lazer.2. Por meu lar, meu obrigado, que em amor tens abençoado. Graças dou por cada amigo, pelo irmão que deu-me abrigo, pelo povo de Jesus, pela salvação na cruz.3. Graças que no mau momento és amparo és sustento. Minha culpa perdoaste, do abismo me salvaste. Quero, pois, a ti servir e somente a ti seguir. Em coro a Deus louvemos
  20. 20. 199 – Eu canto quando bem quiser C G C1. Eu canto quanto bem quiser, ninguém vai proibir. G C Que venha mesmo o que vier, com canto eu vou servir! G C Eu canto, eu canto, eu canto o teu louvor. F G C Eu canto, eu canto a ti, Senhor. 2. Mil alegrias deste a mim, em tua criação. O universo, que sem fim, surgiu por tua mão. Eu canto, eu canto, eu canto o teu louvor. Eu canto, eu canto a ti, Senhor.3. Criaste a mim e a todos nós em teu paterno amor. Louvamos-te com gratidão, Senhor e Salvador. Eu canto, eu canto, eu canto o teu louvor. Eu canto, eu canto a ti, Senhor. Em coro a Deus louvemos

×