Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública

1.286 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.286
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
590
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bruno Rondani: Inovação Aberta na Gestão Pública

  1. 1. Inovação Aberta na Gestão Pública 25 de fevereiro de 2011 Bruno Rondani rondani@allagi.com.br
  2. 2. Para que inovar?
  3. 3. Quem inova?
  4. 4. Como inova?
  5. 5. Como as empresas inovamDe onde vinham as grandes ideiaspara inovar? 1 gênio Muitos gênios juntos Graham Bell Bell Labs 5
  6. 6. Sucesso do P&D Corporativo Indústria de Eletrônica-TI Menlo Park Bell Labs Xerox Parc MS Research (1876) (1920) (1970) (1991)  Modelo de inovação integrado verticalmente  P&D interno específico para a empresa  Empresas criam barreiras de entrada através de economias de escala e escopo 6
  7. 7. O que está mudando?1. Aumento da mobilidade da mão de obra qualificada.2. Universidades mais participativas no processo de inovação das empresas.3. Diminuição da hegemonia norte- americada e europeia. 7
  8. 8. O que está mudando?4. Grande crescimento da indústria de Venture Capital e Empreendedorismo em todo o mundo.5. Abundância de conhecimento relevante sendo gerada fora do âmbito da empresa. 8
  9. 9. O que está mudando?6. Sucesso de iniciativas relacionadas à produção colaborativa.7. Complexidade tecnológica crescentes (ultraespecialização). 9
  10. 10. P&D investido pelas Empresas - EUA Gastos com P&D nos EUA por tamanho de empresa Tamanho Empresa 1981 1989 1999 2005 < 1.000 4,5% 9,0% 22,5% 24,0% funcionários 1.000–4.999 6, 0% 7,5% 13,5% 15,5% 5.000–9.999 6,0% 5,5% 9,0% 8,0% 10.000–24.999 13,0% 10,0% 13,5% 15,0% 25.000+ 71,0% 67,5% 41,5% 37,5% Fonte: National Science Foundation, Science Resource Studies, Survey of Industrial Research Development. 10
  11. 11. Open Innovation Other firm´s market License, spin Our new out, divest market Internal technology base Internal/external Our current venture handling market External technology insourcingExternal technology base Stolen with pride from Prof Henry Chesbrough UC Berkeley, Open Innovation: Renewing Growth from Industrial R&D, 10th Annual Innovation Convergence, Minneapolis Sept 27, 2004.
  12. 12. Era da colaboração para a inovação Funcionários Inventores Comunidades de Usuários Empreendedores 12
  13. 13. 2003: We broke up the fortress… Philips Research,Ronald Wolf, 10/08
  14. 14. Bringing in the right partners –Open innovation> 75 companies and> 7000 people at High Tech Campus Eindhoven Corporate Research innovators institutes Consultancy Economic & services development companies Philips Research,Ronald Wolf, 10/08
  15. 15. 15
  16. 16. Desafio da Inovação Aberta paraas Empresas Competição Colaboração 17
  17. 17. Acordo social da PropriedadeIntelectual Patente: acordo entre sociedade e inventor  Inventor recebe direito ao monopólio temporário em retribuição ao trabalho e risco empreendido pelo inventor  Sociedade recebe informações sobre a invenção de forma que outros “treinados na arte” possam reproduzi-la 18
  18. 18. Acordo social da PropriedadeIntelectualProblema 1: quanto inventor nãopratica a sua invenção e não a licenciapara outros, configura-se umdesequilíbrio deste contrato social(ex.: uma grande corporação comgrande capacidade de realizar P&Dacumula um portfólio de patentes demilhares de patentes e apenas pratica1/5 delas). 19
  19. 19. Acordo social da PropriedadeIntelectualProblema 2: mercados intermediáriosde patentes podem ajudar (tornam aPI “mais líquida”) ou bloquear umaempresa de ingressar em determinadomercado (“patent trolls”). 20
  20. 20. Como inovar na Gestão Pública?Desafios• O preço da política• DNA anti-inovação• Receio de divergência• Onde está o cidadão?• Uma orquestra sem maestro• Liderando no vácuo (80/20)fonte: Christian Bason. Leading public sectorinnovation. 21
  21. 21. Desafio da Inovação Abertana Gestão Pública Representação Participação
  22. 22. Como inovar no setor público? 1. Informando... 2. Ouvindo... 3. Envolvendo... 23
  23. 23. Portal Governo Aberto - Estado de SPhttp://www.governoaberto.sp.gov.br • Portal de dados abertos do governo de SP que promove a transparência via disponibilização de suas bases. • Estão disponíveis dados sobre mercado de trabalho, população, eleições, informações municipais, PIB e serviços ao cidadão, entre outros. • A expectativa é de que surjam aplicativos que acessem/analisem esses dados. 24
  24. 24. Senadora Kate Lundy - Austráliahttp://www.katelundy.com.au/category/ca mpaigns/publicsphere/ • A senadora propôs a Public Sphere, conjunto de eventos e espaços para discussão e colaboração. • Como um dos resultados, foi criada a Gov 2.0 Taskforce, grupo de especialistas responsável por fomentar iniciativas de governo aberto. • O modelo de consulta pública virou referência e gerou inúmeros outros processos.
  25. 25. City of Manor, Texas - EUA http://manorlabs.org/ Alguns projetos inovadores na cidade: • Instalação de códigos QR para fornecer informação via dispositivos móveis. • Sistema de registro de buracos nas vias da cidade pelos cidadãos. • Plataforma para receber ideias dos cidadãos e facilitar sua discussão. A experiência gerou um guia para implantação de iniciativas governo 2.0 em municípios.
  26. 26. Challenge.gov - US General Services Administration http://challenge.gov/ • Plataforma criada pela GSA para propor desafios da gestão pública aos cidadãos. • Qualquer agência do governo federal pode propor desafios na plataforma. • Cidadãos que contribuem com soluções vencedoras podem ganhar prêmios. • Lançada em set/2010, facilitou até fev/2011 cerca de 70 desafios organizados por 27 organizações públicas.
  27. 27. Inovação Aberta na Gestão Pública 25 de fevereiro de 2011 Bruno Rondani rondani@allagi.com.br

×