Etc 2012 aulas 1 e 2

684 visualizações

Publicada em

Aulas 1 e 2 do curso Economia Política da Comunicação na Amazônia, oferecido na disciplina Estudo de Temas Contemporâneos, do curso de Comunicação da UFPA, no 1o semestre de 2012. Prof. Dr. Fábio Fonseca de Castro.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
684
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
190
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Etc 2012 aulas 1 e 2

  1. 1. Universidade Federal do Pará Estudo de Temas Contemporâneos: Economia política da comunicação na Amazônia Aulas 1 e 2O problema da concentração midiática 19 e 21/03/2012 Prof. Dr. Fábio Fonseca de Castro Faculdade de Comunicação Fabio.fonsecadecastro@gmail.com hupomnemata.blogspot.com
  2. 2. A questão da aula: o que é concentração midiática?• O processo da concentração de mídia no Brasil e no mundo.• Os problemas causados pela ausência de regulamentação sobre o assunto.• Por que não se regulamenta? O que impede a regulamentação?• A luta pela regulamentação e pela democratização da comunicação.
  3. 3. O processo de concentraçãomidiática no Brasil: estudo de um caso.
  4. 4. Fase concorrencial• Em 1931 havia 2.959 jornais e revistas no país.• Destes, 702 estavam em SP e 524 no RJ.• Não havia veículos de expressão nacional.• Padrão empresarial centrado na pequena empresa.
  5. 5. 1ª fase monopolista: Os Diários Associados• Assis Chateaubriand compra O Jornal, do RJ, em 1924.• Métodos: chantagem e denuncismo.• Em 1959 já era o maior grupo de comunicação da América Latina: – 40 jornais e revistas – 20 estações de rádio – 10 emissoras de TV – 1 agência de notícias – 1 agência de publicidade• Começo da erupção do sistema em 1964: crise na sucessão e não-alinhamento ao Golpe Militar.
  6. 6. 2ª fase monopolista: Rede Globo• 69 veículos próprios• 35 grupos afiliados, controlando 340 veículos – em geral os mais influentes em cada estado e região.• Esse sistema inclui: – 33 jornais – 52 estações de rádio AM – 76 estações de rádio FM – 11 estações de rádios OC – 105 emissoras de TV – 27 revistas – 9 operadoras de TV paga – 3.305 retransmissoras de TV.
  7. 7. Outros grupos monopolistas• Grupo Abril – Victor Civita chega ao Brasil em 1949, vindo dos EUA, trazendo um acordo com a Disney. – 1950: Pato Donald – 1951: Fotonovelas – Anos 60-70: segmentação do setor, c/ surgimento de revistas de moda, automóveis, turismo, etc. – 1968: revista Veja. – Hoje: Editora Abril,, Abril Digital, MTV, FIZ TV, Canal Ideal, TVA, Editoras Ática e Scipione. – 7 das 10 revistas + vendidas no país.
  8. 8. Outros grupos monopolistas• Grupo O Estado de São Paulo – Criado em 1875. – A partir de 1932 se torna o porta-voz das elites paulistas, derrotadas em seu levante “constitucionalista”.• Grupo Folha da Manhã – “Folha de S. Paulo” fundada em 1921. – Em 1962 é adquirido pelas famílias Frias e Caldeira e prospera com a ditadura militar. – Crescimento espetacular nos anos 1990.
  9. 9. Outros grupos monopolistas• Grupo SBT – 1º canal, no RJ, em 1976. – Em 1981 recebe do Governo Militar 4 canais tomados à Tupi. – Possui 195 veículos próprios. – 37 grupos afiliados. – 1.441 retransmissoras.
  10. 10. Outros grupos monopolistas• Grupo Record – Fundado em 1953 e vendido à IURD nos anos 1990. – 30 grupos afiliados. – 870 retransmissoras.
  11. 11. O problema Sob o falso pretexto da“liberdade de imprensa”,essas empresas praticam aliberdade de monopólio.

×