News Latter.PDF

85 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
85
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

News Latter.PDF

  1. 1. Outubro de 2012 AAUC começou o semestre com nova identidade visual, mais moderna e com diferentes aplica- ções. O conceito foi desenvolvido pela equipe de produção e está sendo vei- culada em todos os materiais internos. O conceito criativo levou em conta o fato deaAUCserumlocaldeaprendizadopara toda a comunidade acadêmica. O conhe- cimento está presente 24 horas, ou seja, não se esgota. Daí nasceu a ideia de uti- lização de um círculo aberto entrelaçado, simbolizando a troca de conhecimento Em Ação s e m fim, através do entrelaçamento das diferentes ideias, representa- das pelas linhas nas cores cinza e verde. A necessidade do redesign surgiu da di- ficuldade de aplicar o antigo logo a de- terminadas peças. A cor cinza dificultava o contraste visual, por isso a cor preta foi escolhida para compor a palheta de cores. Ela contrasta mais com o verde, o que tor- na a marca mais impactante. Outro deta- lheeraalocalizaçãodadescrição“Agência Universitária de Comunicação – UNICID”, que em alguns casos de diminuição do logotipo, deixava as palavras ilegíveis. Outros fatores também contribuíram para o reposicionamento da marca. As atividades realizadas nos laboratórios de vídeo e rá- dio sempre foram assinadas pelo logo criado inicialmente. Porém, es- tes espaços são extensões da Agência e é mais interessante que eles tu seja, que concedam mais personalidade à marca. Para criar uma identidade dos labora- tórios, surgiram três palavras norteado- ras: aprendizado, produção e compar- tilhamento. Os espaços foram criados para servir aos alunos, de forma que eles possam utiliza-los para aprender, colocar em prática e divulgar seus tra- balhos, como atividades que contribu- am para o seu crescimento profissional.
  2. 2. 2 3 Neste semestre, o Curso de Comunica- ção está oferecendo aos alunos uma série de oficinas de produção, de curta duração. Até o dia 4 de outubro, acon- tece a oficina básica de edição de vídeo, coordenada por Robson Bravo e Silva. An- tes, aconteceu a oficina de stop motion. A oficina de vídeo começou dia 20. A ideia é levar o pessoal a conhecer e exercitar açõesbásicasdevídeo,incluindofunçõese Notícias Campanha de comunicação revaloriza valores e informa- ção da Escola de Samba Flor de Vila Dalila. (Por Bernardete Toneto). Neste semestre, a Agência Universitária de Comunicação realiza um trabalho de comunicação institucional para o Grê- mio Recreativo Escola de Samba Flor de Vila Dalila, da zona Leste. Estão sendo de- senvolvidas ferramentas de comunicação interna e externa, em diálogo com as ne- cessidades da escola de samba do Grupo 3 do Carnaval paulistano. Estão sendo refeitas todas as ferramentas digitais da agremiação – Facebook, blog, Twitter e Flickr. Foram criadas camisetas institucionais e um jornal mural para que toda a agremiação fique por dentro do que acontece em cada ala da escola de samba. O trabalho inclui a identidade visual da comunicação institucional, baseada no marca visual . O brasão da Flor de Vila Da- lila, com as cores azul e branco, foi preser- vado, ganhando mais visibilidade na tabe- la cromática escolhida para os fundos das artes. São aplicados raios que simbolizam a irradiação do trabalho da agremiação para a comunidade, e vice-versa. A tipo- grafia, bastonada, dá sensação de força e tradição, valores da escola de samba. Soares Guerreiro, vice-presidente da Reportagem Agência AUC - Oficina de Stop Motion. Agência AUC no auditório da UNICID. Agência AUC - Brasão da Escola de Samba Vila Dalila. Oficinas mobilizam alunos manuseio de câmera, roteiro e finalização. Em agosto, em três quintas-feiras (dias 9, 16 e 23) foi realizada a oficina de stop motion, em que os alunos aprenderam a técnica de produção e edição, que en- volve a produção de storyboard, criação de personagens, cenário, fotografia e edição. Os responsáveis foram os esta- giários Sérgio Dias e Thamires Castro. Bienal agradece a AUC AAUC recebeu um email de agra- decimento pela organização e acolhida do Projeto Educativo da 30ª Bienal Internacional de Arte Contem- porânea de São Paulo, da Fundação Bienal. O evento aconteceu no dia 14 de maio e reuniu cerca de 300 alunos. O encontro uniu os cursos bacharela- dos em Arquitetura e Urbanismo, Le- tras,Matemática,PedagogiaeHistória e os cursos tecnológicos em Comunica- çãoInstitucional,DesignGráfico,Produção Publicitária, Eventos e Gestão de Turismo. A fotógrafa e curadora Denise Adams e o arte-educador Bob Borges, mediadores do encontro, apresentaram a história da Bienal das Artes e as inquietudes que as obras podem causar aos expectadores. Desde o dia 7 de setembro, a 30ª Bie- nal de São Paulo está expondo cer- ca de 3 mil obras de 111 artistas de vá- rias partes do mundo. Este ano, a Bienal tem como tema “A iminência das poé- ticas”. Metade das obras foram produ- zidas especialmente para a exposição, que fica em cartaz até 9 de dezembro. Pela primeira vez, o evento se estenderá a museus e pontos turísticos fora do Par- que Ibirapuera, na Zona Sul da capital, principal local da exposição. Este ano, a bienal é inspirada na constelação e na ideia de que as obras são relacionadas. Além da exposição principal no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera, o evento está presente no Museu da Ci- dade (Casa Modernista, Casa do Bandei- rante e Capela do Morumbi), no Masp, no Museu de Arte Brasileira da FAAP (MAB- FAAP) e no Instituto Tomie Ohtake. Tam- bém estão programadas intervenções na Avenida Paulista e na Estação da Luz. Iminência das poéticas O samba pede passagem na AUC Serviços 30ª Bienal de Arte de São Paulo Quando: até 9 de dezembro Onde: Parque do Ibirapuera Entrada: às terças, quintas, sábados e domingos (9h às 19h); quartas e sextas (9h às 22h). A entrada é gratuita, Flor de Vila Dalila, mostrou-se entu- siasmado com a proposta apresen- tada pela AUC. E convidou a equipe, junto com os alunos, a formar uma ala especial para o desfile de 2013.
  3. 3. 4 Como dizia o grande mestre Chacrinha,“quem não se comunica, se estrumbica”. Pen- sando nisso, nasce agora a AUC em Ação, publicação que traz, em primeira mão, as notícias da Agência Universitária de Comunicação, da Universidade Cidade de S.Paulo. Notícias, reportagens, dicas e muito mais você encontrará mensalmente nessa publi- cação, feita com carinho e dedicação pela equipe da AUC e por toda a comunidade do Curso de Comunicação Social. Mas não se trata de uma simples publicação; como diz o nome, estamos “em ação”, para tratar de temas atuais como comunicação, tecnologia, arte e muitas outras“eurekas”do cotidiano de quem faz criação e planejamento. Esperamos que você curta AUC em ação, participando e integrando esse canal de infor- mação e partilha de conhecimentos. Itaú Cultural organiza enciclo- péia online de artes visuais. Site traz cate- gorias com diversas informa- ções, entre elas dados sobre artistas, museus, conceitos e obras. (Por Catraca Livre). Como ter acesso a mais de 12 mil ima- gens sobre a produção artística bra- sileira e consultar conceitos usados no campo das artes visuais? Basta navegar pela enciclopédia on-line criada pelo Itaú Cultural. Sem custo algum, interessados pelo assunto podem usufruir das informa- EditorialDicasAnúncios Confira nossas redes sociais: aucagencua.wordpressaa.com Agência AUC twitter.com/aucagencia Cada arte em seu lugar Expediente AUC em Ação Boletim informativo mensal da Agência Universitária de Comunicação da Unicid Coordenação do projeto: Edson Roberto de Jesus Maria Bernardete Toneto Alfredo Coelho e Luis Santiago Gestora da AUC: Ellen Aguiar Projeto Gráfico: Fabiano Marinho Humberto Miguel AUC – Rua Cesario Galeno, 4448/475 – Bloco B. ções contidas no site e, consequentemen- te, ampliar o conhecimento. A enciclopédia passou a integrar a página do Instituto em 2001. Contudo o trabalho de coleta de dados foi iniciado em 1987, com a criação do “Banco de Dados Infor- matizado ICI”. A priori, foram levantadas informações sobre pinturas nacionais. Em 2006, o espaço dedicado às artes visuais ganhou nova versão com três possibilida- des de idiomas além do português: inglês, espanhol e francês. O conteúdo é dividido por seções que vão de“Artistas”,“Instituições e Museus”e “Obras”, a“Termos e Conceitos”,“Marcos da arte brasileira”e“Base de eventos”. Nesta última estão reunidos registros de exposições que aconteceram no Brasil e mostras internacionais em que artistas < Agenda > 4 de outubro – Encerramento da oficina básica de edição de vídeo 15 a 19 de outubro – Avaliação Integrada 1 (A1) 25 de outubro- Encerramento da exposição “Observadores: fotógrafos da cena britânica desde 1930 até hoje”. No Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso (avenida Paulista, 1313). brasileiros participaram. A enciclopédia é alimentada com a co- laboração de artistas e pesquisadores e está em contínuo processo de ampliação.

×