ANÁLISE AO PROJECTO“LEIXÕES DE MATOSINHOS”2010/2013Junho de Matosinhos 2013
ANÁLISEEste documento tem como objetivo fazer uma análise resumida ao projeto “Leixões deMatosinhos”, que foi implementado...
- Foi criado um projeto e aplicado o que desde logo é um sinal de dinamismo eorganização;- No início de cada época desport...
Sport Club, com isto não existiu uma diminuição de qualidade mas sim a melhoria deformação de jogadores da “casa” e com um...
importante, a formação de 20 jovens adultos num curso EFA de Gestão Desportivafeito em parceria com o Externato nas instal...
Concluindo esta análise, só poderemos dizer que com este projeto “Leixões deMatosinhos” ASSEGURAMOS O FUTURO DO LEIXÕES, f...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto "Leixões de Matosinhos" - análise 2010/13

1.373 visualizações

Publicada em

Projeto desenvolvido pelo Futebol Formação do Leixões Sport Club ao longo de 3 anos (2010/2013)

Publicada em: Esportes, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto "Leixões de Matosinhos" - análise 2010/13

  1. 1. ANÁLISE AO PROJECTO“LEIXÕES DE MATOSINHOS”2010/2013Junho de Matosinhos 2013
  2. 2. ANÁLISEEste documento tem como objetivo fazer uma análise resumida ao projeto “Leixões deMatosinhos”, que foi implementado no futebol de formação do Leixões Sport Clubcom o intuito de potenciar a formação das épocas 2010 a 2013. Após esta análise severificarmos que o projeto atingiu os objetivos a que se proponha, deverá serposteriormente decidido se o mesmo deve ter continuidade.Para a criação do projeto foi feita uma análise do momento (2009/2010) em relação aofutebol de formação e evidenciaram-se os seguintes fatores que levaram à elaboraçãodo projeto em análise:- Inexistência de um projeto desportivo e formativo, que tivesse em conta todos osfatores que não só a obtenção de resultados desportivos, e quando para os atingir setivesse que perder identidade;- Completo descontrole orçamental, onde não existia a apresentação de um relatóriode contas nem projeções financeiras, não existiam receitas previstas, só despesas masmesmo essas acumulavam-se, dando origem a alguns processos de penhora;- Instalações desportivas que não permitiam a melhor formação dos nossos jovensjogadores;- Fraca envolvência dos jogadores com o clube e do clube com os jogadores.Para além de mais fatores não expostos neste documento. Por todos estes fatos acriação de um projeto que visasse a dinamização e potencialização do futebol deformação com uma identidade muito própria e vincada tornou-se importantíssima eobrigatória. Desta forma nasceu o projeto “Leixões de Matosinhos” que durante 3épocas desportivas esteve a ser aplicado. Foram efetuadas apresentações aos técnicose diretores, assim como realizadas apresentações públicas (Tertúlia Leixonense) deforma a expor o projeto que se aplicou.Chegamos a este documento que vem analisar tudo o que se foi fazendo durante estastrês épocas desportivas no futebol de formação do Leixões Sport Club. A análise serárealizada por pontos de forma a ser melhor entendida:
  3. 3. - Foi criado um projeto e aplicado o que desde logo é um sinal de dinamismo eorganização;- No início de cada época desportiva foi apresentada uma projeção financeira e nofinal de cada época um relatório de contas;- Esses relatórios e projeções demonstraram-se corretos pois no caso das projeçõesestavam dentro da realidade posteriormente vivida e os relatórios foram sempreapresentados com base em documentos oficiais entregues à tesouraria do clube, o quepassou a dar a credibilidade financeira que o futebol de formação não tinha até então;- Com as decisões financeiras tomadas o futebol de formação do clube passou a serautossustentável, não dependendo de subsídios camarários ou injeções de dinheiroprovenientes do sector profissional, passando a honrar os compromissos com osfornecedores e colaboradores (técnicos, fisioterapeutas, motoristas, etc);- Passou-se de uma despesa média de 300.000€ por época para uma despesa média de125.000€, o que significa que se reduziram despesas em mais de 55%, e conseguindocumprir sempre com os pagamentos como foi referido anteriormente;- Todas as equipas passaram a ter muito melhores condições de infraestruturas para aformação, treinando todas 3 a 4 treinos por semana em relvados sintéticos ounaturais, jogando quase a sempre na condição de visitado em relvados sinteticos;- Existiam 12 equipas de formação, neste momento existem 19 equipas de formação,para além da criação da equipa de veteranos e de futebol de praia. Maisrecentemente foi assumida a criação de uma equipa B (totalmente amadora epertencente à formação como ultima equipa formativa) para a época 2013/2014.Assim sendo, neste momento existem 23 equipas sob a alçada do futebol de formação,o que representa um aumento de quase 100% em equipas, possibilitando assim que oclube aumentasse o número de praticantes potencializando a sua vertente social,formativa e desportiva, sendo a grande maioria de MATOSINHOS, o que nãoacontecia anteriormente;- Apesar deste aumento não existem ainda infraestruturas próprias do clube, estando aformação neste momento no Complexo da Bataria, Perafita, Lusitanos de Santa Cruz,Bairro dos Pescadores, Estádio do Mar, mas é possível realizar 60 unidades de treinostodas as semanas e cerca de 20 jogos por fim de semana, o que é revelador de elevadograu de organização do futebol de formação, numa estrutura que envolve cerca de 70pessoas de forma direta (entre treinadores, diretores e colaboradores), o que poucosclubes a nível nacional conseguem;- Na vertente mais desportiva foi privilegiada a continuidade formativa dos jovensatletas, possibilitando que passem o maior tempo possível da sua formação no Leixões
  4. 4. Sport Club, com isto não existiu uma diminuição de qualidade mas sim a melhoria deformação de jogadores da “casa” e com uma grande referência do clube;- Durante estas 3 épocas aumentou-se o número de jogadores que foram a seleçõesconcelhias (Sub14), seleções distritais (Sub14), seleções nacionais (Sub15, Sub17,Sub18, Sub20 e Sub21), para além de se conseguir a manutenção dos jogadores deseleção no clube;- Com a criação da equipa feminina Sub18, também passamos a ter muitas maisatletas nas seleções distritais e nacionais femininas, quer de formação, quer seleçãonacional feminina A;- Deixou-se de depender de outros clubes (parcerias, protocolos) para ter jogadoresde qualidade, passamos a forma-los com resultados de qualidade formativaevidentes;- Existiu um aumento tremendo nos jogadores que passaram a integrar os quadros daequipa profissional, pois independentemente das dificuldades financeiras possam serpromotoras desse aumento, foi provado que a formação é feita com qualidade porqueesses jogadores que subiram foram os mesmos que tiveram maior utilização na equipasénior e foram vendidos, só esta época 3 jogadores vindos da formação foramvendidos para clubes da primeira liga, o que dá muita credibilidade formativa ereconhecimento nacional, pois nenhum outro clube nacional conseguiu vender 3jogadores vindos da sua formação nesta época. 17 Jogadores passaram da formaçãopara a equipa profissional desde a época 2010/2011 à época 2013/2014;- Foram realizados mais de 20 contratos de formação ao longo das 3 épocasdesportivas, como jovens jogadores, de forma a acautelar o futuro;- Com esta passagem de jogadores, aliada a uma maior proximidade com a estruturatécnica da SAD foi conseguida a criação de uma nova vaga de “BEBÉS DO MAR”;- Ao longo destas três épocas a Cultura da Vitória ajudou à formação de homens ejogadores, pois para além de se ter atingido muitos honrosos lugares, ganhou-se várioscampeonatos distritais e provas extra, para além de se conseguir ir a 2ªs fases decampeonatos nacionais e manter todas as equipas nas primeiras divisões nacionais;- O Leixões Sport Club é neste momento o clube com mais equipas na AFP no que àformação diz respeito, para além de ser dos clubes nacionais que tem em todas as 1ªdivisões nacionais e distritais uma equipa;- Para além de toda uma formação de jovens jogadores reconhecidamente em termosnacionais, de qualidade, o futebol de formação criou neste projeto mais valências quepotenciaram e colocaram o projeto num patamar de eleição, foi criado um protocolocom o Externato Santa Clara que permitiu não só o aumento de receitas como, e mais
  5. 5. importante, a formação de 20 jovens adultos num curso EFA de Gestão Desportivafeito em parceria com o Externato nas instalações do Leixões Sport Club e comprofessores do clube. Para além do curso EFA foi criado um curso Profissional deGestão Desportiva destinado aos nossos jogadores que irá potenciar a sua entrada nafaculdade e permite uma simbiose perfeita entre a formação desportiva e escolar,neste momento estão 26 alunos na turma com excelentes resultados escolares edesportivos, para além de professores que pertencem ao quadro técnico lecionaremno curso, no futuro poderão ser efetuados novos cursos;- Foi criada uma parceria com a Clinica Médica de Matosinhos, que permite umasubstancial melhoria nas condições de diagnóstico, encaminhamento e tratamento dassituações médicas surgidas no futebol de formação;- Foi criada a organização de Festas de Aniversário no Estádio do Mar, o que serevelou um inteiro sucesso, pois permite um novo retorno financeiro masprincipalmente a criação de uma ideia de clube especial para momentos especiais;- Foi efetuada a continuidade de organização de Campos de Férias e Soccer Camps,que para além do retorno financeiro, trouxeram mais de 1000 crianças ao clube paramomentos de grande diversão, o que faz com que o clube tenha cada vez maissimpatizantes e adeptos jovens;- Para além de tudo isto foi possível aumentar a qualidade da organização do futebolde formação, passando a existir mais diretores, mais colaboradores. Onde todossabem qual a sua função e objetivo. Para além de todos revelarem uma competênciade excelência;- Por fim foi criada uma ligação perfeita entre a formação do clube e a cidade com aintervenção dos jogadores do clube em eventos que os aproximou da cidade e doclube.No futuro o caminho deverá ser o de potencializar este projeto com a manutenção daslinhas orientadoras, e a criação de algumas que podem levar a uma certificação oficialde qualidade, por exemplo criar um nome (por exemplo: Academia do Mar) quepermita a expansão nacional do conceito da nossa formação, deveremos organizar umgrande congresso nacional sobre formação e rendimento, criar um gabinete deespecialização formativa individualizada para além de um de análise eacompanhamento. Para além de se procurar ter o mais rapidamente possível (mas issonão está nas mãos do clube) um centro de formação desportiva com 2 campos defutebol de 11 e um de 7, só para a formação do Leixões Sport Club.
  6. 6. Concluindo esta análise, só poderemos dizer que com este projeto “Leixões deMatosinhos” ASSEGURAMOS O FUTURO DO LEIXÕES, formamos melhor e formamosmais. Desta forma só nos resta propor a continuidade do projeto por mais três épocasdesportivas, para posterior reavaliação. Ao longo de 3 épocas foi recuperado o que seestava a perder, IDENTIDADE, ORGANIZAÇÃO, DINÂMICA, COMPETÊNCIA,EXIGÊNCIA, CREDIBILIDADE, RECONHECIMENTO, QUALIDADE, FUTURO!PARABÉNS FUTEBOL DE FORMAÇÃO – LEIXÕES SPORT CLUBDireção Futebol de Formação Coordenação Técnica do Futebol de FormaçãoAdelino Rodrigues Gomes Pedro Miguel Caldeira Correia

×