Roda de Conversa MAES 10/07/2010

594 visualizações

Publicada em

Roda de Conversa do Museu de Arte do Espírito Santo mediada por Erika Sabino.
Tema: Arte x Design na perspectiva de Bruno Munari.

Publicada em: Educação, Design, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
594
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roda de Conversa MAES 10/07/2010

  1. 1. B RU N O M U N A R I : A RT E E D E S I G N P RO F. H U G O C R I S TO, M S C . U N I V E R S I DA D E F E D E R A L D O E S P Í R I TO S A N TO D E PA RTA M E N TO D E D E S E N H O I N D U S T R I A L @ H U G O C R I S TO · W W W. N I C V I X . C O M
  2. 2. “Objetos criados por designers não têm qualquer outros significados para além dos que são inerentes às suas funções. São aquilo que são, não o suporte de uma mensagem.”
  3. 3. BRAUN // DIETER RAMS
  4. 4. “A intervenção do designer pode aumentar um mercado, inventando novos objetos correspondentes a novas necessidades reais, (contrariamente ao que sucede nos EUA, em que se inventam necessidades para vender produtos).”
  5. 5. APPLE DESIGN
  6. 6. “Um verdadeiro designer não se preocupa com estilo.”
  7. 7. A L E X A N D R E WO L L N E R
  8. 8. NyS // MASSIMO VIGNELLI
  9. 9. OT L A I C H E R
  10. 10. PA U L R A N D
  11. 11. “Quando um designer leva para o produto um estilo, uma característica, ele não é um designer.”
  12. 12. WILLIAM MORRIS
  13. 13. OSCAR NIEMEyER
  14. 14. RICHARD NEUTRA
  15. 15. E E RO S A A R I N E N
  16. 16. “O designer não adota estilo algum, e a forma final dos seus objetos é o resultado lógico de um projeto que se propõe resolver de forma otimizada todos os aspectos do problema de projeto.”
  17. 17. I R M Ã O S C A M PA N A
  18. 18. DAV I D C A R S O N
  19. 19. EDUARDO RECIFE
  20. 20. “Para o designer, ver uma mulher do povo comprar um balde de plástico bem concebido, é motivo de grande satisfação. Este tipo de utilizador não compra o objeto por estar na moda ou por se tratar de uma peça única; na verdade, analisa-o bem antes de adquirir e, por fim, conclui que o preço pedido corresponde exatamente ao valor da beleza da forma e da exatidão da função.”
  21. 21. OBRIGADO! U N I V E R S I DA D E F E D E R A L D O E S P Í R I TO S A N TO D E PA RTA M E N TO D E D E S E N H O I N D U S T R I A L @ H U G O C R I S TO · W W W. N I C V I X . C O M

×