Reino protoctista

4.388 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.388
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reino protoctista

  1. 1. Reino Protoctista (Protista)• Características gerais: Eucariontes. Unicelulares ou Pluricelulares. Autótrofos ou heterótrofos. Reprodução assexuada ( + comum) ou sexuada. Vivem meio aquático e terrestres ( locais úmidos).
  2. 2. Reino Protoctista (Protista)Algas unicelulares Algas pluricelulares Protozoários
  3. 3. ALGAS UNICELULARES • Também conhecidas com algas protistas, portanto eucariontes e unicelulares. • Junto com as algas pluricelulares constituem o fitoplâncton ( Pulmões do mundo) • Constituem a base das cadeias alimentares aquáticas.
  4. 4. EUGLENÓFITAS • São todos unicelulares com clorofila do tipo A e B. • Apresentam amido e óleos como principal substância de reserva. • Não possuem parede celular. • Habitam corpos de água doce.
  5. 5. CRISÓFITAS • São unicelulares (maioria), apresentam clorofila do tipo A, C. Apresentam óleos como principal substância de reserva. • A Parede celular pode ser composta por celulose ou sílica. • Estão presentes tanto no mar como em corpos de água doce.
  6. 6. CRISÓFITAS• As crisófitas são as algas unicelulares mais abundantes no fitoplâncton tanto em quantidade como em diversidade
  7. 7. Estrutura de uma Diatomácea• As Diatomáceas apresentam duas tecas (carapaças) uma inferior e outra superior, formadas por sílica.
  8. 8. PIRRÓFITAS: DINOFLAGELADOS • São todos unicelulares com clorofila do tipo A e C, apresentam amido e óleos como principal substância de reserva. • Não possuem parede celular ou quando possuem é formada por celulose. • São principalmente marinhos.
  9. 9. Dinoflagelados
  10. 10. MARÉ VERMELHA • Explosão populacional de algas pirrófitas, que liberam toxinas na água, provocando a morte da fauna vizinha. Constitui um exemplo de amensalismo.
  11. 11. ALGAS PLURICELULARES• Atualmente os taxonomistas incluíram estas algas no reino Protoctista devido ao seu grau de simplicidade pois neste vegetal não encontramos raiz, caule e folha definidos, por este motivo são classificadas como TALÓFITAS.
  12. 12. CLASSIFICAÇÃO• São classificadas em três grupos, sendo: Clorofíceas (verdes).Feofíceas (pardas ou marrons).Rodofíceas (vermelhas).
  13. 13. Clorofíceas (Algas verdes) Podem ser uni ou pluricelulares. Habitat: Cosmopolita, maioria marinha. Pigmentos: Clorofila a e b (principal),Xantofila e Caroteno. Principal reserva: Amido. Parede Celular: Celulose.
  14. 14. Clorofíceas (Algas verdes) Caulerpa racemosa Ulva lactuca
  15. 15. Volvox (Clorofícea unicelular)
  16. 16. Feofíceas (Algas pardas) São Pluricelulares. Habitat: Marinhas. Pigmentos: Ficoxantina, Carotenos e Clorofila a e c. Reserva: Laminarina. Parede Celular: Celulose e Algina.
  17. 17. Feofíceas (Algas Pardas)Sargassum sp. Laminaria sp.
  18. 18. Rodofíceas (Algas vermelhas) São todas pluricelulares. Habitat: Marinhas, mas podem ser encontradas na água doce e na terra. Pigmentos: Ficoeritrina e Clorofila a e d.Reserva: Amido. Parede Celular: Celulose, ágar e carragenina.
  19. 19. Rodofíceas (Algas vermelhas)Botryocladia occidentalis Gracilaria gracilis
  20. 20. Reprodução Assexuada: Bipartição ou Divisão binária e por Fragmentação. Sexuada: Por Gametogênese e por Alternância de Gerações (Metagêse).
  21. 21. OS PROTOZOÁRIOS São Protoctistas heterótrofos comuns em ambientes aquáticos e úmidos (desde poças de água até as vias intestinais). Podem ser de vida livre ou parasitas.
  22. 22. IMPORTÂNCIA Além da importância ecológica, o aspecto médico é de suma relevância, pois muitos protozoários são parasitas do homem, agindo como responsáveis por várias doenças de caráter infecto-contagioso. Ex: Amebíase, Malária, Doença de Chagas, etc.
  23. 23. CLASSIFICAÇÃO Os Protozoários são classificados principalmente de acordo com o tipo de organela locomotora, juntamente com o seu habitat. Encontram-se divididos em 4 classes, sendo: Sarcodíneos, Flagelados, Ciliados e Esporozoários.
  24. 24. SarcodíneosEsta classe é caracterizada por apresentar pseudópodes como organela locomotora, podendo ser de vida livre ou parasitas. Entre os parasitas o que recebe um maior destaque é a Entamoeba histolistica causadora da Amebíase intestinal.
  25. 25. SACODÍNEOS
  26. 26. FLAGELADOS Já estes são caracterizados pela presença de um a dois flagelos, que além de promoverem a locomoção do protozoário, também realiza a captura de alimentos. Entre os patogênicos podemos citar os causadores da Lieshmaniose, Doença de Chagas e Tricomoníase.
  27. 27. DOENÇA DE CHAGAS
  28. 28. LEISHMANIOSE
  29. 29. TRICOMONÍASE Tricomonas vaginalis
  30. 30. Secreção vaginal
  31. 31. CILIADOS Apresentam cílios como estrutura locomotora e alimentar. A maioria é de vida livre, podendo ocupar corpos de água doce e salgada. Poucas espécies são parasitas, como o Balantidium coli, que parasita o intestino humano provocando sintomas semelhantes a amebíase.
  32. 32. Paramecium
  33. 33. ESPOROZOÁRIOS São os únicos que não apresentam organela locomotora. São todos parasitas. O mais popular é o Plasmodium sp. , causador da malária.
  34. 34. Plasmodium
  35. 35. REPRODUÇÃO Pode ser assexuada, por bipartição ou cissiparidade, esporogonia e esquisogonia.E sexuada, por conjugação, em Paramecium.

×