Migracoes

2.382 visualizações

Publicada em

aula sobre migraçoes

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Migracoes

  1. 1. 31/05/2012 Migrações COLÉGIO MARISTA DE MACEIÓ Profª Maria Karolina da S. Rego 7º ano Migrações Entende-se por migração, qualquermobilidade espacial feita por sociedadeshumanas. A migração é um movimento que deum lado se configura em emigração, quando omovimento é de saída de um determinado país;e imigração, quando o movimento é de entradaem um determinado país. Com isso temos paísesque são considerados países de emigração(aqueles onde predomina a saída de pessoas), epaíses de imigração (aqueles onde predomina aentrada de pessoas). 1
  2. 2. 31/05/2012 Tipos de MigraçõesSe considerarmos o espaço de deslocamento temos: Migração internacional ou externa: aquela que se realiza de um país para o outro. Migração nacional ou interna: aquela que se realiza dentro do mesmo país. Essa se subdivide em :1) Migração inter-regional: aquela que se realiza de uma região para outra.2) Migração intra-regional: aquela que se realiza dentro da mesmo região. Se levarmos em consideração o tempo de permanência do migrante temos: Migração definitiva: quando a migração se dá sem que o migrante saia mais do local para onde foi, ou que não voltei mais para o local de onde saiu. Migração temporária: quando a migração se dá por um tempo que pode ser determinado ou indeterminado.Se considerarmos a forma como se deu a migração temos: Migração espontânea: quando ela se dá por vontade própria do migrante. Migração forçada: quando ela se dá por uma vontade externa ao interesse do migrante. Migração planejada: quando ela se dá de forma planejada afim de cumprir um determinado objetivo. 2
  3. 3. 31/05/2012 ALGUNS TIPOS DE MIGRAÇÕES INTERNAS Êxodo rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações rurais para o espaço urbano. Esse tipo de migração em geral tende a ser definitivo. As principais causas dele são: a industrialização, a expansão do setor terciário e a mecanização da agricultura. O êxodo rural está diretamente ligado ao processo de Urbanização. Êxodo urbano: tipo de migração que se dá com a transferência de populações urbanas para o espaço rural. Hoje em dia é um tipo de migração muito incomum. Migração urbano-urbano: tipo de migração, que se dá com a transferência de populações de uma cidade para outra. Tipo de migração muito comum nos dias atuais.Migração sazonal: tipo de migração ligada as estações do ano. É uma migração temporária onde o migrante sai de um determinado local em um determinado período do ano, e posteriormente volta, em outro período do ano, é a chamada transumância. É o que acontece por exemplo com os sertanejos do Nordeste brasileiro. Migração diária ou pendular: tipo de migração característico de grandes cidades, no qual milhões de trabalhadores saem todas as manhãs de sua casa em direção do seu trabalho, e retornam no final do dia. Os momentos de maior aglomeração de pessoas são chamados de rush Isso se dá em virtude da periferização dos trabalhadores que muitas vezes moram a vários quilômetros de distância de seu trabalho, em alguns casos até mesmo em outras cidades que passam a ser chamadas de cidades dormitório. Nomadismo: tipo de migração, que se caracteriza pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo, etc. Esse tipo de migração é típico de sociedades primitivas e por conta disso se encontra em extinção. 3
  4. 4. 31/05/2012 CONSEQUÊNCIAS DAS MIGRAÇÕES Contribuição e influência no processo de ocupação e povoamento, na distribuição geográfica da população e, é claro, no próprio desenvolvimento econômico; Contribuição no processo de miscigenação étnica e na ampliação e difusão cultural entre povos; Quando a emigração significa perda de mão de obra qualificada (fuga de cérebros), os prejuízos para o país emigratório são enormes, ao passo que para o país imigratório as vantagens são muito grandes. Podem acarretar mudanças de costumes, concorrência à mão de obra local e problemas políticos ideológicos, raciais, etc. Vantagens econômicas para os países que não tem condições de atender as necessidades básicas de suas populações. 4

×