Trajetorias de vidas 3

979 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
979
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trajetorias de vidas 3

  1. 1. Heretiano Henrique PereiraHeretiano Henrique Pereira – FRC Trajetórias de Vidas 3 1
  2. 2. Trajetórias de Vidas 3 “Acredito naquele que sempre me fortalecerá, Deus e Jesus Cristo.” Heretiano H. Pereira2
  3. 3. Heretiano Henrique Pereira INTRODUÇÃO Caro leitor, os nossos escritos são formados portópicos que servirão para seu aprendizado, de comofunciona nosso estado nação, abordamos uma seriede informações de caráter social, econômico finan-ceiro, para seu entendimento. Em nosso trabalho,procuramos passar conhecimentos, que com certezaproduzirá um embasamento intelectual do individuo,que corresponde a vários exercícios de estudos, e quesomente agora decidimos, transformar os dados eminformações, que sem sombra de dúvida, envolvemvárias disciplinas, como: história Universal, estatísti-ca, economia política, contabilidade, administração,economia, modelo de relatórios, e metodologias,além de outras informações de interesse da socieda-de. Portanto, esperamos que tenha contribuído deforma contundente, dentro de uma contextualizaçãode fácil interpretação, onde apropriamos uma lingua-gem acessível para sua compreensão e entendimen-to. Por outro lado, lembramos que apenas inserimostópicos, que abrangem praticamente todo estado. 3
  4. 4. Trajetórias de Vidas 3 Agradecimentos Deixamos registrados nossas gratidões e apre- ços, a todos aqueles que contribuíram para meu engrandecimento intelectual, principalmente aos professores, e que eu possa transmitir conhecimen- tos de forma dinâmica para a sociedade, embasado com responsabilidade e dedicação, e que você de uma forma ou de outra procure mensurar todos os tópicos comentados, tanto a nível nacional quanto internacional, produzindo assim o necessário para seu aprendizado. Assim sendo, fiquem certos, que do mais humilde ao mais intelectual, independente de cor, raça e credo, encontrarão informações e valores, uns mais e outros menos, mais procuramos transferir dados e informações dentro de um padrão simplista, para entendimento da sociedade.4
  5. 5. Heretiano Henrique Pereira In Memorian “A meus país: Severino e Zenita, além de meusavós Álvaro, Francisco, Maria e Cecília, lembrançasde nossos bons momentos de convivência na vida, eque Deus os protejam.” 5
  6. 6. Trajetórias de Vidas 3 Apresentação Caro leitor, literalmente, gostaria de apresen- tar nosso trabalho,formado por estudos e pesquisas, para que você tenha alcance de forma dinâmica, de fatores que compõe esta nossa sociedade, tanto a ní- vel nacional quanto internacional, envolvendo várias disciplinas comentado anteriormente e tantas ou- tras de seus interesses. Portanto, acreditamos que a leitura enaltece o homem, para a maestria do conhe- cimento. Assim sendo, agradeço suas atenções que me foram cabidas em plena Luz da Verdade.6
  7. 7. Heretiano Henrique Pereira S U M ÁR I OIntrodução........................................................Capítulo I.................................................................. 10Galeria dos Presidentes daRepublica Federativa do BrasilJustiça FederalProcuradoria da RepúblicaPalácio do Governo – PBPraça João Pessoa - PBEstação CiênciaAssembléia Legislativa- PBTribunal de Justiça Estadual – PBColégio Militar do ExercitoMarinha do Brasil AeronáuticaFabrica da EmbraerFuzileiros NavaisOAB - Direitos HumanosTV – Globo – Projac. RJTV – Cabo Branco – João Pessoa - PBUFPB - Universidade Federal da ParaíbaCapítulo II................................................................. 29UNIPÊIESPLiceu Paraibano 7
  8. 8. Trajetórias de Vidas 3TCE – Tribunal de Contas do Estado da ParaíbaBandeira de IsraelIsrael - CandelabroFundamentos da MaçonariaHomenagens aos irmãos:Homenagens aos Desportistas Muçulmanos - MesquitaPrincipais Religiões e Crenças no MundoParte da minha históriaTRE-PB – Tribunal Regional EleitoralHomenagens as famíliaFamilia FrançaFamilia AraújoFamilia ValeFamilia SouzaFamilia IzidroFamilia DamataFamilia SouzaFamilia LimaHistoria ProfissionalCabedelo – Paraíba:Desempenho EmpresarialDesempenho EconômicoParaíba – Principais países de destinosParaíba – Principais países de origensSOS. BrasilCapítulo III.................................................................57BACEN – Banco Central do BrasilBolsa de Valores – SP – Mercado de CapitaisCFC - Conselho Federal de ContabilidadeHistoria Banco do BrasilHistoria da Caixa Econômica FederalPopulação do Estado Nação8
  9. 9. Heretiano Henrique PereiraMacroeconomiaCrises, Econômicas e FinanceirasCrises, Econômicas e SociaisDemonstrações Financeiras PadronizadasEUA – Casa BrancaEUA – Pentágono - InteligênciaONU – Organização das Nações UnidasConclusão.................................................................... 71 9
  10. 10. Trajetórias de Vidas 3 Capítulo I Galeria dos Presidentes da República Federativa do Brasil Luiz Inácio Lula Fernando H. Cardoso Fernando H. Cardoso Itamar Franco da Silva 1º.01.1999 a 1º.01.1995 a 02.10.1992 a 1º.01.2003 a 1º.01.2003 1º.01.1999 1º.01.1995 Fernando Collor José Sarney João B. Figueiredo Ernesto Geisel 15.03.1990 a 15.03.1985 a Tancredo Neves 15.03.1979 a 15.03.1974 a 02.10.1992 15.03.1990 15.03.1985 15.03.1979 Emílio G. Médici Márcio Melo Augusto Radamaker Aurélio Lyra Costa e Silva 30.10.1969 a 31.08.1969 a 31.08.1969 a 31.08.1969 a 15.03.1967 a 15.03.1974 30.10.1969 30.10.1969 30.10.1969 31.08.196910
  11. 11. Heretiano Henrique PereiraCastello Branco Paschoal R. Mazzilli João Goulart João Goulart Paschoal R. Mazzilli 15.04.1964 a 02.04.1964 a 24.01.1963 a 08.09.1961 a 25.08.1961 a 15.03.1967 15.04.1964 1º.04.1964 24.01.1963 08.09.1961 Jânio Quadros Juscelino Kubitschek Nereu de O. Ramos Carlos Luz Café Filho 31.01.1961 a 31.01.1956 a 11.11.1955 a 08.11.1955 a 24.08.1954 a 25.08.1961 31.01.1961 31.01.1956 11.11.1955 08.11.1955Getúlio Vargas Gaspar Dutra José Linhares Getúlio Vargas Getúlio Vargas31.01.1951 a 31.01.1946 29.10.1945 a 10.11.1937 a 20.07.1934 a 24.08.1954 a31.01.1951 31.01.1946 29.10.1945 10.11.1937Getúlio Vargas Augusto Fragoso Isaías de Noronha Menna Barreto03.11.1930 a 24.10.1930 a 24.10.1930 a 24.10.1930 a Júlio Prestes 20.07.1934 03.11.1930 03.11.1930 03.11.1930Washington Luís Arthur Bernardes Epitácio Pessoa Delfim Moreira 15.11.1926 a 15.11.1922 a 28.07.1919 a 15.11.1918 a Rodrigues Alves 24.10.1930 15.11.1926 15.11.1922 28.07.1919 11
  12. 12. Trajetórias de Vidas 3 Rodrigues Wenceslau Braz Hermes Fonseca Nilo Peçanha Affonso Penna Alves 15.11.1914 a 15.11.1910 a 14.06.1909 a 15.11.1906 a 15.11.1902 a 15.11.1918 15.11.1914 15.11.1910 14.06.1909 15.11.1906 Campos Salles Prudente de Moraes Floriano Peixoto Deodoro da Fonseca  Deodoro da Fonseca 15.11.1898 a 15.11.1894 a 23.11.1891 a 25.02.1891 a 15.11.1889 a 15.11.1902 15.11.1898 15.11.1894 23.11.1891 25.02.189112
  13. 13. Heretiano Henrique Pereira Justiça Federal João Pessoa - PB História Literalmente, utilizando o sistema de Pesquisa sobre diversos ór-gãos de interesse da sociedade, para que todos tenham conhecimentonecessário para seu entendimento,e partindo do princípio do estadode direito,(Democracia), nada mais salutar do que informar parte dahistoria sobre a Justiça Federal em nosso país, assim sendo transcreve-mos textos sobre o referido assunto em pauta: A Justiça Federal organizou-se em 11 de outubro de 1890, após aProclamação da República. A Constituição de 1891, referendou a Justi-ça Federal em seu artigo 55, estabelecendo composição pelos: SuperiorTribunal Federal e tantos juízes federais, quanto o Congresso criasse. Entretanto, na prática os tribunais federais, não chegaram a sercriados. Funcionando o Superior Tribunal Federal, como órgão de se-gunda instância da Justiça Federal. 13
  14. 14. Trajetórias de Vidas 3 Procuradoria da República História A Procuradoria da República foi criada no ano de 1891 de acordocom o Decreto nº 510 de 22 de julho de 1890, que deu origem ao Su-premo Tribunal Federal, estabelecendo em sua composição funcionalo cargo de Procurador Geral da República, José Júlio de AlbuquerqueBarros, o Barão de Sobral, sendo este o primeiro chefe do Federal. No-meado através do Decreto de 3 de março de 1891, assinado pelo entãoPresidente da República, Marechal Deodoro da Fonseca, chefe do go-verno provisório. Por outro lado, destacamos que a Paraíba já contoucom dois Procuradores Gerais da República: Epitácio Pessoa, nascidona cidade de Umbuzeiro e Osvaldo Trigueiro de Albuquerque Melo,nascido na cidade de Alagoa Grande, no estado da Paraíba.14
  15. 15. Heretiano Henrique Pereira Palácio do Governo João Pessoa-PB História O Palácio da Redenção foi construído no ano de 1586, Imóvelde estilo barroco-colonial, um dos patrimônios mais importante desteestado nação. Passou por várias manutenções para conservação, maisnunca se depreciou sua forma primordial do edifício, lugar onde se ins-tala o governo do Poder Executivo do estado. Por outro lado, de acordocom pesquisas, constatamos que este imóvel é do século XVI. Ondepara sua melhor visão, inserimos sua foto logo acima do comentário.A Paraíba se destaca mais uma vez através de seus escritores e poetascomo: Augusto dos Anjos; José Américo de Almeida: José Lins do Rêgoe Pedro Américo. Outro assunto que podemos considerar como rele-vante é a criação da Bandeira da Paraíba, que foi adotada pela AliançaLiberal em 25.09.1930 de acordo com a lei 704. Mais tarde em 26 dejunho de 1965 a Bandeira Rubro-Negra foi oficializada pelo governa-dor do estado Dr. Pedro Moreno Gondim, através do Decreto nº 3.919,considerada como bandeira do Nego. O estado no ano de 2009 apre-sentou uma população de 3.769.977, quanto ao IDH ficou em torno de0,718 médio, com relação a Etnia, fica configurada da seguinte forma:brancos 36,5%; pardos 57,5%; negros 5,8% sendo que amarelos e indí-genas apenas atinge 0,1%. Este é o panorama de nosso estado. 15
  16. 16. Trajetórias de Vidas 3 Praça João Pessoa – PB História Qualquer cidade para ter uma boa apresentação, se faz necessá-rio que seja criado praças. No entanto, a capital do estado da Paraíbanão foi diferente. Nos idos de 1879 a 1881, mesmo no centro da cidadeexistia um Jardim Público da capital, mas tarde sofrendo ampliação, atése tornar praça, que inicialmente foi conhecida como Comendador Feli-zardo Leite e depois chamada de Praça dos Três Poderes, por se tratarda existência dos Poderes Constitucionais de seu lado, como: Palácio dogoverno, Assembléia Legislativa e Tribunal de Justiça Estadual. De acor-do com o professor Arion Farias, neste período existiam várias diversõespúblicas, como Retreta, apresentação de banda de música, geralmenteapresentada por militares, coretos etc. era mesmo uma grande diversãode relevância para sociedade, somente depois de determinados aconte-cimentos provenientes da Revolução de 1930, notadamente no ano de1932 é que passou a se denominar de Praça João Pessoa, em homena-gem ao ex-presidente, João Pessoa, como era tratado na época. Hojeesta praça é um dos símbolos da capital do estado da Paraíba.16
  17. 17. Heretiano Henrique Pereira Estação Ciência História A capital do Estado da Paraíba, João Pessoa, constrói mais umaobra de relevância para a sociedade, situada em área de ponto estra-tégico das Américas, também denominado de Estação Cabo Branco,onde a qual foi inaugurada no dia 3 de julho de 2008, pelo então Pre-feito Ricardo Vieira Coutinho. O projeto do empreendimento foi elabo-rado pelo engenheiro civil Oscar Niemeyer, reconhecido internacional-mente pelas suas obras de destaques. 17
  18. 18. Trajetórias de Vidas 3 Assembleia Legislativa João Pessoa -PB História No ano de 1930, era Presidente do Estado da Paraíba, o Dr. JoãoPessoa. Sendo que os revolucionários comandados por Getulio Vargas,tomaram o Poder Federal e fecharam todos os Paços Legislativos, sen-do reaberto no ano de 1934, para elaboração da nova Carta Magna,onde podemos distinguir a criação de novo Parlamento com repre-sentação de classe. Portanto, depois de várias décadas, notadamenteno ano de 1962, a Assembléia Legislativa, recebe o nome de Casa deEpitácio Pessoa, através de Resolução de nº 234 de 24 de novembrode 1961. Tendo como autor da Proposta o Deputado Raimundo Asfora.Portanto, destacamos, que este Paço fica estabelecido na Praça JoãoPessoa s/n, no centro da capital.18
  19. 19. Heretiano Henrique Pereira Tribunal de Justiça Estadual Estado da Paraíba História O estado da Paraíba, passou longos anos em plenas trevas, so-mente ano de 1891, é que nasce a luz e se concretiza a fundação do Tri-bunal de Justiça da Paraíba, época em que o governador era VenâncioNeiva, no dia 30 de setembro do mesmo ano assina o Decreto nº 69,criando o Superior Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba do Nor-te. Logo em seguida no dia 9 de outubro nomeia seus primeiros cincoDesembargadores, e o Tribunal seria instalado no dia 15 de outubrodo mesmo ano, na sala das sessões do Congresso do Estado, se esta-belecendo no primeiro andar do antigo edifício do Tesouro Estadual, eque para que tudo isso se concretizasse, passou por várias dificuldades,até porque não existia prédio para seu funcionamento. Sendo que de-pois de quatro meses o Tribunal seria arbitrariamente dissolvido pelaJunta Militar, que derrubava o governador Venâncio Neiva. Por outrolado, hoje destacamos o CNJ - Conselho Nacional de Justiça. Órgão do 19
  20. 20. Trajetórias de Vidas 3Poder Judiciário brasileiro, encarregado de controlar a administraçãoe finanças dos demais órgãos daquele poder. O Conselho, foi criadopela Emenda Constitucional de nº 45 de 30 de novembro de 2004. Acomposição para seu funcionamento estabelece 15 (quinze), membros,com mandato de 2 (dois) anos. Portanto, deixamos as nossas mais sin-ceras congratulações a todos que faz parte deste tão conceituado or-ganismo nacional, que procura de uma forma ou de outra, manter oequilíbrio do Judiciário em sua relevante transparência de seus atos. Colégio Militar do Exercito História A idéia da criação de um Colégio Militar, foi de autoria doentão senador do Império Luiz Alves de Lima e Silva, no ano de 1853,onde este mais tarde passou a se chamar de Duque de Caxias. Portan-to, no dia 25 de fevereiro de 1865 foi criada na cidade do Rio de Janeiro,pelo então José Joaquim de Lima e Silva Sobrinho, irmão de Luiz Alves,uma organização denominada de Sociedade do Asilo dos Inválidos da20
  21. 21. Heretiano Henrique PereiraPátria, onde esta passaria a cuidar daqueles que passaram pela guer-ra, como também , passava a auxiliar o governo Imperial. Entretanto,durante todo esse período existiam conflitos políticos, sendo que o Co-légio Militar do Exército, foi fundado no dia 6 de maio de 1889, já atin-gindo seus 104 (cento e quatro) anos, prevalecendo ate os dias atuais. Marinha do Brasil História A Marinha do Brasil, é uma das três forças armadas da nação, aolado do Exercito Brasileiro e Força Aérea Brasileira, onde se distinguepela condução operacional naval em geral, considerada a maior Mari-nha da América Latina, tendo como seu Patrono o Marquês de Taman-daré. Sua origem se deu quando na transferência da Sede do Reino dePortugal para o Brasil, no ano de 1808. Durante o regime Imperial foichamada de Armada Nacional, sua frota era composta por 38 (trinta e 21
  22. 22. Trajetórias de Vidas 3oito) navios, depois passou para 96 (noventa e seis) para atender todafiscalização no país. Anteriormente não existiam pessoas do sexo femi-no na corporação, sendo que somente, apartir do ano de 1980 é queficou autorizado o ingresso de mulheres. Aeronáutica História O Ministério da Aeronáutica foi criado em 20 de janeiro de 1941,baseado no Decreto 2961, onde na época o Presidente da Repúblicaera Getúlio Vargas, sendo fusionadas as forças do Exército e Marinha,numa só corporação, portanto, denominada de Força Aérea Nacional,hoje ministrada pelo Ministério da Defesa. Mantém um efetivo funcio-nal de 73.500 homens, se destacando como Patrono Alberto SantosDumont. Portanto, deixamos nossas sinceras homenagens a este megasegmento do desenvolvimento do estado nação.22
  23. 23. Heretiano Henrique Pereira Fabrica da Embraer História A Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A, foi fundada no ano de1969, sendo seu primeiro presidente Ozires Silva, onde este havia lide-rado a expansão de aviões Bandeirantes. Sua sede fica estabelecida nacidade de São José dos Campos no estado de São Paulo. Esta empresaconsiderada a terceira do mundo na fabricação de aviões comerciais,executivo, agrícola e militar. Seu quadro funcional de empregados atin-ge vinte mil (20) empregados, sendo doze mil (12) diretos e oito mil (8)indiretos. No exercício de 2006 houve uma comercialização de 1.000 (mil)aeronaves, produzindo assim uma receita expressiva. Portanto, esta é uma das empresas de relevância em nossa naçãodenominada de Brasil. 23
  24. 24. Trajetórias de Vidas 3 Fuzileiros Navais História Este órgão foi criado em Portugal no ano de 1797, conhecido comoBrigada Real da Marinha, onde foi assinado Alvará pela Rainha Maria I,chegou ao Rio de Janeiro, no dia 7 de março de 1808, acompanhando afamília Real portuguesa, por motivo de intenções de invasão a Portugalno comando de Napoleão. Sendo que mais tarde o Batismo de fogo dosfuzileiros navais ocorreu em expedição a Guiana Francesa (1808/1809),como a tomada de Caiene, garantido para o Brasil, hoje atual estado doAmapá. Ao longo dos anos o Corpo de Fuzileiros Navais, receberam di-versas denominações de nomes como: Batalhão de Artilharia da Mariado Rio de Janeiro; Artilharia da Marinha; Batalhão Naval; Corpo deInfantaria de Marinha; Regimento Naval, e finalmente em 1932 passaa se denominar de Corpo de Fuzileiros Navais, permanecendo até osdias atuais. Portanto deixamos as nossas sinceras homenagens a esta espe-cial Corporação Militar.24
  25. 25. Heretiano Henrique Pereira Direitos Humanos As nações de um modo geral devem incrementar os Pilares dosDireitos Humanos, até porque, após a segunda grande guerra mundial,que produziu extermínio de aproximadamente (50) cinqüenta milhões,de pessoas, os países europeus passaram a fazer uma retrospectiva dosacontecimentos, e através dos homens pensantes de várias nações,passam a inserir esta terminologia, no Direito Internacional, formadopor várias convenções entre países, como fator básico da sociedade emdefesa do individuo e da vida humana. Assim sendo, gostaríamos deque todo estado nação representado pelos seus dirigentes, demons-trasse mais interesse pelo assunto, que é de fundamental importânciapara todas as civilizações. Portanto, suplicamos aquelas mentes retrógadas, que procuremanalisar com mais cuidado, o que significa a vida aqui neste planetaterra diante de Deus, e que metodologias que vão de encontro aos mé-todos Divinos, não tenham muitos espaços em nossa sociedade. 25
  26. 26. Trajetórias de Vidas 3 TV Globo – Projac. Rio de Janeiro História Foi instalado em nosso país um Mega meio de Comunicação, deno-minado de Rede Globo de Televisão, empresa genuinamente brasileira,fundada em 26 de abril do ano de 1965, pelo então Jornalista RobertoMarinho, onde comporta uma série de filiadas espalhada pelo país, consi-derada a maior de Todas da América Latina, e que atinge um público alvode aproximadamente 120 (cento e vinte, milhões) de telespectadores, suasede fica localizada no bairro do Jardim Botânico, na cidade do Rio deJaneiro, sendo que seu principal estúdio de produção fica ligado no com-plexo denominado de Projac, em Jacarepaguá, na zona oeste da cidade. Atualmente, conta com 122 (cento e vinte e duas), emissoras própriasou afiliadas, além da transmissão do exterior, denominada de Globo Inter-nacional e de Serviços, baseado em assinaturas no país. No ano de 1969entra no Ar um dos mais relevantes jornais do país denominado de JornalNacional, onde permanece até os dias atuais. Portanto, apenas informamosparte da história deste grande empreendimento em destaque nacional.26
  27. 27. Heretiano Henrique Pereira TV –Cabo Branco João Pessoa - PB História João Pessoa, capital do estado da Paraíba, recebeu um MegaEmpreendimento de comunicação, denominado de TV Cabo Branco,foi inaugurada em outubro de 1987, suas instalações estão situado naRua Walfredo Leal, 258 ,tendo como sócios fundadores, os empresá-rios irmãos: Antonio Bezerra Cabral e Milton Bezerra Cabral, onde an-teriormente eram controladores das Rádios AM e FM Arapuãn, pro-prietários da Rede Paraíba de Comunicação. Logo após sua inauguração, notadamente no dia 1º de janeiro docorrente ano, passou a fazer parte como afiliada da Rede Globo. Sendoque depois de vários anos, exatamente no ano de 2009 passou a terimagens digitais. A empresa se destaca pela sua exuberante torre, ondese observa toda capital. 27
  28. 28. Trajetórias de Vidas 3 História A Universidade Federal da Paraíba, anteriormente denominadade Universidade da Paraíba, é uma universidade brasileira mantidapelo governo federal, estabelecida no estado da Paraíba, e congregaquatro campi: João Pessoa, Areia, Bananeiras, Rio Tinto e Mamangua-pe. O primeiro curso superior da Paraíba foi oferecido pela escola deAgronomia do Nordeste, na cidade de Areia em 1934. A Universidade Federal da Paraíba foi fundada por iniciativa deJosé Américo de Almeida no ano de 1955. Sua criação se deu primeira-mente através da Lei Estadual de nº 1.366, de 2 de dezembro de 1955.Após cinco anos, em 13 de dezembro a Lei nº 3.835 federalizou a deno-minada Universidade da Paraíba. Por outro lado, destacamos que noexercício de 2007 seu Orçamento ficou em torno de R$ 540,6 milhões.Seu quadro funcional atinge 3.765 (três mil, setecentos e sessenta ecinco), funcionários.28
  29. 29. Heretiano Henrique Pereira Capítulo II UNIPÊ João Pessoa - PB História Não poderíamos de deixar comentar alguns tópicos sobre este re-levante empreendimento educacional construído nesta capital do estadoda Paraíba, estabelecido na BR – 230 Km 22. O Centro Universitário deJoão Pessoa, foi fundado em 19 de outubro do ano de 2004, já conta com6 (seis) anos de tradição. Seu Reitor: Dr. José Loureiro Lopes, natural dePiancó, município do alto sertão da Paraíba. Foi Secretario de Educaçãode 1984 a 1987 no governo de Wilson Braga, atualmente é membro doConselho Estadual de Educação da Paraíba, onde congregam em seuquadro 9 (nove) mil alunos, tendo 15 cursos de graduação e 45 de Pós-graduação, o Reitor se destaca pelo privilégio de ser membro da Acade-mia Paraibana de Letras e da Sociedade Paraíba de Filosofia. Portanto, deixamos as nossas mais sinceras congratulações portodos que faz parte desta tão conceituada organização. 29
  30. 30. Trajetórias de Vidas 3 IESP Cabedelo - Paraíba História O Instituto de Educação Superior da Paraíba, foi fundado no dia08 de setembro de 1998, já contando com 12 (doze) anos de tradição.Sendo que seu Reitor é pessoa de nosso relacionamento que se chamaDr. José Edinaldo de Lima, o empreendimento fica estabelecido na Ro-dovia BR – 230 Km 14 Estrada de CABEDELO-PB. Portanto, este organis-mo contribui de forma contundente para o engrandecimento do estadonação, elevando o nome da Educação no cenário nacional.30
  31. 31. Heretiano Henrique Pereira Liceu Paraíbano João Pessoa – PB História Exatamente, no ano de 1837 era fundado o LICEU PARAIBANO,através da Lei nº 11 de 24 de março de 1831. Assinado pelo Presiden-te da Assembléia Frederico Almeida Albuquerque, se destacando osprimeiros e segundos secretários: Manuel Simplício Jacome Pessoa ePedro Marinho Falcão., sendo que o Vice-Presidente em exercício eraManuel Maria Carneiro da Cunha. Esta Instituição de Ensino por mais de um século foi reconhecidacomo matriz intelectual da Paraíba. O estabelecimento apresenta umamega história em todo seu tempo de vida, é situada a Avenida Getu-lio Vargas, centro da capital do estado da Paraíba – João Pessoa. Poroutro lado se destacaram como seus alunos ou professores: WalfredoSoares dos Santos Leal; João Pereira de Castro Pinto; João Pessoa Caval-cante de Albuquerque; José Américo de Almeida; Argemiro de Figuei-redo; Ruy Carneiro; João Agripino Filho; Ernani Ayres Sátiro e Souza;Dorival Terceiro Neto; Alberto Martins da Silva; Eduardo Martins daSilva e tantos outros 31
  32. 32. Trajetórias de Vidas 3 Entretanto, no ano de 1873 após sua criação, todos os cursos sãoválidos como superior, reconhecido através do Decreto Imperial nº5.429 de outubro do mesmo ano. Portanto, deixamos de aprofundara matéria, tendo em vista ser muito extensa. Assim sendo, esperamosque tenha contribuído para seus conhecimentos de nosso estado. TCE-PB-Tribunal de Contas do Estado Histórico Este órgão foi criado em 17 de agosto de 1970, através da Lei 3.627do respectivo ano. O disciplinamento de suas atividades se processouatravés de resolução, e somente no ano de 1986 é que foi editado oprimeiro Regimento Interno. Suas instalações funcionam à Rua Profes-sor Geraldo Von Sohstem, 147,no bairro de Jaguaribe em João Pessoa,capital do estado da Paraíba. Seu quadro funcional, é composto por354 (trezentos e cinqüenta e quatro) servidores, se distinguindo entrepresidente, conselheiros, auditores etc.32
  33. 33. Heretiano Henrique Pereira Bandeira de Israel História A história traduz nosso passado, culminando com reflexão para opresente e futuro, entretanto, não poderíamos deixar de levantar partede sua história, e de acordo com registro históricos, notadamente noano de 1210 a.c. onde o nome Israel não é associado ao local geográfi-co, mas ao seu povo. O Povo de Israel, significa aquele que luta ao lado de Deus, sur-giram de grupos nômades que habitavam a Mesopotâmia, a cerca decinco mil anos. Sendo que por motivo de uma grande fome junto a suapopulação emigraram para o Egito, onde o governador da época eraJosé, filho de Jacó (Israel). Portanto, dentro de um período de 400 anoscom a morte de José, sucedeu o Faraó, sendo que o Egito tinha umapopulação israelita bastante extensa, que seria escravizada de ordemde seu dirigente. Todo seu povo é de origem das 12 (doze) tribos de Israel, ondese fundiram, formando um único reino. Portanto, já nesse período con-temporâneo, foi autorizado pela ONU, no dia 15 de maio de 1948 suaDeclaração de Independência do Estado de Israel, e assinado por DA-VID BEN GURION. 33
  34. 34. Trajetórias de Vidas 3 Israel -Candelabro História Esta é uma das peças mais interessante que existe no mundo daespiritualidade, onde cada Braço representa o Espírito Santo de Deusou do Senhor, distinguindo a inteligência, fatores utilizados nas IgrejasCristãs, como também na maçonaria, e outras organizações religiosas,entretanto, consta na Bíblia no livro de Isaias 11.234
  35. 35. Heretiano Henrique Pereira Fundamentos da Maçonaria A Maçonaria é uma escola iniciática, Primitiva, Medieval, Cos-mopolita e Fundamentalista, voltada para estudos esotéricos e exo-téricos, além de estudar as civilizações, se qualifica como associaçãode caráter privado,reconhecido pelos governos, surgiu da Ordem dos 35
  36. 36. Trajetórias de Vidas 3Templários, no entanto, vale salientar que a mesma procura lapidar ohomem, para que ele viva em harmonia dentro do estado nação, po-rém é considerado cidadão do mundo, são reconhecidos como filhosda luz (Fiat Lux), os mesmos tratam de relevantes estudos filosóficos,que contribui para formação intelectual do individuo, mas o que mui-to nos impressiona é que esta Associação congrega em seus quadrostodas as Civilizações e Religiões, independente de cor, credo, raça egraduação, apenas o que se exige do Neófito, é que ele seja uma pes-soa de comportamento exemplar dentro da sociedade e que acrediteem Deus, além do mais seja pessoa ilibada, baseado nos princípios deliberdade, igualdade e fraternidade. Por outro lado, hoje está existin-do uma proliferação de Potências maçônicas espalhadas por diversospaíses, onde muitas das vezes seus dirigentes são pessoas leigas do co-nhecimento de como funciona o estado nação e que seria de grandeimportância que seus representantes tenham conhecimento adequadopara formação do individuo dentro da sociedade, estes deveriam pro-porcionar informações para seus membros, com isso prejudica aquelesque se distinguem dentro da contextualização dos estudos. Antigamen-te, os maçons tinham interesse na procura das P:. P:. Que estão inseri-dos nos aprendizados, baseado em sua filosofia, e para alcançar essaslinhas, se faz necessário muitos estudos e dedicação, é realmente umsacerdócio. Portanto, deixamos alguns esclarecimentos para que vocêentenda realmente como funciona a confraria. Entretanto, fui admitidona ordem maçônica no ano de 1978, portanto, sou MM., atualmenteconto com mais de trinta e um (31) anos,onde de fato e direito souEmérito, sendo que no ano de 1981, passo a fazer parte de outra rele-vante organização,que se distingue com a sigla R+C (Rosacruz), além deoutra como a TOM (Tradicional Ordem Martinista), e que há muitosanos mantenho integração, considerado um dos estudantes adianta-dos, e que mais adiante recebi os graus dos Illuminati, reconhecidouniversalmente e que permaneço até os dias atuais. Portanto, a Or-dem maçônica apresenta vários tipos de Ritos, não existindo padroni-zação nos estudos, isso muitas das vezes requer que o estudante façapesquisa para poder entender como funciona a maçonaria através desuas metodologias, sendo que cada Loja tem sua aplicabilidade filo-36
  37. 37. Heretiano Henrique Pereirasófica de acordo com cada Rito como: Escocês Antigo e Aceito; York;Schroder; Moderno; Brasileiro, Adonhiramita etc., sem falarmos deoutros segmentos para estudos das civilizações, que são de fundamen-tal importância para o entendimento do individuo. Na Ordem existemdois Pórticos, onde estão inseridas as letras B (personalidade) e J (alei),comentado no livro 1-Reis,7:21 para acompanhamento das civiliza-ções que traduzem o conhecimento da humanidade. Em toda organização existem em seus quadros administrati-vos pessoas de vários comportamentos, até porque é difícil equa-lizar comportamento do individuo dentro da sociedade, exigindopadronização de hábitos e costumes, onde nem a própria famíliaacontece este tipo de comportamento e a maçonaria não é diferente.Por outro lado, deixamos esclarecido que o homem vive em busca daPerfeição, fator que nunca alcança, atingindo apenas aquele que passapela transição. Todos os estudos são formados por Grau, Simbólicos eFilosóficos, além de ser reconhecido por S:. T:. e P:. Quanto aos nomesatribuídos aos seus dirigentes se chamam: Grão- Mestre e Veneravel-Mestre, este último dirige os trabalhos das lojas ou oficinas. Aqui noBrasil se distinguem as seguintes Potências: GOB- Grande Oriente doBrasil; Grande Loja; Grande Oriente Estadual e Grande Oriente EstadualIndependente. Para que você tenha alcance dos nomes de alguns graus,configuramos em seguida nomenclaturas para seu conhecimento: Simbólicos: 1.Aprendiz 2.Companheiro 3.Mestre Filosóficos: 4. Mestre Secreto 5. Mestre Perfeito 6.Secretario Intimo 7.Preboste e Juiz 8.Intendente dos Edifícios 9. Cavaleiro Eleito dos nove 37
  38. 38. Trajetórias de Vidas 3 10. Cavaleiro Eleito dos Quinze 11. Sublime Cavaleiro dos Doze 12.Grão Mestre Arquiteto 13. Cavaleiro do Real Arco 14.Perfeito e Sublime Maçom 15. Cavaleiro do Oriente 16. Príncipe de Jerusalém 17. Cavaleiro do Oriente e Ocidente 18. Cavaleiro R+C 19. Grande Pontífice 20. Grande Patriarca Noachita 21. Grão Mestre da Chave da Maçonaria 22.Príncipe do Líbano 23. Chefe do Tabernáculo 24. Príncipe do Tabernáculo 25.Cavaleiro da Serpente de Bronze 26.Príncipe das Mercês 27.Soberano Comendador do Templo 28. Cavalheiro do Sol 29. Grande Cavaleiro Escocês de Santo André 30. Cavalheiro Kadosch 31.Grande Inquisidor Comendador 32. Príncipe do Real Segredo 33. Soberano Grande Inspetor Geral38
  39. 39. Heretiano Henrique PereiraO GADU na versão de Michelangelo:. Homenagens aos Irmãos: Senhor Ernani Siqueira : 39
  40. 40. Trajetórias de Vidas 3 Vem. Ad-Vitae: É, hoje somos presentes, amanhã simplesmente seremos passa-dos, e falar deste senhor amigo irmão, que tanto significou na minhatrajetória de vida, é realmente inexplicável, sempre teve atenções paracomigo. Ernani Siqueira, nascido no dia 29.12.1912, filho do senhorAnésio J. Siqueira e D. Cecilia Machado Siqueira, respondeu por vá-rios anos como gerente da regional, Esso Brasileira de Petróleo, nestacidade de CABEDELO-PB, além de se distinguir como juiz de Paz, eramaçom de comportamento ilibado, ele casado com a senhora Maria deLourdes Fernandes Siqueira, nascida em 30.05.1915, pessoa dedicadaao lar, filha do senhor Ciriaco Francisco de Oliveira e D. Maria Tertulinada Conceição (In memorian). Assim sendo, deixamos patenteadas asnossas homenagens, pelos relevantes serviços prestados a sociedadecabedelense e ao estado da Paraíba. A Bíblia – Salmo nº 133 Da esq.p/dir. Romildo, Reinaldo,Heretiano e Nilton40
  41. 41. Heretiano Henrique Pereira Homenagens aos desportistas Cabedelo - Paraíba Da esquerda para direita: Adair, José Roberto, Guilhardo e Ernani Esses sempre prestigiaram os eventos do esporte na cidade deCabedelo, esta foto foi tirada no Estádio Francisco Figueiredo de Lima.Portanto, deixamos nossos registros para futuras gerações que irão su-ceder. 41
  42. 42. Trajetórias de Vidas 3 Muçulmanos - Mesquitas História Não poderíamos deixar de comentar o que vem a ser esta Reli-gião Islâmica, tão expressiva espalhada por todos os continentes domundo, representada pelo seu criador Maomé (Muhammad), filho decomerciantes, nasceu no ano de 570 ou 571 da era cristã, sua cidade na-tal Meca, considerado um dos maiores lideres religioso, seus escritos sedistingue com sua Bíblia denominada de Alcorão ou Corão consideradolivro Sagrada, o nome de seus Templos se chama Mesquitas, quanto asua transição se deu em 8 de junho de 632, em sua cidade existe umaPedra chamada de Caaba, que se supõe que tenha sido um meteorito.Portanto todos reconhecem como sinal de “Deus Alá.” Por outro, lado,deixamos as nossas sinceras congratulações a todos que congregameste segmento religioso, pela sua plenitude de crença.42
  43. 43. Heretiano Henrique Pereira Principais Religiões e Crenças no Mundo Religião/Crença Adeptos S/População % Cristãos 2,1 Bi. 31,5 Muçulmanos 1,6 Bi. 23,5 Pessoas s/crença 1,0 Bi. 14,8 Hinduísta 900 Mi. 14,0 Budistas 400 Mi. 6,3 Animistas 230 Mi 3,6Fonte: Vesentin – Geografia geral do Brasil Heretiano H. Pereira Parte da minha historia O fator espiritual é assunto muito sério, e atinge praticamentetoda população, tanto a nível nacional quanto internacional, e para quepossamos manter o equilíbrio é necessário que haja muita contriçãocom Deus através de orações, por outro lado, deixamos esclarecido queo mau existe, e que muitas das vezes o individuo termina passando pela 43
  44. 44. Trajetórias de Vidas 3transição prematuramente, onde muitas das vezes pela falta de com-panheirismo de pessoas que comportam uma espiritualidade positiva.Vejam só o que aconteceu comigo no ano de 2008, eu estava sendoacometido de fatores negativos, de energias que eu poderia a qualquermomento passar pela transição. No entanto, fui convidado para fazerparte de um Congresso Evangélico patrocinado pela Igreja que é admi-nistrada pelo Pastor Silas Malafaia, na cidade do Recife, notadamentena Universidade Federal, fez parte da equipe o pastor Humberto, Su-maya, Crisostenes, Wilson, Fabrício, e lá como ouvinte das palestras,passei maus momentos em termos de saúde, conclusão: vomitei váriaspessoas, porque não pude conter o mal-estar, foi atendido pela equipemédica, medicado e orientado para que voltasse para o hotel, ondeestava hospedado, mais tarde voltando ao Congresso em sua fase final.Portanto, quero deixar esclarecido que esta fase fez com que minhavida sofresse uma transformação em termos da espiritualidade pesso-al, ficando literalmente renovado para os dias atuais. Por outro lado,deixo minhas desculpas e sinceras congratulações a todos aqueles queprocuraram proporcionar ajuda espiritual em minha caminhada dentrodesta sociedade.44
  45. 45. Heretiano Henrique Pereira TRE-PB - Tribunal Regional Eleitoral Des. Genésio Gomes Pereira Filho Literalmente, falar do ilustre filho da cidade de Cabedelo, é distin-guir com imensa satisfação a sua bandeira de seriedade e aplicabilida-de da ética para a sociedade paraibana e brasileira, tendo como origemo estado da Paraíba. Este nasceu nesta cidade no dia 19 de novembro de 1942, filhodo senhor Genésio Gomes Pereira e D. Maria Emilia Pereira. Concluiucurso de graduação em Direito pela (UFPB) Universidade Federal daParaíba, tendo colado grau no ano de 1968, onde inicialmente desem-penhou suas atividades profissionais no Cartório de Registro Civil deCabedelo-PB, função esta que lhe estimulou para Proseguir nos estu-dos das Ciências Jurídicas. No Magistério, ocupou a Cadeira de OSPB-Organização Social e Política Brasileira e Língua Francesa, época emque exerceu o cargo de Diretor do Colégio Estadual de Cabedelo, épo-ca em que Heretiano era aluno do referido Educandário, foi professor 45
  46. 46. Trajetórias de Vidas 3de Direito Processual Penal, na antiga Fundação Universidade Regio-nal do Nordeste, atual UEPB – Universidade Estadual da Paraíba. Ingressou na Magistratura em 03 de setembro de 1970, como Juizde Direito, da Comarca de Conceição neste mesmo estado, foi Juiz Cor-regedor em quatro gestões, além de militar em diversos municípios doestado da Paraíba. Foi nomeado Desembargador em 22 de maio de2002, tomando posse em sessão extraordinária no dia 29 de maio domesmo ano, como membro do Tribunal de Justiça do Estado da Pa-raíba. Atualmente, é presidente do TRE – Tribunal Regional Eleitoralna Paraíba. Casado com a professora Rosane Maria Lourenço Gomes,onde se destacou como Vice-Presidente da Associação das Esposas deMagistrados da Paraíba, no biênio 2007/2009. Sendo que de seu en-lace matrimonial nasceram quatro (4) filhos. Portanto, não poderíamos de deixar as nossas expressões de so-lidariedades e admirações pela pessoa que és!, nos destinos da socie-dade paraibana. E, que Deus se faça presente em todos os momentosem sua vida. Homenagens as Famílias Família França Senhora Edna França46
  47. 47. Heretiano Henrique Pereira Nós temos imensa satisfação de transcrever o histórico de nos-sa amiga Edna Freire de França, pessoa de fino trato, natural desta ci-dade de Cabedelo-PB,dinâmica e guerreira, nasceu no dia 18 de julhode 1938, filha do senhor Antonio Luiz de França e D. Camélia Freire deFrança, residiram por muitos anos à Rua Sólon de Lucena, 141, centro,atualmente reside em João Pessoa, no bairro da torre. Edna foi funcio-nária pública municipal, sempre exerceu suas atividades como chefedo departamento de Finanças, operando com contabilidade Pública, deacordo com a lei 4.320/64, e outras mais, onde mais tarde concluiu seutempo de serviços. Chegou a publicar seu primeiro livro intitulado deCabeceira de Mesa. Portanto, deixamos as nossas mais sinceras con-gratulações e apreço, pela pessoa que és.Sendo que de seus relaciona-mentos nasceram os filhos: Carlos Alexandre de França Salvatori Freire de França Família Araújo Temos grande satisfação de homenagear o senhor Felix Joaquimde Araújo, (In memorian), natural do município de Salgado de São Fe-lix na Paraíba, nascido no dia 23 de junho de 1923, era comerciante desecos e molhados no mercado central de João Pessoa, foi casado coma senhora Miriam Martins de Araújo, filha natural da cidade de JoãoPessoa, nascida no dia 03 de abril de 1933, porta o curso de graduaçãoem pedagogia (Pedagoga) pela UFPB, onde durante muitos anos foiprofessora do ensino ginasial, teve como alunos: Nereuza Nery, Mail-son da Nóbrega, onde este, em sua trajetória profissional, respondeucomo Ministro da economia do Brasil; José Targino Maranhão,estedesempenhou o cargo de governador do estado da Paraíba, todos comdestaque nacional. Miriam, além de exercer a profissão de professora,respondeu como secretaria da Faculdade Presidente Castelo Branco,na cidade do Rio de Janeiro,por outro lado, foi mestra de noviça da Or- 47
  48. 48. Trajetórias de Vidas 3dem Terceira do Carmo, durante muitos anos, tendo seu esposo comosecretario. Sendo que de seu enlace matrimonial nasceram os filhos: Antonio Sérgio Martins de Araújo Ana Helena Martins de Araújo Miriam Martins de Araújo Família Vale Senhora Sônia e Ednaldo Temos a grata satisfação de deixar patenteados os nomes dosamigos Ednaldo Vale da Silva, natural desta cidade de Cabedelo,estadoda Paraíba, nascido no dia 21 de maio de 1949.Desempenhou suas ati-vidades profissionais na empresa CIMEPAR, pautado dentro dos princí-pios de seriedade, onde mais tarde veio a aposentar-se, por tempos de-corridos, casado com a senhora Sônia Maria Bezerra da Silva, naturaldesta cidade, nascida em 21 de janeiro de 1951, inicialmente desempe-nhou a profissão de comerciante, onde mais tarde passou a se dedicarao lar. Portanto, são pessoas de nosso relacionamento, e se distinguepelas considerações, assim sendo deixamos as nossas admirações aocasal, e que do enlace matrimonial nasceram os filhos:48
  49. 49. Heretiano Henrique Pereira Sidclei Bezerra do Vale Edriano Bezerra do Vale Vanessa Bezerra do Vale Família Vale D. Ninha e LouricoNão poderíamos deixar de registrar o nome do senhor Lourivalde Souza- (Lourico) In memorian, filho natural desta cidade deCABEDELO-PB, nascido no dia 20.08.1931, pessoa de nossorelacionamento, portava a profissão de estivador, casado com a senhoraElizete Vale de Souza (D.Ninha), nascida no dia 25.05.1935, do lar,quando solteira trabalhou na firma Anderson Cleiton, que ficava situadaa rua presidente João Pessoa, nesta mesma cidade. Portanto, deixamosnossas sinceras congratulações e apreço, por esta família vizinho. Ondede seu enlace matrimonial nasceram os filhos: José Eurico Vale de Souza Carlos Isaias Vale de Souza Sandra Maria Vale de Souza Windson Fábio Vale de Souza Leiliane Vale de Souza 49
  50. 50. Trajetórias de Vidas 3 Família Souza É com imensa satisfação que deixamos registrado nesses escritoso nome do senhor Raimundo Nonato Filho, (In memorian), nascidono município da Bahia da Traição, exerceu a profissão de pescador,casado com a senhora Maria da Paz de Souza, natural do município deMamanguape na Paraíba, nascida no dia 03 de novembro de 1942, exerceua profissão de costureira e por último auxiliar de enfermagem,funcionáriapública municipal, pessoas de nosso relacionamento, demonstrandosempre dignidade para com o próximo e a sociedade como um todo.Onde de seu enlace matrimonial nasceram os filhos: Maria Verônica de Souza – In memorian José Ribamar de Souza Mario Magalhães de Souza Carlos Antonio de Souza – In memorian Sandro Sérgio de Souza Elisangela de Lourdes de Souza – In memorian Francinete Nonato de Souza Ivan Nonato de Souza Família Izidro Contabilista Nilza Izidro50
  51. 51. Heretiano Henrique Pereira Conheci duas criaturas nesta cidade de João Pessoas, que tive-ram atenções para comigo, e que compartilharam e compartilham emminha jornada profissional, as suas sinceras atenções, conhecidas denome: senhora Nilza Izidro da Silva, nascida no dia 10.03.1939. Inicial-mente desempenhou suas funções na fabrica da cidade de Rio Tintoonde residiu anteriormente, sendo que no ano de 1964, seus pais vie-ram residir nesta capital, trabalhou durante muitos anos com o ope-rador do Direito José Procópio de Barros, por outro lado, sua irmãsenhora Maria de Lourdes Silva, nascida no dia 04.04.1936,trabalhouno comércio, sendo que depois de certo tempo, respondeu pelo de-partamento de RH, ambas naturais da mesma cidade, filhas do senhorManuel Izidro da Silva (In memorian) e senhora Laura Lima da Silva,pessoas que se destacam na sociedade, pelos seus relevantes serviçosprestados a sociedade,no segmento econômico financeiro, além demanter comportamentos religiosos. Portanto, a todas essas famílias,deixamos registrados para posteridade as minhas mais sinceras congra-tulações e apreços. Família Dámata Empresário Damata e Ilma Os entrelaçamentos de conhecimentos fazem com que produ-zimos homenagens ao casal Antonio Severino Damata, filho naturalda cidade de Santa Rita, estado da Paraíba, nascido no dia 31.03.1947,porta curso de graduação em Administração, pessoa que se destaca 51
  52. 52. Trajetórias de Vidas 3pelos seus relevantes conhecimentos da sociedade como um todo, e dooutro lado nossa amiga Ilma Fernandes Silva, filha natural desta cidadede Cabedelo-PB, nascida no dia 21.03.1953, se destacando com cursotécnico de enfermagem e trabalho. Portanto, são pessoas de nossosrelacionamentos e deixamos registrados as nossas sinceras congratu-lações e apreço. Família Souza É com imensa satisfação que deixamos registrado nestes escritoshomenagens ao senhor João Bezerra de Souza (Nelinho) In memorian,filho natural da cidade de Cabedelo, nascido no dia 02 de setembro de1917, foi comerciante, onde mais tarde passou a ser funcionário públicoestadual do porto de Cabedelo, casado com a senhora Marina Leão,natural da cidade de João Pessoa, nascida no dia 07 de julho de 1923,re-side nesta cidade desde o ano de 1930, sempre foi dedicada ao lar, fazparte da comunidade Santa Catarina da Igreja Sagrado Coração de Je-sus, além de pertencer a Associação do Apostolado da mesma igreja.Sendo que de seu enlace matrimonial nasceram os filhos: Lindinalva Bezerra da Silva Mª do Carmo Bezerra Almeida Alcides Leão Bezerra Marinalva Leão Bezerra de Almeida Família Lima Registramos nossas homenagens ao senhor Marone Jorge deLima (In memorian), natural do município de Acaú na Paraíba, nascidono dia 19 de novembro do ano de 1930, passando pela transição no anode 2007, foi profissional da pesca, depois desempenhou a atividade deestivador no porto de Cabedelo durante vários anos, casado com a se-nhora Laura da Cunha Lima, natural do município de Santa Rita, nasci-52
  53. 53. Heretiano Henrique Pereirada em 30 de novembro de 1936. Sempre foi dedicada ao lar, pessoas denosso relacionamento, sendo que de seu enlace matrimonial nasceramos filhos: Inaldo da Cunha Lima Josinaldo da Cunha Lima Josivaldo da Cunha Lima – In memorian Givaldo da Cunha Lima – In memorian Ivaldo da Cunha Lima História Profissional Quando, na minha passagem por várias empresas privadas, aquino estado da Paraíba e Pernambuco, foi realmente muito interessante,mas que muitas das vezes me proporcionou prejuízo irreparável parameu bem estar social, tudo porque, nunca comunguei com operaçõesfraudulentas, de ordens econômicas financeiras, produzidas pela con-tabilidade das empresas, mas tudo não deixou de ser aprendizado.Uma das operações que mais chamava atenção era aquisição e com-pras de mercadorias sem o acompanhamento fiscal, ou seja, parteconstava na nota fiscal e outra por fora, tudo isso produzia dificulda-de para os controles internos, de forma dinâmica, além de distinguir aparte física e teórica, deixando sobre responsabilidade daqueles quemilitam no comando da empresa, sendo que o levantamento do Inven-tario das mercadorias no final de cada exercício, apresentava dificul-dades na conclusão dos fatos.Tínhamos a obrigação de definir todos oscálculos,baseado na Legislação Tributária, para que nada desse erradonas informações econômicas, operações que não se aprende nas Uni-versidades e Faculdades nem nos estudos técnicos, informados atra-vés de livros, porque isso realmente são metodologias de fórum íntimobaseado na experiência profissional, por meio de vários estudos, emdiversos segmentos econômicos, como contabilidade, administraçãoe economia. Portanto, esse é um dos itens que mais me chamou atenção para 53
  54. 54. Trajetórias de Vidas 3o desempenho profissional do dia a dia nas empresas, tanto comer-cial quanto industrial. De modo geral as empresas não procuram apli-car controles internos eficientes nas contas patrimoniais e resultados,tanto de ativo quanto de passivo, produzindo margem para reflexosfiscais, e que muitas das vezes produz fechamento de suas atividadescomerciais, muito embora tenha havido expressivo ganho de capitalpelos seus sócios. Geralmente essas empresas têm pouco tempo de vida, atingindoapenas de dois a cinco anos, em suas operações,outros itens que maisme chamou atenção, é esse tipo de empresário que se preocupa comos impostos, mas sempre procurei explicar que esses encargos quempaga é a sociedade, porque esse faz parte do preço de venda, apenas aempresa é mera repassadora dos tributos. Cabedelo – Paraíba Desempenho Empresarial Descrição Ex.2010 Ex.2008 % Ah Empresas: 5.329 4.720 12,90 Capital Aberto -0- -0- -0- Capital Fechado 12 12 -0- Limitadas 1.542 1.350 14,22 Nome Empresarial 2.125 1.951 8,91 Outras 1.650 1.407 17,27 O município de Cabedelo, durante o período de 2008 para 2010,apresentou crescimento no registro de empresas junto a RFB- ReceitaFederal do Brasil, na ordem de 12,90% (doze, vírgula noventa por cen-to), no seu computo geral, se tratando apenas de empresas de peque-no porte. Quanto ao registro de empresas de capital aberto não existenenhuma, e capital fechado continua apenas registradas em númerode 12 (doze)54
  55. 55. Heretiano Henrique Pereira Desempenho Econômico Secretaria de Estado da Receita Expressão em milhar R$ Exercício Arrecadação PIB-R$ bi. % Ah. 2009** 364.472 n/informado - 2008 345.815 n/informado - 2007 331.602 1.670.453 19,85 2006 281.985 1.524.654 18,48 2005 201.523 1.481.757 13,60*Fonte: Gerência de Planejamento ** Previsão Paraíba -Principais Produtos (+) Exportados – 2009 Produto US$ Part.% Calçados de borracha/plásticos 12.952.841 39,52 Roupa de toucador 7.778.002 23,73 Açúcar de cana 6.081.381 18,55 Limenita 1.320.143 4,03 Mamões papaias 365.254 1,11Fonte: Correio da Paraíba – 21.03.2010 Paraíba -Principais países de destinos – 2009 Produto US$ Part.% Espanha 9.328.415 28,46 Estados Unidos 9.245.488 28,21 Argentina 1.547.377 4,72 Filipinas 1.544.119 4,71 França 1.359.680 4,15Fonte: Correio da Paraíba – 21.03.2010 55
  56. 56. Trajetórias de Vidas 3 Paraíba -Principais Produtos (-) Importados – 2009 Produto US$ Part.% Caminhões guindaste 8.122.338 10,26 Trigo 4.632.082 5,85 Calçados para esportes 3.176.577 4,01 Coque de petróleo 2.913.676 3,68 Maq.apar. autropulsados 2.748.177 3,47Fonte: Correio da Paraíba – 21.03.2010 Paraíba - Principais países de origem - 2009 Produto US$ Part.% China 26.326.208 33,24 Estados Unidos 11.446.394 14,45 Alemanha 8.583.598 10,84 Argentina 7.277.853 9,19 Vietnã 3.514.836 4,44Fonte: Correio da Paraíba – 21.03.2010 SOS Brasil O nosso país está sem um controle adequado no consumo deagrotóxicos (veneno) em nossas plantações, de forma que prejudicatoda população. No ano de 2008 o país se destacou como o maior con-sumidor do planeta, onde o setor movimentou R$ 12.749 bilhões, já noano de 2009 ficou em torno de R$ 12.878 bilhões. Para 2010 há umaprevisão de que atingirá a ordem de R$ 13.521 bilhões. A informação foiprestada pelo Sindicato de Defensivos Agrícolas. Portanto, esperamosdo governo que mantenha uma política que procura ter mais responsa-bilidade com a sociedade como um todo.56
  57. 57. Heretiano Henrique Pereira Capítulo III Banco Central do Brasil Histórico O Banco Central do Brasil, Autarquia Federal, integrante do Siste-ma Financeiro Nacional, vinculado ao Ministério da Fazenda do Brasil,com os outros bancos centrais do mundo. Este é o órgão principal dopaís, que se distingue em fiscalização ao sistema. Criado em 31 de de-zembro de 1964, com promulgação da Lei nº 4.595, alterado de acor-do com nossa CF/88 em seu artigo 192, conforme elaboração da LC.Portanto, antes do BACEN, a autoridade monetária era desempenhadapelo Banco do Brasil. 57
  58. 58. Trajetórias de Vidas 3 Bolsa de Valores-SP Mercado de Capitais História De acordo com alguns historiadores, surgiu no inicio na RomaAntiga, há outros que alegam que esta iniciou na Grécia, nas antigascivilizações, onde alguns comerciantes operavam com vendas de mer-cadorias, em plena praça pública, para o fechamento de seus negócios Portanto, baseado em pesquisas constatamos que sua criaçãofluiu em alguns países como: Paris no ano de 1.141; em Londres no anode 1.698; em Nova Iorque no ano de 1.792 e por último na Suíça jáno ano de 1.850. Aqui no Brasil, surgiu no dia 21 de outubro de 1843,através da Lei de nº 317, notadamente na cidade do Rio de Janeiro. ABolsa de Valores é uma Sociedade Civil, sem fins lucrativos, com in-dependência administrativa, financeira e patrimonial. Por outro lado,esclarecemos que a BOVESPA, foi criada em 23 de agosto de 1890.58
  59. 59. Heretiano Henrique Pereira Conselho Federal de Contabilidade Histórico O CFC - Conselho Federal de Contabilidade têm sua sede em Bra-sília, DF, foi criado através do Decreto-lei 9.295 de 27 de maio de 1946,outorgada pelo então Presidente da República Eurico Gaspar Dutra.Sendo a primeira legislação reconhecendo a existência dessa escola,que nasceu no ano de 1902, e reconhecida pelo presidente RodriguesAlves, declarando atividade Pública, com distinção oficial no ano de1915, foi fundado o Instituto Brasileiro de Contadores Fiscais, sendo aprimeira entidade para congregar Contabilistas de que se tem notíciaem nosso país, mais tarde fundado a Associação dos Contadores deSão Paulo e o Instituto Brasileiro de Contabilidade, no Rio de Janeiro.Por outro lado, no ano de 1924 foi realizado o primeiro Congresso Bra-sileiro de Contabilidade. No ano de 1943 o ensino comercial e representação profissio-nal foram complementando e consolidado pelo Decreto-lei nº 6.141 eem 1945, pelo Decreto nº 7.938, definindo assim o ensino Técnico em 59
  60. 60. Trajetórias de Vidas 3graus superiores de Contabilidade. Portanto, isto é apenas uma síntesede como surgiu o ensino e a profissão em nosso país. Banco do Brasil História Esse órgão financeiro foi criado em 12 de outubro de 1808, peloRei D. João VI, por sugestão do Conde de Linhares, Rodrigo de SouzaCentinho. Inicialmente se instalou na Rua Direita, esquina com a Ruade São Pedro no Rio de Janeiro. Começou com um capital de 1 mil e 200contos de réis, funcionou como uma espécie de Banco Central do Bra-sil, foi o quarto banco emissor do mundo, depois do banco da Suécia(1668),banco da Inglaterra (1694) e banco da França (1800). No ano de1829 o BB é liquidado, sendo que no ano de 1851 o Visconde de Mauáfunda um BB particular autorizado pelo governo .Atualmente é BBSA,é uma sociedade de economia mista, onde a União tem participaçãono capital (ações) na ordem de 68,7% (sessenta e oito virgula, sete porcento). A Instituição possui 5.000 (cinco mil) agências e está presenteem mais de 21 (vinte e um) países, seu quadro funcional atinge 10060
  61. 61. Heretiano Henrique Pereira(cem) mil funcionários, estão presentes em todo território nacionalcom 15.133 pontos de atendimentos. Seu quadro societário além daUnião, participa a Previ com 11,4%; capital estrangeiro 6,9%; BNDESpar5,0%; Pessoas Físicas 4,0% e Pessoas Jurídicas 3,9%. Caixa Econômica Federal História Esta Instituição Financeira, foi criada em 12 de janeiro de 1861já contando com 149 anos. Fundada por D. Pedro II, com o nome deCaixa Econômica e Monte de Socorro. Atualmente é um dos maiorescomplexo do Sistema Financeiro Público, da América latina, que se dis-tingue entre outros do país. População do Estado Nação Mensalmente o estado deve mensurar sua população, observan-do se ouve crescimento ou queda, até porque este cálculo serve de 61
  62. 62. Trajetórias de Vidas 3base para transferências de Recursos públicos. E de acordo com pes-quisas constatamos que esse acompanhamento às vezes é elaboradoatravés de projeções, onde com isso apresenta variações, tanto paracima como para baixo. Seria de fundamental importância que essesinformes apresentassem embasamento consistente através dos muni-cípios, muito embora fosse feito comparativo com os resultados proje-tos. Portanto, a nossa população no ano 2009, atinge aproximadamen-te a uma estimativa na ordem de 191 milhões de habitantes. Além do mais apresenta uma miscigenação de raças bastante ele-vadas, considerado um país que se distingue em toda América do Sul. Macroeconomia É o estudo macro da economia, que envolvem todos os segmen-tos econômicos, financeiros e sociais, e que se distingue através decontroles internos eficientes, possibilitando cálculos para obtenção deresultados internos e internacionais. Acompanham as cadeias de pro-dução, comercialização de produtos, mercadorias, serviços, (+) expor-tação, (-) importação, (+/-) Balanço de pagamento, Produto Interno62
  63. 63. Heretiano Henrique PereiraBruto, (-) custo financeiro, como juros variações cambiais, mercadode capitais (Bolsa de valores) e mão-de-obra (emprego),incluindo asreceitas dos governos federal, estadual e municipal, onde podemosdistinguir os dispêndios (gastos) públicos, que a cada dia se eleva, en-tre outros, além de incorporar todo sistema financeiro, que tem comoÍcone o Banco Central, para acompanhamento e fiscalização de Resul-tados e Investimentos, como também nos fornecimentos de informa-ções necessárias ao desempenho da economia do estado nação. Portanto, o estudo envolve várias disciplinas, para que possamosentender toda contextualização econômica. Entretanto, um dos problemas que mais afeta a economia é ochamado ELISÃO e EVASÃO, de divisas, traduzidos como CX-2, e queo Banco Central acompanha, isso os governos tem a obrigatoriedadede demonstrarem mais eficiência e eficácia nas fiscalizações, até por-que essas decisões não apresentam respaldo legal junto ao estado. E,baseado em todos esses conhecimentos produzimos logo acima um or-ganograma para seu melhor entendimento de como funciona a nação,onde Banco Central e Receita Federal, são órgãos de responsabilida-des operacionais. Crises, Econômicas e Financeiras O mundo econômico financeiro, sempre foram os dos fatoresque deixa a sociedade perplexa de tudo que nos vem acontecendo, eque atribuímos aos Investidores, tanto estrangeiros quanto nacionais.O que se precisa é observar para onde é que está sendo canalizada amaterialidade monetária, que apresenta uma verdadeira convergênciapara os aplicadores em Bolsa de Valores. Portanto, para que você tenha alguns acompanhamentos dascrises, veja que no ano de 1873, aparece uma grande crise econômi-ca financeira mundial, consistindo durante um período de 18 (dezoi-to) anos, apresentando assim queda na comercialização do Aço, ten-do uma variação de 50% (cinqüenta por cento), para baixo, onde comisso 160 (cento e sessenta) companhias foram a falência, atualmente 63
  64. 64. Trajetórias de Vidas 3no Brasil, chamado de Recuperação Fiscal. Quanto aos salários nem secomenta, tiveram aproximadamente o mesmo percentual, e de acor-do com pesquisas podemos distinguir, o aumento de plena miséria nasociedade, prevalecendo aproximadamente 17 (dezessete) anos. Ondecom toda essa contextualização, significa, grandes lucros para poucos eprejuízo para toda a sociedade. Sendo que o que ficou constatado é que os únicos culpados fo-ram os judeus, onde no ano de 1879 Wilheim Marr, criou a frase ante-semitismo. Depois de 56 (cinqüenta e seis) anos, exatamente no anode 1929, surge mais uma crise internacional, onde da mesma formaabalou todas as Bolsas de Valores do mundo, causando variações eco-nômicas financeiro por todos os países orientais e ocidentais. Crises, Econômicas e Sociais As crises geralmente atingem, tanto o ocidente quanto o oriente,principalmente hoje que tudo está sendo globalizado, onde a informa-ção é atômica, e que com certeza tudo poderá convergir para equa-lização de todo planeta. Observe que anteriormente surgiram váriosaspectos dos segmentos, sociais, econômicos e financeiros, para se teruma idéia,observe que desde o ano de 1905 até 1939, a Europa entrouem vários conflitos, e para melhor entender transcrevemos alguns fa-tos em planilha de forma dinâmica: Ano Descrição 1905 Primeira Revolução Russa 1914/1918 Primeira Grande Guerra Mundial 1916 Rebelião Irlandesa 1916 Greve Geral na Inglaterra 1917 Revolução Bolchevique 1919 Derrota da Revolução Alemã64
  65. 65. Heretiano Henrique Pereira 1921 Derrota da Revolução Húngara 1929 Depressão Mundial 1933 Ascensão do Nazismo 1936 Greve Geral na França 1939/1945 Segunda Grande Guerra MundialFonte: Joseph Schwartz & Michel McGuiness Demonstrações Financeiras Padronizadas Os países latinos americanos, através de seus gestores, deveriamassinarem acordos para que as informações econômicas financeirasdas empresas, fossem padronizadas, possibilitando maiores informa-ções para a economia, além do mais, seriam interessantes que existissepadronização da moeda, onde sugerimos o nome de moeda latina doBrasil, e assim sucessivamente. Tudo isso, faria com que a economiafosse mais dinâmica entre as nações. 65
  66. 66. Trajetórias de Vidas 3 EUA -Casa Branca Barack Obama66
  67. 67. Heretiano Henrique Pereira História Não poderíamos deixar de fazer um ligeiro comentário sobre suahistória, e de acordo com pesquisas, concluímos que durante o períodode 1754 a 1783, os Estados Unidos da América, teve sua formação por13 (treze) colônias, sua Independência é datada de 4 de julho de 1776da Inglaterra, onde foi reconhecido pelos britânicos em 1789, no Trata-do de Paris, seu território sempre foi habitado por dezenas de tribosnativas americana, sem falar da chegada dos exploradores europeus,no século XVI e XVII,onde foi autorizado por diversos países da Europa. Atualmente seu presidente é Barach Obama, eleito na terça feirado dia 5 de novembro de 2008, sucessor de George W. Buch Filho.Este país tem sua forma de governo Republica Constitucional Federal,congregam 50 (cinqüenta) estados e 1 (um) Distrito Federal, seu terri-tório atinge 9,83 milhões de Km2 com uma população de 309 (trezen-tos e nove) milhões. Seu PIB durante o ano de 2008 ficou em torno deUS$ 14,47 trilhões, e se distingue como primeira Potência mundial. 67
  68. 68. Trajetórias de Vidas 3 EUA- Pentágono - Inteligência História George W. Bush68
  69. 69. Heretiano Henrique Pereira Localizado nos EUA, se distingue o maior Departamento de Es-tratégia, Inteligência e espionagem do Mundo, é nesta Instituição quecongrega em um só local, todas as Forças Armadas do país. Inauguradoem 15 de janeiro de 1943. Sua construção foi idéia do Brigadeiro Gene-ral Brehon B. Someruell. E que lamentavelmente este prédio foi atin-gido por atentados terroristas, através de uma aeronave Boeing 757vou 77 da companhia aérea American Airlines, no dia 11 de setembrodo ano de 2001. Por outro lado, destacamos o nome do estrategistaque arquitetou o respectivo acidente, traduzido como terrorismo, viti-mando aproximadamente mais de três mil pessoas, sem falarmos nosrepresentantes de várias nações que ali se estabeleciam, fato que repu-diamos, mesmo nós estando em pleno século XXI, época da guerra doconhecimento universal. De um modo geral, os homens que congregam esta sociedade,devem reverem seus conceitos de comportamento para entendimentoentre os povos e nações, respeitando o que é de mais sagrado “A VIDA” ONU - Organização das Nações Unidas 69
  70. 70. Trajetórias de Vidas 3 História A Organização das Nações Unidas (ONU), nasceu oficialmenteem 24 de outubro de 1945, data da promulgação da Carta das NaçõesUnidas, que é uma espécie de Constituição da Entidade, assinada naépoca por 51 (cinqüenta e um) países, inclusive o Brasil. Criada logoapós a segunda grande guerra mundial. A entidade tem como princípiobásico a manutenção da Paz e do desenvolvimento econômico em to-dos os países do mundo. Atualmente conta com 192 (cento e noventae dois) países colaboradores.Entretanto, seria de grande importânciaque esta organização disponibilizasse suas Demonstrações Financeiraspara cada país, e que a sociedade tivesse alcance do desdobramentode suas operações junto às nações filiadas. Seu Conselho de Segurançaé composto por 5 (cinco) países que são: EUA; Rússia; China; França eReino Unido, seus idiomas oficiais são: inglês; Frances; espanhol; chi-nês; árabe e russo. Portanto, isto é apenas uma retrospectiva do quevem a ser a Entidade.70
  71. 71. Heretiano Henrique Pereira Conclusão A matéria que acabamos de informar para sociedade, comuma linguagem acessível, trata-se de história Universal, Economia,Administração, Contabilidade Geral e outras, que com certezaproduzirá conhecimentos para suas Trajetórias de Vidas-3, Portanto,esperamos de uma forma ou de outra, que se destaque em seusconhecimentos e aprendizados do estado nação. 71
  72. 72. Trajetórias de Vidas 3 Do Autor Heretiano Henrique Pereira, filho natural da cidade de Cabede-lo estado da Paraíba, escritor, contabilista e pesquisador, porta diver-sos conhecimentos nos segmentos de: Comércio, Industria, Serviços,Agropecuária, pecuária distinguindo outras disciplinas, como: Econo-mia, Sociologia e Administração, sem contarmos com estudos de in-trodução ao Direito Civil e Tributário. Portanto, esperamos, que essesescritos produzam relevantes entendimentos do estado nação. Endereçamento: E-mail: heretianopereira@hotmail.com End: Rua Ver.Pedro Américo da Silva,56 CEP: 58.310-000-Centro-Cabedelo-PB72
  73. 73. Heretiano Henrique Pereira 73

×