Economia global

11.827 visualizações

Publicada em

slides sobre economia global e capitalismo.

Publicada em: Educação
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.827
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
350
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Economia global

  1. 1. Economia Global Professor Herbert Galeno http://herbertgaleno.blogs pot.com.br/
  2. 2. Objetivos do Estudo: • Definir várias formas de integração econômica e como estas afetam negócios internacionais • Descrever os efeitos dinâmicos e estáticos e as dimensões comerciais da criação da integração comercial • Grupos regionais comerciais atuais • Descrever as razões e o sucesso de acordos por produtos de base
  3. 3. O que é Globalização? Podemos dizer que globalização é um processo econômico e social que estabelece uma integração entre os países, empresas e pessoas do mundo todo. Através deste processo, as pessoas, os governos e as empresas trocam ideias, realizam transações financeiras e comerciais e espalham aspectos culturais por todo planeta.
  4. 4. Definindo alguns conceitos • Estado: É um complexo sistema dinâmico que envolve movimento de pessoas, mercadorias e serviços. Nele atuam as forças centrípetas (cultura, religião, liderança política, etc...) e as forças centrífugas (conflitos étnicos, religiosos e políticos). • Governo: É parte visível e concreta do estado. Se divide em presidencialista e parlamentalista.
  5. 5. • Nação: é todo um agrupamento de pessoas em sentimento, cultura e unidade em comum. • Território: é o espaço geográfico diretamente relacionado com o poder político e econômico. È o exercício do poder. • Fronteira: Área de transposição política. • Limites: áreas físicas.
  6. 6. • Interdependência: está relacionado na importância que cada país tem na dinâmica do sistema mundial. • Liberalismo: proposto por Adam Smith no século XVIII propunha a não intervenção do estado na economia. • Relações diplomáticas: é uma forma de utilizar as negociações para evitar conflitos. • Protecionismo: é a forma mais comum de proteger o estado através de barreiras alfandegárias.
  7. 7. Problemas sociais e ambientais • • • • • • • Exclusão social Desigualdades sociais Desemprego Poluição Desmatamento Degradação dos recursos hídricos Inversão térmica, etc...
  8. 8. Origens da Globalização e suas Características Muitos historiadores afirmam que este processo teve início nos séculos XV e XVI com as Grandes Navegações e as Descobertas Marítimas. Neste contexto histórico, o homem europeu entrou em contato com povos de outros continentes, estabelecendo relações comerciais e culturais. Porém, a globalização efetivou-se no final do século XX, logo após a queda do socialismo no leste europeu e na União Soviética. O neoliberalismo, que ganhou força na década de 1970, impulsionou o processo de globalização econômica. Mapa das grandes navegações que tiveram início no século XV
  9. 9. Empresas Transnacionais Com os mercados internos (mercado que opera dentro dos limites do próprio país) saturados muitas empresas buscaram conquistar novos mercados consumidores, principalmente dos países recém saídos do socialismo e nos países subdesenvolvidos, tornando-se assim empresas multinacionais (atualmente chamadas transnacionais). A concorrência fez com que as empresas utilizassem cada vez mais recursos tecnológicos para baratear os preços e também para estabelecerem contatos comerciais e financeiros de forma rápida e eficiente. Neste contexto, entra a utilização da Internet, das redes de computadores, dos meios de comunicação via satélite etc. Uma outra característica importante da globalização é a busca pelo barateamento do processo produtivo pelas indústrias. Muitas delas, produzem suas mercadorias em vários países com o objetivo de reduzir os custos. Optam por países onde a mão-de-obra, a matéria-prima e a energia são mais baratas. Um tênis, por exemplo, pode ser projetado nos Estados Unidos, produzido na China, com matéria-prima do Brasil, e comercializado em diversos países do mundo.
  10. 10. Para facilitar as relações econômicas, as instituições financeiras (bancos, casas de câmbio, financeiras) criaram um sistema rápido e eficiente para favorecer a transferência de capital e comercialização de ações em nível mundial. Investimentos, pagamentos e transferências bancárias, podem ser feitos em questões de segundos através da Internet ou de telefone celular para vários países da Terra.
  11. 11. Características da Economia Mundial Atual Nas ultimas décadas do século XX, o mundo começou a vivenciar mais intensamente um processo conhecido como Globalização da Economia. A partir da segunda metade do século XX, as empresas industriais, comerciais e de prestação de serviços (bancos, hotéis, restaurantes, companhias telefônica, etc) começaram a instalar filiais em vários países do mundo, em um processo que ficou conhecido como internacionalização do capital e da produção. As principais características da Economia Global são: •Crescimento do comércio internacional – o fluxo de mercadorias e serviços entre os países está se multiplicando a cada ano. •Mundialização da produção – as mercadorias, bens e serviços são fabricadas em vários países da Terra e grande parte da produção é controlada por empresas que têm sedes nos países desenvolvidos e filiais em vários outros países. •Produção descentralizada – Um produto tem suas peças fabricadas em vários países e o “produto final” é montado em e outro país. •Rápida expansão dos fluxos financeiros – o dinheiro é transferido, rapidamente entre vários países do Globo, tanto para investimentos como para pagamentos por mercadorias e serviços. •Inter-relação entre vários países – Uma decisão política ou econômica tomada em um país pode afetar a vida da população de vários países. •Crescimento da importância das tecnologias – O desenvolvimento tecnológico em várias áreas, principalmente na informática e telecomunicações, permite que uma pessoa receba informações, em tempo real, de qualquer parte do Globo.
  12. 12. Os Financiadores da Economia Mundial Os principais financiadores da economia mundial são as instituições financeiras e comerciais internacionais, principalmente o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o BM (Banco Mundial), a OMC (Organização Mundial do Comércio) é um órgão internacional também ligado a economia Sede do FMI, Washington, Estados Unidos global. Sede Banco Mundial Washington, Estados Unidos
  13. 13. Fundo Monetário Internacional O Fundo Monetário Internacional (FMI) é uma organização internacional que pretende assegurar o bom funcionamento do sistema financeiro mundial pelo monitoramento das taxas de câmbio e da balança de pagamentos, através de assistência técnica e financeira O FMI se autoproclama como uma organização de 185 países, trabalhando por uma cooperação monetária global, assegurar estabilidade financeira, facilitar o comércio internacional, promover altos níveis de emprego e desenvolvimento econômico sustentável, além de reduzir a pobreza. O FMI foi criado em 1945 e tem como objetivo básico zelar pela estabilidade do sistema monetário internacional, notadamente através da promoção da cooperação e da consulta em assuntos monetários entre os seus 184 países membros. Com exceção de Coréia do Norte, Cuba, Liechtenstein, Andorra, Mônaco, Tuvalu e Nauru, todos os membros da ONU fazem parte do FMI. Juntamente com o BIRD, o FMI emergiu das Conferências de Bretton Woods como um dos pilares da ordem econômica internacional do pós-Guerra. O FMI objetiva evitar que desequilíbrios nos balanços de pagamentos e nos sistemas cambiais dos países membros possam prejudicar a expansão do comércio e dos fluxos de capitais internacionais. O Fundo favorece a progressiva eliminação das restrições cambiais nos países membros e concede recursos temporariamente para evitar ou remediar desequilíbrios no balanço de pagamentos. Além disso, o FMI planeja e monitora programas de ajustes estruturais e oferece assistência técnica e treinamento para os países membros
  14. 14. Objetivos do Fundo Monetário Internacional • Promover a cooperação monetária internacional, fornecendo um mecanismo de consulta e colaboração na resolução dos problemas financeiros; • Favorecer a expansão equilibrada do comércio, proporcionando níveis elevados de emprego e trazendo desenvolvimento dos recursos produtivos; • Oferecer ajuda financeira aos países membros em dificuldades econômicas, emprestando recursos com prazos limitados; • Contribuir para a instituição de um sistema multilateral de pagamentos e promover a estabilidade dos câmbios.
  15. 15. Banco Mundial Banco Mundial é um termo usado para descrever uma instituição financeira internacional que fornece empréstimos alavancados para os países em desenvolvimento para os programas de capital. O BM é composto por 02 instituições, que são: •BIRD–Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento; •AID - Associação Internacional de Desenvolvimento; Já o Grupo do Banco Mundial é composto por o5 instituições; alem das duas acima as três que são: •IFC- Corporação Financeira Internacional; •AMGI - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos; •CIADI - Centro Internacional para Arbitragem de Disputas sobre Investimentos-
  16. 16. • BIRD - Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento. O BIRD proporciona empréstimos e assistência para o desenvolvimento a países de rendas médias com bons antecedentes de crédito. O poder de voto de cada país-membro está vinculado às suas subscrições de capital, que por sua vez estão baseadas no poder econômico relativo de cada país. • AID - Associação Internacional de Desenvolvimento. A AID Desempenha um papel importante na missão do Banco que é a redução da pobreza. A assistência da AID concentrase nos países mais pobres, aos quais proporciona empréstimos sem juros e outros serviços. A AID depende das contribuições dos seus países membros mais ricos - inclusive alguns países em desenvolvimento - para levantar a maior parte dos seus recursos financeiros. • IFC- Corporação Financeira Internacional. A IFC promove o crescimento no mundo em desenvolvimento mediante o financiamento de investimentos do setor privado e a prestação de assistência técnica e de assessoramento aos governos e empresas. Em parceria com investidores privados, a IFC proporciona tanto empréstimos quanto participação acionária em negócios nos países em desenvolvimento. • AMGI - Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. A AMGI ajuda a estimular investimentos estrangeiros nos países em desenvolvimento por meio de garantias a investidores estrangeiros contra prejuízos causados por riscos não comerciais. A AMGI também proporciona assistência técnica para ajudar os países a divulgarem informações sobre oportunidades de investimento. • CIADI - Centro Internacional para Arbitragem de Disputas sobre Investimentos- O CIADI proporciona instalações para a resolução- mediante conciliação ou arbitragem - de disputas referentes a investimentos entre investidores estrangeiros e os seus países anfitriões.
  17. 17. Missão do Banco Mundial • O Banco Mundial é um desenvolvimento do BIRD – Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento. A sua missão inicial era financiar a reconstrução dos países europeus devastados durante a Segunda Guerra Mundial. • Atualmente, sua missão principal é a luta contra a pobreza, através de financiamento e empréstimos aos países em desenvolvimento. Seu funcionamento é garantido por quotizações definidas e reguladas pelos países membros
  18. 18. Organização Mundial do Comércio A Organização Mundial do Comércio (OMC) é uma organização internacional que trata das regras sobre o comércio entre as nações. Os membros da OMC negociam e assinam acordos que depois são ratificados pelo parlamento de cada nação e passam a regular o comércio internacional. A OMC possui 153 membros. O surgimento da OMC foi um importante marco na ordem internacional que começara a ser delineada no fim da Segunda Guerra Mundial. Ela surge a partir dos preceitos estabelecidos pela Organização Internacional do Comércio, consolidados na Carta de Havana, e, uma vez que esta não foi levada adiante pela não aceitação do Congresso dos E.U.A., principal economia do planeta, com um PIB maior do que o das outras potências todas somadas, imputou-os no GATT (Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio) de 1947, um acordo temporário que acabou vigorando até a criação efetiva da OMC após as negociações da Rodada Uruguai em 1995 Sede da OMC, em Genebra, na Suíça
  19. 19. Os blocos econômicos, são agrupamentos de países que têm Blocos Econômicos Os blocos comerciais, ou como objetivo a integração econômica e/ou social. Podem ser classificados em quatro categorias distintas: Áreas ou Zonas de Livre Comércio – é uma área territorial de um país que concordou em eliminar as tarifas, quotas e preferências que recaem sobre a maior parte dos (ou todos os) bens importados e exportados entre os países que quiserem participar desse acordo. O propósito da área de livre comércio é estimular o comércio entre os países participantes por meio da especialização, da divisão do trabalho e da vantagem comparativa. Uniões Aduaneiras - é uma área de livre comércio com uma tarifa externa comum, além de outras medidas que conformem uma política comercial externa comum. Entre um grupo de países ou territórios que instituem uma união aduaneira, há a livre circulação de bens (área de livre comércio) e uma tarifa aduaneira comum a todos os membros, válida para importações provenientes de fora da área. Mercado Comum é uma união aduaneira com políticas comuns de regulamentação de produtos e com liberdade de circulação de todos os fatores de produção e de iniciativa. Em tese, a circulação de capital, trabalho, bens e serviços entre os membros deve ser tão livre como dentro do território de cada participante União Económica e Monetária é um mercado comum dotado de uma moeda única. Um bom exemplo da União Econômica e Monetária é a União Europeia ( EU
  20. 20. Principais Blocos Econômicos NAFTA: EU CACM CARICOM CAFTA CAN MERCOSUL CSN http://pt.wikipedia.org/wiki/Bloco_econ%C3%B4mico
  21. 21. North American Free Trade Agreement (NAFTA) Iniciada com o Acordo de comércio livre entre os Estados Unidos e o Canadá em 1989 e efetivada em 1994, inclui: • Estados Unidos • Canadá, • México, Prevê o livre comércio de bens e serviços e investimentos entre os países associados. Estados Unidos México Canadá
  22. 22. União Europeia (UE) • Representa o bloco de integração econômica mais avançado existente na atualidade • Evoluiu da União Europeia do Carvão e do Aço para a Comunidade Económica Europeia (CEE) e para a Comunidade Europeia (CE) até à União Europeia (UE) • Cresceu de seis membros em 1951 aos atuais 27 • Tem vindo a desenvolver como mercado único desde o Single European Act de 1987 • A maioria dos países já aderiram a moeda da EU, o Euro.
  23. 23. Integração Económica na América Central CACM CARICOM CAFTA
  24. 24. MERCOSUL O Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) é uma zona de livre comércio e união aduaneira formada por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, além dos países associados Chile e Bolívia. O objetivo do bloco econômico é liberalizar o comércio entre os membros. A Venezuela ingressou em 09 dez. 2005 no MERCOSUL, agora contando com 4 países-membros (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) e 6 países-associados (Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela).
  25. 25. Blocos Econômicos da Ásia

×